Sócrates e mais 70 empresários iniciam visita a Angola

  • 4 Respostas
  • 2345 Visualizações
*

Marauder

  • Investigador
  • *****
  • 2093
  • +1/-0
Sócrates e mais 70 empresários iniciam visita a Angola
« em: Abril 04, 2006, 05:56:30 pm »
Citar
Sócrates e mais 70 empresários iniciam visita ao mercado angolano

O primeiro-ministro inicia hoje uma visita oficial de quatro dias a Angola, acompanhado por cerca de 70 empresários, num sinal de que o mercado angolano se tornou a principal aposta para a internacionalização da economia nacional.

 

«Dos muitos pedidos para integrar a comitiva do primeiro-ministro, José Sócrates, o Governo decidiu privilegiar os empresários portugueses que têm posições consolidadas no mercado angolano» e que, no seu conjunto, «representam cerca de um terço do Produto Interno Bruto (PIB)», declarou um membro do executivo de Lisboa.
Com José Sócrates - além dos maiores empresários nacionais dos sectores financeiro, obras públicas, alimentação e bebidas, máquinas e tecnologias de informação - viajam dez membros do Governo, entre os ministros de Estado e dos Negócios Estrangeiros (Freitas do Amaral), da Defesa Nacional (Luís Amado), do Ambiente e Ordenamento do Território (Francisco Nunes Correia) e da Economia e Inovação (Manuel Pinho).

José Sócrates sai hoje ao início da manhã de Lisboa, chegando a Luanda ao fim da tarde em dia feriado nacional, por ocasião do acordo de paz de 2002, que pôs fim à guerra civil com a UNITA.

Num dia sem agenda política, o primeiro- ministro será recebido no Aeroporto 4 de Fevereiro de Luanda pelo seu homólogo angolano, Fernando da Piedade Dias dos Santos «Nandó», e pelo embaixador de Portugal em Angola, Francisco Xavier Esteves.

Quarta-feira, pela manhã, o primeiro- ministro é recebido pelo Presidente da República de Angola, José Eduardo dos Santos, seguindo-se a assinatura de acordos bilaterais com incidência nas áreas da economia, finanças, turismo, cooperação jurídica, saúde, comunicações, ciência e tecnologia.

José Sócrates terá ainda reuniões de trabalho com o primeiro-ministro angolano e com o presidente da Assembleia Nacional de Angola, Roberto de Almeida.

Durante os quatro dias de presença em Angola, que inclui visitas a Benguela e Lobito, entre várias dezenas de acordos, os governos de Lisboa e de Luanda deverão avançar para a criação de um Centro de Investigação Clínica da malária, sida e tuberculose e para a protecção recíproca de investimentos.

«Da parte portuguesa e da parte angolana, há uma grande vontade para qu e a visita seja um marco histórico nas relações entre os dois países», declarou fonte do Governo português.

Diário Digital / Lusa

04-04-2006 5:05:00
 

de:
http://diariodigital.sapo.pt/dinheiro_d ... news=65449

Pena é que seja uma ditadura...quero ver qual é a proxima desculpa para a não realização das eleições, ou , agora que já não há a guerra para consumir recursos, como vai ele explicar o facto do País continuar pobre e o Estado tão rico..aquele petróleo...sempre o maldito petróleo..
 

*

Marauder

  • Investigador
  • *****
  • 2093
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #1 em: Abril 06, 2006, 11:17:27 am »
Citar
Angola: Sócrates vê negócios da Secil e da Mota-Engil

O primeiro-ministro português, de visita ofiail a Angola com vários ministros do Executivo socialista e dezenas de empresários com interesses naquele país, visita esta quinta-feira investimentos e obras da Secil e da Mota-Engil, nas regiões do Lobito e Benguela.

 

O chefe do Governo português assistirá à apresentação do projecto da Secil para a construção de uma nova fábrica de cimento, num investimento de cerca de 80 milhões de dólares. A Secil tem já maioria de capital nesta fábrica localizada na zona do Lobito, que produz em média 250 mil toneladas de cimento por ano.
Segundo fonte do executivo de Lisboa, a nova fábrica é uma parceria entre a Secil, empresas angolanas e o Estado de Angola, espera-se que assegure uma produção anual de 600 mil toneladas de cimento por ano, devendo as obras iniciar-se no segundo semestre deste ano.

Ainda na província de Benguela, o chefe do Governo, acompanhado pelo ministro das Obras Públicas português, Mário Lino, visita os estaleiros da Mota Engil, empresa portuguesa que está a melhorar a estrada entre Benguela e o Lobito.

Antes de partir para Benguela, José Sócrates abre o «Fórum de Negócios» na Feira Internacional de Luanda, que juntará cerca de 200 empresários angolanos.

Na sessão de abertura discursam os ministros Adjunto do Primeiro-Ministro de Angola, Aguinaldo Jaime, e da Economia e Inovação de Portugal, Manuel Pinho.

06-04-2006 10:18:43
 


de:
http://diariodigital.sapo.pt/dinheiro_d ... news=65577
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 3591
  • Recebeu: 255 vez(es)
  • Enviou: 74 vez(es)
  • +430/-57
(sem assunto)
« Responder #2 em: Abril 15, 2006, 03:28:34 pm »
Dentro de dois anos espero ir para Angola integrado numa empresa como a Mota-Engil.

ganhar 800 contos por mês.. Não está nada mal... Só falta é acabar o curso. :lol:
Artigo 308º

Traição à Pátria

Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:

a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele
 

*

Marauder

  • Investigador
  • *****
  • 2093
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #3 em: Abril 15, 2006, 03:36:00 pm »
Citação de: "Typhonman"
Dentro de dois anos espero ir para Angola integrado numa empresa como a Mota-Engil.

ganhar 800 contos por mês.. Não está nada mal... Só falta é acabar o curso. :G-Ok:  Boa sorte..

 Epá...acho que tou no curso errado....800c por mês...muita paca..
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 3591
  • Recebeu: 255 vez(es)
  • Enviou: 74 vez(es)
  • +430/-57
(sem assunto)
« Responder #4 em: Abril 15, 2006, 04:53:59 pm »
É o que está a ganhar um amigo meu que está na Mota-Engil, é o terceiro ano que está a trabalhar  desde que acabou o curso.

Vamos lá ver. :wink:
Artigo 308º

Traição à Pátria

Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:

a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele
 

 

Porto Editora investe 825 mil euros em subsidiária de Angola

Iniciado por Marauder

Respostas: 0
Visualizações: 2081
Última mensagem Março 31, 2006, 11:30:06 am
por Marauder
Central de Cervejas lança Sagres Bohemia em Angola

Iniciado por Marauder

Respostas: 0
Visualizações: 1848
Última mensagem Abril 07, 2006, 11:08:42 am
por Marauder
FMI/previsões: Angola estrela em África, Zimbabué em recessã

Iniciado por Marauder

Respostas: 0
Visualizações: 1882
Última mensagem Abril 19, 2006, 08:19:36 pm
por Marauder
Angola: Empresa chinesa ZTE instala rede de telecomunicações

Iniciado por Marauder

Respostas: 1
Visualizações: 3910
Última mensagem Julho 10, 2007, 11:48:49 pm
por SSK
Angola regista a maior taxa de crescimento do mundo

Iniciado por Jorge Pereira

Respostas: 6
Visualizações: 5520
Última mensagem Fevereiro 08, 2009, 11:59:11 am
por Chicken_Bone