ESA - European Space Agency

  • 2 Respostas
  • 4311 Visualizações
*

Leonidas

  • Analista
  • ***
  • 618
  • Recebeu: 3 vez(es)
  • +1/-3
ESA - European Space Agency
« em: Dezembro 29, 2005, 12:47:35 am »
Saudaçlões guerreiras.

Citar
Portugal investirá 32 M€ na Agência Espacial Europeia
Portugal investirá 32 milhões de euros em programas da Agência Espacial Europeia (ESA) nos próximos cinco anos, esperando um retorno desta verba em encomendas à indústria nacional, anunciou segunda-feira o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Mariano Gago.

Teremos uma participação forte no ARTES, o programa de telecomunicações da ESA, e uma participação significativa em dois programas de observação da terra, muito importantes para nós, por causa dos incêndios e dos oceanos», disse Mariano Gago à Lusa em Berlim.
Mariano Gago, que esteve na capital alemã para a Conferência Ministerial da ESA, referiu que Portugal participará também no programa de apoio da ESA, o GSTP (General Technologic Program Support), no programa AURORA de exploração do sistema solar, e no Exomars, missão para detectar vida nos planetas vizinhos da Terra, cujo arranque está previsto para 2011.
Portugal terá ainda uma «intervenção exploratória» no programa de futuros lançadores espaciais, o FLTP, sistema ainda a ser criado, para substituir o actual programa ARIANE, «e muito importante no que se refere às novas tecnologias», sublinhou o ministro português.
Portugal só se tornou membro da ESA em 2000.
«Foi muito tarde, mas desde então constitui um grande incentivo à nossa indústria», disse Mariano Gago.

O responsável pela pasta da Ciência e Tecnologia salientou que, após a adesão à Agência Espacial Europeia, surgiram em Portugal muitas empresas de base tecnológica, um sector extremamente qualificado.
O ministro destacou ainda que o investimento de 32 milhões de Euros a fazer por Portugal, nos próximos cinco anos, «reverterá em encomendas e contribuições para a indústria e os laboratórios portugueses», graças ao mecanismo de retorno previsto pela ESA.

O tema principal da Conferência Ministerial da ESA, que se reúne de quatro em quatro anos, foi o fomento da pesquisa para reforçar a competitividade da indústria europeia, na exploração do espaço sideral.
Na reunião, em que participaram 17 ministros europeus e o ministro canadiano da tutela, foi decidido acelerar a pesquisa e a implementação do sistema de navegação europeu, o Galileo, para que este consiga finalmente fazer concorrência ao sistema norte-americano GPS.
 
O Programa de lançadores de Foguetões ARIANE continua a ser, no entanto, a imagem de marca da ESA, que pretende continuar a desenvolver a respectiva pesquisa, a longo prazo, e redimir-se do percalço sofrido em 2002, quando um dos foguetões se despenhou, devido a uma avaria no sistema de arrefecimento dos motores.
O orçamento da ESA para os próximos cinco anos deverá rondar os 8,8 mil milhões de Euros, sensivelmente a mesma verba aplicada nos cinco anos anteriores.

Vários especialistas consideram insuficiente o investimento europeu na sua única agência espacial, e lembram que a NASA, a Rússia, a China e a Índia investem cada vez mais nesta área.

Diário Digital / Lusa
05-12-2005 18:41:00


Na sequência desta discusão também:
http://www.forumdefesa.com/forum/viewtopic.php?t=1906&start=45

Cumprimentos
 

*

pedro

  • Investigador
  • *****
  • 1435
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #1 em: Dezembro 31, 2005, 05:43:20 pm »
Sem duvida uma boa noticia
 

*

SSK

  • Investigador
  • *****
  • 1519
  • Recebeu: 15 vez(es)
  • +11/-0
(sem assunto)
« Responder #2 em: Agosto 07, 2007, 10:10:55 pm »
GOCE faz mapa gravítico da Terra

O satélite GOCE (Gravity Field and Steady-State Ocean Circulation Explorer) da ESA vai ser lançado para o Espaço com o objectivo de medir com grande precisão o campo gravítico da Terra.

Integrado no projecto de investigação Living Planet da Agência Espacial Europeia, o GOCE permitirá revelar também os fenómenos térmicos no interior do planeta e, em alguns casos, prever eventuais fenómenos vulcânicos e sísmicos.

O satélite GOCE será lançado a bordo de um foguetão Rockot a partir do cosmódromo de Plesetsk, na Rússia, na primavera de 2008.



 :arrow: http://www.esa.int/esaLP/ESAYEK1VMOC_LPgoce_0.html
"Ele é invisível, livre de movimentos, de construção simples e barato. poderoso elemento de defesa, perigosíssimo para o adversário e seguro para quem dele se servir"
1º Ten Fontes Pereira de Melo