Base Aérea na Madeira

  • 132 Respostas
  • 30549 Visualizações
*

pedro

  • Investigador
  • *****
  • 1439
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #75 em: Novembro 07, 2005, 06:40:22 pm »
obrigado pela sua resposta amigo e-migas :D
 

*

Leonidas

  • Analista
  • ***
  • 618
  • Recebeu: 3 vez(es)
  • +1/-2
(sem assunto)
« Responder #76 em: Novembro 08, 2005, 12:08:16 am »
Saudações guerreiras, Ferrol.

Peço desculpa aos demais intervenientes neste forúm o aprofundar a questão que está aqui em causa, dado a mesma ter já sido tratada num outro espaço do fórum. (por favor consultar numa das minhas intervenções neste tópico a ligação sobre os assuntos em questão. Este(s) mesmo(s) fo(i)(ram) colocado(s) neste tópico para assim responder da forma mais conveniente a determinado interveniente registado e, já agora, para recordarmos e aprendermos mais um bocadinho sobre estes assuntos e descobrir um pouco mais sobre este belo país, também.
Muito obrigado

Citação de: "ferrol"
A cuestión é ben simple. Se vostede me demostra que as Salvaxes teñen, hoxe, 7/11/2005 habitantes permanentes que precisen alimentación das augas circundantes, eu lles concedo 200 millas e o nome de illas. Se non é así, son illotes e teñen 12 millas de zee.

Querido* Ferrol, permita-me perguntar-lhe qual é o seu problema? Não sei onde está o seu melindre. Ao que parece e pelo que li, a "única" pessoa com problemas de interpretação sobre as leis internacionais são os espanhóis!! Será que é por causa disso? Já agora quem é você ou Espanha ou outro país qualquer para classificarem aquele espaço como ilhéus ou outra coisa qualquer? Creio que é só a Potugal que assiste o direito de classificar qualquer espaço portugês da maneira como quiser, não? Os seus argumentos não são válidos por todos os acontecimentos relativos áquele espaço desde a sua descoberta, por navegadores portugueses, alguns séculos atrás até aos nossos dias.

Mesmo que numa hipotética situação daquilo ser considerado um gupo de ilhéus e não de ilhas, vocês continuariam a fazer o que sempre fizeram, que é violar de forma sistemática a sobrania portuguesa naquele lugar das mais diversas formas e da mais descarada possivél.

Citar
CONTENDA DE MOURA - 5
A Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar foi assinada em Montego Bay, na Jamaica, em 10 de Dezembro de 1982 por 119 Estados, entre os quais Portugal. Até à data limite de 9 de Dezembro de 1984, assinaram aquele documento mais outros 40 Estados e Organizações Internacionais, entre os quais a Espanha e a CEE. A Convenção entrou internacionalmente em vigor em 16 de Novembro de 1994. Na Convenção de 82 ficou estabelecido o princípio do Mar Territorial, com 12 milhas de extensão, e o conceito de ZEE - Zona Económica Exclusiva,

Citar
Em todo o caso, relativamente à tese do rochedo é preciso referir o seguinte: o nº 3 do artº 121 da Convenção do Direito do Mar diz o seguinte: " Os rochedos que, por si próprios, não se prestam à habitação humana ou a vida económica não devem ter Zona Económica Exclusiva (...)". Ora, como vimos acima, as Selvagens são habitadas permanentemente e têm uma casa que até paga contribuição autárquica na freguesia da Sé, no Funchal. Quanto à vida económica, apesar de não existir, as ilhas prestam-se a isso como já se prestaram no passado. E por fim, vejam-se as palavras do perito do Conselho Europeu, Sr. Francis Roux, a este respeito, no «Público» de 26/3/97 dizendo que «defende que as Selvagens permaneçam com o estatuto de ilha em vez de serem classificadas como rochedos». É que as ilhas foram transformadas em reserva natural, estatuto este incompatível com a exploração dos seus recursos e, consequentemente, com a sua «habitação».

http://insoniasoniricas.net/selvagens.htm

Citar
E isto o digo eu e os tratados que ratificou Portugal perante a ONU, e ó que xa nos referimos noutras ocasións.

Espanha também, mas ao que parece gosta de ignorar, ou melhor, gosta de interpretar as leis como bem entende e isso é inadmissivel. Isto não é o faroeste do tio Sam.

Citar
A referencia a "sabemos o que a casa gasta" referesse sen dúbida á pouca educación que lle deron na súa casa, que fai que teñamos que repetir cousas que están mais que discutidas neste foro, como o asunto ese dos illotes.

Quanto á minha má educação, talvez nisso podemos ter, assim, algo em comum porque ao que parece também nem um pingo de vergonha enche(u) o seu estado com esta e outra questão que ainda está pendente há centenas de anos.

Citar
Lea o foro, aprenda e non repita temas, que parece que non sabe pensar en cousas novas...


Ler o fórum é uma tarefa para se ir fazendo e não para se fazer de uma só vez, até porque não tenho muito tempo para rersponder e estar ligado quando quero e quando muito bem me apetece.
A si deixo-lhe exatamente o mesmo conselho e digo-lhe também para a ajustar um pouco as seus comentários porque também não fazem sentido. Está fora do contexto. Isso revela que não tomou atenção ao que se estava a passar e só olhou e interpretou mal aquilo que esvrevi.

Cumprimentos

* querido (espanhol) = caro (português) não confundir  :mrgreen:
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 6959
  • Recebeu: 429 vez(es)
  • Enviou: 233 vez(es)
  • +360/-0
(sem assunto)
« Responder #77 em: Novembro 08, 2005, 12:24:27 am »
No meu dicionário espanhol-português e português-espanhol, na parte espanhol-português:

ca.ro adj caro, de preço elevado; querido, estimado. adv por preço alto.

que.ri.do adj querido, amado; amante.

Fonte: PEREIRA, Helena B. C. (1993) MICHAELIS: minidicionário espanhol-português. português-espanhol, São Paulo: Melhoramentos.

 :nice: :nice:
Cumprimentos
B. Pereira Marques
 

*

Leonidas

  • Analista
  • ***
  • 618
  • Recebeu: 3 vez(es)
  • +1/-2
(sem assunto)
« Responder #78 em: Novembro 08, 2005, 02:59:13 am »
Saudações guerreiras, PereiraMarques.

Uma coisa que temos em comum é o facto de termos a mesma base línguística, o latim, bem como com outros mais 5 ou 6 países europeus. No entanto, quis Deus que nuestros vecinos falassem uma línguagem, se bem  que diferente, têm semelhanças. Tem tantas semelhanças que até confunde. Houve a expressão da minha ex-professora, que era valênciana que, irónicamente, definiu com uma exatidão aquilo que é um "sentimento", que "até" na língua se repercute: são os "falsos amigos", dizia ela.
Esta questão do "querido" é só uma de entre tantas. Há outras bem mais engraçadas, mas fica para outro tópico acompanhado de uma bolinha no canto suprior direito.  :twisted:

Cumprimentos
« Última modificação: Novembro 08, 2005, 01:57:52 pm por Leonidas »
 

*

emarques

  • Especialista
  • ****
  • 1177
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #79 em: Novembro 08, 2005, 03:59:54 am »
Os "falsos amigos" a que acho mais piada constituem uma sequencia:

Castelhano: Portugues
cubierto : talher;
taller : oficina;
oficina : escritório;
escritorio : secretária.

 8)
Ai que eco que há aqui!
Que eco é?
É o eco que há cá.
Há cá eco, é?!
Há cá eco, há.
 

*

JLRC

  • Investigador
  • *****
  • 2508
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +4/-42
(sem assunto)
« Responder #80 em: Novembro 08, 2005, 01:33:19 pm »
Citação de: "emarques"
Os "falsos amigos" a que acho mais piada constituem uma sequencia:

Castelhano: Portugues
cubierto : talher;
taller : oficina;
oficina : escritório;
escritorio : secretária.

 8)


Já para não falar das pilhas  :lol:
 

*

NotePad

  • Perito
  • **
  • 578
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #81 em: Novembro 08, 2005, 02:24:59 pm »
pillas ?
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 6959
  • Recebeu: 429 vez(es)
  • Enviou: 233 vez(es)
  • +360/-0
(sem assunto)
« Responder #82 em: Novembro 08, 2005, 03:46:14 pm »
Uma que também tem piada é que "bicos" em galego, quer dizer "beijos" em português.

Cumprimentos
B. Pereira Marques
 

*

komet

  • Investigador
  • *****
  • 1663
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-1
(sem assunto)
« Responder #83 em: Novembro 08, 2005, 05:59:49 pm »
Todas las galegas hacem bicos?!  :shock:
"History is always written by who wins the war..."
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 6959
  • Recebeu: 429 vez(es)
  • Enviou: 233 vez(es)
  • +360/-0
(sem assunto)
« Responder #84 em: Novembro 08, 2005, 06:28:43 pm »
Ó komet não seja mauzinho :twisted: , aliás está a misturar galego com espanhol (ou mais correctamente castelhano)...

Um tradutor portugês-galego online pode ser encontrado em: http://por2gal.elpiso.org/bin/form

"Beijos" em galego pode ser "Bicos" ou "Beixos"

Alguns resultados do referido tradutor:
Citar
Texto orixinal portugués:
Todas as galegas fazem bicos?
Todas as galegas dão bicos?

Todas as galegas fazem beijos?
Todas as galegas dão beijos?

Texto traducido galego:
Todas as galegas fan bicos?
Todas as galegas dan bicos?

Todas as galegas fan beixos?
Todas as galegas dan beixos?


Cumprimentos
B. Pereira Marques
 

*

pedro

  • Investigador
  • *****
  • 1439
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #85 em: Novembro 08, 2005, 08:11:46 pm »
caros amigos eu gostaria se possivel de saber se se pode fazer turismo nas selvagens? :D
 

*

Johnnie

  • Analista
  • ***
  • 657
  • Recebeu: 54 vez(es)
  • Enviou: 19 vez(es)
  • +2/-0
(sem assunto)
« Responder #86 em: Novembro 08, 2005, 09:50:30 pm »
Só se fores a nado
«When everything is coming your way... You are in the wrong lane!!!!"
 

*

pedro

  • Investigador
  • *****
  • 1439
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #87 em: Novembro 08, 2005, 10:18:26 pm »
e uma boa ideia para ensinar os marinheiros a nadar. :D
 

*

3520

  • Membro
  • *
  • 158
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #88 em: Novembro 08, 2005, 11:28:44 pm »
sinceramente, não..  :P
 

*

dremanu

  • Investigador
  • *****
  • 1254
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +7/-12
(sem assunto)
« Responder #89 em: Novembro 09, 2005, 12:06:47 am »
Tem uma outra palavra que é bastante engraçada:

Mientras = entretanto

Então há que não fazer confusão se alguma Espanholita se virar p'ra um de vós e dizer "- Muchacho mientras!"
"Esta é a ditosa pátria minha amada."
 

 

Petição: TROPAS PÁRA-QUEDISTAS, PARA A FORÇA AÉREA!

Iniciado por paraquedista

Respostas: 3
Visualizações: 3499
Última mensagem Março 11, 2016, 07:53:23 pm
por paraquedista
Qual as prioridades para a Força Aérea entre 2011-2020 ?

Iniciado por dc

Respostas: 38
Visualizações: 10901
Última mensagem Novembro 15, 2010, 02:34:53 pm
por bokaido
CDS propõe 12 anos de serviço para pilotos da Força Aérea

Iniciado por Marauder

Respostas: 19
Visualizações: 9261
Última mensagem Setembro 12, 2007, 02:40:44 am
por raphael
Açores: radares de defesa aérea a partir de 2011

Iniciado por pmdavila

Respostas: 18
Visualizações: 9664
Última mensagem Maio 20, 2008, 04:09:50 pm
por Lancero
Força Aérea Portuguesa no V Festival Aéreo de Vigo

Iniciado por bucanero

Respostas: 8
Visualizações: 5534
Última mensagem Julho 30, 2008, 06:15:06 pm
por bucanero