Base Aérea na Madeira

  • 132 Respostas
  • 30567 Visualizações
*

3520

  • Membro
  • *
  • 158
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #60 em: Novembro 05, 2005, 08:29:36 pm »
caro E-migas

á mais de 30 anos que se podia ter começado com uma politica natalista  

não, não é uma treta,... por exemplo,um colega meu, é moldavo, e o pai dele veio para portugal e ainda esteve 2 anos a fazer a dita equivalencia de medicoso depois disso é que veio o resto da familia, e a familia veio a 6/7 anos.

E-migas, por que é que acha que o governo esta a aumentar cada vez mais a idade de entrada na reforma?
Porque á cada vez menos trabalhadores contribuintes, logo a cada vez menos dinheiro.

Portugal presisa de emigrantes, e isso é indescutivel.
« Última modificação: Novembro 05, 2005, 08:51:48 pm por 3520 »
 

*

pedro

  • Investigador
  • *****
  • 1439
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #61 em: Novembro 05, 2005, 08:35:04 pm »
e verdade amigo 3520 provisoriamente tinha que ser ate que os portugueses tivesse mais filhos. :D
 

*

TOMKAT

  • Especialista
  • ****
  • 1173
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #62 em: Novembro 05, 2005, 10:17:32 pm »
Citação de: "3520"
caro E-migas

á mais de 30 anos que se podia ter começado com uma politica natalista  

não, não é uma treta,... por exemplo,um colega meu, é moldavo, e o pai dele veio para portugal e ainda esteve 2 anos a fazer a dita equivalencia de medicoso depois disso é que veio o resto da familia, e a familia veio a 6/7 anos.

E-migas, por que é que acha que o governo esta a aumentar cada vez mais a idade de entrada na reforma?
Porque á cada vez menos trabalhadores contribuintes, logo a cada vez menos dinheiro.

Portugal presisa de emigrantes, e isso é indescutivel.


Para termos uma sociedade equilibrada temos (o estado tem) que apostar na classe média para aumentar a taxa de natalidade em Portugal.

Os maiores índeces de natalidade em Portugal encontram-se nas classes mais baixas da sociedade, classes essas que por motivos óbvios não têm meios para dar uma educação capaz aos seus filhos, mesmo que o quizessem. As ajudas estatais (vulgo abono de família) apenas ajudam à subsistência dessas mesmas famílias, depois cai-se no circulo vicioso e ignorante de quantos mais filhos mais abono de família, mais dinheiro entra ao fim do mês, mais bocas a sustentar e a qualidade de vida dessas pessoas degrada-se em vez de melhorar.

A classe média que quer dar uma boa educação aos seus filhos vê-se obrigada a, na sua maioria, ter apenas 1 filho porque sabe o que custa dar uma educação de qualidade a um filho.

Eu, que pertenço a essa classe média, tenho um filhote a caminho dos
5 anos. Recebo de "abono de família" uns RIDICULOS 12 euros por mês.

Não é assim que se incentiva os portugueses a terem mais filhos.
E os políticos ainda apregoam candidamente que devemos melhorar o nível da educação que damos aos nossos jovens...
Bom acho que me fico por aqui...senão nunca mais me calo.  :evil:
IMPROVISAR, LUSITANA PAIXÃO.....
ALEA JACTA EST.....
«O meu ideal político é a democracia, para que cada homem seja respeitado como indivíduo e nenhum venerado»... Albert Einstein
 

*

Leonidas

  • Analista
  • ***
  • 618
  • Recebeu: 3 vez(es)
  • +1/-2
(sem assunto)
« Responder #63 em: Novembro 06, 2005, 02:07:38 am »
Saudações guerreiras, Pedro.

Citação de: "pedro"
entao significa que as selvagens nao podem ser habitadas eu acho muito estranho porque o porto santo nao e muito maior que a selvagem grande
claro e muito dificil fazer daquilo uma grande cidade mas um tipo de vila com hospital, escolas,esquadra de policia, um pequeno porto para receber abasticimento da madeira caro amigo eu acho que a selvagem grande tem capacidade para isso?


Pedro, não podemos comparar o Porto Santo com a ilha Selvagem grande. Não pelas suas dimenções mas porque têm hoje estatutos diferentes, ou seja, a lei portuguesa distingue todo o território Ilhas Selvagens como Reserva Natural, ou seja um espaço dedicado exclusivamente á natureza. Isto não significa que possam lá viver (permanecer durante determinado espaço de tempo) pessoas. As atividades que se desenrolam nas Selvagens são mais de natureza cientifica e claro de sobrania, mas creio que nada mais é premitido. A ilha de Porto Santo não tem esse estatuto, por isso é permitida toda a espécie de atividade humana.

Lembrei-me de um tópico que explorei, ao acaso, uns tempos antes de começar a minha participação neste fórum
Vou deixar dois endereços relativos ás tuas dúvidas. O primeiro, também, se encontra inserido num  tópico  que aborda a questão da Selvagens. Podes encontrá-lo  na área "Conflitos do Futuro". Ambos são muito interessantes de se lerem.
http://insoniasoniricas.net/selvagens.htm

http://www.forumdefesa.com/forum/viewtopic.php?t=256&postdays=0&postorder=asc&start=0
:Soldado2:
« Última modificação: Novembro 06, 2005, 05:28:13 am por Leonidas »
 

*

Leonidas

  • Analista
  • ***
  • 618
  • Recebeu: 3 vez(es)
  • +1/-2
(sem assunto)
« Responder #64 em: Novembro 06, 2005, 02:35:41 am »
Saudações guerreiras, Balburdio  :D .

Agradeço a sua pronta resposta á minha intervenção. A verdade é que, o que escrevi não foi claro quanto ao que pretendia realmente dizer com, passo a citar-me: "...que também irão lucrar e muito com aquelas águas (fora da ZEE portuguesa)..." Dei a entender que as Salvagens estavam fora de, o que está errado.
Está correto, as Selvagens têm direito as suas águas territoriais e direito também á sua ZEE devido a serem ilhas e não ilhéus por muito que doa aos espanhóis. Mas mesmo assim não entendo tamanha burrice em protestarem com uma situação que pode ser altamente benéfica para eles,dado o estatuto que tem atualmente aquele espaço português. Mas também já sabemos o que é que a casa gasta.

Cumprimentos
 

*

E-migas

  • Membro
  • *
  • 123
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #65 em: Novembro 06, 2005, 02:04:08 pm »
Citação de: "pedro"
caro amigo 3520 eu acho que o governo ja devia ter criado um subsidio para as familias que tivesse mais de dois filhos ao mesmo um porque por este caminho daqui a 30 anos a mais pessoas de idade do que jovens.
caro amigo e-migas eu nao sei o que que voces pensa quando diz que e deitar dinheiro fora fazer uma lancha para proteger as selvagens de uns pescadores espanhois sabe o que que eu penso era a melhor coisa que o governo portugues poderia fazer neste momento pois se voces diz que e deitar dinheiro fora proteger a integridade do territorio portugues pois entao para que que pagamos as forcas armadas se voces pensar bem vai ver que eu tenho razao. :D


Pedro,

Nós NÃO temos recursos infinitos.
Não é realista construir navios para um só propósito: Patrulhar umas ilhas perdidas ao largo da Madeira.

A integridade territorial terá de ser suportada pelo dispositivo de forças existente. E uma lancha para proteger algo cujo interesse não é outro que ecológico, é difícil de explicar a pessoas que têm dificuldade em compreender como se gasta tanto e mal gasto.

Não é uma questão de necessidade é uma questão de economia de palavras (pelas explicações que não são dadas) e de finanças (pelo dinheiro que compra Mercedes e Audis para governos, mas não consegue comprar míseros Clios para deslocações verdadeiramente essenciais)

Isto é algo que não consegue ver pelos jornais, nem pela TV, ou seja à distância.
Tem de estar in loco para perceber que mais depressa se compra um fotocopiadora de milhares de euros do que uma caixa de clips...

Mais depressa se vai comprar um Falcon para deslocações do que uma lancha que só por si seria um sorvedouro de dinheiro, que não iria cumprir funcionalmente com os objectivos a que se propunha e que um NPO destacado em patrulha na zona, pode fazer e fará melhor!
 
Não vamos por uma Meko a patrulhar as selvagens nem vamos por uma lancha.

Será um NPO que cumprira essa função se assim for decidido!

Além disso aqui o problema não é a Protecção das Selvagens, nem a Integridade Nacional.

Essas são questões de um nacionalismo bacoco do qual não partilho!

Sou português! No mapa as Selvagens são Portugueses. Mas o problema foi os pescadores e aviões serem de Espanha!
Queria ver se faziam tanto barulho se fossem Holandeses ou Marroquinos.

Essas batalhas que tanto deseja provocar serão travadas.
E queira compreender, vão ser travadas no Palácio das Necessidades, não ali!
Cumprimentos,
e-Migas
---------------------------------------------------
Una Salus Victus
 

*

E-migas

  • Membro
  • *
  • 123
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #66 em: Novembro 06, 2005, 02:20:41 pm »
Citação de: "3520"
caro E-migas

á mais de 30 anos que se podia ter começado com uma politica natalista  

não, não é uma treta,... por exemplo,um colega meu, é moldavo, e o pai dele veio para portugal e ainda esteve 2 anos a fazer a dita equivalencia de medicoso depois disso é que veio o resto da familia, e a familia veio a 6/7 anos.

E-migas, por que é que acha que o governo esta a aumentar cada vez mais a idade de entrada na reforma?
Porque á cada vez menos trabalhadores contribuintes, logo a cada vez menos dinheiro.

Portugal presisa de emigrantes, e isso é indescutivel.



Nada é indiscutível!

Entenda uma coisa, não é apenas uma politica natalista que faz a diferença é um politica social integrada: Politica de emprego, de maior produtividade, de direitos e deveres que sistematicamente tem vindo a ser ignorada porque acham que o que rende são pessoas sem educação e salários baixos... Go figure?!

Ainda bem para o seu colega Moldavo que isso foi assim. Se isso acontecer a 1 em 100 será muito...

Precisamos de imigrantes? Sim precisamos!
Precisamos de natalidade? Sem dúvida!
Esses imigrantes vêm para cá serem gestores bem pagos da TAP ou para trabalhar nas obras?

Qual é a sua aspiração de vida: ser varredor de rua, a trabalhar nas obras, ser "mulher-a-dias" ou ser um quadro técnico médio ou superior?

Num pais de Doutores que são os que fazem as tarefas menores?
Os portugueses ou imigrantes?

Na Alemanha com tanto xenofobismo e desemprego, e havendo oferta de emprego nesses "trabalhos menores" (já agora não há trabalhos menores) os Skinheads preferem viver à conta, do que trabalhar! E lá vão matando uns turcos que ainda por cima lhes permitem não ter lixo nas ruas, por exemplo!

Já reparou que a esperança de vida está perto dos 80 anos?
em breve pode chegar-se bem perto dos 100?

Mas há 100 anos ter 40 era já era de respeito!

Mas também tem razão no que diz, as pessoas vão ter de ficar mais tempo a trabalhar para evitar o colapso de um sistema de Segurança Social.

Tire as suas conclusões!

Também não fará grande diferença a alguns funcionários públicos, dado que vão passar mais tempo a nada fazer!
Cumprimentos,
e-Migas
---------------------------------------------------
Una Salus Victus
 

*

pedro

  • Investigador
  • *****
  • 1439
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #67 em: Novembro 06, 2005, 06:55:23 pm »
caro amigo leonidas obrigado pela sua informacao. :D
 

*

pedro

  • Investigador
  • *****
  • 1439
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #68 em: Novembro 06, 2005, 07:03:09 pm »
caro amigo e-migas.
eu acho que um NPO ainda era melhor do que uma lancha o que eu quero e algo la.
eu nao sei quanto e que custa um NPO mas eu acho que nos NAO temos suficientes NPOs para a nossa Z.E.E e entao teriamos que construir mais.
e ja agora caro amigo e-migas eu gostaria de saber se voces gostaria que ouve-se uma nova versao do NPO com mais capacidade militar e ja agora gostaria tambem de saber qual e o tipo de equipamento que voces gostaria que o NPO tivesse?
cumprimentos :Soldado2:
 

*

E-migas

  • Membro
  • *
  • 123
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #69 em: Novembro 07, 2005, 01:13:02 am »
Citação de: "pedro"
caro amigo e-migas.
eu acho que um NPO ainda era melhor do que uma lancha o que eu quero e algo la.
eu nao sei quanto e que custa um NPO mas eu acho que nos NAO temos suficientes NPOs para a nossa Z.E.E e entao teriamos que construir mais.
e ja agora caro amigo e-migas eu gostaria de saber se voces gostaria que ouve-se uma nova versao do NPO com mais capacidade militar e ja agora gostaria tambem de saber qual e o tipo de equipamento que voces gostaria que o NPO tivesse?
cumprimentos :Soldado2:


A noção de um  NPO com "mais" capacidade militar já foi discutido na Secção da marinha de guerra!

Mas a minha noção não passa por mais do que uma peça de 76mm, possívelmente um heli orgânico e misseis ASuW.
Quiçá algum equipamento AAW e ASW mas a ver, consoante capacidade de adaptação do navio!
A opção corveta com equipamento semelhante às Meko acho dificil!
Cumprimentos,
e-Migas
---------------------------------------------------
Una Salus Victus
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7563
  • Recebeu: 498 vez(es)
  • Enviou: 174 vez(es)
  • +202/-209
(sem assunto)
« Responder #70 em: Novembro 07, 2005, 01:40:32 am »
Amigo Pedro, sugiro que consulte os diversos tópicos discutidos aqui anteriormente para obter respostas às suas perguntas, senão dispersamo-nos.
Está bem? :wink:
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

ferrol

  • Analista
  • ***
  • 717
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #71 em: Novembro 07, 2005, 01:42:55 pm »
Citação de: "Leonidas"
Mas mesmo assim não entendo tamanha burrice em protestarem com uma situação que pode ser altamente benéfica para eles,dado o estatuto que tem atualmente aquele espaço português. Mas também já sabemos o que é que a casa gasta.
A cuestión é ben simple. Se vostede me demostra que as Salvaxes teñen, hoxe, 7/11/2005 habitantes permanentes que precisen alimentación das augas circundantes, eu lles concedo 200 millas e o nome de illas. Se non é así, son illotes e teñen 12 millas de zee.

E isto o digo eu e os tratados que ratificou Portugal perante a ONU, e ó que xa nos referimos noutras ocasións.

A referencia a "sabemos o que a casa gasta" refírese sen dúbida á pouca educación que lle deron na súa casa, que fai que teñamos que repetir cousas que están mais que discutidas neste foro, como o asunto ese dos illotes.

Lea o foro, aprenda e non repita temas, que parece que non sabe pensar en cousas novas...

De todos xeitos, un saúdo.  :o
Tu régere Imperio fluctus, Hispane memento
"Acuérdate España que tú registe el Imperio de los mares”
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5510
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +579/-2
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #72 em: Novembro 07, 2005, 03:07:34 pm »
Este assunto já foi discutido até à exaustão no "Forum Defesa Brasil".

A questão de as ilhas presentemente não serem habitadas, não implica que não sejam capazes para manter vida.

Há paises independentes que são mais pequenos que a Selvagem Grande.

Se calhar a expressão "já sabemos do que a casa gasta" vem daí. Ou seja: Incapacidade de olhar e ver, por muito clara, limpida e justificada que seja a argumentação.

Cumprimentos
 

*

3520

  • Membro
  • *
  • 158
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #73 em: Novembro 07, 2005, 03:29:06 pm »
ferrol, as selvagens so não têm habitantes porque são uma reserva natural.

as selvagens não são nenhuns ilheus/rochedos como aqueles que fosses foram defender da "invansão marroquina".
as selvagens são ilhas, e não há como modificar isso.
 

*

ferrol

  • Analista
  • ***
  • 717
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #74 em: Novembro 07, 2005, 06:06:17 pm »
Citação de: "papatango"
Se calhar a expressão "já sabemos do que a casa gasta" vem daí. Ou seja: Incapacidade de olhar e ver, por muito clara, limpida e justificada que seja a argumentação.
Tampouco fai falla que insulte agora ós séus coterráneos que participan neste foro, e en particular a Leonidas, dicindo que son incapaces de le-los fíos anteriores onde xa se explicaron estas cousas...

As incapacidades é o que teñen, que todo o mundo pode chamar incapaz ó que ten enfrente, ¿A que sí, pt?
Tu régere Imperio fluctus, Hispane memento
"Acuérdate España que tú registe el Imperio de los mares”
 

 

Petição: TROPAS PÁRA-QUEDISTAS, PARA A FORÇA AÉREA!

Iniciado por paraquedista

Respostas: 3
Visualizações: 3541
Última mensagem Março 11, 2016, 07:53:23 pm
por paraquedista
Qual as prioridades para a Força Aérea entre 2011-2020 ?

Iniciado por dc

Respostas: 38
Visualizações: 10931
Última mensagem Novembro 15, 2010, 02:34:53 pm
por bokaido
CDS propõe 12 anos de serviço para pilotos da Força Aérea

Iniciado por Marauder

Respostas: 19
Visualizações: 9289
Última mensagem Setembro 12, 2007, 02:40:44 am
por raphael
Açores: radares de defesa aérea a partir de 2011

Iniciado por pmdavila

Respostas: 18
Visualizações: 9701
Última mensagem Maio 20, 2008, 04:09:50 pm
por Lancero
Força Aérea Portuguesa no V Festival Aéreo de Vigo

Iniciado por bucanero

Respostas: 8
Visualizações: 5553
Última mensagem Julho 30, 2008, 06:15:06 pm
por bucanero