Atentados provocam perto de 200 mortos em Madrid

  • 37 Respostas
  • 10911 Visualizações
*

komet

  • Investigador
  • *****
  • 1663
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-1
(sem assunto)
« Responder #15 em: Março 11, 2004, 08:47:43 pm »
Está confirmado o que se suspeitava, foi de facto, a Al-Qaeda a responsavel pelos atentados de hoje, vejam mais em:

http://www.sky.com/skynews/article/0,,3 ... 51,00.html
"History is always written by who wins the war..."
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5510
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +18/-0
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #16 em: Março 11, 2004, 09:20:57 pm »
Já houve casos de organizações "ditas" arabes que reclamaram a autoria de atentados. Vão mudando de nome e aproveitando o trabalho de outros.

A unica coisa que acho realmente estranho em se tratar de um atentado da ETA é que se o é, então é uma espécie de suicidio, garantindo assim, a vitoria do PArtido Popular, que é o partido mais conservador.

Esta historia está realmente complicada. Não faz sentido por um lado e não deixa de fazer por outro.

Cumprimentos
 

*

Ricardo Nunes

  • Investigador
  • *****
  • 1258
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • Enviou: 5 vez(es)
  • +1/-0
    • http://www.falcoes.net/9gs
(sem assunto)
« Responder #17 em: Março 11, 2004, 10:04:53 pm »
Está na altura de fazer uma visita a uns senhores:  :G-Kill:
Ricardo Nunes
www.forum9gs.net
 

*

FinkenHeinle

  • Membro
  • *
  • 188
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #18 em: Março 11, 2004, 10:36:00 pm »
Olá,


Quero, antes de mais nada, expôr meus sentimentos pelo povo espanhol.

Acredito, entretanto, que não seja um ataque do ETA, afinal de contas, não é esse tipo de ataque que o ETA deflagra. Geralmente, pois, ataca autoridades e políticos, mas não gente inocente.

Reitero, ainda, que esse tipo de ataque parece mais de algum grupo terrorista árabe. Parece ser uma nefasta conseqûencia do grande apoio do governo espanhol ao ataque contra o Iraque. Infelizmente...
Um Forte Abraço.
André Finken Heinle
_________________
"Em condições normais, corro para vencer e venço. Em situações adversas, também posso vencer. E, mesmo em condições muito desfavoráveis, ainda sou páreo." (AYRTON SENNA)
 

*

emarques

  • Especialista
  • ****
  • 1177
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #19 em: Março 13, 2004, 12:40:57 am »
Quanto à questão ETA/Al Qaeda que anda na boca de toda a gente, uma possibilidade será que a Al Qaeda pusesse o dinheiro e a ETA o "talento". Talvez mesmo sem que a estrutura de comando estivesse ao corrente. Porque as razões para acusar a ETA mantêm-se. Os explosivos e modo de colocação são típicos deles.

Mas como eu disse mais acima, a diferença entre o PP e os outros para a ETA não é grande, porque o diálogo não leva onde eles querem ir, e a confrontação sempre lhes serve para armar em vítimas.
Ai que eco que há aqui!
Que eco é?
É o eco que há cá.
Há cá eco, é?!
Há cá eco, há.
 

*

JQT

  • Membro
  • *
  • 265
  • Recebeu: 11 vez(es)
  • +0/-0
Eleições
« Responder #20 em: Março 13, 2004, 02:18:20 am »
Ninguém faz um ataque terrorista desta dimensão a poucos dias de eleições gerais sem as querer influenciar. A Al Qaeda não ganha nada em influenciar as eleições. A ETA sim. Ainda não me inclino muito para a hipótese Al Qaeda. A ETA também é capaz de fazer um atentado destes. Há trinta anos que põem bombas, isto para eles é só uma questão de quantidade de explosivos e de detonadores. E é preciso ter atenção que tem havido alguma intoxicação informativa: como a história de que «A ETA avisa sempre que vai fazer um atentado». Isto é uma colossal e escandalosa mentira que foi colocada a circular pelas agências noticiosas e que tem sido repetida por todo o mundo. A própria imprensa espanhola tem tratado de desmenti-la. A ETA tem assassinado muita gente e não lhes telefona antes a dizer que os vão matar a tal hora. O método bombista deles é fazer rebentar uma primeira bomba, e depois é que telefonam à polícia a dizer que a tal hora, em tal lugar vai rebentar outra. É uma maneira de dar credibilidade às suas ameaças. Mas a primeira bomba é a que faz mais vítimas, é aquela que apanha toda a gente de surpresa. Isto é muito diferente de se dizer que «a ETA avisa sempre» (que bonzinhos e cavalheiros que eles são!...). O embaixador espanhol em Lisboa disse ontem a uma jornalista qualquer coisa como isto: «Para se contar uma mentira dessas é porque ou se é ignorante ou se é leviano».

Por isso é que não nos podemos precipitar nas conclusões. Não estou a ver as autoridades espanholas arriscarem o seu prestígio apontando um falso responsável por razões políticas. Porque quando se soubesse que tinham acusado a ETA injustamente, a ETA faria o papel de vítima e isso comprometeria seriamente a sua política para o País Basco.

Se realmente fôr a Al Qaeda... então nós por cá temos um grande problema. Houve os ataques em Marrocos no ano passado, agora estes em Madrid e podemos estar na lista. Também fomos cruzados, também estamos no Al Andalus, também somos "infieis". E temos o Euro 2004 e o Rock in Rio.

JQT
 

*

FinkenHeinle

  • Membro
  • *
  • 188
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #21 em: Março 13, 2004, 03:23:17 am »
Olá Amigos,


Antes de mais nada, gostaria novamente de dar meus profundos sentimentos pelo povo espanhol.

Mas, voltando ao assunto, afirmo, categoricamente, que não foi o ETA que realizou tal ataque terrorista. Por 3 motivos.

1- Esse não é o MODUS OPERANTI do ETA. Um típico ataque do ETA seria em pequena escala, sem uma destruição e matança como como essa. Geralmente, com pequenos ataques, eles se concentram em pessoas e poíticos influentes;

2- Não faria sentido realizar um ataque de tais proporções, e deixar que os "méritos" fossem para a Al-Qaeda. É claro que existem evidentes óbices político em realizar tal ataque, visto que o povo, agora, iri voltar-se contra o ETA. E, mesmo sendo um ataque do ETA, e este não se declarasse o autor, o governo espanhol, na mesma hora em que tivesse provas cabais que tivesse sido o ETA, iria jogar no ventilador, pelos motivos políticos;

3- Este ataque apenas daria armas para o governo espanhol, que "ganharia" muito pelo desgaste político do ETA, o que não é, exatamente, o que pretendem os líderes do ETA.

No mais, espero que os autores sejam punidos, e que o povo espanhol se repuperes dessa tragédia. Como bem disse um colega, os autores são ASSASSINOS!!!. Sei que deve ser difícil para o povo espanhol, mas é importante que esse momento de comoção se reflita em uma auto-crítica, não só dos espanhóis, mas de todos os cidadãos do mundo.

Até mais...
Um Forte Abraço.
André Finken Heinle
_________________
"Em condições normais, corro para vencer e venço. Em situações adversas, também posso vencer. E, mesmo em condições muito desfavoráveis, ainda sou páreo." (AYRTON SENNA)
 

*

emarques

  • Especialista
  • ****
  • 1177
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #22 em: Março 13, 2004, 12:20:19 pm »
Citação de: "FinkenHeinle"
1- Esse não é o MODUS OPERANTI do ETA. Um típico ataque do ETA seria em pequena escala, sem uma destruição e matança como como essa. Geralmente, com pequenos ataques, eles se concentram em pessoas e poíticos influentes;


Barcelona, 1987 :

Um Ford Sierra carregado com 25 Kg de amonal e 200 litros de líquido inflamável é colocado no parque de estacionamento de um hipermercado Hipercor. Os explosaivos deflagram durante a hora de expediente, enquanto estavam 100 empregados e 500 clientes dentro da loja. 21 mortos, 45 feridos. Atentado reivindicado pela ETA. Não é na escala do atentado de 11 de Março, mas só por acaso é que uma daquelas 600 pessoas seria influente.

O "modus operandi" é sem dúvida da ETA. Tipo de explosivos, mochilas para a colocação (em vez de maníacos que se matam junto com as vítimas), colocação de explosivos prontos para detonar aquando da chegada dos meios de socorro... Os objectivos do atentado é que não parecem tanto da ETA, não pelos 200 mortos, mas pelas 10.000 vítimas possíveis. Por isso é que não se põe de parte a possibilidade de etarras a soldo de outros grupos terroristas ou um grupo dissidente da ETA (tipo "Real IRA") que quisesse marcar posições no "mercado do terror".
Ai que eco que há aqui!
Que eco é?
É o eco que há cá.
Há cá eco, é?!
Há cá eco, há.
 

*

JNSA

  • Analista
  • ***
  • 833
  • +1/-1
(sem assunto)
« Responder #23 em: Março 13, 2004, 09:07:25 pm »
1 - uma perita espanhola em atentados da ETA diz que tem 99% de certeza que não foi a ETA que cometeu os atentados
2 - os serviços secretos noruegueses dizem que têm provas (que anteriormente tinham desvalorizado) de que a Al Quaeda é responsável pelos atentados
3 - foi encontrada uma carrinha com detonadores e entre outras, uma cassete com versículos do Corão
4 - foi encontrada uma mochila com explosivos acoplados a um telemóvel (foram usadas nas ligações fios de cobre - o MO da ETA é a utilização de fios de alumínio) - os menus do telemóvel estavam em árabe...
5 - a ETA (e os partidos que a não criticam, ou que aceitam negociar a questão basca) seriam os principais atingidos se se viesse a verificar a autoria basca do atentado
6- o PP seria o principal atingido se se verificasse a autoria árabe do atentado
7 - as eleições em Espanha são amanhã.
8 - o Ministério dos Negócios Estrangeiros espanhol deu indicação aos seus embaixadores para defenderem a tese de que a ETA é responsável pelos atentados.

Can you say "aproveitamento político"  :evil:

Acho isto um desrespeito, não só pela democracia, mas principalmente pelas famílias das vítimas, que merecem a verdade...

P.S. - os factos aqui referidos foram, entre outros, divulgados pela TSF, agência LUSA e Cadena Ser, que considero órgãos de comunicação credíveis
 

*

fgomes

  • Perito
  • **
  • 475
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #24 em: Março 13, 2004, 09:49:21 pm »
Quem fez o atentado, deixou pistas para baralhar os investigadores. Vai levar algum tempo até que se chegue a conclusões.

De qualquer modo não posso deixar de lamentar, o destaque dado nos meios de comunicação à manifestação inspirada pelo equivalente ao bloco de esquerda lá do sítio e sobretudo à ideia que o atentado é devido ao apoio de Espanha aos EUA, portanto os responsáveis estão encontrados: Aznar e o PP. Esta ideia que também tem muitos apoiantes por cá, equivale ceder em toda a linha à chantagem do terrorismo !
 

*

Ricardo Nunes

  • Investigador
  • *****
  • 1258
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • Enviou: 5 vez(es)
  • +1/-0
    • http://www.falcoes.net/9gs
(sem assunto)
« Responder #25 em: Março 13, 2004, 10:03:51 pm »
Completamente de acordo. Como se pode ver o aproveitamente político não se deu apenas de um lado. Aliás, aproveitamento político é isto.

Uma atitude tipicamente europeia e arrisco-me a dizer esquerdista: "vamos cá ficar quietinhos no nosso canto que garantimos a nossa segurança". Infelizmente ainda muita gente pensa assim. Esta é, e devia de ser, a maior razão para legitimar o apoio espanhol aos EUA na guerra contra o terrorismo ( não falo na guerra contra o Iraque, no geral a Espanha tem sido um membro activo na guerra contra o terrorismo ).
Ricardo Nunes
www.forum9gs.net
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5510
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +18/-0
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #26 em: Março 14, 2004, 12:20:41 am »
Uma coisa é certa.

O governo espanhol deu um tiro no pé.
Se fosse em Portugal, o ministro do interior (equivalente ao ministro da administração interna) já podia ir assinando a carta de demissão.

Ainda no sábado, depois do meio dia, o governo de Espanha afirmava a pés juntos que era a ETA. Ás primeiras horas de domingo, a principal linha de investigação, é claramente o terrorismo de cariz fundamentalista islâmico.

As Televisões e rádios por seu lado, parece que dão um triste sinal de partidarismo. Dizem que os meios de comunicação do grupo PRISA, totalmente favoraveis ao PSOE dizem todo o tipo de barbaridades contra o governo e em contrapartida a TVE, quando na tarde e noite de sábado havia manifestações ilegais com milhares de pessoas contra o governo, pura e simplesmente não refere a noticia.

Acho que temos que tirar os chapéu ás nossas radios, televisões e jornais.

Quanto a Portugal, e ao Bin-Laden, podemos começar a pôr as barbas de molho.

Cumprimentos
 

*

dremanu

  • Investigador
  • *****
  • 1260
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +7/-12
(sem assunto)
« Responder #27 em: Março 14, 2004, 02:54:15 pm »
O comportamento adotado pelo governo castelhano mostra bem o tipo de pensamento que eles têm. Distorção e manipulação dos factos para aproveitamento político, tal qual os nazis fizeram antes de atacarem a Polônia em 1939, ou quando quando queriam demonizar a imagem dos judeus e outros povos perante o público Alemão.

É normal que muita gente em Portugal se sinta revoltada e solidária com as famílias das vitimas dos atentados. No entanto sou contra o governo Português declarar luto nacional, quando não existe necessidade nenhuma de tal ser feito. Não morreram nenhuns Portuguêses no atentado, porque razão temos nós que declarar lutos nacionais por gente que morreu num outro país. Então porque não se declara luto nacional pelas vitimas de ataques terroristas que aconteçem em outros países.

Este tipo de coisa deveria ser mais um aviso aos Portuguêses para limitarem o seu involvimento nos assuntos de Espanha, e procurarem se afastar e não se apróximar. Mas vejám como primeiro-ministro Português é um ranhoso,  vai p'ra Espanha participar em manifestações de paz, mas o ano passado recusou a ir visitar a comunidade Portuguêsa, durante as festividades do 10 de Junho, residente em Toronto porque tinha medo de apanhar SARS. Não se registrou um só caso de SARS entre os Portuguêses que fazem parte dessa comunidade.

É este o nosso governo, marionetes ao serviço de Bruxelas e Madrid, mais interessados em serem uns engraxadores dos europeus e dos Espanhoís, que governarem a favor do povo Português. E depois admiram-se que Portugal é sempre ignorado, com atitudes subserviventes o que se pode esperar.

Voltando a questão do luto nacional, é muito simpático todas estes  gestos simbólicos de solidariadade. A verdade é que pessoalmente não tenho dúvidas que se os castelhanos pudessem amanhã mandavam tanques e aviões para atacar e conquistar Portugal de uma vez por todas. E fariam um "limpagem" étnica no pais Basco, Catalunha, Galiza, e Portugal para acabar por completo com a oposição ao seu desejo de obterem controlo supremo sobre a peninsula Ibérica.
"Esta é a ditosa pátria minha amada."
 

*

Lince

  • Moderador Global
  • *****
  • 241
  • +0/-0
    • http://forumdefesa.com
(sem assunto)
« Responder #28 em: Março 14, 2004, 04:28:36 pm »
Peço por favor maior cuidado com os termos utilizados :idea: Consultem as REGRAS DO FÓRUM
Cumprimentos

 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5510
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +18/-0
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #29 em: Março 14, 2004, 04:42:17 pm »
Não foi só Portugal que declarou luto nacional.
A Italia, pelo menos, também declarou.

Cumprimentos
 

 

Centenas mortos em massacre na Nigéria

Iniciado por Ricardo Nunes

Respostas: 6
Visualizações: 1999
Última mensagem Maio 11, 2004, 01:56:16 am
por Guilherme
Mais um helicoptero cai no Afeganistão: 17 mortos

Iniciado por papatango

Respostas: 14
Visualizações: 3633
Última mensagem Agosto 19, 2005, 01:54:05 pm
por papatango
24 soldados mortos em emboscada das FARC

Iniciado por Pantera

Respostas: 1
Visualizações: 1291
Última mensagem Dezembro 27, 2005, 09:47:45 pm
por Pantera
78 jornalistas mortos em 2004

Iniciado por Normando

Respostas: 0
Visualizações: 1081
Última mensagem Março 22, 2005, 04:55:55 pm
por Normando
Aos Mortos de Beslan

Iniciado por P44

Respostas: 9
Visualizações: 1881
Última mensagem Setembro 16, 2004, 01:41:23 am
por Normando