EUA poderão ter exército de robots dentro de 10 anos

  • 0 Respostas
  • 1429 Visualizações
*

Lince

  • Moderador Global
  • *****
  • 239
  • +0/-0
    • http://forumdefesa.com
EUA poderão ter exército de robots dentro de 10 anos
« em: Fevereiro 16, 2005, 07:00:33 pm »
Citar
O exército norte-americano está perto de mudar radicalmente a forma de fazer guerra, preparando-se para dentro de 10 anos enviar para as frentes de combate «soldados-robot», desprovidos de medo e de outras emoções, noticiou o The New York Times.

Segundo o jornal, os avanços tecnológicos já alcançados permitirão a estes «soldados-robots» perseguir e matar inimigos, enquanto são controlados a uma distância segura por «soldados-humanos» através de um laptop.
O contrato firmado pelo exército para desenvolver estes protótipos, designado como «Sistemas de combate futuros», custa cerca de 98 mil milhões de euros, o mais caro da história militar dos Estados Unidos.

Embora ainda não estejam prontos para ser usados como força de combate, centenas de robots foram já enviados para realizar operações de desminagem nas estradas do Iraque, penetrar nas cavernas do Afeganistão ou guardar depósitos de armas.

Em Abril, uma versão armada do robot, capaz de efectuar mil disparos por minuto, irá actuar em Bagdad.

Os novos «soldados», com um metro de altura, estarão equipados com visão nocturna e armas automáticas.

Além disso, «não se zangam, não têm medo e não se esquecem das ordens que receberam», disse ao jornal Gordon Johnson, do comando das forças conjuntas do Pentágono. «Nem sequer se importam se o soldado ao lado foi atingido. Irão fazer melhor trabalho que os humanos? Sim», acrescenta

Os peritos afirmam que a nova geração de soldados irá progressivamente ser capazes de pensar, ver e reagir como humanos.

No entanto, os primeiros modelos irão disparar apenas quando um operador humano carregar num botão depois de identificar um alvo num vídeo transmitido pelas câmaras do robot.

As novas forças poderão salvar vidas, mas os seus custos deverão fazer aumentar o orçamento de Defesa dos EUA em cerca de 20%.


http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?section_id=10&id_news=158792
Cumprimentos