Notícias da Marinha

  • 2375 Respostas
  • 538776 Visualizações
*

Ricardo

  • Perito
  • **
  • 359
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #120 em: Abril 02, 2007, 11:54:53 pm »
SEMINÁRIO: “UMA MARINHA DE DUPLO USO”

http://www.marinha.pt/revista/index.asp ... fault.html
 

*

p_shadow

  • Perito
  • **
  • 448
  • +1/-0
    • http://www.falcoes.net/9gs
(sem assunto)
« Responder #121 em: Abril 03, 2007, 04:05:49 am »
Citação de: "luis filipe silva"
Há uma anedota na qual uma professora perganta quais os passatempos em casa dos alunos. Os mais ricos divertiam-se com consolas, home-cinema etc.. O Carlinhos respondeu que como eram pobres, o pai ca**va-se e eles riam-se.


Ah grande Luis! E a brincar ninguém leva a mal. Mái' nada!


Cumptos
A realidade não alimenta fóruns....
 

*

luis filipe silva

  • Investigador
  • *****
  • 2051
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #122 em: Abril 11, 2007, 02:16:19 am »
Como veêm, a J. Belo ainda mexe!...
Noticia do site da Armada:
Citar
Largou hoje da Base Naval de Lisboa no Alfeite a fragata "Comandante João Belo" para integrar a força europeia EUROMARFOR (EUROPEAN MARITIME FORCE), cuja cerimónia de activação se realizará no dia 14 de Abril, no porto de Cartagena, em Espanha.
Constituída por unidades navais de Portugal, Espanha, França e Itália, a EUROMARFOR participa no Exercício Espanhol "TAPON 07", a decorrer durante o período de 16 a 27 de Abril.
-----------------------------
saudações:
Luis Filipe Silva
 

*

»»Submarinista»»

  • Membro
  • *
  • 94
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #123 em: Abril 13, 2007, 04:28:18 pm »
Ainda mexe?
Claro que mexe, só que pelo simples facto de ela ir dar uma voltinha a Espanha para a cerimonia de abertura da Euromarfor não quer dizer nada, depois quem vai participar mesmo nos exercicios conjuntos será uma fragata da classe Vasco da Gama, isto porque já há uns anos para cá que o Comando da Euromarfor não autoriza a participação das Classe JBelo.
O que ela lá vai fazer é dar a cara e vir-se embora (foi o que a Sacadura Cabral foi lá fazer o ano passado a Rota), não sei se este ano vão participar se não!!!
Atentamente
 

*

luis filipe silva

  • Investigador
  • *****
  • 2051
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #124 em: Abril 14, 2007, 03:31:11 am »
citação:
Citar
isto porque já há uns anos para cá que o Comando da Euromarfor não autoriza a participação das Classe JBelo.

Não sei porquê, pois se a França já tem participado com as Destienne D'Orves.
-----------------------------
saudações:
Luis Filipe Silva
 

*

luis filipe silva

  • Investigador
  • *****
  • 2051
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #125 em: Abril 14, 2007, 04:22:48 am »
Citar
Fragata Portuguesa em exercícios no Mediterrâneo
 
 
Publicado em:
 2007-04-10



Largou hoje da Base Naval de Lisboa no Alfeite a fragata "Comandante João Belo" para integrar a força europeia EUROMARFOR (EUROPEAN MARITIME FORCE), cuja cerimónia de activação se realizará no dia 14 de Abril, no porto de Cartagena, em Espanha.
Constituída por unidades navais de Portugal, Espanha, França e Itália, a EUROMARFOR participa no Exercício Espanhol "TAPON 07", a decorrer durante o período de 16 a 27 de Abril.
Para além da fragata João Belo, participa igualmente naquele exercício, uma companhia de fuzileiros portugueses que, no contexto das excelentes relações bilaterais que a Marinha mantém com a sua congénere Espanhola embarcarão no  Navio Polivalente  Logístico (NPL) SPS Galicia.
Estão também embarcados a bordo da "João Belo" 23 cadetes do 4º ano da Escola Naval que efectuam a viagem de instrução e que juntamente com a corveta "João Roby" irão participar no Exercício "Cadete Training War 07" que decorrerá no Mediterrâneo com unidades navais das Marinhas francesa, alemã e italiana no período de 21 a 29 de Abril. A viagem de instrução terminará com a chegada à BNL a 04 de Maio.
A João Belo é uma fragata da classe "João Belo", especialmente vocacionada para a luta anti-submarina. Sob o comando do capitão-de-fragata Correia Policarpo, o navio possui uma guarnição constituída por 14 oficiais, 28 sargentos e 125 praças, num total de 167 elementos.


 
Citar
Fragata Portuguesa em exercícios no Mediterrâneo

 Largou hoje da Base Naval de Lisboa no Alfeite a fragata "Comandante João Belo" para integrar a força europeia EUROMARFOR (EUROPEAN MARITIME FORCE), cuja cerimónia de activação se realizará no dia 14 de Abril, no porto de Cartagena, em Espanha.
Constituída por unidades navais de Portugal, Espanha, França e Itália, a EUROMARFOR participa no Exercício Espanhol "TAPON 07", a decorrer durante o período de 16 a 27 de Abril.


Só o tempo o dirá, ou o Zandinga!...
-----------------------------
saudações:
Luis Filipe Silva
 

*

TOMKAT

  • Especialista
  • ****
  • 1173
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #126 em: Abril 14, 2007, 06:12:41 am »
Acerca do "TAPON 07"

Citar
Portugal participa em exercícios militares internacionais
13-04-2007 17:35:00
 
Portugal é um dos cinco países que participa nos exercícios militares Tapon 07 que decorrem entre 16 e 27 de Abril nas águas do Golfo de Cádis e no sul espanhol.
 

Fonte da armada espanhola confirmou à Lusa que Portugal participa com a fragata Comandante João Belo, integrada na Força Marítima Europeia.

O objectivo do exercício é o treino das forças marítimas no âmbito de um cenário fictício de uma crise internacional, centrado principalmente nas operações anfíbias e na guerra "assimétrica", que consiste no uso de "meios de oportunidade contra objectivos militares".

Além do Golfo de Cádis, os exercícios decorrem ainda no Mar de Alborán, no campo de treino de Sierra del Retín, em Barbate e em zonas do sul de Almería.

Além de Espanha e Portugal o exercício conta com unidades da França, Grécia, Turquia e Marrocos e a presença de observadores da Argélia, Egipto e Jordânia, sendo conduzido pelo almirante da Frota, Fernando Armada Vadillo.

Vinte e um navios, 15 deles espanhóis, participam nos exercícios, entre eles um porta-aviões, embarcações de comando, controlo e assalto, sete fragatas, um navio de assalto anfíbio, dois submarinos e vários aviões e helicópteros, entre outras unidades.

Nos exercícios participa ainda a força aérea espanhola com o Comando Aéreo de Combate (MACOM) e o Centro de Operações Aéreas Combinadas (CAOC-8) com vários tipos de aviões, incluindo os Eurofighter, os F-18, F-101 e P-3 Orion.
http://www.observatoriodoalgarve.com/cna/noticias_ver.asp?noticia=12675
IMPROVISAR, LUSITANA PAIXÃO.....
ALEA JACTA EST.....
«O meu ideal político é a democracia, para que cada homem seja respeitado como indivíduo e nenhum venerado»... Albert Einstein
 

*

»»Submarinista»»

  • Membro
  • *
  • 94
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #127 em: Abril 14, 2007, 03:25:40 pm »
Possivelmente a JB até irá participar no exercicio, mas com uma vertente possivelmente de apoio a meios de desembarque, depois do desembarque dos fuzos devem-lhe atribuir uma area de patrulha assim num sitio que não "perturbe" ninguém, á semelhança da participação da Sacadura Cabral em 2005 em que nos atribuiram uma area e onde andamos 10 dias sem ver ninguem. :oops:
Atentamente
 

*

Lancero

  • Investigador
  • *****
  • 4146
  • Recebeu: 29 vez(es)
  • +61/-0
(sem assunto)
« Responder #128 em: Abril 15, 2007, 09:21:29 pm »
Citar
Marinha apreende embarcação suspeita
 
2007-04-15

Hoje (15ABR07) pelas 0224 da madrugada, a Marinha detectou e interceptou, através da Fragata Vasco da Gama e das Lanchas de Fiscalização Rápida (LFR) Dragão e Cassiopeia, da Lancha da Polícia Marítima (PM) "Macaréu" e do dispositivo edificado pelos comandos locais do Comando Regional da Polícia Marítima do Sul, uma embarcação suspeita,  a cerca de 30 Milhas Náuticas a Sul da Costa do Algarve e a uma velocidade superior a 20 nós.

Esta embarcação em fibra com 9 metros de comprimento e 2.5 metros de boca, de cor cinzenta escura, sem qualquer identificação (conjunto de identificação, nome e porto de registo) ou luzes de navegação, com dois motores YAMAHA fora de borda de 250 cavalos cada, viria a ser parada e abordada pelas 06h30, a cerca de 2.5 MN da Praia da Falésia, no Conselho de Albufeira, pelas duas LFR e pela Lancha da PM Macaréu, tendo os seus tripulantes, ambos de nacionalidade Espanhola e naturalidade Galega, sido separados, com o objectivo de evitar qualquer reacção precipitada da sua parte.

A embarcação, por constituir um perigo para a navegação, sob comando de uma guarnição presa e da PM, foi escoltada até ao Porto de Portimão, onde se encontra à guarda da Marinha, como medida cautelar e meio de prova, através do Comando Local da Polícia Marítima de Portimão, para que sejam levados a cabo os normais procedimentos e expediente por parte da Polícia Judiciária e da Polícia Marítima.

Releva-se que, após identificação, os dois cidadãos espanhóis foram colocados em liberdade.


A 'voadora'




Fonte


Stealth  :shock:
"Portugal civilizou a Ásia, a África e a América. Falta civilizar a Europa"

Respeito
 

*

luis filipe silva

  • Investigador
  • *****
  • 2051
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #129 em: Abril 25, 2007, 02:03:12 am »
citação:
Citar
Ainda mexe?
Claro que mexe, só que pelo simples facto de ela ir dar uma voltinha a Espanha para a cerimonia de abertura da Euromarfor não quer dizer nada, depois quem vai participar mesmo nos exercicios conjuntos será uma fragata da classe Vasco da Gama, isto porque já há uns anos para cá que o Comando da Euromarfor não autoriza a participação das Classe JBelo.
O que ela lá vai fazer é dar a cara e vir-se embora (foi o que a Sacadura Cabral foi lá fazer o ano passado a Rota), não sei se este ano vão participar se não!!!

E a confirmação de mais uma noticia fidedigna da nossa fonte de desINFORMAÇÕES.

Site da Armada:
Citar
Navio da Marinha detecta imigração ilegal
 
Publicado em:
 2007-04-23



A fragata Comandante João Belo, da Marinha Portuguesa, detectou ontem uma embarcação sem propulsão, com cerca de 15 pessoas a bordo solicitando assistência. Esta embarcação, denominada Patera, presumivelmente proveniente da Costa de África, encontrava-se a cerca de 32 milhas da Costa Sueste Espanhola e a 54 milhas a norte da costa Argelina.
Esta acção decorreu após a desintegração da Força Europeia EUROMARFOR, e durante o trânsito para a área do Exercício Cadet Training a Sul de França.
O NRP Comandante João Belo permaneceu nas proximidades de forma a garantir a segurança da embarcação e da navegação, em cumprimento das Regras de Salvaguarda da Vida Humana no Mar.
Foi contactado o Comandante da Força Europeia EUROMARFOR comunicando-se todos os dados referentes à embarcação, nomeadamente a posição geográfica, tendo sido destacado para a área o SPS Almirante Juan de Borbón. Cerca das 15H00, foi efectuada a entrega formal da embarcação às autoridades espanholas, tendo a situação sido assumida pelas autoridades locais.
A fragata Comandante João Belo retomou o trânsito para a área de exercícios de forma a cumprir a sua missão e, efectuar a viagem de instrução que terminará com a chegada à Base Naval de Lisboa da força naval a 04 de Maio.

Recorde-se que a João Belo integrou, desde o dia 14 de Abril, a Força Europeia EUROMARFOR (European Maritime Force), constituída por unidades navais de Portugal, Espanha, França e Itália, participando no exercício espanhol TAPON 07, que decorre durante o período de 16 a 27 Abril.
Simultaneamente embarcaram a bordo da fragata João Belo 23 cadetes do 4º ano da Escola Naval que efectuam a sua viagem de instrução e que juntamente com a corveta João Roby irão participar no exercício Cadet Training 2007 que decorre até dia 30 de Abril no Mediterrâneo com unidades navais da Marinha Francesa, alemã e italiana.


Fragata Comandante João Belo
-----------------------------
saudações:
Luis Filipe Silva
 

*

»»Submarinista»»

  • Membro
  • *
  • 94
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #130 em: Abril 27, 2007, 05:07:10 pm »
Caso o amigo não saiba, participar num exercicio e andar pelo exercicio é muito diferente.
Participar seria mais ter uma acção directa nas operações navais, agora andar pelo exercicio é por o navio a um canto e deixa-te andar ai durante o tempo todo enquanto os outros navios participam no exercicio.
PERCEBEU
porque pelo que vejo é uma pessoa que percebe de operações navais!!!

Se perguntar a elementos que se encontram embarcados, neste caso na JB, o que andaram a fazer durante o exercicio logo ouve a resposta e fica  :shock:
Atentamente
 

*

luis filipe silva

  • Investigador
  • *****
  • 2051
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #131 em: Abril 27, 2007, 07:13:15 pm »
citação:
Citar
Caso o amigo não saiba, participar num exercicio e andar pelo exercicio é muito diferente.
Participar seria mais ter uma acção directa nas operações navais, agora andar pelo exercicio é por o navio a um canto e deixa-te andar ai durante o tempo todo enquanto os outros navios participam no exercicio.

Até as missões secundárias fazem parte dos exercícios e dos cenários reais. Com isso não se pode dizer que não faz parte do execicio, pois qualquer navio tam o seu papel, incluindo os navios hidrográficos que não simulam ataques ASW ou AAW.
-----------------------------
saudações:
Luis Filipe Silva
 

*

»»Submarinista»»

  • Membro
  • *
  • 94
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #132 em: Abril 27, 2007, 10:47:03 pm »
E para o amigo o que considera missões secundárias para atribuir a uma Fragata, note-se que não é nenhum navio hidrográfico nem nenhuma lancha de desembarque.
Eu sei bem o que passei durante a viagem de instrução de 2004 em tudo semelhante a esta que a JB esta a fazer, a frustração que foi a nossa "participação" no exercicio.
Atentamente
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5510
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +708/-2
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #133 em: Abril 27, 2007, 10:51:16 pm »
É resultado das circunstâncias.

Há uns tempos atrás, diziam que as JB ainda serviam para apoiar forças de desembarque, mas para operações que não tenham a ver com desembarque, as JB realmente não servem para muito mais.

Não sei se o exercicio de que fala incluía submarinos...

Cumprimentos
 

*

»»Submarinista»»

  • Membro
  • *
  • 94
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #134 em: Abril 27, 2007, 11:07:46 pm »
Sim, neste tipo de exercicios faz sempre parte de uma TG um submarino ou mais, depende da disponibilidade dos paises, em 2004 participou o Barracuda.
Atentamente
 

 

Passos quer Marinha com nova "abertura ao mar"

Iniciado por zawevo

Respostas: 4
Visualizações: 4041
Última mensagem Maio 15, 2012, 09:42:43 am
por P44
Marinha entrega pela primeira vez comando de navio a mulher

Iniciado por Marauder

Respostas: 38
Visualizações: 12860
Última mensagem Maio 18, 2006, 09:03:15 am
por Pedro Monteiro
Fragatas e Corvetas Portuguesas a vela da Marinha 1815/1860

Iniciado por mkorobok

Respostas: 9
Visualizações: 4190
Última mensagem Julho 12, 2011, 12:13:30 pm
por mkorobok
Fará sentido comprar mais EH-101 para a marinha?

Iniciado por papatango

Respostas: 28
Visualizações: 11018
Última mensagem Setembro 12, 2005, 05:04:26 pm
por Rui Elias
Novo artigo sobre a Esquadrilha de Helicópteros da Marinha

Iniciado por Pedro Monteiro

Respostas: 0
Visualizações: 2202
Última mensagem Maio 06, 2009, 09:03:24 pm
por Pedro Monteiro