Revolta no Mundo Árabe

  • 863 Respostas
  • 119130 Visualizações
*

Jorge Pereira

  • Administrador
  • *****
  • 2211
  • Recebeu: 58 vez(es)
  • Enviou: 116 vez(es)
  • +24/-0
    • http://forumdefesa.com
Re: Revolta no Mundo Árabe
« Responder #90 em: Fevereiro 22, 2011, 03:05:01 pm »
Um dos primeiros erros do mundo moderno é presumir, profunda e tacitamente, que as coisas passadas se tornaram impossíveis.

Gilbert Chesterton, in 'O Que Há de Errado com o Mundo'






Cumprimentos
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 11411
  • Recebeu: 408 vez(es)
  • Enviou: 230 vez(es)
  • +67/-57
Re: Revolta no Mundo Árabe
« Responder #91 em: Fevereiro 22, 2011, 07:40:38 pm »
Ataques na Líbia podem ser crimes contra a humanidade, diz ONU




A alta comissária da Organização das Nações Unidas (ONU) para os direitos humanos, Navi Pillay, pediu hoje uma investigação internacional sobre os ataques contra os manifestantes anti-regime na Líbia, afirmando que podem equivaler a crimes contra a humanidade.

Em comunicado, Navi Pillay pediu o fim imediato das violações dos direitos humanos e denunciou «o uso de metralhadoras, franco-atiradores e aviões militares contra os manifestantes».

«Ataques disseminados e sistemáticos contra a população civil podem equivaler a crimes contra a humanidade», disse Pillay, que já foi juíza da ONU para crimes de guerra.

Além disso, investigadores independentes da ONU para os direitos humanos divulgaram um comunicado conjunto condenando as violações na Líbia, que incluem uso de munição real para reprimir dissidentes, a prisão de advogados, activistas e jornalistas e o corte de linhas telefónicas e da Internet.

«Ao promover um massacre contra o próprio povo, o governo da Líbia é culpado por cometer graves violações dos direitos humanos que podem equivaler a crimes contra a humanidade», disse Christof Heyns, relator especial da ONU para execuções extrajudiciais, sumárias ou arbitrárias.

Juan Mendez, relator especial da ONU para a tortura, denunciou o uso «ilegítimo» da força contra os manifestantes e afirmou que as autoridades líbias precisam de entender que os responsáveis poderão ser accionados pela justiça internacional.

Lusa
 

*

JQT

  • Membro
  • *
  • 265
  • Recebeu: 11 vez(es)
  • +0/-0
Norte de África
« Responder #92 em: Fevereiro 22, 2011, 07:48:43 pm »
Será alguém da velha guarda do forismo militar se lembra disto?

http://forumarmada20398.yuku.com/topic/ ... astrofista

Digamos que eu, em 2003, sempre acertei nalguma coisa... :D

JQT
 

*

Falcão

  • Administrador
  • *****
  • 396
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • Enviou: 8 vez(es)
  • +7/-0
    • http://forumdefesa.com
Re: Revolta no Mundo Árabe
« Responder #93 em: Fevereiro 22, 2011, 11:02:17 pm »
E depois desta repressão sanguinária, se sobreviver,  o ocidente vai continua a receber o Gadafi como um grande líder?
Cumprimentos
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 11411
  • Recebeu: 408 vez(es)
  • Enviou: 230 vez(es)
  • +67/-57
Re: Revolta no Mundo Árabe
« Responder #94 em: Fevereiro 22, 2011, 11:24:03 pm »
Luís Amado alerta para ameaça de forças radicais se apoderarem do processo




Luís Amado alertou hoje, em Bruxelas, para a necessidade de a Europa «agir rapidamente para «renovar as relações com o mundo árabe» e impedir que as forças islâmicas mais radicais se apoderem dos processos democráticos em curso.

«Parece-nos absolutamente inadiável e urgente que esse processo avance o mais rapidamente possível, sob pena de as forças islâmicas mais radicais se apoderarem dos processos democráticos» como o processo de Paz no Médio Oriente, disse o chefe da diplomacia portuguesa no final de uma reunião dos ministros dos Negócios Estrangeiros da União Europeia (UE).

Para Luís Amado, se isso acontecesse, «seria dramático para a segurança e estabilidade de toda a região».

O responsável português adiantou que se trata da «situação mais séria» com que a Europa se confronta desde o fim da II Guerra Mundial, no que diz respeito às relações de vizinhança.

Luís Amado recordou que os regimes comunistas e a sua ideologia eram «hostis à Europa» e que neste momento assistimos ao «colapso» de um conjunto de governos que, apesar de tudo, cooperavam com a UE no âmbito da Política de Vizinhança.

O responsável português defendeu que «a grande ameaça» com que a Europa se confronta na região é a do «radicalismo religioso, ideológico, agressivo, relativamente a valores e princípios» com que os europeus organizam a sua vida colectiva.

Lusa
 

*

Lusitanian

  • 283
  • +0/-0
Re: Revolta no Mundo Árabe
« Responder #95 em: Fevereiro 23, 2011, 04:46:40 pm »
Citar
Ministro do Interior junta-se aos revoltosos e diz que Kadhafi vai suicidar-se
23 de Fevereiro, 2011
O ministro do interior da Líbia, Abdul Fattah Yunnes, em declarações à cadeia de televisão Al Arabiya, disse ter-se «juntado à revolução popular em curso no seu país».
Avançou também que tinha dado ordens às suas forças para «não apontarem armas a líbios», tendo negado ainda responsabilidades nos massacres cometidos no país nos últimos dias.

O antigo responsável contou ainda que, recentemente, um ajudante de Muammar Kadhafi tinha tentado atingir o líder líbio a tiro num comício, mas que falhou o alvo e feriu outra pessoa. Disse ainda à Al Arabiya que «o regime de Kadhafi acabou», sugerindo que o dirigente não abandonará o país mas que provavelmente se suicidará.

SOL


Ui, agora complica-se para o Khadafi. Mas acho que é um dos `oportunistas´ que se aproveitam das coisas para depois lucrar com ela. Mas posso estar errado. Afinal basiei isso no que aconteceu com alguns dos `revolucionarios´ que lucraram á custa dos outros. :snipersmile:
Deus quer, o Homem sonha, a Obra nasce.
Por Portugal, e mais nada!
Tudo pela Nação, nada contra a nação!
 

*

Duarte

  • Investigador
  • *****
  • 2033
  • Recebeu: 12 vez(es)
  • Enviou: 16 vez(es)
  • +2/-0
Re: Revolta no Mundo Árabe
« Responder #96 em: Fevereiro 24, 2011, 01:34:36 am »
O que é que acham do facto do presidente Obama ter exigido a demissão de Mubarak, que ao fim ao cabo era aliado, que embora ditador, nunca mandou os militares atirar sobre o povo. No caso de Gadafi, que anda a mandar os militares atirar sobre os manifestantes, nem uma palavra, muito menos a exigir a sua demissão? Não acham estranho..?  :conf:
 

*

Pedro_o_Tuga

  • 114
  • +0/-0
Re: Revolta no Mundo Árabe
« Responder #97 em: Fevereiro 24, 2011, 01:52:39 am »
Citação de: "Duarte"
O que é que acham do facto do presidente Obama ter exigido a demissão de Mubarak, que ao fim ao cabo era aliado, que embora ditador, nunca mandou os militares atirar sobre o povo. No caso de Gadafi, que anda a mandar os militares atirar sobre os manifestantes, nem uma palavra, muito menos a exigir a sua demissão? Não acham estranho..?  :conf:

O Mubarak mandou os tanques carregarem sobre os manifestantes, mas os comandantes dos carros de combate mandanram-no dar uma volta.
 

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 4251
  • Recebeu: 283 vez(es)
  • Enviou: 275 vez(es)
  • +56/-24
Re: Revolta no Mundo Árabe
« Responder #98 em: Fevereiro 24, 2011, 07:44:52 am »
Citação de: "Pedro_o_Tuga"
Citação de: "Duarte"
O que é que acham do facto do presidente Obama ter exigido a demissão de Mubarak, que ao fim ao cabo era aliado, que embora ditador, nunca mandou os militares atirar sobre o povo. No caso de Gadafi, que anda a mandar os militares atirar sobre os manifestantes, nem uma palavra, muito menos a exigir a sua demissão? Não acham estranho..?  :conf:

O Mubarak mandou os tanques carregarem sobre os manifestantes, mas os comandantes dos carros de combate mandanram-no dar uma volta.

Estamos a falar de duas realidades diferentes:

- Egipto; exercito controlado pelos americanos e que tinha uma visão ocidental das coisas
-Libia, país anti americano, em que o exercito ainda vive na sombra do antigo pacto com os comunas, logo os americas não podem intervir.

Apesar de haver muita gente a criticar os americas, não vejo ninguem as criticar os grandes apoiantes do lider libio, ou seja, a china e a russia. Esses sim é que devia pressionar o kadafi a demitir-se, como fizeram os americas no egipto.

Agora reparo esses dois países não são democracias, por isso deixem lá.

Para acabar, faria todo o sentido a UE efectuar um bloqueio naval à libia, com o objectivo de impedir a entrada de armas russas e chinesas na Libia, mas por outro lado é melhor não, senão os chineses ameaçam que não  continuam a comprar divida da europa e a russia fecha a torneira do gas.

Logo o melhor é meter o rabo entre as pernas e deixar que os massacres continuem.
« Última modificação: Fevereiro 24, 2011, 07:55:31 am por nelson38899 »
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

chaimites

  • 1663
  • Recebeu: 61 vez(es)
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +5/-0
Re: Revolta no Mundo Árabe
« Responder #99 em: Fevereiro 24, 2011, 07:51:02 am »
Boas!

Eu acho que Portugal devia enviar o LPD para evacuar os portugueses da Libia em vez de serem resgatados a conta-gotas de C130!  :mrgreen:
 

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 4251
  • Recebeu: 283 vez(es)
  • Enviou: 275 vez(es)
  • +56/-24
Re: Revolta no Mundo Árabe
« Responder #100 em: Fevereiro 24, 2011, 07:56:44 am »
Citação de: "chaimites"
Boas!

Eu acho que Portugal devia enviar o LPD para evacuar os portugueses da Libia em vez de serem resgatados a conta-gotas de C130!  :mrgreen:

Seria um bom teste para ele, antes de ser vendido à nigeria
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

manuel liste

  • Especialista
  • ****
  • 1053
  • +0/-0
Re: Revolta no Mundo Árabe
« Responder #101 em: Fevereiro 24, 2011, 10:19:32 am »
 

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 4251
  • Recebeu: 283 vez(es)
  • Enviou: 275 vez(es)
  • +56/-24
Re: Revolta no Mundo Árabe
« Responder #102 em: Fevereiro 24, 2011, 01:07:46 pm »
Citar
13h09Le correspondant de CNN annonce sur Twitter que des témoins lui assurent que les pilotes qui refusent les ordres du régime sont exécutés dans une base proche de Tripoli.

http://www.lexpress.fr/actualite/monde/afrique/libye-les-journalistes-sans-visa-traites-comme-des-terroristes_965791.html
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5510
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +284/-2
    • http://www.areamilitar.net
Re: Revolta no Mundo Árabe
« Responder #103 em: Fevereiro 24, 2011, 04:54:46 pm »
Citação de: "nelson38899"
- Egipto; exercito controlado pelos americanos e que tinha uma visão ocidental das coisas
-Libia, país anti americano, em que o exercito ainda vive na sombra do antigo pacto com os comunas, logo os americas não podem intervir.

Pois...
Esta é a realidade desagradavel, de que muita gente não gosta de falar e assobia para o lado.
Criticam o Kadafi, mas esquecem que as bases do seu regime, são marxistas e que o seu exército e as suas milicias são milicias revolucionárias que não tiveram nenhuma influencia dos malditos capitalistas ocidentais.

O resultado está à vista.

Citação de: "Falcão"
E depois desta repressão sanguinária, se sobreviver, o ocidente vai continua a receber o Gadafi como um grande líder?
Pessoalmente não me parece que possamos dizer que o ocidente alguma vez haja recebido o Kadafi como um grande líder.

Há algo que não podemos esquecer de forma nenhuma e que torna a Líbia um caso especial.
O ocidente considera, do meu ponto de vista, que o sistema revolucionario (ainda que profundamente corrupto, como todos os regimes marxistas) é na Libia, o melhor antídoto contra o extremismo islâmico da Alqaeda do Magreb.

A Libia é um caso complicado, porque tem petróleo, coisa que não acontecia no Egipto nem na Tunisia nem acontece no Yemen. Ocorre no Bahreim, mas aí os problemas são completamente distintos, pois o Bahreim está a nadar em dólares, o problema prende-se com o facto de os xiitas serem a maioria mas a monarquia ser sunita.

O Kadafi, voltou a ser aceite, quando negociou com o ocidente por um lado a entrada de empresas ocidentais, que fecham os olhos à repressão do regime. Por outro a contenção do extremismo islâmico.
Não é por acaso que a Al Qaeda do Magreb se colocou contra o Kadafi.

Ninguém reparou no caso raro, de o ocidente e a Alqaeda estarem do mesmo lado neste caso ?

A verdade é que ninguém pode prever o que se está a passar no mundo árabe.
Pode ser uma revolução que acabará com um pan-arabismo hostil ao ocidente, ou então poderá ser uma espécie de revolução francesa do mundo árabe.

No entanto, isto não acontecerá sem muita violência.
 

*

chaimites

  • 1663
  • Recebeu: 61 vez(es)
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +5/-0
Re: Revolta no Mundo Árabe
« Responder #104 em: Fevereiro 24, 2011, 05:16:45 pm »
Os paises ocidentais tem é que deixar de ser dependentes do petroleo e gas desses paises!

Quando isso acontecer eles ficam la na terrinha deles a comer areia!
 

 

al-Zarqawi - "Domínio muçulmano no mundo"

Iniciado por Ricardo Nunes

Respostas: 7
Visualizações: 2716
Última mensagem Junho 27, 2004, 09:26:50 pm
por Spectral
Revolta na Grécia e no Sul da Europa?

Iniciado por Miguel

Respostas: 2
Visualizações: 1431
Última mensagem Fevereiro 19, 2012, 09:33:00 pm
por VICTOR4810
Inverno Árabe

Iniciado por typhonman

Respostas: 6
Visualizações: 3350
Última mensagem Junho 23, 2019, 10:37:47 am
por mafets