Notícias da FAP

  • 704 Respostas
  • 165413 Visualizações
*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 5241
  • Recebeu: 2413 vez(es)
  • Enviou: 919 vez(es)
  • +666/-76
Re: Notícias da FAP
« Responder #690 em: Janeiro 20, 2020, 01:31:54 pm »
Puseram sofás no C-130?

o chamado Transporte VIP !!!

Abraços
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7886
  • Recebeu: 807 vez(es)
  • Enviou: 922 vez(es)
  • +113/-40
Re: Notícias da FAP
« Responder #691 em: Janeiro 20, 2020, 03:32:03 pm »
Puseram sofás no C-130?

o chamado Transporte VIP !!!

Abraços

É mais uma das possíveis configurações mas raro de se ver pois normalmente usa-se o C295 nestas funções, mas talvez pela longa distância entre Portugal e Moçambique deslocaram para lá um C-130.

C295 com kit VIP
« Última modificação: Janeiro 20, 2020, 03:33:56 pm por Lightning »
 

*

perdadetempo

  • Perito
  • **
  • 535
  • Recebeu: 174 vez(es)
  • Enviou: 341 vez(es)
  • +33/-2
Re: Notícias da FAP
« Responder #692 em: Janeiro 21, 2020, 06:08:51 pm »
Neste trabalho feito para o curso de promoção a general vem no apêndice E "os factores de planeamento para o transporte de um batalhão até Moçambique", tanto com o C-130H como com o KC-390.

https://comum.rcaap.pt/bitstream/10400.26/17361/1/TII%20Favinha_Estudo%20prospetivo%20sobre%20as%20capacidades%20de%20proje%C3%A7%C3%A3o%20militar.pdf

Está na ultima página.

Cumprimentos,
 

*

asalves

  • Perito
  • **
  • 514
  • Recebeu: 175 vez(es)
  • Enviou: 59 vez(es)
  • +33/-9
Re: Notícias da FAP
« Responder #693 em: Janeiro 22, 2020, 06:11:31 pm »
Neste trabalho feito para o curso de promoção a general vem no apêndice E "os factores de planeamento para o transporte de um batalhão até Moçambique", tanto com o C-130H como com o KC-390.

https://comum.rcaap.pt/bitstream/10400.26/17361/1/TII%20Favinha_Estudo%20prospetivo%20sobre%20as%20capacidades%20de%20proje%C3%A7%C3%A3o%20militar.pdf

Está na ultima página.

Cumprimentos,

Para mim neste relatório está 2 das principais causas do estado das nossas Forças Armadas (pag. 61)
Citar
Os principais desafios a vencer são a crise económico-financeira nacional e a falta de uma visão conjunta

Sem guito não há brinquedos, e sem visão conjunto acaba-se por gastar mal o pouco dinheiro que se tem.

Se há uns que querem uma coisa e outros que apostam noutra chegamos no final e não temos nada de jeito
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: MATRA

*

zawevo

  • Membro
  • *
  • 237
  • Recebeu: 70 vez(es)
  • Enviou: 5 vez(es)
  • +20/-8
Re: Notícias da FAP
« Responder #694 em: Janeiro 27, 2020, 06:11:19 pm »
Formalizada a venda de F 16 à Roménia.

https://eco.sapo.pt/2020/01/27/portugal-oficializa-venda-de-cinco-f-16-a-romenia-por-130-milhoes-de-euros/?fbclid=IwAR1fl0QRBYQ-VqnFiH_9muRq0aX3SuHiEBYOuH33tw7RJQogNx97G6UBFyg

Até aqui uma notícia normal, no entanto o jornaleiro resolveu mudar o nome às OGMA. Até aonde vai a ignorância e incompetência destes não profissionais.
« Última modificação: Janeiro 27, 2020, 06:12:23 pm por zawevo »
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 5241
  • Recebeu: 2413 vez(es)
  • Enviou: 919 vez(es)
  • +666/-76
Re: Notícias da FAP
« Responder #695 em: Fevereiro 05, 2020, 06:53:48 pm »
A Força Aérea, em conjunto com a Ogma, modificou a segunda aeronave F-16 para o padrão Mid-Life Update (MLU), tendo o primeiro voo ocorrido com sucesso em Alverca. Esta modificação MLU decorre ao abrigo do primeiro contrato de alienação de aeronaves F-16 à Roménia.

https://www.facebook.com/PortugueseAirForce/videos/1566332813540166/ 
 
Abraços
 

*

perdadetempo

  • Perito
  • **
  • 535
  • Recebeu: 174 vez(es)
  • Enviou: 341 vez(es)
  • +33/-2
Re: Notícias da FAP
« Responder #696 em: Fevereiro 06, 2020, 06:19:27 pm »
Isto vai acontecer em Espanha, mas inclui um H-130 da FAP. Aparentemente vão participar na edição de 2020 do "Curso Europeo Avanzado de Transporte Aéreo Táctico de 2020" no Centro Europeu de Transporte Táctico.

https://www.revistaejercitos.com/2020/02/06/comienza-el-primer-curso-europeo-avanzado-de-transporte-aereo-tactico-de-2020/

Citar
El próximo domingo llegarán a la base aérea de Zaragoza los nueve aviones de siete nacionalidades diferentes y los 170 efectivos, entre tripulantes, mecánicos, instructores y personal de apoyo y coordinación, que van a participar en el Curso Europeo de Entrenamiento Avanzado de Transporte Aéreo Táctico ETAP-C 20-1, curso que se va a desarrollar hasta el 21 de febrero. Se les unirá un equipo de controladores aéreos de combate (en inglés Combat Control Team, CCT) del Escuadrón de Zapadores Paracaidistas (EZAPAC), que operarán desde las inmediaciones de Caudé, prestando apoyo de control a las aeronaves en el aeropuerto de Teruel.

Serán dos C-130 Hércules de Portugal y Polonia, un C-27J de Rumanía, dos C-295 de España y Finlandia, así como dos A400-M de Alemania y Francia, los que desarrollarán un total de 73 misiones. Para proporcionar mayor realismo en lo que a amenaza superficie-aire se refiere, se utilizará un generador de amenaza radar (TRTG) de la unidad multinacional Polygone MAEWTF (Multinational Aircrew Electronic Warfare Tactics Facility).

El programa incluye unas 20 horas de instrucción teórica y nueve misiones de vuelo por tripulación en versión diurna, además de siete misiones nocturnas, contemplando en ambas el planeamiento avanzado de misiones intra-teatro; lanzamientos paracaidistas, tanto de personal como de cargas; vuelos tácticos con presencia de amenazas superficie-aire y aire-aire; vuelos a baja cota; tomas de asalto con extracciones e infiltraciones de personal; maniobras tácticas de aproximación y aterrizaje; descargas de combate y operaciones de carga/descarga con motores en marcha.

La actividad aérea comenzará el lunes día 10 con los denominados vuelos de familiarización, en los que las tripulaciones tendrán la oportunidad de realizar una ruta de reconocimiento por la extensa zona donde se desarrollará el entrenamiento del curso (TMA Zaragoza, D-104 Teruel, aeródromo militar de Ablitas y polígono de tiro de Las Bardenas Reales (Navarra), así como el campo de maniobras (CENAD) San Gregorio.

Los vuelos transcurrirán a lo largo de dos semanas, en las que se irán completando las misiones previstas, incrementando progresivamente su grado de dificultad y esfuerzo para las tripulaciones. España, como nación anfitriona, proporciona los apoyos necesarios en la base aérea de Zaragoza, los servicios para activar las zonas de aterrizaje, el personal y las cargas para los lanzamientos paracaidistas, las amenazas superficie-aire en el polígono de tiro de las Bardenas Reales y la amenaza aire-aire en la que participarán unidades de caza de varias alas de combate.

El coronel Fernando Raimundo Martínez, comandante del ETAC (siglas en inglés del European Transport Airlift Centre), será el encargado de la apertura del curso y presentaciones generales, en las que se impartirán instrucciones concretas acerca de los procedimientos, horarios y limitaciones que deben conocer las tripulaciones y personal de apoyo.

Este programa nació en 2011, dentro del seno de la Unión Europea, como respuesta a la necesidad europea de un entrenamiento común avanzado para las tripulaciones de transporte aéreo tácticas, donde se estandarizasen tácticas, técnicas y procedimientos para la operación en los actuales y futuros teatros de operaciones.

Actualmente, en los cursos se ofrece un completo y ambicioso programa de entrenamiento que incluye contenidos teóricos on line, previos al inicio del mismo, y contenidos académicos prácticos durante la ejecución, así como nueve misiones de vuelo desarrolladas en nueve días.

Finalizará con una ceremonia de graduación de las tripulaciones que, en esta ocasión, está previsto tenga lugar el 20 de febrero presidida por el jefe del Mando Aéreo de Combate, teniente general César Simón López.

El Centro Europeo de Transporte Táctico consolida Zaragoza como sede de la élite del entrenamiento táctico europeo.

Cumprimentos,
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7886
  • Recebeu: 807 vez(es)
  • Enviou: 922 vez(es)
  • +113/-40
Re: Notícias da FAP
« Responder #697 em: Fevereiro 15, 2020, 11:17:27 pm »
O site da Força Aérea possui uma área onde se pode aceder aos comunicados oficiais do ramo
https://www.emfa.pt/p-663-sala-imprensa
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 8366
  • Recebeu: 583 vez(es)
  • Enviou: 955 vez(es)
  • +347/-297
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: dc

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 2856
  • Recebeu: 1597 vez(es)
  • Enviou: 1013 vez(es)
  • +925/-172
Re: Notícias da FAP
« Responder #699 em: Fevereiro 28, 2020, 03:10:46 pm »
Excelente artigo sobre as 3 décadas de participação da FAP em operações da NATO.

https://www.revistamilitar.pt/artigo/1447?fbclid=IwAR2mWp7ePMVD-ZbNN83OiqR6M0G4Yf1Jz-5Jj6-ay6jCL8UoaHMUJrOgpOQ
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 5241
  • Recebeu: 2413 vez(es)
  • Enviou: 919 vez(es)
  • +666/-76
Re: Notícias da FAP
« Responder #700 em: Março 17, 2020, 06:36:32 am »
The latest issue of @fap_emfa official magazine 'Mais Alto' include a feature on Portuguese T-38A Talon advanced training jet program.



https://twitter.com/Defence360/status/1239627339383930880

Abraços
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Cabeça de Martelo

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 5241
  • Recebeu: 2413 vez(es)
  • Enviou: 919 vez(es)
  • +666/-76
Re: Notícias da FAP
« Responder #701 em: Março 18, 2020, 03:41:58 pm »
The @fap_emfa took delivery of a @AirbusDefence C-295 aircraft from embraer @OGMA_PT . This aircraft performed scheduled maintenance of 4 years. @fap_emfa operates twelve C-295s in transport (7) and maritime surveillance versions (5).



 https://twitter.com/Defence360/status/1240296973305106432
 
Abraços
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 2856
  • Recebeu: 1597 vez(es)
  • Enviou: 1013 vez(es)
  • +925/-172
Re: Notícias da FAP
« Responder #702 em: Abril 04, 2020, 08:06:08 pm »
O ex-CEMFA e ex-CEMGFA General Luís Araújo foi afastado da OGMA

Citar
Ex-chefe das Forças Armadas, Luís Araújo, afastado das OGMA. "Saio triste e magoado"
Luís Araújo, general da Força Aérea, estava nas OGMA desde 2017. Foi substituído pelo jurista Marco Capitão Ferreira, ex-EMPORDEF, e pela economista Catarina Nunes

Valentina Marcelino
04 Abril 2020 — 09:35

O ex-chefe de Estado-Maior General das Forças Armadas (CEMGFA), general de quatro estrelas Luís Araújo, deixou de ser o representante do Estado nas OGMA - Indústria Aeronáutica de Portugal - detida em 65% pela brasileira Embraer e em 35% pelo Estado português. O CEO da empresa é Alexandre Solis, engenheiro de nacionalidade brasileira. Portugal tem dois vogais no conselho de administração, mas desde a morte, em janeiro deste ano, de Júlio Castro Caldas, que desempenhava essas funções desde 2004, Luís Araújo, era o único. O oficial general da Força Aérea, ramo onde foi Chefe de Estado-Maior (2006-2011), tinha sido nomeado pelo governo em 2017 e, numa reunião do Conselho de Administração a 2 de março demonstrou as suas "reservas" em relação à validação do Relatório e Contas, sem o parecer dos órgãos fiscais competentes, fazendo depender dessas assinaturas a sua aprovação.

Soube que o seu mandato não seria renovado, no passado dia 31 de março, sem qualquer aviso prévio do ministério da Defesa. Nesse dia foi realizada uma assembleia-geral das OGMA, tendo Luís Araújo sido confrontado nesse momento com a apresentação dos dois novos administradores mandatados pelo Estado: o jurista Marco Capitão Ferreira e a economista Catarina Nunes. Marco Capitão Ferreira, professor auxiliar na faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, e professor convidado da Academia Militar, foi adjunto jurídico do ex-ministro da Defesa Nuno Severiano Teixeira e administrador da Empordef, a holding das indústrias de Defesa, entre 2008 e 2011. No ano passado, na sequência da demissão do presidente do conselho de administração da holding (o economista João Pedro Martins, que denunciou irregularidades nas contas da empresa) o ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho chamou Capitão Ferreira para assumir a liderança da Empordef e finalizar o processo de extinção que estava em curso. O jurista transita agora para a OGMA.

Catarina Nunes, por sua vez, economista é reconhecida pela sua experiência na área económica e financeira das indústrias de defesa. Num louvor que lhe foi concedido por João Cravinho, quando saiu do seu gabinete para liderar a Plataforma das Indústrias de Defesa Nacional (IDD), o ministro destaca as suas "as ações que visaram estimular a Indústria de Defesa, designadamente através do acompanhamento da liquidação da EMPORDEF, S. G. P. S., e LOCs, da elaboração do estudo sobre a economia de defesa e na identificação de vetores de atuação do Estado, incluindo a criação e implementação do Grupo de Acompanhamento da Participação nos Projetos PESCO (GAPP-PESCO)". Assinala ainda que a sua adjunta "também contribuiu com o seu afincado trabalho e rigor técnico no acompanhamento de diversos processos complexos, dos quais se destacam as ações que permitiram promover todas os procedimentos necessários para assegurar a manutenção dos helicópteros EH 101, o acompanhamento do processo associado às contrapartidas da aeronave C-295 e as questões ambientais relacionadas com a Base Aérea das Lajes".

As OGMA estão neste momento envolvidas num dos maiores negócios da indústria de defesa: a compra de cinco aeronaves Embraer KC-390 que vão equipar a frota da Força Aérea Portuguesa, no valor de 825 milhões de euros, pagos pelo orçamento de Estado. Da parte portuguesa, Luís Araújo era o único com experiência aeronáutica. No âmbito do contrato aprovado em conselho de ministros no ano passado, o primeiro destes aviões de carga e transporte, substitutos dos Hércules C-130, tem entrega prevista à Força Aérea Portuguesa em fevereiro de 2023, seguindo-se mais um por cada ano até fevereiro de 2027. As OGMA são também responsáveis pela modernização de cinco caças F-16 que foram vendidos à Roménia, por 130 milhões de euros.

"Saio triste e magoado"

O oficial-general ex-CEMGFA (2011-2014), já na reforma, juntou-se em 2017 ao outro administrador representante do Estado nas OGMA, Júlio Castro Caldas, ex-ministro da Defesa, que cumpriu essas funções desde 2004, até ao seu falecimento em janeiro deste ano. Contactado pelo DN, Luís Araújo não disfarçou o incómodo com a situação, principalmente por nunca ter sido contactado pela tutela. "Cumpri o meu mandato durante os três anos para que fui nomeado. Face à total ausência de instruções para o desempenho de funções por parte do ministério da Defesa, especialmente depois da morte do Dr. Castro Caldas, que não foi substituído, comecei a sentir-me desconfortável e manifestei a minha indisponibilidade para continuar no conselho de administração das OGMA. Para culminar o meu desconforto, na reunião do conselho de administração de dia dois de março, foi-me apresentado para aprovação o Relatório e Contas de 2019 sem a correspondente documentação do conselho fiscal e do revisor oficial de contas a validá-lo. Face à ausência desses documentos, manifestei as minhas reservas".

Luís Araújo confirma que não foi contactado pelo ministério da Defesa e que só no passado dia 31, na assembleia-geral viu confirmada a sua saída. "Saio triste e magoado", confessa, reconhecendo que a experiência das últimas semanas não lhe davam "condições para continuar". "O meu único desejo é que os cerca de 1800 trabalhadores das OGMA possam continuar a poder alimentar as suas famílias", sublinha. O DN questionou o gabinete do ministro da Defesa sobre esta situação, mas ainda não recebeu resposta.

https://www.dn.pt/poder/-ex-chefe-das-forcas-armadas-luis-araujo-afastado-das-ogma-saio-triste-e-magoado-12029672.html

Comentários para quê?
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW

*

ocastilho

  • Membro
  • *
  • 131
  • Recebeu: 65 vez(es)
  • Enviou: 110 vez(es)
  • +42/-2
Re: Notícias da FAP
« Responder #703 em: Abril 04, 2020, 08:46:04 pm »
Comentários para quê?

Citar
numa reunião do Conselho de Administração a 2 de março demonstrou as suas "reservas" em relação à validação do Relatório e Contas, sem o parecer dos órgãos fiscais competentes, fazendo depender dessas assinaturas a sua aprovação.

Ora bem o contrato do KC foi assinado em 2019, não foi?
E o demissionário apresentou reservas quanto às contas?
De certeza que não é nada...
"Se servistes à pátria, que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis, ela o que costuma."
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 3185
  • Recebeu: 154 vez(es)
  • Enviou: 14 vez(es)
  • +148/-34
Re: Notícias da FAP
« Responder #704 em: Hoje às 12:26:20 am »
Metam o MP a investigar, talvez o contrato seja denunciado...
Artigo 308º

Traição à Pátria

Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:

a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele