Fragatas da Armada Portuguesa

  • 83 Respostas
  • 25713 Visualizações
*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7809
  • Recebeu: 384 vez(es)
  • Enviou: 668 vez(es)
  • +251/-235
(sem assunto)
« Responder #15 em: Junho 22, 2004, 02:15:26 pm »
Citação de: "Rui Elias"
P 44:

Era o que eu desconfiava: só cerca de 10 anos em operação...

Mas elas foram compradas usadas?

Yep! Eram DDs Americanos da segunda guerra mundial...(como se vê, a "novela" das OHP já não é nova) :wink:[/quote]

Se me ligarem tanto como o gabinete de RP da Armada, bem posso morrer á espera.... :wink:
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7809
  • Recebeu: 384 vez(es)
  • Enviou: 668 vez(es)
  • +251/-235
(sem assunto)
« Responder #16 em: Junho 22, 2004, 02:21:53 pm »
Não eram DDs , eram DEs (destroyer Escorts). A Corte Real era a "McCoy Reynolds" (DE 440)

Veja aqui:

http://www.navsource.org/archives/06/440.htm
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Rui Elias

  • Investigador
  • *****
  • 1697
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #17 em: Junho 22, 2004, 02:27:42 pm »
Isso não augura nada de bom em relação ao horizonte de vida das Perry's.

Mas quem é que teve a ideia de aliviar o trabalho dos sucateiros americanos? 8)
 

*

Lynx

  • Membro
  • *
  • 126
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • +2/-0
(sem assunto)
« Responder #18 em: Junho 22, 2004, 03:15:41 pm »
Mais umas fotos

a F-474 Alm. Magalhães Corrêa



 

*

Spectral

  • Investigador
  • *****
  • 1439
  • +2/-0
(sem assunto)
« Responder #19 em: Junho 22, 2004, 06:23:24 pm »
Citar
Não eram DDs , eram DEs (destroyer Escorts). A Corte Real era a "McCoy Reynolds" (DE 440)

Veja aqui:

http://www.navsource.org/archives/06/440.htm


Então até foi uma sorte terem durado tanto tempo. A qualidade de construção dos DE do tempo da guerra era horrível ( o que interessava era pôr o maior número de navios em acção possível).
I hope that you accept Nature as It is - absurd.

R.P. Feynman
 

*

JLRC

  • Investigador
  • *****
  • 2509
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +4/-42
Re: Fragatas da Armada Portuguesa
« Responder #20 em: Junho 22, 2004, 09:06:44 pm »
Citação de: "P44"
Começando pela minha favorita, NRP PERO ESCOBAR (F 335)


Caro Spectral

Também é a minha preferida, a bela Lolobrigida. Era um navio elegantíssimo. Nunca entendi o seu prematuro desarmamento. Dizia-se na altura que tinha problemas de estabilidade. É verdade? Lembro-me de a ver fundeada em frente ao Terreiro do Paço, à bóia, toda engalanada. Era linda.
Cumprimentos
JLRC
 

*

Rui Elias

  • Investigador
  • *****
  • 1697
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #21 em: Junho 23, 2004, 12:09:52 pm »
O Spectral referiu a má qualidade da construção dos navios militares durante a II Grande Guerra, dada a pressa na sua construção.

Tem razão, e o que mais é, essa má qualidade foi extensível a algumas unidades da Marinha mercante e a navios reabastecedores.

Nas altura não valia a pena investir muito na qualidade porque a qualquer momento podia o navio ser atingido por um torpedo ou por ataque aéreo, e por outro lado a pressa é inimiga da qualidade.

Apostou-se na quantidade.

Mas a opção acabou por ser acertada.

Os nazi-fascistas europeus e os imperialistas japoneses não tiveram tempo para se coçarem 8)
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7809
  • Recebeu: 384 vez(es)
  • Enviou: 668 vez(es)
  • +251/-235
(sem assunto)
« Responder #22 em: Junho 23, 2004, 12:15:24 pm »
Citar
Os nazi-fascistas europeus e os imperialistas japoneses não tiveram tempo para se coçarem



Bem dizido, camarada... :mrgreen:  :G-beer2:
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Rui Elias

  • Investigador
  • *****
  • 1697
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #23 em: Junho 24, 2004, 12:00:44 pm »
P44:

Julgo saber que está em preparação no site do Museu de Marinha a colocação das principais embarcações que foram utilizadas pela Marinha Portuguesa, nomeadamente no século XX, o que pode suprir  a lacuna do site da Marinha.

O Gabinete de investigação está a tratar disso, e julgo que brevemente podem disponibilizar dados sobre a Vasco da Gama dos anos 60 de que você colocou aqui uma foto.
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7809
  • Recebeu: 384 vez(es)
  • Enviou: 668 vez(es)
  • +251/-235
(sem assunto)
« Responder #24 em: Junho 24, 2004, 12:08:45 pm »
Boas noticias de facto!!!! :D
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Rui Elias

  • Investigador
  • *****
  • 1697
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #25 em: Junho 24, 2004, 01:48:14 pm »
P 44:

Sobre a Vasco da Gama que referiu, aqui vai:

VASCO DA GAMA
(1961-1973)
Fragata
Classe "Álvares Cabral"
F 478


Construída em Sunderland (Inglaterra) e lançada à água em 8 de Junho de 1945 para a Royal Navy, inicilamente baptizada de HMS Mount Bay, pertenceu à classe Bay e entrou ao serviço em 1949.

Foi adquirida por Portugal em 1961 e incorporada na Armada juntamente com a Fragata D. Francisco de Almeida.

Fez missões na costa de Angola e em Moçambique.

Após um regresso a Lisboa, regressou a África, onde recebeu beneficiações até 1970, regressou à costa africana, tendo regressado em 71, não mais voltando a navegar e sendo abatida em 1973.

Fez um total de horas de navegação de 19.163 horas



Armamento: Teríamos que consultar a da fragata que deu nome à Classe


Bem diferente das actuais Vasco da Gama:

Características:


Deslocamento: 3.200 Ton
Comprimento: 115,9 metros
Boca Máxima: 14,8 metros
Calado: 6 Metros
Velocidade máxima (motor diesel): 20 nós
Velocidade Méxima (turbinas a gás): 32 nós
Autonomia: 4.500 milhas nauticas
Possui plataforma para helicópteros

Armamento:

2 vezes 4 mísseis SSM Arpoon
1 vezes 8 mísseis SAM "sea Sparrow"
1 peça de 100 mm "creusot-Loire" mod 68
1 peça de 20mm "Vulcan-Phalanx" MK 15
2 vezes 3 tubos lança torpedos MK 32
torpedos MK 44 e MK 46
2 sistemas de contramedidas anti missil SRBOC MK 36
Pode embarcar 2 Helis ASW com torpedos.



Portanto, se o P44 for um interessado por estes assuntos, vá um dia ao Museu de Marinha e entre ou contacte alguem do Gabinete de Investigação do Museu, onde terá à disposição um enorme acervo de fotos e publicações com o historial de cada uma das embarcações, características, relatos, etc.
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7809
  • Recebeu: 384 vez(es)
  • Enviou: 668 vez(es)
  • +251/-235
(sem assunto)
« Responder #26 em: Junho 24, 2004, 02:07:37 pm »
Brigadão Rui, vejo que está a ficar um expert, temos de dividir este tópico a mielas  :wink:

Ando aqui á procura da HMS Mounts Bay:
encontrei isto:


On 4th September 1957, HMS Warrior visited Puerto Belgrano, Argentina. She was accompanied by HMS Lynx (Type 41, anti-aircraft frigate, F-27) and Mounts Bay (Bay class frigate, F-627)
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Rui Elias

  • Investigador
  • *****
  • 1697
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #27 em: Junho 24, 2004, 02:50:22 pm »
Pois, a Mouts Bay é a pequena que se vê à esquerda.

Mas a enorme embarcação que se vê ao fundo será (ou foi) dos argentinos?

Credo!!!
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7809
  • Recebeu: 384 vez(es)
  • Enviou: 668 vez(es)
  • +251/-235
(sem assunto)
« Responder #28 em: Junho 24, 2004, 02:54:46 pm »
Citação de: "Rui Elias"
Pois, a Mouts Bay é a pequena que se vê à esquerda.

Mas a enorme embarcação que se vê ao fundo será (ou foi) dos argentinos?

Credo!!!


Não sei se será o "25 de Mayo".... :roll:
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Rui Elias

  • Investigador
  • *****
  • 1697
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #29 em: Junho 24, 2004, 03:03:28 pm »
E o "25 de Mayo" é o quê?

Um cruzador ou um couraçado pequeno?

É caso para dizer:

Já não se fabricam os barcos de antigamente:

Que grandeza olhar para aqueles grandes vazos da II Guerra, para os couraçados, e olhar para os novos designs das fragatas actuais... :cry:
 

 

Um LHC Usado Classe Tarawa para a Marinha Portuguesa

Iniciado por Rvsantinho

Respostas: 20
Visualizações: 8312
Última mensagem Janeiro 20, 2011, 09:01:46 pm
por ICE 1A+
Futuro dispositivo naval da Marinha portuguesa

Iniciado por JLRC

Respostas: 55
Visualizações: 19804
Última mensagem Junho 28, 2004, 12:29:14 pm
por Rui Elias
História da componente submarina da Marinha Portuguesa

Iniciado por Jorge Pereira

Respostas: 43
Visualizações: 21178
Última mensagem Janeiro 05, 2013, 12:03:27 am
por HSMW
Marinha de Guerra Portuguesa: Album de Fotografias

Iniciado por Luso

Respostas: 20
Visualizações: 20192
Última mensagem Abril 25, 2008, 03:29:37 pm
por jmg
Presente e futuro da Marinha de Guerra Portuguesa

Iniciado por Filipe de Chantal

Respostas: 327
Visualizações: 53554
Última mensagem Junho 29, 2009, 05:18:31 pm
por paraquedista