Forças Armadas da Líbia

  • 3 Respostas
  • 4125 Visualizações
*

comanche

  • Investigador
  • *****
  • 1799
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
Forças Armadas da Líbia
« em: Agosto 01, 2007, 07:53:45 pm »
França vende mísseis antitanque à Líbia, diz filho de Kadafi

Citar
PARIS (Reuters) - A França concordou em vender mísseis antitanque à Líbia como parte de um acordo militar, disse o filho do líder líbio Muammar Kadafi à edição desta quarta-feira do jornal Le Monde.
"Este é o primeiro acordo de armamentos entre a Líbia e um país ocidental", disse Saif al-Islam, acrescentando esperar que mais acordos do tipo sejam assinados em breve.
O presidente francês, Nicolas Sarkozy, fechou um acordo de defesa e assinou memorandos de intenção para um pacote de energia nuclear quando visitou Trípoli, na semana passada. Ele também ajudou a negociar a libertação de profissionais médicos detidos no país sob acusação de infectar crianças com o vírus do HIV.
Na quarta-feira, Sarkozy negou que a libertação foi garantida devido a um acordo de armamentos.
A França não revelou detalhes do acordo de defesa, mas Islam disse ao Le Monde que se trata de um negócio importante.
"O acordo cobre exercícios militares conjuntos, claro. Depois, vamos comprar da França mísseis antitanque Milan, no valor de 136 milhões de dólares, acho", disse ele.
Ainda segundo Islam, o acordo também inclui um projeto para fabricar armas.
A União Européia (UE) suspendeu um embargo de armas à Líbia em outubro de 2004.


Reuters (IDS)

 

*

comanche

  • Investigador
  • *****
  • 1799
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #1 em: Agosto 03, 2007, 07:44:42 pm »
EADS confirma acordo para venda de mísseis à Líbia

Citar
PARIS (Reuters) - O grupo aeroespacial e de defesa europeu EADS confirmou nesta sexta-feira que o consórcio do qual faz parte finalizou um acordo de venda de mísseis antitanque com a Líbia e também disse que estaria em conversas avançadas para fornecer rádios a Trípoli.

 

Em nota, a EADS disse que mísseis antitanque Milan serão entregues pela MBDA, uma joint venture com a BAE Systems e a Finmeccanica .

 

"Este contrato está esperando pela assinatura do cliente líbio", disse a EADS.

 

Uma fonte líbia disse mais cedo que contratos no valor de 296 milhões de euros (402 milhões de dólares) foram assinados. Um acordo de 168 milhões de euros refere-se a mísseis antitanque e outros de 128 milhões de euros a sistemas de comunicação, segundo a fonte.



Reuters (IDS)

 

*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3570
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +18/-0
(sem assunto)
« Responder #2 em: Agosto 09, 2007, 09:48:30 pm »
Filho de Kadafi acusa Líbia de torturar enfermeiras búlgaras

Citar
Saif al Islam Kadafi, filho do líder líbio Muammar Kadafi, afirmou à Al Jazeera News que o médico e as cinco enfermeiras búlgaras acusadas de infectar crianças com o vírus da SIDA foram torturados.

Em entrevista à cadeia televisiva Al Jazeera, o filho de Muammar Kadafi acusou as autoridades líbias de torturarem os seis profissionais médicos acusados de infectar 420 crianças com o vírus da SIDA.

Saif Kadafi acrescentou ainda que as enfermeiras búlgaras e o médico de origem palestiniana «foram torturados com electrochoques e ameaçados com ofensas às suas famílias» e considerou que o governo líbio não receberá nenhuma acção legal pelo tratamento atribuído aos réus.

No entanto, sublinhou que as declarações do médico à televisão holandesa eram «puras mentiras». Em entrevista, o dr. Ashraf Alhajouj afirmou ter recebido choques eléctricos nos genitais e ter sido amarrado a uma barra de metal e espancado «como um frango no espeto».

O filho de Kadafi confirmou que as crianças foram infectadas com o HIV antes da chegada dos profissionais ao hospital e que um outro caso foi detectado depois da sua prisão. «Foi  negligência, foi um desastre que aconteceu ali, uma tragédia. Mas não foi deliberada», disse.

Os acusados estiveram detidos nas cadeias da Líbia durante oito anos até à sua libertação, no passado mês de Julho, na sequência de um acordo entre a Líbia e a União Europeia.

As enfermeiras e o médico alegaram a sua inocência durante todo o processo legal e foram perdoados oficialmente pelo presidente da Bulgária, Georgi Parvanov.

SOL com agências

 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 7081
  • Recebeu: 544 vez(es)
  • Enviou: 244 vez(es)
  • +480/-0
(sem assunto)
« Responder #3 em: Junho 01, 2008, 01:49:44 am »
Citar
Ministro da Defesa Nacional assina Memorando de Entendimento com a Líbia

28.05.2008 O Ministro da Defesa Nacional, Nuno Severiano Teixeira, assinou no dia 28 de Maio, em Lisboa, um memorando de entendimento em matéria de Defesa, com o seu homólogo líbio, General Ahmed Mahmoud Ali Azwei.

O memorando entre Portugal e a Líbia, que traduz a vontade política dos dois países, permite desenvolver relações de cooperação entre os dois países no âmbito da segurança e defesa. O documento abrange a troca de experiências em áreas como a política da defesa, operações de manutenção de paz, formação e ensino militar, armamento e equipamento militar.

Este memorando de entendimento prevê ainda a criação de uma comissão mista, visando programar o futuro relacionamento bilateral entre os dois países no domínio da Defesa.

A assinatura deste memorando significa uma importante etapa no relacionamento bilateral, que se tem intensificado nos sectores político, económico e, a partir de agora, na área da segurança e defesa.

A delegação líbia, que se encontra em Lisboa, efectuou igualmente visitas ao Instituto de Estudos Superiores Militares (IESM) e a unidades empresariais e industriais de defesa nacionais. Do programa da visita, resultaram ainda encontros bilaterais entre Nuno Severiano Teixeira e o chefe da delegação Líbia, General Ahmed Mahmoud Ali Azwei, onde foram abordadas questões de segurança regional e internacional e o desenvolvimento das capacidades militares da cooperação entre os Ministérios da Defesa e as Forças Armadas de Portugal e da Líbia.

Programa

28 Maio

Assinatura do Memorando de Entendimento entre os Ministros da Defesa Nacional de Portugal e da Líbia, em Lisboa.



 :arrow: http://www.mdn.gov.pt/mdn/pt/Imprensa/n ... 052008.htm
 

 

Forças de Paz da China no Haiti

Iniciado por J.Ricardo

Respostas: 1
Visualizações: 1713
Última mensagem Agosto 12, 2007, 09:31:25 pm
por SSK
Forças de Defesa da Finlândia

Iniciado por Camuflage

Respostas: 6
Visualizações: 2224
Última mensagem Junho 09, 2014, 01:53:21 pm
por Oktarnash
Europa prestes a levantar o embargo à Líbia

Iniciado por Ricardo Nunes

Respostas: 0
Visualizações: 1247
Última mensagem Setembro 23, 2004, 09:35:08 pm
por Ricardo Nunes
Reino Unido reduz as suas forças armadas em 20.000 homens

Iniciado por JNSA

Respostas: 3
Visualizações: 2013
Última mensagem Julho 22, 2004, 10:24:18 pm
por Spectral
Vídeos das Forças Armadas Australianas

Iniciado por Guilherme

Respostas: 10
Visualizações: 3264
Última mensagem Junho 18, 2004, 02:45:44 pm
por Rui Elias