Substituição dos Lynx

  • 673 Respostas
  • 116972 Visualizações
*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 3401
  • Recebeu: 769 vez(es)
  • Enviou: 175 vez(es)
  • +158/-70
Re: Substituição dos Lynx
« Responder #540 em: Fevereiro 20, 2020, 10:35:57 pm »
Não sejam Más-línguas o dinheiro do FLIR foi para pagar o simulador. Mais vale um simulador do que um FLIR num helicóptero que pouco voa. 8)

Pouco voa? Vais ver que daqui a 5 anos estoiram outra vez as horas de voo dos hélis!  :mrgreen:

Então que sensores são aqueles no nariz do 19203?

Quais sensores? Aquela superfície "rectangular" à frente do "nariz" do helicóptero? Penso que seja só o "local" onde é suposto colocar os ditos sensores. Pelo menos os hélis brasileiros têm lá "coisas".

Helicóptero da MB pré-MLU:


Helicóptero da MB pós-MLU:


A comparar com os nossos que não têm lá nada (pré-MLU):


Pós-MLU:


Presumo que aquele "objecto" junto do trem de aterragem traseiro dos hélis brasileiros seja o lançador de chaffs?

Merlin CSAR (notar os objectos pretos no nariz deste héli e a ausência do mesmo na foto seguinte, e também por cima da última janela aquela saliência presente neste e ausente do outro modelo)


Merlin "normal":
« Última modificação: Fevereiro 20, 2020, 10:38:58 pm por dc »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar, oi661114

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 3210
  • Recebeu: 1963 vez(es)
  • Enviou: 1257 vez(es)
  • +1586/-175
Re: Substituição dos Lynx
« Responder #541 em: Fevereiro 21, 2020, 11:24:03 am »
Quero fazer uma correcção àquilo que escrevi aqui ontem:

Acho que nem isso para te ser sincero. Salvo erro os nossos aparelhos nunca estiveram sequer preparados para utilizar o Sea Skua por não terem sofrido as alterações necessárias no radar.

De facto nem se trata disso: os radares Bendix RDR 1500B utilizados nos nossos Super Lynx pura e simplesmente não dispõem sequer de capacidade de iluminação ou designação de alvos, sendo principalmente um radar multimodo para uso em meio marítimo de pesquisa de superfície, navegação e observação meteorológica.


Citar
Portugal ordered five "Super Lynx Mark 95" machines in 1989, with two of them being conversions of ex-Royal Navy HAS.3 machines and the other three new-build. Initial flight of the Mark 95 was in 1992. The Mark 95 had no nose imager turret but featured Bendix RDR 1500 radar in the undernose radome -- for surveillance and weather observation but without targeting capability -- and Bendix AN/ASQ-18(v) dunking sonar. They were fitted with FN Herstal M3M 12.7-millimeter (0.50-caliber) machine guns, one on a pintle mount on each side, and have participated in antipiracy operations.

http://www.airvectors.net/avlynx_2.html#m3

Por isso logo à partida ficou determinado que armas como o Sea Skua estavam colocadas de parte, e que os torpedos chegavam e sobravam. De facto para "táxi dos Almirantes" não era preciso estar com mais coisas... ::)
« Última modificação: Fevereiro 21, 2020, 11:25:59 am por Charlie Jaguar »
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 3210
  • Recebeu: 1963 vez(es)
  • Enviou: 1257 vez(es)
  • +1586/-175
Re: Substituição dos Lynx
« Responder #542 em: Fevereiro 21, 2020, 11:42:20 am »
Então que sensores são aqueles no nariz do 19203?

Antenas RWR.
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: oi661114

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 3401
  • Recebeu: 769 vez(es)
  • Enviou: 175 vez(es)
  • +158/-70
Re: Substituição dos Lynx
« Responder #543 em: Fevereiro 21, 2020, 12:42:24 pm »
Quero fazer uma correcção àquilo que escrevi aqui ontem:

Acho que nem isso para te ser sincero. Salvo erro os nossos aparelhos nunca estiveram sequer preparados para utilizar o Sea Skua por não terem sofrido as alterações necessárias no radar.

De facto nem se trata disso: os radares Bendix RDR 1500B utilizados nos nossos Super Lynx pura e simplesmente não dispõem sequer de capacidade de iluminação ou designação de alvos, sendo principalmente um radar multimodo para uso em meio marítimo de pesquisa de superfície, navegação e observação meteorológica.


Citar
Portugal ordered five "Super Lynx Mark 95" machines in 1989, with two of them being conversions of ex-Royal Navy HAS.3 machines and the other three new-build. Initial flight of the Mark 95 was in 1992. The Mark 95 had no nose imager turret but featured Bendix RDR 1500 radar in the undernose radome -- for surveillance and weather observation but without targeting capability -- and Bendix AN/ASQ-18(v) dunking sonar. They were fitted with FN Herstal M3M 12.7-millimeter (0.50-caliber) machine guns, one on a pintle mount on each side, and have participated in antipiracy operations.

http://www.airvectors.net/avlynx_2.html#m3

Por isso logo à partida ficou determinado que armas como o Sea Skua estavam colocadas de parte, e que os torpedos chegavam e sobravam. De facto para "táxi dos Almirantes" não era preciso estar com mais coisas... ::)

Ou seja, nem sequer podem guiar os Harpoon das fragatas além do horizonte?
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: tenente

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 9686
  • Recebeu: 1023 vez(es)
  • Enviou: 1579 vez(es)
  • +985/-1073
Re: Substituição dos Lynx
« Responder #544 em: Fevereiro 21, 2020, 01:16:54 pm »
Quem é essa "muita gente caiu em cima"? Além de nós aqui no Fórum, alguém dentro da MP se manifestou contra?

A perplexidade tem sido um pouco geral, cá e não só; imagina bem que até sul-coreanos já vieram perguntar porque razão não foi incluído o FLIR nesta modernização.  ::)


Há um zum-zum na Marinha que diz que o 19204 poderia vir à boleia da BD depois desta sair da Holanda e passar por Inglaterra antes de regressar a Portugal. Dou no entanto pouco crédito ao mesmo pois acho que é suposto a Bartolomeu Dias estar no Alfeite antes de Julho não?  :-\


Em 1993 os Super Lynx foram entregues na BA6 transportados a bordo de dois magníficos Short Belfast da HeavyLift Cargo, provavelmente passar-se-á algo em tudo semelhante desta vez.



Vem dentro do mastro? :anjo:
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 3210
  • Recebeu: 1963 vez(es)
  • Enviou: 1257 vez(es)
  • +1586/-175
Re: Substituição dos Lynx
« Responder #545 em: Fevereiro 21, 2020, 02:01:20 pm »
Ou seja, nem sequer podem guiar os Harpoon das fragatas além do horizonte?

De acordo com as características conhecidas penso que isso é possível, mas não sou especialista em radares.

Citar
- Target Marker: range/bearing or latitude/longitude

https://www.yumpu.com/fr/document/read/47146699/rdr-1500b-telephonics-corporation
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 3401
  • Recebeu: 769 vez(es)
  • Enviou: 175 vez(es)
  • +158/-70
Re: Substituição dos Lynx
« Responder #546 em: Fevereiro 21, 2020, 02:36:25 pm »
Ou seja, nem sequer podem guiar os Harpoon das fragatas além do horizonte?

De acordo com as características conhecidas penso que isso é possível, mas não sou especialista em radares.

Citar
- Target Marker: range/bearing or latitude/longitude

https://www.yumpu.com/fr/document/read/47146699/rdr-1500b-telephonics-corporation

É bom que  tenha, penso que foi um dos argumentos usados para a "não necessidade" dos Sea Skua.
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 3210
  • Recebeu: 1963 vez(es)
  • Enviou: 1257 vez(es)
  • +1586/-175
Re: Substituição dos Lynx
« Responder #547 em: Fevereiro 21, 2020, 03:10:53 pm »
Citar
Portuguese Super Lynx Mk 95A helicopter performs first flight
Victor Barreira, Lisbon - Jane's Navy International
20 February 2020

The Portuguese Navy’s first modified Super Lynx Mk 95A shipborne helicopter has made its first test flight, the service announced on 18 February. Work to modernise and extend the lives of the navy’s fleet of five Super Lynx Mk 95 helicopters is being carried out by Leonardo Helicopters at its facility in Yeovil, United Kingdom, under a contract awarded in July 2016 worth an estimated EUR69 million (USD76.4 million).

The first modernised helicopter, which completed its initial test flight on 14 February, will be delivered to Portugal in early May, with the fifth expected to be handed over in late 2021, the navy told Jane’s. The modernisation package includes the replacement of the original Rolls-Royce Gem 42 engines with more powerful LHTEC CTS800-4N turboshafts.

https://www.janes.com/article/94423/portuguese-super-lynx-mk-95a-helicopter-performs-first-flight

Se o quinto ainda está na EHM, e se foram precisos quase 3 anos para voar o primeiro, como será possível ter os 5 modernizados e entregues até ao final do ano que vem? ::)
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 

*

raphael

  • Investigador
  • *****
  • 1332
  • Recebeu: 243 vez(es)
  • Enviou: 203 vez(es)
  • +41/-4
Re: Substituição dos Lynx
« Responder #548 em: Fevereiro 21, 2020, 04:12:54 pm »
Processos mais rápidos de modernização, mais spares à disposição, cadeia logistica de modernização com capacidade incrementada, mais técnicos disponíveis...como se diz...o que custa mais é o primeiro (entenda-se em aprendizagem).
Ou então, estão a cortar em alguma coisa...
Um abraço
Raphael
__________________
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 9686
  • Recebeu: 1023 vez(es)
  • Enviou: 1579 vez(es)
  • +985/-1073
Re: Substituição dos Lynx
« Responder #549 em: Fevereiro 21, 2020, 04:59:14 pm »
Processos mais rápidos de modernização, mais spares à disposição, cadeia logistica de modernização com capacidade incrementada, mais técnicos disponíveis...como se diz...o que custa mais é o primeiro (entenda-se em aprendizagem).
Ou então, estão a cortar em alguma coisa...

Ou a libertar o guito mais depressa
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 3507
  • Recebeu: 1894 vez(es)
  • Enviou: 3630 vez(es)
  • +1540/-102
Re: Substituição dos Lynx
« Responder #550 em: Fevereiro 21, 2020, 11:25:18 pm »
Cá por mim, foi o pagamento que já foi feito na totalidade. Agora é sempre a andar.  ;D

@dc Até ao Block II, o Harpoon era um míssil do tipo 'fire and forget", não permitindo portanto actualizações da localização do alvo por meios externos. Com o Block II (ao serviço nos subs e, no futuro, nas BD) já é possível enviar a localização do alvo para o míssil. No entanto, não tenho a certeza se uma plataforma aérea pode enviar informação directamente ao míssil, ou se terá que ser "relayed" através do navio lançador, onde se encontra o sistema de controlo de tiro.

Independentemente da versão do Harpoon, a aquisição do alvo antes do disparo é fundamental e tal é feito com maior alcance por via de uma plataforma aérea, pelo que um radar como o que equipa os nossos Lynx é completamente inadequado num ambiente de guerra (empastelado por ECM do IN). Ficávamos melhor servidos com um radar militar moderno do tipo AESA e, já agora, com FLIR.  :mrgreen:
Talent de ne rien faire
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar, tenente

*

goldfinger

  • Especialista
  • ****
  • 907
  • Recebeu: 328 vez(es)
  • Enviou: 74 vez(es)
  • +116/-10
Re: Substituição dos Lynx
« Responder #551 em: Fevereiro 24, 2020, 07:40:19 am »
Primer vuelo de los modernizados Super Lynx de la Marina de Portugal



https://www.defensa.com/otan-y-europa/primer-vuelo-modernizados-super-lynx-marina-portugal
A España servir hasta morir
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 6769
  • Recebeu: 2986 vez(es)
  • Enviou: 1554 vez(es)
  • +1518/-109
Re: Substituição dos Lynx
« Responder #552 em: Março 26, 2020, 07:30:05 am »
Citar
Portuguese Super Lynx Mk 95A helicopter performs first flight
Victor Barreira, Lisbon - Jane's Navy International
20 February 2020

The Portuguese Navy’s first modified Super Lynx Mk 95A shipborne helicopter has made its first test flight, the service announced on 18 February. Work to modernise and extend the lives of the navy’s fleet of five Super Lynx Mk 95 helicopters is being carried out by Leonardo Helicopters at its facility in Yeovil, United Kingdom, under a contract awarded in July 2016 worth an estimated EUR69 million (USD76.4 million).

The first modernised helicopter, which completed its initial test flight on 14 February, will be delivered to Portugal in early May, with the fifth expected to be handed over in late 2021, the navy told Jane’s. The modernisation package includes the replacement of the original Rolls-Royce Gem 42 engines with more powerful LHTEC CTS800-4N turboshafts.

https://www.janes.com/article/94423/portuguese-super-lynx-mk-95a-helicopter-performs-first-flight

Se o quinto ainda está na EHM, e se foram precisos quase 3 anos para voar o primeiro, como será possível ter os 5 modernizados e entregues até ao final do ano que vem? ::)

Agora com a besta do KonaVirus á solta é que nem daqui a três anos temos cá os cinco helis operacionais.

Abraços
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 3210
  • Recebeu: 1963 vez(es)
  • Enviou: 1257 vez(es)
  • +1586/-175
Re: Substituição dos Lynx
« Responder #553 em: Março 28, 2020, 02:25:13 pm »
A configuração dos futuros MH-60R indianos é impressionante. Baseada em grande parte no modelo saudita, os Romeo indianos serão verdadeiras máquinas de guerra anti-superfície embarcadas.

Citar
The Sikorsky MH-60R Seahawk maritime helicopters ordered by India will be built to the latest Saudi Arabian configuration, with some additional national-specific modifications. The new initial Indian baseline standard was disclosed on the US government's beta.sam.gov website on 24 March, in which it was noted that the 24 helicopters recently ordered by the Indian government will be built to the same configuration as the 10 helicopters received by the Royal Saudi Naval Forces (RSNF), with some "unique modifications" also included.

The RSNF MH-60Rs that were delivered from September 2018 are of a similar anti-surface vessel warfare (ASuW) and anti-submarine warfare (ASW) standard to the latest helicopters flying with the US Navy (USN), including AN/AAS-44C(V) multi-spectral targeting systems, AN/AVS-9 night-vision goggles, AN/SSQ-36/53/62 sonobuoys, Raytheon MK 54 torpedoes, and crew-served weapons. The RNSF standard that will form the baseline configuration for the Indian Navy (IN) adds the Lockheed Martin AGM-114R Hellfire II air-to-surface missile and BAE Systems Advanced Precision Kill Weapon System (APKWS) which, while integrated by the USN, are not typically carried.

While the sole-source contract notification did not provide details of the Indian national-specific modifications, Jane's previously reported that the IN is to fit its MH-60R helicopters with the Kongsberg Naval Strike Missile (becoming the first country to fit any helicopter with the anti-ship missile). Other national modifications will likely comprise communications and other such equipment.

https://www.janes.com/article/95102/indian-mh-60r-helos-to-be-saudi-standard-plus-national-mods

Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 3401
  • Recebeu: 769 vez(es)
  • Enviou: 175 vez(es)
  • +158/-70
Re: Substituição dos Lynx
« Responder #554 em: Março 29, 2020, 04:59:21 pm »
Quem diria, uma Marinha com helis navais completamente equipados. Seguiram o nosso exemplo!
 

 

Substituição das Fragatas Classe Vasco da Gama

Iniciado por tenente

Respostas: 736
Visualizações: 65814
Última mensagem Hoje às 04:29:13 pm
por dc
LDG Bacamarte, para quando a sua substituição ?

Iniciado por tenente

Respostas: 23
Visualizações: 2849
Última mensagem Setembro 15, 2020, 11:08:04 am
por P44
Armada na Nauticampo (Fuzos, LARC-5, Lynx, etc.)

Iniciado por PereiraMarques

Respostas: 43
Visualizações: 34235
Última mensagem Outubro 21, 2008, 10:10:41 pm
por Tilt
Venda de 2 corvetas e 2 Lynx ao Uruguai

Iniciado por Johnnie

Respostas: 15
Visualizações: 7193
Última mensagem Abril 01, 2013, 04:57:01 pm
por P44