Notícias do Exército Português

  • 1716 Respostas
  • 428827 Visualizações
*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 16034
  • Recebeu: 1370 vez(es)
  • Enviou: 1266 vez(es)
  • +211/-201
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1515 em: Outubro 25, 2019, 06:06:39 pm »
Citação de: Serrano Rosa
Será que ser General Paraquedista e Operacional é crime? é que eu já vi Polícias e Presidentes de Câmara disparar um canhão igual e ainda levaram os invólucros para casa e nada se passou! só pode ser inveja e bufaria ao mais alto nível|||( Que Nunca Por Vencidos Se Conheçam.)






7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: tenente, HSMW

*

ocastilho

  • Membro
  • *
  • 270
  • Recebeu: 128 vez(es)
  • Enviou: 214 vez(es)
  • +170/-3
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1516 em: Outubro 25, 2019, 06:17:24 pm »
Tá certo... ::) Querer comparar uma visita institucional com um "gabarolanço" para os amigos é que é assim para o bacoco, mas isto sou eu a dizer.  ::)

Repito, não está em causa a gravidade da situação em si, trata-se do desprestigio para a instituição e a mostra de como esta gente encara a instituição castrense como o seu feudo.

E deixem de ter pena do excelso Senhor General, pois anda há demasiados anos na instituição para saber qual é o tom da música e se caiu foi pq quis...
"Se servistes à pátria, que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis, ela o que costuma."
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 9572
  • Recebeu: 1147 vez(es)
  • Enviou: 2561 vez(es)
  • +168/-48
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1517 em: Outubro 25, 2019, 08:39:15 pm »
Este General é um mítico dos pára-quedistas e fazia o que queria.

Mas nada é por acaso! Ou será que agora é que se lembraram de começar a caçar corruptos?!

Cá para mim isto ainda vai dar a Tancos... E para alguns é melhor sair de cena...
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: ocastilho

*

ocastilho

  • Membro
  • *
  • 270
  • Recebeu: 128 vez(es)
  • Enviou: 214 vez(es)
  • +170/-3
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1518 em: Outubro 25, 2019, 10:25:57 pm »
HSMW, fui procurar o CV do Sr. Major-General e cá está: "Entre Outubro de 2016 e Maio de 2017, foi Comandante da Brigada de Reação Rápida." in https://www.emgfa.pt/documents/kjdxpzy9qbwg.pdf ou seja um mês antes da barracada.
Pode também ser uma luta de tachos, enfim, é triste é que a instituição não precisava de ainda mais publicidade desta...
"Se servistes à pátria, que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis, ela o que costuma."
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lightning, HSMW

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 16034
  • Recebeu: 1370 vez(es)
  • Enviou: 1266 vez(es)
  • +211/-201
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1519 em: Outubro 26, 2019, 11:08:13 am »
Tá certo... ::) Querer comparar uma visita institucional com um "gabarolanço" para os amigos é que é assim para o bacoco, mas isto sou eu a dizer.  ::)

Repito, não está em causa a gravidade da situação em si, trata-se do desprestigio para a instituição e a mostra de como esta gente encara a instituição castrense como o seu feudo.

E deixem de ter pena do excelso Senhor General, pois anda há demasiados anos na instituição para saber qual é o tom da música e se caiu foi pq quis...

Ok, então avise os meus antigos instrutores que no dia de tiro na recruta até fizeram revista para ver se nós tinhamos algum invólucro depois de termos limpo a carreira de tiro. Pelos vistos nós eramos alguns terroristas e estes senhores podem levar material de guerra para casa sem problemas.

Atenção, eu não estou a desculpar o dito Oficial, porque para mim tudo isto até foi uma patetice pegada, mas se estranho esta sua decisão, também estranho os responsáveis em Lisboa terem sido tão céleres a tomar uma decisão destas. Estamos a falar de "apenas" do Comandante da Zona Militar da Madeira... apenas.

Citar
O Major-General Carlos Perestrelo foi afastado do cargo na sequência das notícias, avançadas pelo DIÁRIO nas edições de 23 e 24 de Outubro, que davam conta do disparo de salvas por civis, nos torneios de golfe promovidos no Santo da Serra.
« Última modificação: Outubro 26, 2019, 11:28:35 am por Cabeça de Martelo »
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 


*

asalves

  • Perito
  • **
  • 572
  • Recebeu: 207 vez(es)
  • Enviou: 71 vez(es)
  • +36/-9
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1521 em: Outubro 28, 2019, 12:38:38 pm »
Tá certo... ::) Querer comparar uma visita institucional com um "gabarolanço" para os amigos é que é assim para o bacoco, mas isto sou eu a dizer.  ::)

Repito, não está em causa a gravidade da situação em si, trata-se do desprestigio para a instituição e a mostra de como esta gente encara a instituição castrense como o seu feudo.

E deixem de ter pena do excelso Senhor General, pois anda há demasiados anos na instituição para saber qual é o tom da música e se caiu foi pq quis...

Ok, então avise os meus antigos instrutores que no dia de tiro na recruta até fizeram revista para ver se nós tinhamos algum invólucro depois de termos limpo a carreira de tiro. Pelos vistos nós eramos alguns terroristas e estes senhores podem levar material de guerra para casa sem problemas.

Atenção, eu não estou a desculpar o dito Oficial, porque para mim tudo isto até foi uma patetice pegada, mas se estranho esta sua decisão, também estranho os responsáveis em Lisboa terem sido tão céleres a tomar uma decisão destas. Estamos a falar de "apenas" do Comandante da Zona Militar da Madeira... apenas.

Citar
O Major-General Carlos Perestrelo foi afastado do cargo na sequência das notícias, avançadas pelo DIÁRIO nas edições de 23 e 24 de Outubro, que davam conta do disparo de salvas por civis, nos torneios de golfe promovidos no Santo da Serra.

Mas isso ai é politiquice ao mais alto nível.

Cada vez mais se toma decisões não a pensar no que é mais correto/melhor/eficiente/... mas a pensar no que dá mais proveito político ou no que permite mais controlo de danos.

Depois temos situações em que a mesma pessoa há um ano atrás dizia que não havia problema ter familiares no governo e atualmente gaba-se de ter um governo sem familiares.

PS: As chefias militares tem que perceber que no antigamente era diferente, e podiam fazer o que queriam, hoje em dia já não são respeitados nem tem o poder que tinham, e a corrente parte sempre pelo elo mais fraco, e neste caso o Sr. Ministro ou a chefia que está a seguir não está disposta a perder o pouso para defender ou não os seus subordinados.
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 7109
  • Recebeu: 565 vez(es)
  • Enviou: 245 vez(es)
  • +506/-0
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1522 em: Outubro 31, 2019, 03:00:34 pm »
 

*

LM

  • Investigador
  • *****
  • 1347
  • Recebeu: 266 vez(es)
  • Enviou: 1205 vez(es)
  • +207/-7
Quidquid latine dictum sit, altum videtur
 

*

Clausewitz

  • Membro
  • *
  • 162
  • Recebeu: 157 vez(es)
  • Enviou: 172 vez(es)
  • +50/-3
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1524 em: Novembro 07, 2019, 09:35:28 pm »
Forças Armadas em risco: já há mais sargentos e oficiais do que praças

É uma realidade que se tem agudizado. O que quase sempre vem à baila é a “solução” apontada, o regresso do SMO.

Paradoxalmente, esta “solução” diz muito sobre qual é a causa raiz do problema: o Exército nunca mudou de hábitos nem se reformou no sentido da profissionalização, os praças continuaram a ser em grande medida um pau para toda a obra descartável e barato.

Sobre o regresso do SMO, sejamos claros, não existe nem capacidade, nem condições nem sequer necessidade para incorporar dezenas de milhar de recrutas por ano. Por isso, a voltar, seria certamente nos moldes do SEN, serviço obrigatório durante uns meses para uns quantos que não têm hipótese de escapar. E assim seria possível manter as dezenas de quarteis espalhados por aí e ter pessoal para se ir ocupando das respectivas secretarias, serviços gerais, arquivos, segurança, levar e buscar os comandantes a casa todos os dias, quando não lavar os seus carros particulares ou tratar-lhes dos cães... Tudo terá que mudar para que tudo fique na mesma.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM, NVF, PereiraMarques, perdadetempo, jorgeshot1, ocastilho

*

ocastilho

  • Membro
  • *
  • 270
  • Recebeu: 128 vez(es)
  • Enviou: 214 vez(es)
  • +170/-3
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1525 em: Novembro 07, 2019, 10:46:04 pm »
Clausewitz, sem tirar nem pôr. Eu sou a favor dum SMO, universal, para pobres e ricos. Agora se for só para meia dúzia que não conseguiram fugir, não. Irremediavelmente, serão os mais desfavorecidos ou mal relacionados.

E é como dizes, o SMO não é considerado por mudança de estratégia de defesa Nacional, mas sim por necessidade de uma mão-de-obra barata e descartável e, acrescento eu, coagida. Que servirá em grande parte para manter mordomias indevidas e desproporcionadas ou executar trabalhos penosos em condições que um trabalhador normal não se sujeitaria.

Infelizmente, acredito que este seja o preço a pagar pelo silêncio e recatamento publico de grande parte das nossas "cabeças pensantes" no exército...

"Se servistes à pátria, que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis, ela o que costuma."
 

*

zocuni

  • Especialista
  • ****
  • 1066
  • Recebeu: 21 vez(es)
  • Enviou: 46 vez(es)
  • +26/-3
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1526 em: Novembro 08, 2019, 05:28:06 am »
Forças Armadas em risco: já há mais sargentos e oficiais do que praças

Penso que com a profissionalização de nossas FA isso mais tarde ou mais cedo acabaria por ocorrer e a maioria dos países em grande parte europeus que optaram pela mesma via não devem andar muito longe disso.A Alemanha é um dos casos mais mediáticos pois até cogitam contratar estrangeiros (embora residentes no país) e o caso específico da Suécia de reativar o SMO em parte pela dificuldade de motivar e recrutar seus jovens para suas FA e mais concretamente pela instabilidade real nas regiões bálticas.
Quanto a nós é o que sabemos,pós Guerra do Ultramar o papel de nossas FA perdeu protagonismo porque teria de ser assim mesmo e com o tempo devido a felizmente vivermos numa região de ausência de conflitualidade e por não termos um inimigo visível e inquietante por perto aliado á extinção do SMO e termos encarado a profissionalização contudo ainda muito assente no organograma anterior chegamos a este ponto.
Para mim e não sabendo se a profissionalização é um erro ou se pelo contrário reflete um contexto completamente distinto do nosso tipo de sociedade que totalmente diferente do em antes da Revolução o certo é que em pleno auge desta última crise chegamos a ter uma taxa de desemprego de 16% e nem assim o poder de recrutamento para nossas FA conseguiu tapar os buracos e acredito que jamais ocorrerá.
Ativarmos o SMO embora eu confesse que do ponto de vista social e com tudo que isso envolve seria o mais justo contudo em nosso contexto e também devido á sofisticação dos meios bélicos empregados é completamente disparatado,a questão que temos de repensar é que modelo se ajusta á nossa realidade e que tem sentido ter.
Nosso exército basicamente tem 3 Brigadas operacionais mas que ainda geram um monte de capelinhas na suposta ideia que são unidades de suporte ou seja temos mais suporte ao pouco que existe que operacionalidade em si.
As Brigadas Mecanizadas e de Reação Rápida penso que terão sempre de existir com mais ou menos meios envolvidos mas com este modelo que temos vejo um futuro sombrio para a Brigada de Intervenção que ou muda seu conceito e papel ou acabará por não ter muito sentido,não tenho absolutamente nada contra a Brigada em si e digo mais eu queria que ela fosse maior e que tivessemos mais regimentos operacionais,no fundo termos uma Brigada Territorial,contudo nosso contexto e modelo de FA não tem muito a ver com esse conceito.Ela não deve acabar mas vai ter que se reinventar até para justificar sua existência.
O tema é complexo ,não se esgota nada é conclusivo e é de difícil avaliação e qualquer tomada de posição nunca será consensual e ninguém tem a fórmula mágica para mudar muita coisa.
O maior problema de nossas FA é a ausência de um inimigo claro e presente e por mais que se queira inventar a roda vamos sempre bater no mesmo.
zocuni
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: ocastilho

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 7109
  • Recebeu: 565 vez(es)
  • Enviou: 245 vez(es)
  • +506/-0
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1527 em: Novembro 08, 2019, 09:14:05 pm »
 

*

Camuflage

  • Investigador
  • *****
  • 1352
  • Recebeu: 103 vez(es)
  • Enviou: 67 vez(es)
  • +20/-52
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1528 em: Novembro 09, 2019, 10:53:39 am »
Forças Armadas em risco: já há mais sargentos e oficiais do que praças

Como se essa realidade tivesse aparecido esta semana. Há anos que o problema é o mesmo.
Não vale a pena ter um efectivo enorme só para terem subservientes a lamberem botas a tantos generalecos.

Comecem por alargar a faixa etária aos candidatos e criem um quadro de praças, é meio caminho andado.

    9.º ano - Idade máxima: 24 anos
    12.º ano -  Idade máxima: 24 anos
    Licenciatura e/ou Mestrado - Idade máxima: 27 anos
    Licenciatura em Medicina - Idade máxima: 30 anos

in: https://www.exercito.pt/pt/recrutamento/categorias/pra%C3%A7as

Isto faz algum sentido?
A partir do momento que o SMO regresse as famílias mandam os jovens para fora é tão simples quanto isto. Os que não puderem emigrar, vão simplesmente fazer objecção de consciência fazendo em alternativa trabalho comunitário.
Aceitem de uma vez que já não há retorno, o problema está na forma como as FA's são geridas, não é um problema politico, é simplesmente de má gestão de recursos por quem manda nas 3 capelas-mor. Não são os políticos que se lembram de determinar os requisitos de candidatura ou que Armas devem ter ou o tamanho da força.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF

*

perdadetempo

  • Perito
  • **
  • 569
  • Recebeu: 189 vez(es)
  • Enviou: 370 vez(es)
  • +50/-2
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1529 em: Novembro 09, 2019, 02:06:28 pm »
Sem querer entrar em comentários propunha apenas um exercício de aritmética e uma simples pergunta.

Ponto 1 - A aritmética

Para o exército em 2018 os efectivos regulamentados previa um quadro de 8886 praças(*), e vamos partir do principio que sairam 750(**) o que dá um número de praças disponivel de 8136.

Seguindo o principio dito por "Tenente" numa resposta a outro post (***) de que só um terço dessa força é que pertence à componente operacional ficamos com um efectivo de (8136/3)=2712.

Dividindo o efectivo por 7 (uma seccção = 1 sargento (quadro) + 7 praças contratados/voluntariado) ficamos com 387 secções.

Dividindo por 4 com +/- 96 pelotões

Dividindo por 4 com +/- 24 companhias que é o tipo de efectivo que normalamente este país costuma enviar nas diversas missões.

Ponto 2 - A pergunta

Temos 24 companhias?

Cumprimentos,

(*) os valores previstos para 2019 segundo o DL 40/2019 eram 9079 praças mas usei valores anteriores.

(**)Está-se a partir do principio que ninguém concorreu às vagas existentes ou que o saldo foi negativo em 750.

(***) não me lembro qual o post mas foi algo em que eu também me pus a fazer contas e me fizeram essa ressalva. Por componente operacional neste caso refiro-me às tradicionais infantaria/cavalaria/artilharia/engenharia/ + mais uma/duas companhias comunicações e transportes. Na infantaria incluem-se os comandos e os páraquedistas.
 

 

Unidades do Exército a "criar"

Iniciado por PereiraMarques

Respostas: 0
Visualizações: 3474
Última mensagem Junho 16, 2006, 01:28:18 pm
por PereiraMarques
Qual deveria ser a prioridade para o Exército até 2015-2020?

Iniciado por HSMW

Respostas: 267
Visualizações: 47820
Última mensagem Maio 29, 2020, 03:16:12 am
por dc
Novo sistema Anti-Carro para o Exército

Iniciado por typhonman

Respostas: 2
Visualizações: 3246
Última mensagem Julho 27, 2004, 09:27:57 pm
por Spectral
Qual o helicóptero para o gale? - Helicópteros do Exército

Iniciado por antoninho

Respostas: 49
Visualizações: 19570
Última mensagem Junho 24, 2006, 10:15:48 am
por fealcap
Relação Unidades do Exército face à ultima reestruturação

Iniciado por PereiraMarques

Respostas: 62
Visualizações: 18743
Última mensagem Março 02, 2007, 09:56:51 pm
por Artic Fusion