Em relação à treta da união ibérica

  • 70 Respostas
  • 22599 Visualizações
*

legionario

  • Especialista
  • ****
  • 1077
  • Recebeu: 53 vez(es)
  • Enviou: 59 vez(es)
  • +50/-69
(sem assunto)
« Responder #60 em: Agosto 05, 2009, 01:32:24 pm »
Mais uniao significa mais peso na UE. Dentro da UE temos o Benelux, o eixo franco-alemao, os paises escandinavos,... que constituem grupos de interesses e de pressao . Os paises que funcionam como electroes livres, sobretudo se forem paises pequenos como Portugal, nao têm muitas hipoteses.

Portugal se continuar nesta via da UE ( o que é o mais certo) tem que previligiar dois vectores : a Espanha e a Lusofonia. A primeira da-nos força no seio da UE, a segunda constitui o maior trunfo que Portugal tem, porque a Lusofonia é uma das portas que a UE tem sobre o resto do mundo., e os porteiros somos nos.
A pior das ditaduras é a que se disfarça de democracia
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 16450
  • Recebeu: 1492 vez(es)
  • Enviou: 1409 vez(es)
  • +237/-304
(sem assunto)
« Responder #61 em: Agosto 05, 2009, 02:29:40 pm »
Legionário isso é tudo muito bonito, mas se alguém na Alemanha quer fazer negócios em Angola não precisa de nós para nada. Essa lengalenga é muitas vezes dita pelos nossos políticos, mas na prática os Italianos investem imenso em Cabo-verde e sem nós no meio, os Espanhóis em Angola, etc.

Em relação a Espanha, nós já estivemos tantas vezes juntos com eles na mesma barricada, como em barricadas completamente opostas (isto no seio da CEE/CE/UE e não em coisas de à séculos atrás).

Espanha é um país que tem por vezes, interesses opostos aos nossos (rios internacionais, soberania, etc).

Podemos juntar-nos a eles em questões pontuais em Bruxelas como a qualquer outro país, quando os interesses são os mesmos, agora união política?! Para quê?
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Onurb

  • 23
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #62 em: Agosto 05, 2009, 04:24:50 pm »
Devemos apenas defender os nossos interesses, se forem coincidentes com os interesses de Espanha muito bem.
Se os interesses forem divergentes Portugal não deve á Espanha nenhum tipo de lealdade e apenas deve se defender e juntar-se a quem tem os mesmo interesses.
Portugal foi e será sempre um país virado para o mar, devemos aproveitar ao máximo o que a UE nos pode dar e ao mesmo tempo apostar fortemente em desenvolver o projecto politico CPLP.
Penso que o nosso futuro terá de ser com CPLP, vai demorar muitas décadas ate que os países africanos da CPLP tenham um nível de desenvolvimento para que o actual projecto político da CPLP se transforme em algo de mais palpável.
"Vossa Exelencia deseja sair por aquela porta ou por essa janela?..."

Lisboa 1 Dezembro 1640
Os Conjurados á Duquesa de Mântua

http://www.youtube.com/watch?v=ubzbFUkfITE
 

*

YOMISMO

  • 98
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #63 em: Agosto 05, 2009, 06:32:43 pm »
Sin intención de provocar ningún conflicto con los foristas portugueses, yo pienso que España no tiene nada que ganar con una posible Unión con Portugal.

Portugal no tiene recursos naturales que sean necesarios para España ni dispone de una posición geográfica importante (para España) ya que tenemos salida al Atlántico y las Islas Canarias.

Tampoco es más fuerte económicamente ni tenemos que atravesarlo para ir a Europa.

En cuanto al tema del agua pasa lo mismo, los grandes ríos ibéricos nacen y discurren en su mayor parte por España.

En fin, que en esa posible unión solo saldría ganando Portugal (que no dispone de agua ni salida terrestre hacia Europa) y tendría un acceso a un mercado potencial de 46 millones de consumidores.

Lo mejor será seguir potenciando las relaciones en los ámbitos policial, jurídico, sanitario y educativo ya que son los únicos aspectos en los que ganan los ciudadanos de ambos paises, sobre todos los que viven cerca de la "raya".
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5480
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +1499/-2
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #64 em: Agosto 05, 2009, 07:39:56 pm »
Citação de: "legionario"
Mais uniao significa mais peso na UE. Dentro da UE temos o Benelux, o eixo franco-alemao, os paises escandinavos,... que constituem grupos de interesses e de pressao . Os paises que funcionam como electroes livres, sobretudo se forem paises pequenos como Portugal, nao têm muitas hipoteses.

Portugal se continuar nesta via da UE ( o que é o mais certo) tem que previligiar dois vectores : a Espanha e a Lusofonia. A primeira da-nos força no seio da UE, a segunda constitui o maior trunfo que Portugal tem, porque a Lusofonia é uma das portas que a UE tem sobre o resto do mundo., e os porteiros somos nos.


Esta questão está mais que estudada.

A união Franco-Alemã (que un dia sairá) ou o Benelux, como qualquer pessoa com um palmo de testa entende, são uniões ou relações especiais entre países da mesma dimensão.

Nunca passou pela cabeça de ninguém propor tal união entre a Holanda e a Alemanha. Sabe porquê ?
Porque qualquer holandês lhe diria que não se podem criar associações especiais entre países de dimensões completamente diferentes, porque isso tem implicações graves.

Se você acha que os Espanhois que são favoraveis a uniões com Portugal, estão a pensar em federações ou confederações, desengane-se.

Eles estão a pensar em anexações pacíficas, e a contar com os quatro gatos que estão a esfregar as mãos por causa dos contratos para novas estradas, mais estádios e outros negócios em de possam ganhar algum.

Ao contrário da relação franco-alemã ou do Benelux, esses países não têm o historial que nós temos na Peninsula, de tentativas de anexação e integração e mesmo genocídio étnico como o que os castelhanos levaram a cabo contra a Galiza.

Entre os países que poderiam integrar os seus sistemas economicos e sociais, você quer exemplo mais claro que o exemplo Alemanha-Austria ?
Mas pergunte aos austríacos, que relação «especial» é que eles querem com a Alemanha, e depois venha falar comigo ...



Cumprimentos
 

*

legionario

  • Especialista
  • ****
  • 1077
  • Recebeu: 53 vez(es)
  • Enviou: 59 vez(es)
  • +50/-69
(sem assunto)
« Responder #65 em: Agosto 05, 2009, 07:43:48 pm »
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Legionário isso é tudo muito bonito, mas se alguém na Alemanha quer fazer negócios em Angola não precisa de nós para nada. Essa lengalenga é muitas vezes dita pelos nossos políticos, mas na prática os Italianos investem imenso em Cabo-verde e sem nós no meio, os Espanhóis em Angola, etc.

Em relação a Espanha, nós já estivemos tantas vezes juntos com eles na mesma barricada, como em barricadas completamente opostas (isto no seio da CEE/CE/UE e não em coisas de à séculos atrás).

Espanha é um país que tem por vezes, interesses opostos aos nossos (rios internacionais, soberania, etc).

Podemos juntar-nos a eles em questões pontuais em Bruxelas como a qualquer outro país, quando os interesses são os mesmos, agora união política?! Para quê?
[/b]

Nao falei de uniao politica pois nao ? até dei exemplos de "associaçoes" de paises que fazem panelinha na UE , como o Benelux (Bélgica, Holanda, Luxemburgo)...
A uniao politica vai acontecer concerteza, nao entre Portugal e Espanha, mas sim entre todos os membros da UE ; ou nao é para a uniao politica que a UE caminha ?
Um exemplo de como os grandes paises fazem praticamente o que querem é a PAC (politica agricola comum) ; enquanto os agricultores portugueses e espanhois gemem com as dificuldades, os agricultores franceses equiparam-se em maquinarias, instalaçoes de frio etc à conta da UE .  Este e outros abusos acontecem porque é mais dificil dizer "nao" à França ou à GBR do que a Portugal ou Espanha.
A pior das ditaduras é a que se disfarça de democracia
 

*

VICTOR4810

  • Perito
  • **
  • 370
  • +0/-1
ES ACOJONANTE.¡¡¡
« Responder #66 em: Agosto 05, 2009, 08:52:09 pm »
El genocidio de Papatango.¡¡¡¡¡¡
    "Ao contrário da relação franco-alemã ou do Benelux, esses países não têm o historial que nós temos na Peninsula, de tentativas de anexação e integração e mesmo genocídio étnico como o que os castelhanos levaram a cabo contra a Galiza. """"
     Manda huevos.¡¡¡¡
     Sin mas comentario.¡¡¡¡
1.492, DESCUBRIMOS EL PARAISO.
"SIN MAS ENEMIGOS QUE LOS DE MI PÁTRIA"
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 11685
  • Recebeu: 472 vez(es)
  • Enviou: 235 vez(es)
  • +78/-65
Re: Em relação à treta da união ibérica
« Responder #67 em: Maio 07, 2011, 12:10:10 pm »
Portugal «nunca vai querer integrar-se» em Espanha


Espanha confronta-se com uma crise institucional, tem uma tendência natural para «assimilar» outros povos mas Portugal «nunca será integrado» pelo Estado vizinho, garantiu em entrevista à Lusa o ex-presidente da Generalitat (governo autónomo da Catalunha), Jordi Pujol.

«Portugal nunca vai querer integrar-se na Espanha. Nunca. E creio que fará bem. Está demonstrado que a Espanha tem tendência para assimilar, a Espanha gostava de ser como a França, com uma capital muito forte, tudo muito centralizado e muito homogéneo. Para ser o que é hoje, a França destruiu muitas culturas, muitas línguas, muitas mentalidades», considerou o líder nacionalista catalão, 80 anos, numa entrevista à Lusa e à margem das Conferências do Estoril, que debateram entre quarta-feira e sexta-feira os novos desafios globais.

Presidente da Generalitat (o governo autónomo da Catalunha) entre 1980 e 2003, Jordi Pujol está afastado da vida política ativa mas a sua influência ainda é decisiva na CiU, a coligação nacionalista que liderou e que governa o território catalão. Em 2005 anunciou a fundação de um Centro de Estudos com o seu nome, dedicado à promoção do debate político.

Lusa
 

*

Lusitanian

  • 283
  • +0/-0
Re: Em relação à treta da união ibérica
« Responder #68 em: Maio 07, 2011, 03:04:56 pm »
:G-beer2:
Deus quer, o Homem sonha, a Obra nasce.
Por Portugal, e mais nada!
Tudo pela Nação, nada contra a nação!
 

*

mocit

  • Membro
  • *
  • 16
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • Enviou: 12 vez(es)
  • +0/-0
Re: Em relação à treta da união ibérica
« Responder #69 em: Maio 07, 2011, 04:49:38 pm »
União de Portugal com Espanha -------Nunca.

Fiquem bem.
 

*

VICTOR4810

  • Perito
  • **
  • 370
  • +0/-1
Re: Em relação à treta da união ibérica
« Responder #70 em: Maio 11, 2011, 02:53:57 pm »
Y tras haber saltado varias veces y al no poder coger las uvas,no se condolió de su fracaso y se marchó diciendo...están verdes".¡
¿Algo les hace suponer a tan ilustres foreros que los españoles en su conjunto aceptarían una unión con Portugal?.
Ni de broma.¡
A si que tranquilos que esa breva no va a caer.¡
1.492, DESCUBRIMOS EL PARAISO.
"SIN MAS ENEMIGOS QUE LOS DE MI PÁTRIA"