Nagorno-Karabakh: enclave arménio no Azerbeijão

  • 0 Respostas
  • 1850 Visualizações
*

comanche

  • Investigador
  • *****
  • 1785
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
Nagorno-Karabakh: enclave arménio no Azerbeijão
« em: Março 04, 2008, 09:35:04 pm »
Nagorno-Karabakh: Pelo menos dois mortos em confrontos entre Arménia e Azerbaijão


Citar
Baku, 04 Mar (Lusa) - Pelo menos dois soldados do Azerbaijão morreram em combates com forças da Arménia próximo do enclave de Nagorno-Karabakh, anunciou hoje o Ministério da Defesa em Baku.

Os incidentes ocorrem num momento em que vigora o estado de emergência em Erevan (capital da Arménia), após os distúrbios do último fim-de-semana.

Eldar Sabiroglu, porta-voz do Ministério da Defesa do Azerbaijão - no sul do Cáucaso, ribeirinho do Mar Cáspio - explicou que os dois soldados morreram quando as forças de Erevan abriram fogo na região de Terter, a nordeste do enclave arménio de Nagorno-Karabakh.

Os combates da última noite prosseguiram ao longo do dia de hoje, segundo os dois beligerantes.

O chefe da diplomacia de Erevan, Vardan Oskanian, confirmou os dois mortos azeris e, também, "baixas arménias".

De acordo com Sabiroglu, a Arménia - com uma situação política muito instável - "está a tentar desviar as atenções internacionais do que se passa no interior do país".

O enclave do Nagorno-Karabakh, no interior do Azerbaijão, foi tomado por separatistas arménios apoiados por Erevan em 1988, com um saldo de 30.000 mortos e cerca de um milhão de refugiados.

Um cessar-fogo foi conseguido com a intervenção de um contingente de paz russo em 1994, data a partir da qual o processo foi entregue - até à data sem resultados - ao Grupo de Minsk (Estados Unidos, Rússia e França) da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE).

A OSCE considera que Baku não tem soberania sobre o Nagorno-Karabakh, de que o antigo chefe dos separatistas, Serge Sarkassian, é o actual Presidente da Arménia, eleito a 19 de Fevereiro.

O auto-proclamado governo separatista arménio do Nagorno-Karabakh não é reconhecido internacionalmente.

Forças arménias e azeris continuam estacionadas junto à "zona tampão" do enclave, onde a trégua é violada.

Arménia está bloqueada no seu flanco ocidental pelo terceiro exército da Turquia, que não mantém relações diplomáticas com Erevan e é aliada de Baku no contencioso de Nagorno-Karabakh.

A Arménia, apoiada pela Rússia, atacou o Império Otomano durante a I Guerra Mundial e as tropas turcas, depois de perderem 300.000 homens, ao repelirem o invasor terão também vitimado 1,5 milhões de civis, naquele que é conhecido como o "genocídio arménio".

Entalada entre dois inimigos, a Turquia a oeste e o Azerbaijão a leste, a Arménia só tem as saídas norte, através do Cáucaso, pela Rússia, e sul, através do Irão.

O Presidente do Azerbaijão, Ilham Aliev, saiu a público para garantir que poderá recorrer à força para reconquistar o enclave.



http://pt.wikipedia.org/wiki/Nagorno-Karabakh