Ingresso na Força Aérea

  • 1853 Respostas
  • 552293 Visualizações
*

raphael

  • Investigador
  • *****
  • 1716
  • Recebeu: 411 vez(es)
  • Enviou: 359 vez(es)
  • +110/-45
(sem assunto)
« Responder #195 em: Outubro 07, 2008, 09:36:30 pm »
No que diz concretamente respeito à Força Aérea e para candidatos militares:
Em resposta à questão muito simplesmente sucede o seguinte se um militar concorre ao ETM, tanto pode ser Praça RC, como Sargento RC/QP como Oficial RC. No ínicio do ETM são promovidos a Alferes para efeitos de antiguidade, normalmente à data de 01 de Outubro do ano em que iniciam o ETM. Por vezes sucede que concorrem ao ETM Tenentes RC, esses mantêm o posto, mas a antiguidade será igual à dos seus camaradas de curso. À data em que terminam o ETM são todos Tenentes (sejam os provenientes de Praça, Sargento, Oficial) e a antiguidade em termos de posto reinicia-se nessa altura.
Exemplo prático, um Tenente RC, tem 2 anos de posto, concorre ao ETM, entra, é graduado Alferes, mantém o distintivo de posto de Tenente e o respectivo ordenado, no final do ETM o tempo para promoção recomeça do zero.
Actualmente e até haver algo concreto da reforma das carreiras militares um Tenente do QP permanece 4 anos no posto até ser Capitão, sendo que no último ano de Tenente, o Oficial frequenta um curso de 6 semanas (Curso Básico de Comando) que o habilita para promoção.
Um abraço
Raphael
__________________
 

*

veyron6496

  • 12
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #196 em: Outubro 07, 2008, 10:03:18 pm »
Citação de: "raphael"
No que diz concretamente respeito à Força Aérea e para candidatos militares:
Em resposta à questão muito simplesmente sucede o seguinte se um militar concorre ao ETM, tanto pode ser Praça RC, como Sargento RC/QP como Oficial RC. No ínicio do ETM são promovidos a Alferes para efeitos de antiguidade, normalmente à data de 01 de Outubro do ano em que iniciam o ETM. Por vezes sucede que concorrem ao ETM Tenentes RC, esses mantêm o posto, mas a antiguidade será igual à dos seus camaradas de curso. À data em que terminam o ETM são todos Tenentes (sejam os provenientes de Praça, Sargento, Oficial) e a antiguidade em termos de posto reinicia-se nessa altura.
Exemplo prático, um Tenente RC, tem 2 anos de posto, concorre ao ETM, entra, é graduado Alferes, mantém o distintivo de posto de Tenente e o respectivo ordenado, no final do ETM o tempo para promoção recomeça do zero.
Actualmente e até haver algo concreto da reforma das carreiras militares um Tenente do QP permanece 4 anos no posto até ser Capitão, sendo que no último ano de Tenente, o Oficial frequenta um curso de 6 semanas (Curso Básico de Comando) que o habilita para promoção.


Desde ja obrigado pela tua resposta, foi muito elucidativa.

Ando aqui com alguns problemas na decisão pois cada vez que "investigo" as forças armadas mais me desiludo... http://www.forumdefesa.com/forum/viewto ... fb4240b769

os ordenados são de facto aliciantes mas se fizermos as contas sera que essa ideia se mantem...? Como eng mecânico ate tenho oportunidade de uma boa carreira na vida civil, mas por outro lado a paixão pelos avioes e a incapacidade de poder tentar ser piloto tambem me "pucha" para o material aereo:)ja nem sei o que faça:(

obrigado
 

*

Tânia

  • 12
  • +0/-0
Ingresso e abandono
« Responder #197 em: Outubro 13, 2008, 05:10:26 pm »
Boa tarde

Sou civil. Neste momento estou a concorrer ao curso CFP 2008/09 da G.N.R., mas como a cultural não me correu tão bem como esperava a minha nota há-de ser entre 7-10, pelas correcções que já consegui fazer...
Estou a ponderar outros caminhos, porque não posso ficar de braços cruzados, nem quero! Passando pela Força Aérea!
A minha questão é a seguinte:
Uma vez ingressando nas Forças Armadas, neste caso na FAérea, no inicio do proximo ano ou ainda em 2008(não sei se será possivel). Caso abra novo concurso de ingresso na G.N.R. algures em Agosto de 2009 e eu consiga alistar-me em Junho de 2010(datas especuladas por mim lol). Para frequentar o curso da G.N.R. tenho de abandonar a FA. Basta fazer rescissão de contrato, ou tenho também de pagar indeminização?
No caso de ter de pagar indeminização, qual seria o valor da mesma?

Agradeço desde já a quem me possa ajudar nesta questão.

Cumprimentos
 

*

Silent_Storm

  • 143
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #198 em: Outubro 13, 2008, 05:28:30 pm »
Quando eu estive na Força Aérea (2000-2007), certas especialidades obrigavam a um tempo mínimo de permanência, se o qual não fosse cumprido, terias de indemnizar a FAP.

Algumas especialidades eram 2 anos, outras 3 anos. Só que entretanto alteraram também a duração máxima dos contratos (passou de 9 para 6 anos) e não sei se também alteraram esse tempo de permanência.

Sei que também haviam militares que pediam autorização ao Chefe de Estado Maior da Força Aérea, para concorrerem a PSP e GNR, e caso ele autorizasse, não precisavam de cumprir esse tempo mínimo.

Acho que cada caso depois é um caso e aconselho as pessoas, a passarem primeiro pelas forças armadas, antes de integrarem uma força de segurança.
"Esta é a ditosa Pátria minha amada"
 

*

Silent_Storm

  • 143
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #199 em: Outubro 13, 2008, 05:33:29 pm »
Citação de: "veyron6496"
Citação de: "raphael"
No que diz concretamente respeito à Força Aérea e para candidatos militares:
Em resposta à questão muito simplesmente sucede o seguinte se um militar concorre ao ETM, tanto pode ser Praça RC, como Sargento RC/QP como Oficial RC. No ínicio do ETM são promovidos a Alferes para efeitos de antiguidade, normalmente à data de 01 de Outubro do ano em que iniciam o ETM. Por vezes sucede que concorrem ao ETM Tenentes RC, esses mantêm o posto, mas a antiguidade será igual à dos seus camaradas de curso. À data em que terminam o ETM são todos Tenentes (sejam os provenientes de Praça, Sargento, Oficial) e a antiguidade em termos de posto reinicia-se nessa altura.
Exemplo prático, um Tenente RC, tem 2 anos de posto, concorre ao ETM, entra, é graduado Alferes, mantém o distintivo de posto de Tenente e o respectivo ordenado, no final do ETM o tempo para promoção recomeça do zero.
Actualmente e até haver algo concreto da reforma das carreiras militares um Tenente do QP permanece 4 anos no posto até ser Capitão, sendo que no último ano de Tenente, o Oficial frequenta um curso de 6 semanas (Curso Básico de Comando) que o habilita para promoção.

Desde ja obrigado pela tua resposta, foi muito elucidativa.

Ando aqui com alguns problemas na decisão pois cada vez que "investigo" as forças armadas mais me desiludo... http://www.forumdefesa.com/forum/viewto ... fb4240b769

os ordenados são de facto aliciantes mas se fizermos as contas sera que essa ideia se mantem...? Como eng mecânico ate tenho oportunidade de uma boa carreira na vida civil, mas por outro lado a paixão pelos avioes e a incapacidade de poder tentar ser piloto tambem me "pucha" para o material aereo:)ja nem sei o que faça:(

obrigado


Mentalizem-se que as forças armadas são uma passagem e não um pouso definitivo.
Usem as forças armadas, recebam o vosso ordenado, comecem a construir a vossa vida, a estudarem, acabarem cursos superiores, a concorrerem a outros organismos.
Não deixem acabar o contrato sem terem nada na mão.
"Esta é a ditosa Pátria minha amada"
 

*

abatista

  • Membro
  • *
  • 209
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #200 em: Outubro 14, 2008, 01:12:53 am »
Pergunta aleatória:

Quem pilota os nossos caças? Só oficiais? E só os da AFA? E ao fim de quanto tempo? É preciso algum curso extra? Gostava de saber.

Cumprimentos
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 7947
  • Recebeu: 1282 vez(es)
  • Enviou: 347 vez(es)
  • +5182/-236
(sem assunto)
« Responder #201 em: Outubro 14, 2008, 01:46:10 am »
Sim. Só Oficiais e só PILAV's da AFA. Normalmente fazem o Tirocínio e o curso de qualificação nos EUA.

 :arrow: http://callsignafp.blogspot.com/2007_02_01_archive.html
 

*

abatista

  • Membro
  • *
  • 209
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #202 em: Outubro 14, 2008, 05:38:43 pm »
Obrigadíssimo! Parece-me um bom objectivo para mim. :?
 

*

veyron6496

  • 12
  • +0/-0
duvidas
« Responder #203 em: Outubro 21, 2008, 09:07:10 pm »
boas

Recebi hoje a carta a convocar-me para os testes(TMMA) mas agora falta-me tempo dia 29 de outubro tenho que estar la mas tenho varios problemas, ainda não treinei nada nem fisica nem psicologicamente e o maior problema sera a nivel medico, tenho aqui uma carie e ja n tenho tempo para tratar sera isso um factor eliminatorio?

obrigado
 

*

Silent_Storm

  • 143
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #204 em: Outubro 22, 2008, 06:59:18 pm »
Podes passar com até três dentes em falta e duas cáries equivale a um dente em falta. Ou seja, passas até seis cáries.

Na pior das hipóteses, caso passes todas as provas, depois dão-te um tempo para ires tratar dos dentes.

Sem stress  :wink:
"Esta é a ditosa Pátria minha amada"
 

*

TOMSK

  • Investigador
  • *****
  • 1445
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • Enviou: 1 vez(es)
  • +1/-0
Re: duvidas
« Responder #205 em: Outubro 22, 2008, 07:12:36 pm »
Citação de: "veyron6496"
boas

Recebi hoje a carta a convocar-me para os testes(TMMA) mas agora falta-me tempo dia 29 de outubro tenho que estar la mas tenho varios problemas, ainda não treinei nada nem fisica nem psicologicamente e o maior problema sera a nivel medico, tenho aqui uma carie e ja n tenho tempo para tratar sera isso um factor eliminatorio?

obrigado


Não sei como se treina psicologicamente, mas gostava de saber. :P
 

*

raphael

  • Investigador
  • *****
  • 1716
  • Recebeu: 411 vez(es)
  • Enviou: 359 vez(es)
  • +110/-45
(sem assunto)
« Responder #206 em: Outubro 22, 2008, 07:44:52 pm »
O treino psicológico consiste em um individuo se mentalizar que vai ingressar num ramo das forças armadas, vai ter uma recruta, não é nenhum campo de férias, vai aprender a marchar e afins e se pelo meio levar uns calduços não se meter a chorar pelo papá e pela mamã... e claro para não chegar lá e desistir no primeiro dia..
Um abraço
Raphael
__________________
 

*

veyron6496

  • 12
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #207 em: Outubro 23, 2008, 11:24:35 pm »
Citar
Podes passar com até três dentes em falta e duas cáries equivale a um dente em falta. Ou seja, passas até seis cáries.

Na pior das hipóteses, caso passes todas as provas, depois dão-te um tempo para ires tratar dos dentes.

Sem stress

Citar
O treino psicológico consiste em um individuo se mentalizar que vai ingressar num ramo das forças armadas, vai ter uma recruta, não é nenhum campo de férias, vai aprender a marchar e afins e se pelo meio levar uns calduços não se meter a chorar pelo papá e pela mamã... e claro para não chegar lá e desistir no primeiro dia..


boas

obrigado pelas respostas, foram bastante elucidativas. :wink:


cumps
 

*

Sophia

  • 5
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #208 em: Outubro 26, 2008, 08:54:19 pm »
Eu gostava de concorrer em regime de contrato, especialidade SAS, mas tenho falta de vista (miopia). Dá para entrar com algumas dioptrias?
Como são os testes de Aptidões Perceptivo-Cognitivas;Aptidões psicomotoras e  Personalidade e Motivação??? como é que avaliam a Personalidade e Motivação.

tenho muitas duvidas.

agradeço uma resposta
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 7947
  • Recebeu: 1282 vez(es)
  • Enviou: 347 vez(es)
  • +5182/-236
(sem assunto)
« Responder #209 em: Outubro 26, 2008, 09:30:48 pm »
Há tabelas de inaptidão que definem os parametros máximos de miopia para as diferentes especialidades...mas SAS (Secretariado e Apoio de Serviços) não me parece que seja dos mais exigentes :roll: