Votação

Escolha o melhor

Super Hornet
2 (3.1%)
F-35
19 (29.7%)
Rafale
11 (17.2%)
Gripen
22 (34.4%)
Eurofighter Typhoon
10 (15.6%)

Votos totais: 64

Substituiçao dos F-16's

  • 2215 Respostas
  • 328953 Visualizações
*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 3742
  • Recebeu: 286 vez(es)
  • Enviou: 89 vez(es)
  • +462/-60
Re: Substituiçao dos F-16's
« Responder #2175 em: Setembro 15, 2020, 10:21:38 pm »
E está em curso o segundo fôlego do F-16.

Citar
How Lockheed Martin plans to speed up sales with commoditised F-16
By Garrett Reim 4 September 2020

The US Air Force (USAF) and Lockheed Martin believe a commoditised version of the F-16 will accelerate Foreign Military Sales of the fighter. The jet is already the most popular combat aircraft in the world, with 2,280 examples in service at the end of 2019, according to FlightGlobal’s 2020 World Air Forces directory report. That is about 16% of the total world fleet, or more than double the second-most numerous competitor, the Russian-built Sukhoi Su-27/30. Yet, Lockheed believes it can sell even more – faster – with the help of a new base model configuration. As part of an indefinite-delivery and indefinite-quantity (IDIQ) fixed-price-incentive contract, which has a $62 billion ceiling and was granted by the US Air Force (USAF) in August, the company plans to offer standardised examples of its new-build F-16 Block 70/72 aircraft.

The traditional process of pricing and customising the F-16 for foreign buyers was cumbersome, says JR McDonald, vice-president of business development in Lockheed’s integrated fighter group.“The development of the pricing, and the back and forth with the country on the pricing, and then the actual pricing when we deliver it to them in the form of an offer and acceptance letter, that takes a very long time,” he says. “And, it takes a lot of money to develop those individual contracts for each individual country.”Now, the US government’s Foreign Military Sales process will start with a base model of F-16 that comes with a standardised price and a standard set of features, including avionics, mission systems, an active electronically scanned array radar, electronic warfare suite, Automatic Ground Collision Avoidance System and an engine, among other typical items. The standardised items in the contract are at the lowest possible price, adds McDonald.

The idea for a standardised F-16 pricing list came from the USAF’s System Program Office. Lockheed believes all international sales of the fighter will now go through the IDIQ contract and the Foreign Military Sales process, with the exception of the potential F-21 variant the company is proposing for the Indian air force’s 110-unit fighter programme. The USAF and Lockheed believe that by using the same contract over and over again, instead of writing new contracts for each customer, time will be saved in the sales process of the fighter.“It’s a way to streamline contracting, make the pricing as transparent as possible in an [Foreign Military Sales] environment,” says McDonald. “Everybody knows what the baseline is.”The process should also save time and money on the production line as customisations typically slow work, he adds. Lockheed builds the F-16 at its Greenville, South Carolina facility, which started producing the fighter in 2019 after final assembly was moved from Fort Worth, Texas.

The USAF plans three pricing periods over 10 years for the base model F-16. The initial pricing period will be relatively short. Lockheed is already in negotiations with the US government for the second period, which will last two or three years. The third will span the remainder of the contract. Lockheed has already secured two contracts via the IDIQ totalling 90 aircraft: 66 examples of the F-16 for Taiwan and 24 for Morocco.

The manufacturer believes now is a particularly ripe time to offer a commoditised F-16. McDonald points out that many former member states of the Soviet Union, especially those still flying aged Mikoyan MiG-21 and MiG-23 or RAC MiG-29 fighters, are on the market for new jets. “Those are in the end of service life and countries around the world are having to find themselves in a situation where they need to replace them,” he says. There are 348 MiG-21s still in service, including a couple of dozen between newer NATO members Croatia and Romania, according to Cirium fleets data. The MiG-21 was introduced into service in 1959. And, there are 214 MiG-23s still in service, many within the air forces of African nations, such as Angola and Ethiopia. The MiG-23 was introduced into service in 1970.

Some customers of the former Soviet Union that have attempted to renew their fleets with Russian-made aircraft have been frustrated by the USA’s Countering America’s Adversaries Through Sanctions Act (CAATSA), which punishes countries for buying from Moscow, said Viktor Kladov, director of international cooperation and regional policy for Rostec at the 2019 MAKS air show. Rostec is the Russian government-owned holding company which controls Sukhoi and RAC MiG’s parent company United Aircraft.“We feel like some nations are more cautious,” said Kladov in August 2019. “For instance, yesterday I talked to the Indonesian chief of the air force and he mentioned CAATSA, the US law. From what he says, I understand they receive threats. They are dependent not just on Russian equipment, they are dependent on a large part of US-made equipment. If as a punishment measure, let’s say, American manufacturers stop supplying spares, stop supporting American-made equipment, then there will be a breach in security in national defence in Indonesia. So, they are very cautious.”

In November 2019, Jakarta said it planned to buy two squadrons of F-16 Block 72 fighters, while also buying a squadron of Sukhoi Su-35s. The country appeared to attempt avoiding financial sanctions with a cash and barter arrangement with Russia that might include local farm products such as palm oil and coffee. Then in July, the nation’s plans appeared to change again when it reportedly made an offer for Austria’s 15 Eurofighters. Sanctions have no role in countries deciding to switch from Russian fighters to the US-made F-16, insists McDonald. Rather, what is driving sales is the fighter’s performance, low life-cycle cost and its ability to serve as a connection to the USA’s security apparatus, he says.

McDonald says, for some nations, the F-16 could serve as a stepping stone to the Lockheed F-35 stealth fighter – sales of which are tightly controlled by the Pentagon and permitted only to the USA’s allies and most-trusted partners. “Not every country in the world is ready today for an F-35. And, that can be either because they from a policy perspective haven’t become that level of partner with the United States yet, or maybe just the maturity of their military: it’s hard to jump from a MiG-21 directly into an F-35,” he says. “An F-16 is the perfect pathway to F-35. You gain that familiarity with the United States, you become a reliable partner with the United States and then the next step into the F-35 is not such a stretch.”

https://www.flightglobal.com/fixed-wing/how-lockheed-martin-plans-to-speed-up-sales-with-commoditised-f-16/140055.article


Outra hipótese que podia perfeitamente ser estudada é a da frota iraquiana de F-16IQ Block 52 praticamente nova. Escândalos e acusações de corrupção, pouca operacionalidade derivada da retirada norte-americana do território, e o facto da reorientação das aquisições militares muito provavelmente voltar a pender para o lado de Moscovo, poderão levar a frota a ser vendida em breve dado quase toda ela se encontrar parada segundo os relatos mais recentes.



Se fizéssemos isso podíamos dizer adeus ao F-35.
Artigo 308º

Traição à Pátria

Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:

a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele
 

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 1246
  • Recebeu: 179 vez(es)
  • Enviou: 170 vez(es)
  • +90/-71
Re: Substituiçao dos F-16's
« Responder #2176 em: Setembro 15, 2020, 11:31:25 pm »
Dificilmente a 301 não vai ter os seus F-35, mesmo que venham F-22.
« Última modificação: Setembro 15, 2020, 11:32:16 pm por HSMW »
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 3246
  • Recebeu: 739 vez(es)
  • Enviou: 164 vez(es)
  • +158/-61
Re: Substituiçao dos F-16's
« Responder #2177 em: Setembro 15, 2020, 11:44:44 pm »
F-22? Melhor fazer o teste do balão, porque isso já é inventar.  :mrgreen:
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar, Lightning

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 1246
  • Recebeu: 179 vez(es)
  • Enviou: 170 vez(es)
  • +90/-71
Re: Substituiçao dos F-16's
« Responder #2178 em: Setembro 16, 2020, 09:24:24 am »
F-22? Melhor fazer o teste do balão, porque isso já é inventar.  :mrgreen:

Nem nunca podia vir porque é contra a lei americana. É apenas para reforçar que não é o avião que interessa mas sim a doutrina. E para a 301 o melhor avião é o F-35, pelo que representa.
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 3456
  • Recebeu: 1850 vez(es)
  • Enviou: 3566 vez(es)
  • +1333/-98
Re: Substituiçao dos F-16's
« Responder #2179 em: Setembro 16, 2020, 12:03:10 pm »
E a doutrina diz que... têm que voar. La Palice a MDN, já!
Talent de ne rien faire
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: tenente

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 6545
  • Recebeu: 2915 vez(es)
  • Enviou: 1491 vez(es)
  • +1364/-101
Re: Substituiçao dos F-16's
« Responder #2180 em: Setembro 16, 2020, 12:05:26 pm »
Ó NVF, mas qual Dout'rina, a veterinária ?? :rir:

Abraços

« Última modificação: Setembro 16, 2020, 12:09:50 pm por tenente »
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 3246
  • Recebeu: 739 vez(es)
  • Enviou: 164 vez(es)
  • +158/-61
Re: Substituiçao dos F-16's
« Responder #2181 em: Setembro 17, 2020, 12:22:12 pm »
F-22? Melhor fazer o teste do balão, porque isso já é inventar.  :mrgreen:

Nem nunca podia vir porque é contra a lei americana. É apenas para reforçar que não é o avião que interessa mas sim a doutrina. E para a 301 o melhor avião é o F-35, pelo que representa.

Não acho que faça grande sentido a alusão ao F-22, mas posso ser só eu.

Por outro lado, as esquadras de combate da FAP são duas, logo é complicado escolher um caça que é "ideal" para uma, e fica aquém na outra.

E o factor mais determinante será sempre o dinheiro, ou a falta dele. Quem não tem dinheiro não tem vícios, e se os F-16 estão em bom estado, e com um upgrade para Viper aguentarem até 2040, parece-me que é a melhor opção e a que permite um maior grau de operacionalidade.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Stalker79

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 9456
  • Recebeu: 1112 vez(es)
  • Enviou: 2419 vez(es)
  • +158/-48
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Substituiçao dos F-16's
« Responder #2182 em: Setembro 17, 2020, 03:59:53 pm »
Esta gente não é capaz de lidar com o problema de duas dúzias de ilegais e muito menos com a invasão que se prevê que aí vem!
Anda há décadas para encontrar uma solução para a prevenção e combate dos fogos florestais.
A corrupção é o que temos visto.

Nem com os meios militares de toda a NATO conseguia lidar com um conflito armado!

Este país é o exemplo máxima da incompetência na Europa. 
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: tenente, Stalker79

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 6545
  • Recebeu: 2915 vez(es)
  • Enviou: 1491 vez(es)
  • +1364/-101
Re: Substituiçao dos F-16's
« Responder #2183 em: Setembro 17, 2020, 05:48:34 pm »
Esta gente não é capaz de lidar com o problema de duas dúzias de ilegais e muito menos com a invasão que se prevê que aí vem!
Anda há décadas para encontrar uma solução para a prevenção e combate dos fogos florestais.
A corrupção é o que temos visto.

Nem com os meios militares de toda a NATO conseguia lidar com um conflito armado!

Este país é o exemplo máxima da incompetência na Europa.

Sem dúvida !!!!!

Abraços
 

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 1246
  • Recebeu: 179 vez(es)
  • Enviou: 170 vez(es)
  • +90/-71
Re: Substituiçao dos F-16's
« Responder #2184 em: Setembro 17, 2020, 07:35:09 pm »
F-22? Melhor fazer o teste do balão, porque isso já é inventar.  :mrgreen:

Nem nunca podia vir porque é contra a lei americana. É apenas para reforçar que não é o avião que interessa mas sim a doutrina. E para a 301 o melhor avião é o F-35, pelo que representa.

Não acho que faça grande sentido a alusão ao F-22, mas posso ser só eu.

Por outro lado, as esquadras de combate da FAP são duas, logo é complicado escolher um caça que é "ideal" para uma, e fica aquém na outra.

E o factor mais determinante será sempre o dinheiro, ou a falta dele. Quem não tem dinheiro não tem vícios, e se os F-16 estão em bom estado, e com um upgrade para Viper aguentarem até 2040, parece-me que é a melhor opção e a que permite um maior grau de operacionalidade.

O problema é com esse caminho voltávamos a ficar isolados e a ficar novamente apenas com papeis secundários dentro da NATO.
 

*

Kalil

  • Membro
  • *
  • 293
  • Recebeu: 28 vez(es)
  • Enviou: 47 vez(es)
  • +17/-6
Re: Substituiçao dos F-16's
« Responder #2185 em: Setembro 17, 2020, 10:33:01 pm »
F-22? Melhor fazer o teste do balão, porque isso já é inventar.  :mrgreen:

Nem nunca podia vir porque é contra a lei americana. É apenas para reforçar que não é o avião que interessa mas sim a doutrina. E para a 301 o melhor avião é o F-35, pelo que representa.

Não acho que faça grande sentido a alusão ao F-22, mas posso ser só eu.

Por outro lado, as esquadras de combate da FAP são duas, logo é complicado escolher um caça que é "ideal" para uma, e fica aquém na outra.

E o factor mais determinante será sempre o dinheiro, ou a falta dele. Quem não tem dinheiro não tem vícios, e se os F-16 estão em bom estado, e com um upgrade para Viper aguentarem até 2040, parece-me que é a melhor opção e a que permite um maior grau de operacionalidade.

O problema é com esse caminho voltávamos a ficar isolados e a ficar novamente apenas com papeis secundários dentro da NATO.

Agora fiquei a pensar... nós alguma vez tivemos um papel na Nato que não fosse secundário?
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15826
  • Recebeu: 1313 vez(es)
  • Enviou: 1214 vez(es)
  • +207/-192
Re: Substituiçao dos F-16's
« Responder #2186 em: Setembro 18, 2020, 09:28:40 am »
F-22? Melhor fazer o teste do balão, porque isso já é inventar.  :mrgreen:

Nem nunca podia vir porque é contra a lei americana. É apenas para reforçar que não é o avião que interessa mas sim a doutrina. E para a 301 o melhor avião é o F-35, pelo que representa.

Não acho que faça grande sentido a alusão ao F-22, mas posso ser só eu.

Por outro lado, as esquadras de combate da FAP são duas, logo é complicado escolher um caça que é "ideal" para uma, e fica aquém na outra.

E o factor mais determinante será sempre o dinheiro, ou a falta dele. Quem não tem dinheiro não tem vícios, e se os F-16 estão em bom estado, e com um upgrade para Viper aguentarem até 2040, parece-me que é a melhor opção e a que permite um maior grau de operacionalidade.

O problema é com esse caminho voltávamos a ficar isolados e a ficar novamente apenas com papeis secundários dentro da NATO.

Agora fiquei a pensar... nós alguma vez tivemos um papel na Nato que não fosse secundário?

A FAP está a ter um papel secundário quando vai para o Báltico ou agora na Polónia?!
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 3246
  • Recebeu: 739 vez(es)
  • Enviou: 164 vez(es)
  • +158/-61
Re: Substituiçao dos F-16's
« Responder #2187 em: Setembro 18, 2020, 11:24:29 am »
Fazemos parte da segunda-linha quando nem uns AIM-9X temos para equipar os nossos F-16. Por isso nunca houve preocupação em fazer parte da primeira linha.

Podemos querer F-35, mas o meu problema com esta opção é que não há dinheiro, e não havendo dinheiro, acontece o mesmo que tem acontecido com as fragatas e outros programas, indecisão, e no fim, nem F-35 nem F-16V e nem na segunda linha estaremos (como já acontece com a Marinha). O outro problema é o timing, querem comprar tudo na mesma altura e no fim algo vai ficar de fora.
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 6039
  • Recebeu: 1342 vez(es)
  • Enviou: 652 vez(es)
  • +821/-160
Re: Substituiçao dos F-16's
« Responder #2188 em: Setembro 18, 2020, 01:41:39 pm »
Fazemos parte da segunda-linha quando nem uns AIM-9X temos para equipar os nossos F-16. Por isso nunca houve preocupação em fazer parte da primeira linha.

Podemos querer F-35, mas o meu problema com esta opção é que não há dinheiro, e não havendo dinheiro, acontece o mesmo que tem acontecido com as fragatas e outros programas, indecisão, e no fim, nem F-35 nem F-16V e nem na segunda linha estaremos (como já acontece com a Marinha). O outro problema é o timing, querem comprar tudo na mesma altura e no fim algo vai ficar de fora.

Isso vai mudar com12 destes  :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:



https://www.aereo.jor.br/2020/09/15/usaf-voou-secretamente-demonstrador-de-seu-caca-de-proxima-geracao/

Cumprimentos  :mrgreen: :mrgreen:
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 3210
  • Recebeu: 1956 vez(es)
  • Enviou: 1257 vez(es)
  • +1555/-175
Re: Substituiçao dos F-16's
« Responder #2189 em: Setembro 18, 2020, 01:44:43 pm »
F-22? Melhor fazer o teste do balão, porque isso já é inventar.  :mrgreen:

Nem nunca podia vir porque é contra a lei americana. É apenas para reforçar que não é o avião que interessa mas sim a doutrina. E para a 301 o melhor avião é o F-35, pelo que representa.

Não acho que faça grande sentido a alusão ao F-22, mas posso ser só eu.

Por outro lado, as esquadras de combate da FAP são duas, logo é complicado escolher um caça que é "ideal" para uma, e fica aquém na outra.

E o factor mais determinante será sempre o dinheiro, ou a falta dele. Quem não tem dinheiro não tem vícios, e se os F-16 estão em bom estado, e com um upgrade para Viper aguentarem até 2040, parece-me que é a melhor opção e a que permite um maior grau de operacionalidade.

O problema é com esse caminho voltávamos a ficar isolados e a ficar novamente apenas com papeis secundários dentro da NATO.

Agora fiquei a pensar... nós alguma vez tivemos um papel na Nato que não fosse secundário?

A FAP com o F-16 MLU conseguiu algo que Portugal até então nunca tinha conseguido: atingir a paridade com os seus aliados europeus e norte-americanos da NATO. O salto qualitativo e de capacidades foi superior até à vinda das Meko 200PN pois pela primeira vez colocou-nos de igual para igual com os restantes membros da Aliança Atlântica.

Exploração das capacidades do sistema de armas já é outra conversa, uma sobejamente conhecida. Teres instalado o software necessário para levar AIM-9X Block II/IRIS-T, AIM-120C-7/8 ou D, GBU-38/39/54, AGM-154 JSOW, AGM-158/B JASSM/JASSM-ER, Sniper, etc, e só montares AIM-9L, esporadicamente AIM-120C-5, ALQ-131, GBU-31/12/49 e o pod Litening não é mau de todo, mas é consideravelmente pouco.
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: tenente

 

Governo entrega substituição do Aviocar à espanhola CASA

Iniciado por Maginot

Respostas: 10
Visualizações: 5597
Última mensagem Maio 06, 2005, 10:10:47 pm
por Luso
Aberto concurso para a substituição dos Aviocar

Iniciado por Ricardo Nunes

Respostas: 37
Visualizações: 14540
Última mensagem Dezembro 28, 2004, 09:13:27 pm
por JNSA
Substituição dos AlphaJet por um novo avião de treino?

Iniciado por Marauder

Respostas: 27
Visualizações: 11997
Última mensagem Setembro 21, 2006, 03:30:41 am
por p_shadow
Substituição dos Allouette III

Iniciado por JNSA

Respostas: 800
Visualizações: 165230
Última mensagem Abril 28, 2019, 05:37:08 pm
por dc
Programa de substituição do C-130

Iniciado por Boina_Verde

Respostas: 2061
Visualizações: 313313
Última mensagem Setembro 15, 2020, 02:59:57 pm
por Charlie Jaguar