Golpe de Estado derruba governo nas Fiji

  • 0 Respostas
  • 1890 Visualizações
*

ricardonunes

  • Investigador
  • *****
  • 3564
  • Recebeu: 32 vez(es)
  • Enviou: 1 vez(es)
  • +10/-5
Golpe de Estado derruba governo nas Fiji
« em: Dezembro 05, 2006, 10:39:37 am »
Citar
O chefe das Forças Armadas das ilhas Fiji, contra-almirante Frank Bainimarama, anunciou esta terça-feira que o Exército assumiu o controlo do poder, naquele que é o quarto golpe de estado ocorrido em 20 anos neste país do Pacífico Sul.
Segundo explicou o responsável militar em conferência de Imprensa, o Exército assumiu os poderes Executivo e Presidencial e vai formar um Governo interino, justificando o golpe de estado para acabar com a crise e impasse políticos vividos no arquipélago.

Frank Bainimarama afirmou ter decretado a suspensão de algumas cláusulas da Constituição e ter assumido a presidência do país, substituindo o presidente Ratu Josefa Iloilo, tendo também demitido o primeiro-ministro Laisenia Qarase.

Apelando à calma da população, o chefe das Forças Armadas das ilhas Fiji precisou que o Governo interino a ser formado estará em funções até à realização de eleições. Até à formação deste governo interino, o cargo de primeiro-ministro será desempenhado por Jona Senilagakali.

História das Ilhas Fiji

Citar
Os primeiros habitantes das Fiji chegaram do Sudeste Asiático muito tempo antes de as ilhas serem descobertas por exploradores europeus. As ilhas Vanua Levu e Viti Levu, as principais do arquipélago de Fiji, foram descobertas em 1643 pelo navegador holandês Abel Tasman. As outras ilhotas que compõem o arquipélago foram descobertas no século seguinte pelo explorador inglês James Cook. Os europeus só estabeleceram o primeiro posto de colonização em 1804

As ilhas ficaram sob controlo do Reino Unido em 1874, com o estatuto de colónia. Em 1970 foi dada independência ao país. O governo democrático foi interrompido por dois golpes militares em 1987, provocados por uma percepção por parte das restantes comunidades de que o governo era dominado pela comunidade indo-fijiana (indiana). Em virtude desses golpes militares Fiji é expulsa da Comunidade Britânica.

Uma constituição proclamada em 1990 garantiu o controlo do país pela população fijiana, mas deu origem a grande emigração de indianos. A perda de população levou a dificuldades económicas, mas garantiu que os melanésios se tornassem maioritários no país. Em 1992 ocorrem eleições que são vencidas pelo Partido Político Fijiano.

Uma revisão realizada em 1997 tornou a constituição das Fiji mais equitativa. Realizaram-se eleições livres e pacíficas em 1999, que resultaram num governo liderado por um indo-fijiano. Um ano mais tarde, o governo foi deposto por um golpe de estado liderado por George Speight, um nacionalista fijiano de linha dura. A democracia foi restaurada em finais de 2000 e Laisenia Qarase, que liderara um governo interino desde o golpe, foi eleito primeiro-ministro.

Para um país do seu tamanho, Fiji tem forças armadas excepcionalmente eficientes, e tem sido um contribuinte importante em missões de manutenção de paz das Nações Unidas em vários pontos do globo.

Potius mori quam foedari
 

 

Credibilidade do Governo Americano

Iniciado por Luso

Respostas: 3
Visualizações: 2228
Última mensagem Março 20, 2004, 05:50:32 pm
por Luso
A Morte do Estado-Nação (?)

Iniciado por Marauder

Respostas: 0
Visualizações: 1675
Última mensagem Novembro 21, 2006, 02:46:13 pm
por Marauder