Carro Desportivo Português

  • 36 Respostas
  • 17810 Visualizações
*

Cabecinhas

  • Investigador
  • *****
  • 1506
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • Enviou: 11 vez(es)
  • +4/-0
(sem assunto)
« Responder #30 em: Julho 17, 2007, 04:41:37 pm »
Retroconcept mostra protótipo funcional do VINCI GT

A Retroconcept – Concepção e Engenharia, Lda, centro de excelência industrial para produção de automóveis de nicho, acaba de apresentar, no Circuito da Boavista, o protótipo funcional do Vinci GT, um novo concept car totalmente desenvolvido em Portugal. O Vinci GT foi desenvolvido em colaboração com o CEIIA - Centro para a Excelência e Inovação na Indústria Automóvel, sendo o primeiro de uma série de automóveis de nicho que a Retroconcept se propõe desenvolver e fabricar.

O Vinci GT tem nos “goldean years” de 60 e 70 a sua herança estilística que, em conjunto com a mais avançada tecnologia mecânica do CEIIA, resultou num “automóvel de sonho”. O Vinci GT conjuga a visão sintetizada das duas entidades: desenho exclusivo, código genético desportivo e inovação tecnológica.

“Com os modelos “Vinci” propomos o reviver da história dos protótipos desportivos, que evidenciam a renascença do design automobilístico. Este período de optimismo e de grande criatividade produziu alguns dos mais espectaculares automóveis. Inspirámo-nos nessa história para criar em Portugal um cluster de automóveis de nicho, cuja produção deverá começar ainda em 2007”, afirma Miguel Rodrigues, director geral da Retroconcept.

Os protótipos desportivos dos anos 60 e 70 eram veículos que desafiavam as ideias estéticas, verdadeiros exercícios de criatividade e paixão, sem constrangimentos e considerações por regulamentos ou limitações do contexto de hoje. Eles eram verdadeiros e puros, que invocavam imagens e sentimentos de uma utopia futura.

O Vinci GT é um projecto inteiramente desenvolvido em Portugal pela Retroconcept, em parceria com o CEIIA. O novo concept car é inspirado nos míticos automóveis desportivos dos anos 60 e 70, resultando num retro concept, ou seja um automóvel de estilo retro, mas moderno, desportivo e de alta performance, de linhas equilibradas e harmoniosas, utilizando a mais avançada tecnologia automóvel.

O projecto Vinci GT só foi possível com a estreita colaboração do CEIIA – Centro de Engenharia que, devido à sua estratégia e posicionamento na área de desenvolvimento de produto, e recorrendo às mais avançadas tecnologias de engenharia e know-how, permitiu concretizar a produção do protótipo funcional, concluindo todo o ciclo de desenvolvimento automóvel: definição de estilo; modelação; renderização; validação em realidade virtual; produção de modelo à escala; engenharia dinâmica; produção do protótipo funcional; engenharia de processo; e produção para comercialização.

Os mentores do projecto prevêem avançar de imediato para a fase de produção, para que este primeiro coupé desportivo inteiramente concebido e desenvolvido em Portugal seja produzido até ao limite de 100 unidades.

“Trata-se de um automóvel desenvolvido para um nicho de mercado, acompanhando as tendências que o indústria automóvel tem seguido nos últimos anos, optando por pequenas produções com qualidade de excelência”, salienta Miguel Rodrigues. “Estamos conscientes do potencial que representa o projecto do primeiro coupé desportivo português para a nossa industrial automóvel e confiantes na sua capacidade de produzir automóveis de nível mundial”.

Para além do CEIIA, até ao momento o projecto contou com a colaboração e o apoio tecnológico de outras cinco entidades:

- a Pirelli, que estudou em conjunto com a equipa de engenharia o tipo de pneus para a melhor performance do Vinci GT;

- a IETA – Indústria de Estofos e Transformação de Automóveis, que apoiou na produção dos interiores do veículo, concedendo-lhe qualidade e sofisticação;

- a Q&F – Comércio de Acessórios e Automóveis, no apoio da engenharia ao nível mecânico, garantindo uma motorização de excelência;

- o Auto Museu da Maia, que assumiu o arranque do projecto na sua fase inicial até à criação da Retroconcept ,Lda;

- o Maia Clássico; atelier de restauro que assegurou apoio técnico na construção do protótipo funcional, através dos seus quadros qualificados.

Para 2007, a Retroconcept e o departamento de Design e Engenharia do CEIIA propõem-se desenvolver o conceito de veículos de estrada onde tudo é estilo e performance, tirando proveito extremo para criar o máximo impacto na imaginação colectiva.

Retroconcept vai investir 15 milhões de euros

A Retroconcept – Concepção e Engenharia, Lda é um centro de excelência industrial, constituído em 2007, dedicando-se à concepção e produção de automóveis de nicho, e ao desenvolvimento de engenharia de processo, em colaboração com o CEIIA e outras entidades, públicas e privadas. A empresa realizou já um investimento de dois milhões de euros na implantação de uma unidade fabril, na Maia, onde irá produzir as primeiras unidades e formar os técnicos necessários.

A empresa prevê a necessidade de expandir esta unidade de produção, a curto prazo, o que deverá aumentar o montante do investimento para 15 milhões de euros. Segundo Miguel Rodrigues, a empresa deverá criar 100 postos de trabalho directos, altamente qualificados, e cerca de 300 a 500 postos de trabalho indirectos.

“O nosso objectivo é também projectar a imagem de Portugal no mundo, ao nível da inovação e da tecnologia, reflectindo a capacidade tecnológica e de engenharia que possuímos”, acrescenta. A equipa de trabalho envolvida neste projecto é constituída por cerca de três dezenas de pessoas, todos eles jovens quadros do CEIIA. O trabalho desta equipa é crucial para o sucesso do projecto, indo desde o design até à engenharia de produto.

Também em estreita colaboração com o CEIIA, será lançada em breve uma linha de merchandising para a marca Vinci, constituída por produtos de alta qualidade, para o público feminino e masculino. O objectivo é produzir uma gama completa de artigos desde roupa desportiva, relógios e outros, para o uso pessoal de homens e mulheres que partilhem o espírito “Vinci”.

A Retroconcept prepara actualmente outros três projectos de desenvolvimento automóvel, em parceria tecnólogica com entidades nacionais e estrangeiras, cujas propostas serão apresentadas em breve. Também nos novos projectos a Retroconcept mantém a sua filosofia baseada na apresentação de modelos exclusivos, de segmento alto, com edições limitadas e produção manual e personalizada com recurso a técnicos qualificados. Todos os modelos desenvolvidos pela Retroconcept são direccionados para um mercado de nicho e, fundamentalmente, para o mercado externo.

A produção personalizada dos automóveis que a Retroconcept se propõe construir, oferece ao cliente um grau elevadíssimo de sofisticação técnica, em veículos onde o valor acrescentado é altamente significativo, resultado da utilização de materiais nobres e de tecnologias inovadoras, desenvolvidas e a desenvolver em conjunto com o CEIIA e outros parceiros tecnológicos no sector automóvel mundial.

A Retroconcept assume-se como a primeira unidade de produção de automóveis de nicho, criada de raíz, representando o seu Centro de Excelência Industrial uma mais-valia para a inovação e capacidade tecnológica nacional.

O projecto Vinci teve início em Junho de 2006, com a apresentação do desafio ao Centro de Engenharia, que disponibilizou uma equipa multidisciplinar de elevado nível técnico, em conjunto com a qual foi possível assegurar todo o ciclo de desenvolvimento até à apresentação da maquete à escala na Exponor, em Outubro do mesmo ano.

Em seguida, a mesma equipa iniciou o processo de engenharia adequado ao desenvolvimento e construção do protótipo funcional agora apresentado, passado pouco mais de um ano. “Com este nível tecnológico, conseguimos um ciclo de desenvolvimento com prazos pouco vulgares na indústria automóvel mundial, o que é fruto da verdadeira capacidade técnica do Centro de Engenharia e dos seus jovens e qualificados técnicos”, conclui Miguel Rodrigues

retroconcept.pt

Por último, uma referência ao novo site da empresa, em www.retroconcept.com, que inclui toda a informação sobre o projecto Vinci e os vários modelos a desenvolver, bem como imagens para download.
Um galego é um português que se rendeu ou será que um português é um galego que não se rendeu?
---
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7626
  • Recebeu: 575 vez(es)
  • Enviou: 191 vez(es)
  • +231/-509
(sem assunto)
« Responder #31 em: Julho 17, 2007, 05:24:32 pm »
Pois o carrito parece-me muito melhor na realidade que nos desenhos.
Não está mal, não senhor.
Preferiria (e mais uma vez me repito) que a aposta fosse no mercado de luxo que procura avidamente os Tesla (desportivos eléctricos). Aposto que teriam um vencedor à escala mundial.

E depois não é uma cópia: é uma "homage". :wink:
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

jconc

  • 29
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #32 em: Agosto 02, 2007, 01:43:04 pm »
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Não quero ser má lingua, mas não ficaria suprendido se a Ferrari mete-se os responsáveis pelo projecto em tribunal, há muitas semelhanças com um modelo da dita marca.  :) .
Por mares nunca de antes navegados...
 

*

pedro

  • Investigador
  • *****
  • 1437
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #33 em: Novembro 13, 2007, 04:51:30 pm »
Caros amigos so uma pergunta, nao sera altura de Portugal apostar a serio neste sector??
Alguem tem alguma ideia do que que Portugal pensa fazer neste sector nos proximos 5 anos??
Cumprimentos
 

*

Chicken_Bone

  • 488
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #34 em: Março 30, 2009, 06:12:36 pm »
Video sobre o Vinci GT:
http://jn.sapo.pt/multimedia/video.aspx ... id=1185826

Pedro: já fizeste a pergunta há muito tempo, mas se ainda tiveres interessado há alguns artigos sobre a Ind. Automóvel em www.inteli.pt
"Ask DNA"
 

*

pedro

  • Investigador
  • *****
  • 1437
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #35 em: Março 30, 2009, 09:31:46 pm »
Obrigado Chicken_Bone
Cumprimentos
 

*

Cabecinhas

  • Investigador
  • *****
  • 1506
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • Enviou: 11 vez(es)
  • +4/-0
(sem assunto)
« Responder #36 em: Março 30, 2009, 11:31:43 pm »
Contínuo na minha, plataforma de um Corvette  :?
Um galego é um português que se rendeu ou será que um português é um galego que não se rendeu?
---
 

 

Operação de MBO da Yanssen Cilag criou grupo português Lusom

Iniciado por dremanu

Respostas: 0
Visualizações: 1897
Última mensagem Agosto 03, 2005, 10:18:54 pm
por dremanu
Software português para 2 milhões de computadores indianos

Iniciado por Get_It

Respostas: 0
Visualizações: 1537
Última mensagem Janeiro 18, 2007, 09:09:33 pm
por Get_It
Português vence 3º Concurso de Design Peugeot

Iniciado por dremanu

Respostas: 5
Visualizações: 2423
Última mensagem Setembro 04, 2005, 12:01:01 am
por dremanu
Mais incompetência do governo Português

Iniciado por dremanu

Respostas: 0
Visualizações: 1681
Última mensagem Abril 06, 2004, 09:27:41 pm
por dremanu
Software português de Gestão hospitalar nos EUA

Iniciado por Marauder

Respostas: 0
Visualizações: 1204
Última mensagem Fevereiro 21, 2006, 10:52:43 am
por Marauder