Galp: Notícias

  • 131 Respostas
  • 45791 Visualizações
*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 11842
  • Recebeu: 510 vez(es)
  • Enviou: 236 vez(es)
  • +86/-73
Re: Galp: Notícias
« Responder #120 em: Setembro 30, 2016, 11:07:45 am »
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 8623
  • Recebeu: 1060 vez(es)
  • Enviou: 1242 vez(es)
  • +150/-48
Re: Galp: Notícias
« Responder #121 em: Novembro 25, 2016, 10:49:31 am »
Citar
Postos de combustível: Shell e Total regressam a Portugal

Os investimentos no futuro porto da Trafaria foram cruciais para a entrada de duas novas petrolíferas no mercado de combustíveis em Portugal, que é controlado pela Galp, BP e Repsol.

http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/detalhe/postos-de-combustivel-shell-e-total-regressam-a-portugal
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 11842
  • Recebeu: 510 vez(es)
  • Enviou: 236 vez(es)
  • +86/-73
Re: Galp: Notícias
« Responder #122 em: Outubro 29, 2017, 09:27:10 pm »
A Galp alcança uma produção de 100.000 barris por dia


 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 8623
  • Recebeu: 1060 vez(es)
  • Enviou: 1242 vez(es)
  • +150/-48
Re: Galp: Notícias
« Responder #123 em: Janeiro 28, 2020, 09:10:52 pm »
Andei a navegar pelo site da Galp, e achei importante perceber de onde vem o combustível que usamos em Portugal no nosso dia-a-dia, petróleo e gás natural.

Origem do crude 2018 (não tem os países mas tem as regiões do mundo)
https://www.galp.com/corp/pt/sobre-nos/o-que-fazemos/refinacao-distribuicao/aprovisionamento-refinacao-e-logistica

Esta noticia pode complementar
https://www.publico.pt/2018/05/03/economia/noticia/russia-lidera-abastecimento-de-petroleo-de-portugal-1818906

Gás Natural
https://www.galp.com/corp/pt/sobre-nos/os-nossos-negocios/gas-power/gas-natural

Além de operações da Galp no mundo
https://www.galp.com/corp/pt/sobre-nos/presenca-no-mundo
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM, HSMW, Viajante

*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 2218
  • Recebeu: 964 vez(es)
  • Enviou: 424 vez(es)
  • +970/-49
Re: Galp: Notícias
« Responder #124 em: Janeiro 28, 2020, 10:29:52 pm »
Andei a navegar pelo site da Galp, e achei importante perceber de onde vem o combustível que usamos em Portugal no nosso dia-a-dia, petróleo e gás natural.

Origem do crude 2018 (não tem os países mas tem as regiões do mundo)
https://www.galp.com/corp/pt/sobre-nos/o-que-fazemos/refinacao-distribuicao/aprovisionamento-refinacao-e-logistica

Esta noticia pode complementar
https://www.publico.pt/2018/05/03/economia/noticia/russia-lidera-abastecimento-de-petroleo-de-portugal-1818906

Gás Natural
https://www.galp.com/corp/pt/sobre-nos/os-nossos-negocios/gas-power/gas-natural

Além de operações da Galp no mundo
https://www.galp.com/corp/pt/sobre-nos/presenca-no-mundo

Vamos esperar que a estrutura accionista não se desintegre, devido ao caso da Isabelinha e da recente mudança na estrutura do Grupo Amorim (faleceu o Américo Amorim). Curioso facto, foi o Amorim que trouxe a Isabelinha para investir em Portugal!!!

Sobre a distribuição geográfica do fornecimento de crude, parece que o critério será o da proximidade a Portugal dos principais fornecedores, devido aos custos de transporte, partindo do pressuposto que o preço do crude é semelhante em todo o mundo.

Curioso o facto de diminuirmos a importação de Angola e..... vendo as vendas de Angola, esta exporta + de 2/3 para a China!!!!!!!
https://www.sapo.pt/noticias/economia/vendas-de-petroleo-renderam-mais-de-31-mil_5e303e2b40d8a912bc5b1acc
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 8623
  • Recebeu: 1060 vez(es)
  • Enviou: 1242 vez(es)
  • +150/-48
Re: Galp: Notícias
« Responder #125 em: Janeiro 29, 2020, 01:19:59 am »
Sobre a distribuição geográfica do fornecimento de crude, parece que o critério será o da proximidade a Portugal dos principais fornecedores, devido aos custos de transporte, partindo do pressuposto que o preço do crude é semelhante em todo o mundo.

O preço não é igual em todo o lado, até pode haver um preço de referência mas é como em tudo, uns tem um pouco mais barato, outros mais caro.

https://www.google.com/amp/s/amp.expresso.pt/economia/2020-01-08-Iraque-fornece-quase-5-do-petroleo-importado-por-Portugal
Neste artigo temos o petróleo do Iraque a 443 dólares, Rússia 515 e Angola 526 dólares.


https://www.rtp.pt/noticias/economia/portugal-esta-a-importar-mais-petroleo-e-a-pagar-menos_v892648

Senao o petróleo da Noruega ou Argélia seria sempre mais barato que de Angola ou Brasil, existem mais variantes que o transporte, como por exemplo o custo da exploração (um campo petrolífero em terra é mais barato que uma plataforma petrolífera no meio do mar), ou a quantidade de barris de petróleo que um certo país consegue produzir (quanto mais produz mais barato pode vender), até opções políticas.

Citar
Curioso o facto de diminuirmos a importação de Angola e..... vendo as vendas de Angola, esta exporta + de 2/3 para a China!!!!!!!
https://www.sapo.pt/noticias/economia/vendas-de-petroleo-renderam-mais-de-31-mil_5e303e2b40d8a912bc5b1acc

Podem ter aumentado o preço, e nós termos ido à procura de melhores preços. A China tem uma grande necessidade de petroleo e compra todo o que puder, a Rússia para poder ter influência na Europa até pode estar a fazer preço de amigo.
« Última modificação: Janeiro 29, 2020, 01:34:07 am por Lightning »
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 8623
  • Recebeu: 1060 vez(es)
  • Enviou: 1242 vez(es)
  • +150/-48
Re: Galp: Notícias
« Responder #126 em: Janeiro 29, 2020, 01:43:06 am »
Eu queria concluir é que com esta análise percebo em que seja mais importante para nós enviar meios militares para combater a pirataria e tornar mais seguro a navegação marítima no golfo da Guiné, do que na Somália, além das boas relações com os países PALOP, também uma parte importante da nossa energia vem da região.

27% do petróleo
41% do gás natural
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM

*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 2218
  • Recebeu: 964 vez(es)
  • Enviou: 424 vez(es)
  • +970/-49
Re: Galp: Notícias
« Responder #127 em: Dezembro 21, 2020, 12:16:52 pm »
Galp fecha refinaria em Matosinhos a partir de 2021. Decisão afecta 400 trabalhadores

Galp fecha refinaria em Matosinhos a partir de 2021 e concentra em Sines. Decisão está alinhada com descarbonização, mas Governo está preocupado com trabalhadores que são entre 350 a 400.

https://observador.pt/2020/12/21/galp-concentra-refinacao-em-sines-e-descontinua-em-matosinhos-a-partir-do-proximo-ano/

Esta não é uma notícia e decisão estratégica absurda!?!?!?!?!?
Na minha área da gestão e novas tecnologias, a redundância é fundamental para impedir que um serviço colapse!
Nos servidores que temos que custam umas dezenas de milhares de euros, todos eles têem várias fontes de alimentação com no mínimo 1 ou 2 redundantes! Processadores redundantes com 2 Xeon por cada slot e 2 fontes. Os discos rígidos idem aspas, usamos a norma Raid 6 com 2 discos rígidos redundantes nos nossos servidores e NAS e o Estado, em nome da descabornização vai permitir ficarmos só com 1 refinaria a funcionar no país!?!?!?!?!!!! Também não viram o que se passou numa refinaria Saudita no ano passado? (https://www.dn.pt/mundo/precos-do-petroleo-disparam-apos-ataques-com-drones-a-refinaria-saudita-11304511.html)

E se acontece um acidente em Sines? Ou outra greve de transporte de mercadorias perigosas!?!?!?!!
Quem toma decisões destas nunca teve uma disciplina que se chama Estratégia!?!?
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: perdadetempo

*

perdadetempo

  • Perito
  • **
  • 576
  • Recebeu: 197 vez(es)
  • Enviou: 381 vez(es)
  • +50/-2
Re: Galp: Notícias
« Responder #128 em: Dezembro 21, 2020, 09:04:00 pm »
A unica disciplina a que dão importância é o jeito para fazerem operações contabilisticas para ficarem bem no  balanço anual e nos relatórios trimestrais, por causa dos accionistas.
Mas nestas coisas até estamos bem acompanhados e seguimos as tendências mundiais.
A Boeing e o 737 por exemplo são um exemplo típico.

Cumprimentos,
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Viajante

*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 2218
  • Recebeu: 964 vez(es)
  • Enviou: 424 vez(es)
  • +970/-49
Re: Galp: Notícias
« Responder #129 em: Dezembro 28, 2020, 11:50:10 am »
A unica disciplina a que dão importância é o jeito para fazerem operações contabilisticas para ficarem bem no  balanço anual e nos relatórios trimestrais, por causa dos accionistas.
Mas nestas coisas até estamos bem acompanhados e seguimos as tendências mundiais.
A Boeing e o 737 por exemplo são um exemplo típico.

Cumprimentos,

Infelizmente é verdade, seja o mercado mais maduro (americano) ou mais verde como o nosso, as empresas vão tentar sempre pintar a manta! Se os resultados líquidos forem muito elevados, vão tentar escondê-los e nem é preciso ser muito inteligente para um qualquer financeiro esconder o lucro: Só nas depreciações, uma empresa pode dobrar o valor de um ano para o outro (com uma reserva imediata se estiver sujeita a ROC, mas que nada pode fazer para o impedir), ou criar provisões sobre as vendas por cobrança duvidosa (então agora a COVID-19 deu um enorme argumento para qualquer empresa com rentabilidade muito elevada esconder o lucro em provisões, com a desculpa de que vai ter muitos clientes que não vão pagar!!!!!!), uma reavaliação do imobilizado permite também aumentar as depreciações do exercício. Há ainda milhentas operações de fim de ano que uma empresa pode fazer, especialmente se pertencer a um grupo de empresas, desde vendas fictícias da empresa aflita para a mais abonada, até empréstimos de liquidez...... e depois a classe 27 cabe lá tudo, desde tostões até milhares de milhões!!!!!! Se alguém pensa que uma Enron ou uma Lehman Brothers colapsam de um dia para o outro........ estão muito enganados, para chegarem a esse ponto, têem de ter resmas de armários cheios de esqueletos/buracos!!!!!

Eu olho por exemplo estupefacto para o mercado de acções americano e vejo a Tesla a subir mais de 700% só este ano, mas até eu que não acompanho o mercado financeiro a toda a hora sei que olhando para os números da Tesla, a empresa nem 100 dólares vale por acção, quanto mais 660!!!!!!! Mas esta bolha pode rebentar nas mãos de alguém!!!!!!! Quando alguém fica entusiasmado com o mercado financeiro e na forma explosiva de rentabilidade, também deve lembrar-se das crises passadas e da regra básica de que o que sobe a pique....... também costuma caír a pique! Ou então podemos sempre relembrar o mercado holandês de derivados em relação às Tulipas, no século XVII, quando 1 só bolbo da planta chegava a ser negociada a mais de 10 000€ actuais!!!!!!! (https://executivedigest.sapo.pt/das-tulipas-ao-subprime/)

Mas ao contrário também existem empresas que tentam esconder as misérias, porque sabem que estão em risco dos bancos cortarem o crédito vital para sobreviverem. E se falei no facto de uma empresa poder dobrar as depreciações para camuflar a liquidez, também pode fazer o inverso e reduzir para metade as depreciações que o fisco permite tal operação! Ou vendas fictícias dentro de um grupo, quando os produtos nem saem do sítio onde estavam!!!!!!!! Ou a empresa "esquecer-se" dos acréscimos e diferimentos que sabe que vai ter para o próximo ano (no mínimo o subsídio de férias a empresa sabe que vai ter de pagar para o próximo ano). Depois existe ainda o toque de midas que pode fazer numa operação que as empresas fazem no fim do ano que é inflacionar os stocks...... enfim, é melhor nem dar ideias......

Como é que se combate isso? Não é preciso muito, basta pessoas que saibam fazer contas e saibam todos os truques. É por esse motivo que não compreendo que um Banco de Portugal ou outra entidade de supervisão em vez de irem buscar os melhores alunos às Universidades, ainda verdinhos, deviam ir buscar tubarões já com décadas no mercado e que sabem de olhos fechados onde é que uma empresa esconde os podres!!!!!!!!!!

Ou então as empresas terem vários órgãos verdadeiramente independentes a fiscalizarem-se mutuamente (só é possível numa empresa com vários sócios e com interesses divergentes)!!!!!
Muito do que descrevi em cima neste post, não se aprende no banco de uma Universidade!!!!!!!!
« Última modificação: Dezembro 28, 2020, 12:00:59 pm por Viajante »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM, HSMW

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 8623
  • Recebeu: 1060 vez(es)
  • Enviou: 1242 vez(es)
  • +150/-48

*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 2218
  • Recebeu: 964 vez(es)
  • Enviou: 424 vez(es)
  • +970/-49
Re: Galp: Notícias
« Responder #131 em: Dezembro 29, 2020, 10:42:26 am »
Será esta a razão da refinaria petrolífera sair de Matosinhos?

https://www.jornaldenegocios.pt/empresas/energia/amp/galp-pode-instalar-refinaria-de-litio-para-suecos-em-matosinhos

https://eco.sapo.pt/2020/12/22/galp-ja-tem-acordo-para-vender-litio-refinado-em-matosinhos-a-sueca-northvolt/amp/

Mas...

https://observador.pt/2020/12/28/autarquia-de-matosinhos-nao-quer-refinaria-de-litio/amp/

Pode muito bem ser, apesar de que por trás estarão outros motivos.
Estive a ver a ficha técnica da Galp (rácios financeiros) e as contas consolidadas de 2019 e a Galp tem vindo a caír e a perder vendas muito antes da Covid (https://www.jornaldenegocios.pt/informacao-financeira/cotacao-ficha?section=fichaValor_rwd&loadSect=fichaValor&isin=PTGAL0AM0009&plaza=51&indexId=psi20&indexCode=50102159   e   https://www.galp.com/corp/pt/investidores/publicacoes-e-comunicados/relatorios-e-resultados#resultados_anuais)

A Galp tem vindo a caír na refinação e distribuição, tem vindo a caír no sector do gás e da energia e só sobe na exploração e produção (poços petrolíferos que explora), o que significa que claramente tem capacidade instalada a mais para as necessidades. Não foi por acaso que vendeu o negócio de Gás à Allianz!!!!!!!! (https://expresso.pt/economia/2020-10-26-Galp-vende-distribuidoras-de-gas-em-Portugal-por-368-milhoes-de-euros)

Conjugada a quebra de vendas, capacidade excessiva com o delírio deste governo pelo lítio, a Galp descobriu uma forma de desmantelar 1 refinaria e ainda ganhar dinheiro com isso!!!!
É a minha interpretação! Mas se olharmos ao PER (resumidamente é o número de anos que a soma dos dividendos de uma acção demora até comprar a acção ao preço actual), essa análise anuncia tempos negros para a Galp, em 2019 o PER era inferior a 13 e com um valor por acção de cerca de 15€, agora em 2020, o PER estimado é de 251!!!!!!! Quer dizer que os dividendos que vai distribuir relativamente a este exercício é tanto...... que vai demorar 251 anos a juntar os dividendos de uma mísera acção que vale menos de 9€ actualmente!!!!!!

Resumidamente, a Galp está à rasca para melhorar os resultados!!!!!!
E ou alguém fica com a refinaria (se calhar era muito melhor negócio para o estado que ter ficado com a TAP), ou fecha portas!!!!!! Com a electrificação a caminho, não vejo que a Galp mantenha a refinaria aberta!
« Última modificação: Dezembro 29, 2020, 10:44:46 am por Viajante »