Artigo dos Comandos (Wikipedia)

  • 29 Respostas
  • 7423 Visualizações
*

Yosy

  • Especialista
  • ****
  • 1086
  • +0/-0
Artigo dos Comandos (Wikipedia)
« em: Fevereiro 26, 2006, 09:12:13 pm »
Escrevi um artigo para a Wikipedia sobre os Comandos. Digam-me o que acham.

http://en.wikipedia.org/wiki/Comandos
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 6971
  • Recebeu: 436 vez(es)
  • Enviou: 235 vez(es)
  • +367/-0
(sem assunto)
« Responder #1 em: Fevereiro 26, 2006, 09:25:13 pm »
Bom trabalho Yosy :Palmas: , contudo, alguns reparos:

Citar
But in 2002, the commandos were reactivated as an independent unit and the Regimento de Comandos (Comando Regiment), based in Amadora, was reborn.


Esta informação está incorrecta ou pode ser equivoca, a nova unidade de Comandos está baseada no Regimento de Infantaria 1 na Serra da Carregueira/Venda Seca (Concelho de Sintra).

Por outro lado, já que fala do lema, talvez se deve-se falar do grito de guerra "MAMA SUMAE" ("Aqui estamos, prontos para o sacrifício") e da sua origem africana, relacionada com os rituais de passagem da adolescência para a vida adulta e com a caça ao leão, etc.

Uma vez mais parabéns
Cumprimentos
BPM
 

*

Get_It

  • Investigador
  • *****
  • 1795
  • Recebeu: 230 vez(es)
  • Enviou: 447 vez(es)
  • +11/-1
(sem assunto)
« Responder #2 em: Fevereiro 26, 2006, 10:12:56 pm »
Também há na edição em português da Wikipédia: http://pt.wikipedia.org/wiki/Comandos :)

Cumprimentos,
:snip: :snip: :Tanque:
 

*

Miguel Silva Machado

  • Perito
  • **
  • 485
  • +0/-0
    • http://www.operacional.pt/
Re: Artigo dos Comandos (Wikipedia)
« Responder #3 em: Fevereiro 26, 2006, 11:06:54 pm »
Citação de: "Yosy"
Escrevi um artigo para a Wikipedia sobre os Comandos. Digam-me o que acham.

http://en.wikipedia.org/wiki/Comandos


Caro Yosy,
O trabalho está interessante, sem dúvida, só é pena ter alguns erros que devem ser corrigidos para não induzir os leitores em enganos desnecessários.
1. Os comandos não foram as primeira unidades especiais do Exército, antes o Exército formou companhias de Caçadores Especiais que aliás foram as primeiras unidades a combater em África.
2. Na primeira parte do texto, mal, fala da Guné-Bissau (na segunda já só fala, bem, de Guiné). Ou Guiné, ou Guiné-Portuguesa (seria o melhor na minha opinião se isso é para ser lido por todo o mundo). Guiné-Bissau é o nome depois de independente.
3. Mais um detalhe que pode não estar claro: As operações especiais, antes do 25ABR74 não formavam unidades para África, não havia unidades de operações especiais. Além de formarem companhias de comandos, só davam instrução de operações especiais a quadros que depois, em África, eram colocados em unidades regulares (era uma maneira de melhorar o nível médio das unidades do Exército).
4. Uma dúvida, minha, onde leu que os comandos receberam influência do Para-Comandos Belgas e da Legião Estrangeira? Isso não será confusão com as missões de observação que se fizeram á Argélia francesa?
Um Abraço,
MMachado
Miguel Silva Machado
http://www.operacional.pt/
 

*

Miguel Silva Machado

  • Perito
  • **
  • 485
  • +0/-0
    • http://www.operacional.pt/
Re: Artigo dos Comandos (Wikipedia)
« Responder #4 em: Fevereiro 26, 2006, 11:10:23 pm »
Citação de: "Yosy"
Escrevi um artigo para a Wikipedia sobre os Comandos. Digam-me o que acham.

http://en.wikipedia.org/wiki/Comandos

Caro Yosi,
Acrescento, naturalmente, o que já escreveu o Pereira Marques, fica a ideia que existe, de novo, o Regimento, o que também como sabemos não é correcto.
UM Abraço,
MMachado
Miguel Silva Machado
http://www.operacional.pt/
 

*

Yosy

  • Especialista
  • ****
  • 1086
  • +0/-0
Re: Artigo dos Comandos (Wikipedia)
« Responder #5 em: Fevereiro 27, 2006, 12:29:39 am »
Vou já fazer as alterações. :)

Citação de: "Miguel Silva Machado"

Caro Yosy,
O trabalho está interessante, sem dúvida, só é pena ter alguns erros que devem ser corrigidos para não induzir os leitores em enganos desnecessários.
1. Os comandos não foram as primeira unidades especiais do Exército, antes o Exército formou companhias de Caçadores Especiais que aliás foram as primeiras unidades a combater em África.
2. Na primeira parte do texto, mal, fala da Guné-Bissau (na segunda já só fala, bem, de Guiné). Ou Guiné, ou Guiné-Portuguesa (seria o melhor na minha opinião se isso é para ser lido por todo o mundo). Guiné-Bissau é o nome depois de independente.
3. Mais um detalhe que pode não estar claro: As operações especiais, antes do 25ABR74 não formavam unidades para África, não havia unidades de operações especiais. Além de formarem companhias de comandos, só davam instrução de operações especiais a quadros que depois, em África, eram colocados em unidades regulares (era uma maneira de melhorar o nível médio das unidades do Exército).
4. Uma dúvida, minha, onde leu que os comandos receberam influência do Para-Comandos Belgas e da Legião Estrangeira? Isso não será confusão com as missões de observação que se fizeram á Argélia francesa?
Um Abraço,
MMachado


Caro TenCor Machado:

1. Eu não escrevi que eles tinham sido as primeiras, apenas que são as principais do Exército. Mas talvez isto também não esteja actualmente correcto. Vo mudar essa parte.

2. Sim, reparei nesse erro. Escrevi Guiné-Bissau para poder fazer a link directa para o país. Mas já melhorei.

3. Não compreendo bem este ponto. Pode desenvolver?

4. Essa informação vem de um livro chamado Guerra Colonial. Foi editado pelo Diário de Notícias á alguns anos (em fascículos) e foi recentemente re-editado como livro completo.

Umas dúvidas: então em 2002 o que foi criado: Batalhão de Comandos? Regimento de Comandos?
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 6971
  • Recebeu: 436 vez(es)
  • Enviou: 235 vez(es)
  • +367/-0
Re: Artigo dos Comandos (Wikipedia)
« Responder #6 em: Fevereiro 27, 2006, 01:02:20 am »
Correndo o risco de "usurpar" as perguntas pedidas ao TCOR Silva Machado e de cometer alguns erros...

É Batalhão de Comandos, ver organograma tirado do site do exército:


Durante a Guerra Colonial, o CIOE funcionava "apenas" como centro de instrução de guerra anti-subversiva, e com a excepção de 3 companhias de Caçadores Especiais formadas no ínicio da década de 60, dedicou-se a formar os oficiais e sargentos que iriam servir nas unidades do Ultramar, nomeadamente nos Batalhões de Caçadores. Somente depois de 1974 é que começou a haver unidades com a especialidade de "Operações Especiais", com a boina verde-seco, etc.

Cunprimentos
B. Pereira Marques
 

*

Miguel Silva Machado

  • Perito
  • **
  • 485
  • +0/-0
    • http://www.operacional.pt/
Re: Artigo dos Comandos (Wikipedia)
« Responder #7 em: Fevereiro 27, 2006, 01:03:39 pm »
Citação de: "Yosy"
Vou já fazer as alterações. :)

Citação de: "Miguel Silva Machado"

Caro Yosy,
O trabalho está interessante, sem dúvida, só é pena ter alguns erros que devem ser corrigidos para não induzir os leitores em enganos desnecessários.
1. Os comandos não foram as primeira unidades especiais do Exército, antes o Exército formou companhias de Caçadores Especiais que aliás foram as primeiras unidades a combater em África.
2. Na primeira parte do texto, mal, fala da Guné-Bissau (na segunda já só fala, bem, de Guiné). Ou Guiné, ou Guiné-Portuguesa (seria o melhor na minha opinião se isso é para ser lido por todo o mundo). Guiné-Bissau é o nome depois de independente.
3. Mais um detalhe que pode não estar claro: As operações especiais, antes do 25ABR74 não formavam unidades para África, não havia unidades de operações especiais. Além de formarem companhias de comandos, só davam instrução de operações especiais a quadros que depois, em África, eram colocados em unidades regulares (era uma maneira de melhorar o nível médio das unidades do Exército).
4. Uma dúvida, minha, onde leu que os comandos receberam influência do Para-Comandos Belgas e da Legião Estrangeira? Isso não será confusão com as missões de observação que se fizeram á Argélia francesa?
Um Abraço,
MMachado

Caro TenCor Machado:

1. Eu não escrevi que eles tinham sido as primeiras, apenas que são as principais do Exército. Mas talvez isto também não esteja actualmente correcto. Vo mudar essa parte.

2. Sim, reparei nesse erro. Escrevi Guiné-Bissau para poder fazer a link directa para o país. Mas já melhorei.

3. Não compreendo bem este ponto. Pode desenvolver?

4. Essa informação vem de um livro chamado Guerra Colonial. Foi editado pelo Diário de Notícias á alguns anos (em fascículos) e foi recentemente re-editado como livro completo.

Umas dúvidas: então em 2002 o que foi criado: Batalhão de Comandos? Regimento de Comandos?


Caro Yoisi,
1. O Pereira MArques já respondeu ao ponto 3. "OE" e julgo que está bem claro. Unidades operacionais (destacamentos, batalhões, grupos, seja o que for) só depois do 25ABR74. Na guerra em Àfrica nada disso havia como "OE".
2. A boina "verde-seco" foi introduzida em 1989 por determinação interna do Exército.
3. A reactivação dos Comandos aconteceu com 1 companhia, depois outra. Agora o curioso é que oficialmente não há mais nada. E depois aparece o organograma que é exposto e diz "Organograma Proposto". Ou seja, não foi aprovado. E a realidade é que, mesmo que assim esteja a funcionar na prática (o que é bem possível) só agora com os documentos legais que forem elaborados na sequência da nova lei orgânica do Exército é que eles poderão legalmente reaparcer. É que foram extintos em 1993 (assim como o CTP) e, legalmente - leia-se em Decreto-Lei - nunca mais foram criados. Particularidades portuguesas!
Aliás o que está anunciado é que 2 companhias de comandos (as que de facto foram levantadas) irão integrar a BRR. Não há nenhuma referência a "batalhão" e muito menos "regimento".
Um Abraço,
MMachado
Miguel Silva Machado
http://www.operacional.pt/
 

*

Miguel

  • Investigador
  • *****
  • 2450
  • Recebeu: 24 vez(es)
  • Enviou: 7 vez(es)
  • +14/-17
(sem assunto)
« Responder #8 em: Fevereiro 27, 2006, 06:12:44 pm »
Miguel Machado

Dentro do nosso Exército, temos varios Regimentos com apenas 1 companhia operacional.Portanto é normal e um dever os Comandos com 2 companhias operacionais além da sua companhia de instrução e companhia comando serviços, estar num escalão Regimento :roll:

Yosy

Nunca os comandos portugueses utilizarem RPG, durante a guerra colonial.
O armamento era constituido por a G3 e Metralhadoras ligeiras e Morteiros de 60mm Comando.Existia ao nivél Batalhão Morteiros de 81mm.
Durante os anos 80/90 o Regimento Comandos tinha como armamento AntiCarro Misseis Milan, e LAWs antes do Milan era o C106SR.

Temos muitos especialistas neste forum.

Penso que antes de editar qualquer artigo, devias, e isto é para qualquer outro, consultar os especialistas deste forum ou outros.

Estamos aqui para vos ajudar. 8)

Cumprimentos
 

*

Yosy

  • Especialista
  • ****
  • 1086
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #9 em: Fevereiro 27, 2006, 07:00:31 pm »
Em relação ao ponto 3 acho que não fiz erro nenhum  :oops:

O que lá está é:
Citar
Beyond this center, that preperated units meant to Angola and Mozambique and the first commandos of Guinea, also in Portugal was created a commando center in CIOE – Centro de Instrução de Operações Especiais (Special Operations Instruction Center), in Lamego, that instructed units mobilized to Guinea and Mozambique (this center is still active and, nowadays, not only trains the Special Operations soldiers - a whole different unit, populary known in Portugal as Rangers - but also gives special operations's training and instruction to various units of the portuguese military and police forces).


Aqui não diz que o CIOE treinou OEs durante a Guerra Colonial.

Miguel.

O que lá está (e que eu traduzi como RPG soldier)é "apontador de lança-foguetes". Para efeitos práticos não é a mesma função?
 

*

Pedro Monteiro

  • Analista
  • ***
  • 875
  • Recebeu: 117 vez(es)
  • Enviou: 13 vez(es)
  • +13/-14
    • http://www.pedro-monteiro.com
(sem assunto)
« Responder #10 em: Fevereiro 27, 2006, 07:04:17 pm »
Citação de: "Miguel"
Dentro do nosso Exército, temos varios Regimentos com apenas 1 companhia operacional.Portanto é normal e um dever os Comandos com 2 companhias operacionais além da sua companhia de instrução e companhia comando serviços, estar num escalão Regimento :roll:
A reestruturação de 93 extingiu o Regimento de Comandos. Deste modo, parece-me que seria inesperado ver a sua criação face ao actual quadro. Pelo menos, a nível formal.
Cumprimentos,
Pedro Monteiro
 

*

Miguel

  • Investigador
  • *****
  • 2450
  • Recebeu: 24 vez(es)
  • Enviou: 7 vez(es)
  • +14/-17
(sem assunto)
« Responder #11 em: Fevereiro 27, 2006, 07:30:22 pm »
Pedro Monteiro

Então como vai chamar o agrupamento de Comandos?

Quando o antigo MDN Portas decidiu reactivar os Comandos, o objetivo era criar um Batalhão com 2 companhias de combate.

Essa portaria deve estar aprovada.

O BEOE e constituido com apenas 1 companhia de EOE.

YOSY

A arma de apoio dos nossos Comandos, ao nivel pelotão em Africa era o morteiro de 60mm.
Apenas um homem era necesario para utilizar essa arma.

Repito no ultramar tinhamos poucos armamentos de apoio, era frequente existir apenas 2 Bazucas US por companhia.LGF de 66 mm ou 89 mm.E o pessoal odiava essa arma porque era extrememante perigosa para o apontador.
 

*

Miguel Silva Machado

  • Perito
  • **
  • 485
  • +0/-0
    • http://www.operacional.pt/
(sem assunto)
« Responder #12 em: Fevereiro 27, 2006, 07:45:00 pm »
Citação de: "Yosy"
Em relação ao ponto 3 acho que não fiz erro nenhum  :oops:

O que lá está é:
Citar
Beyond this center, that preperated units meant to Angola and Mozambique and the first commandos of Guinea, also in Portugal was created a commando center in CIOE – Centro de Instrução de Operações Especiais (Special Operations Instruction Center), in Lamego, that instructed units mobilized to Guinea and Mozambique (this center is still active and, nowadays, not only trains the Special Operations soldiers - a whole different unit, populary known in Portugal as Rangers - but also gives special operations's training and instruction to various units of the portuguese military and police forces).

Aqui não diz que o CIOE treinou OEs durante a Guerra Colonial.

Miguel.

O que lá está (e que eu traduzi como RPG soldier)é "apontador de lança-foguetes". Para efeitos práticos não é a mesma função?


Este texto está mais do que confuso: Dá para tudo! Não se percebe a que épocas e a quem se destinou a instrução no CIOE.
MMachado
Miguel Silva Machado
http://www.operacional.pt/
 

*

Miguel Silva Machado

  • Perito
  • **
  • 485
  • +0/-0
    • http://www.operacional.pt/
(sem assunto)
« Responder #13 em: Fevereiro 27, 2006, 07:48:20 pm »
Citação de: "Miguel"
Pedro Monteiro

Então como vai chamar o agrupamento de Comandos?

Quando o antigo MDN Portas decidiu reactivar os Comandos, o objetivo era criar um Batalhão com 2 companhias de combate.

Essa portaria deve estar aprovada.

O BEOE e constituido com apenas 1 companhia de EOE.

YOSY

A arma de apoio dos nossos Comandos, ao nivel pelotão em Africa era o morteiro de 60mm.
Apenas um homem era necesario para utilizar essa arma.

Repito no ultramar tinhamos poucos armamentos de apoio, era frequente existir apenas 2 Bazucas US por companhia.LGF de 66 mm ou 89 mm.E o pessoal odeiava essa arma porque era extremamente perigosa para o apontador.


Não deve ser fácil obter, aí longe, a publicação que vou referir: O "Mama Sume" n.º 63 II Série de Agisto/Dezembro 2005, onde entre outras coisas interessantes sobre a história dos comandos, lá está a história detalhada da reactivação dos comandos. Lamento muito mas o MDN nada teve a ver com o caso.
Um Abraço,
MMachado
Miguel Silva Machado
http://www.operacional.pt/
 

*

Yosy

  • Especialista
  • ****
  • 1086
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #14 em: Fevereiro 27, 2006, 08:47:25 pm »
Já fiz todas as alterações. Agora já deve estar mais claro. Acrescentei também uma referência à boina vermelha e outras coisas no fim.

Miguel

Eu não alterei o "RPG soldier" para ficar mais acessível tanto a um contexto internacional como a leigos. Além disso, dado o gosto dos soldados portugueses em usar armas das guerrilhas (muitas vezes superiores às armas oficiais) deve ser bastante provavel que tenha havido comandos a usar realmente o RPG em operações.
 

 

Mama Sume: Comandos na Fuerzas Militares del Mundo

Iniciado por Pedro Monteiro

Respostas: 0
Visualizações: 1907
Última mensagem Janeiro 02, 2013, 04:15:09 pm
por Pedro Monteiro
Doutrinas operacionais dos Comandos e Operações Especiais

Iniciado por PereiraMarques

Respostas: 22
Visualizações: 10592
Última mensagem Setembro 24, 2005, 01:36:12 pm
por Cabeça de Martelo
Reportagem sobre uma patrulha dos comandos no Afegnistão

Iniciado por Nuno Bento

Respostas: 12
Visualizações: 4991
Última mensagem Dezembro 11, 2005, 05:21:19 pm
por [Mumia_]
Escolha de especialidade:rangers,comandos ou paras?

Iniciado por psicoactivo

Respostas: 2
Visualizações: 2468
Última mensagem Janeiro 25, 2006, 09:59:10 pm
por [Mumia_]
Designação das unidades de Comandos e Operações Especiais

Iniciado por Duarte

Respostas: 30
Visualizações: 15204
Última mensagem Novembro 16, 2011, 01:12:21 pm
por carlospires