Granadas

  • 12 Respostas
  • 4123 Visualizações
*

GMAR

  • 20
  • +0/-0
Granadas
« em: Abril 10, 2004, 09:38:08 pm »
Saudações!

Eu gostaria de colocar duas questões:
1- Qual é o tipo de granadas que o exército utiliza?
2- Quais são os meios das FA's que existem nos Açores?

Agradeço desde já pelas vossas respostas.:D
Ducis in consilio posita est virtus militum.-Publílio
 

*

Ricardo Nunes

  • Investigador
  • *****
  • 1262
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • Enviou: 5 vez(es)
  • +1/-0
    • http://www.falcoes.net/9gs
(sem assunto)
« Responder #1 em: Abril 10, 2004, 09:49:58 pm »
Seja bem vindo ao fórum defesa GMAR.

Quanto às suas questões apenas lhe posso responder, e em parte, à segunda.

Neste caso no que diz respeito à força aérea:
A FAP possui nos Açores, através da esq. 711 Albatrozes ( que será dissolvida em 2005 ), 1 SA-330 Puma e um C-212 Aviocar, para utilização mais frequente em missões de busca e salvamento e de interesse geral, como seja o apoio à população civil em diversas áreas.
A juntar a isto está todo o pessoal de apoio e de terra necessário à manutenção da base das Lajes.
Ricardo Nunes
www.forum9gs.net
 

*

Fábio G.

  • Investigador
  • *****
  • 1398
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #2 em: Abril 10, 2004, 11:29:21 pm »
Se a esquadra 711 irá ser dissolvida em 2005 qual a esquadra que irá cumprir a sua missão?
 

*

Ricardo Nunes

  • Investigador
  • *****
  • 1262
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • Enviou: 5 vez(es)
  • +1/-0
    • http://www.falcoes.net/9gs
(sem assunto)
« Responder #3 em: Abril 10, 2004, 11:45:54 pm »
Não existirá nenhuma esquadra nos Açores. Essa missão irá ser executada por destacamentos permanentes com rotação de pessoal, das respectivas esquadras do continente.
Ricardo Nunes
www.forum9gs.net
 

*

Fábio G.

  • Investigador
  • *****
  • 1398
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #4 em: Abril 11, 2004, 12:17:52 am »
Obrigado pela informação Ricardo Nunes.

Desconhecia esta situação e fico algo surpreso com a retirada de meios  dos Açores. É mais viável esta situação de ter todos os meios no Continente ou ter meios divididos entre Continente e Açores?
 

*

emarques

  • Especialista
  • ****
  • 1178
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #5 em: Abril 11, 2004, 12:34:15 am »
Curioso como um tópico chamado "granadas" na área "Exércitos" descamba na discussão da distribuição de meios aéreos para os Açores.

Mas contribuindo um pouco para a discussão, acho que esta é uma boa resposta àquele outro tópico "Uma base permanente em S. Tomé". E que tal bases permanentes nos Açores e na Madeira? ;)
Ai que eco que há aqui!
Que eco é?
É o eco que há cá.
Há cá eco, é?!
Há cá eco, há.
 

*

Ricardo Nunes

  • Investigador
  • *****
  • 1262
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • Enviou: 5 vez(es)
  • +1/-0
    • http://www.falcoes.net/9gs
(sem assunto)
« Responder #6 em: Abril 11, 2004, 01:43:20 am »
Caro Fábio, na prática a presença da FAP nos Açores será a mesma só que, em vez de estar organizada como uma esquadra independente, estará organizada com destacamento.  :wink:
Ricardo Nunes
www.forum9gs.net
 

*

Fábio G.

  • Investigador
  • *****
  • 1398
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #7 em: Abril 11, 2004, 01:47:45 am »
Claro que isso seria o desejável.

Bases aero-navais permanentes nos Açores e Madeira, bastava vontade, dinheiro e meios (o que já é muito coisa para as nossas possibilidades  :( ). )
 

*

Fábio G.

  • Investigador
  • *****
  • 1398
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #8 em: Abril 11, 2004, 01:52:40 am »
É que não tinha nenhum conhecimento sobre esse assunto, agora já fico a saber mais algum coisa, ou seja vai continuar tudo mais ou menos igual, obrigado.
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7508
  • Recebeu: 386 vez(es)
  • Enviou: 119 vez(es)
  • +138/-194
(sem assunto)
« Responder #9 em: Abril 11, 2004, 10:38:25 pm »
"Mas contribuindo um pouco para a discussão, acho que esta é uma boa resposta àquele outro tópico "Uma base permanente em S. Tomé". E que tal bases permanentes nos Açores e na Madeira?"

 :G-beer2:
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

FFAP

  • 98
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #10 em: Abril 12, 2004, 01:28:18 pm »
Citação de: "Ricardo Nunes"
Seja bem vindo ao fórum defesa GMAR.

Quanto às suas questões apenas lhe posso responder, e em parte, à segunda.

Neste caso no que diz respeito à força aérea:
A FAP possui nos Açores, através da esq. 711 Albatrozes ( que será dissolvida em 2005 ), 1 SA-330 Puma e um C-212 Aviocar, para utilização mais frequente em missões de busca e salvamento e de interesse geral, como seja o apoio à população civil em diversas áreas.
A juntar a isto está todo o pessoal de apoio e de terra necessário à manutenção da base das Lajes.



 Boas, uma pequena correção, esse Puma e esse Aviocar são os que estão em permanente alerta, porém os meios totais não são estes, se não me engano temos nas Lajes 3 Pumas e 3 Aviocar.
Um abraço

EX MERO MOTU
 

*

Ricardo Nunes

  • Investigador
  • *****
  • 1262
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • Enviou: 5 vez(es)
  • +1/-0
    • http://www.falcoes.net/9gs
(sem assunto)
« Responder #11 em: Abril 12, 2004, 04:23:10 pm »
Muito sinceramente não sabia. Tinha quase toda a certeza que apenas 1 Puma estava afecto à 711 Albatrozes e 1 Aviocar a título permamente ( claro que numa esquadra destas nada é "permanente" ).

É algo que temos de confirmar com o Pinho.

1 abraço
Ricardo Nunes
www.forum9gs.net
 

*

filcharana

  • 47
  • +0/-0
Re:
« Responder #12 em: Abril 13, 2004, 01:59:56 am »
Olá caríssimos Pedro e Ricardo, meus colegas de "foruns" :lol:

Segundo o scramble.nl era esta a constituição da 711 em Abril/2003:

C-212A2  - 16514 / 16515 / 16520
SA.330S1 - 19506 / 19508 / 19511 / 19513


Abraços
 

 

Substituição do Lança-Granadas-Foguete (descartável) M72 LAW

Iniciado por ruben lopes

Respostas: 71
Visualizações: 22938
Última mensagem Março 20, 2009, 07:41:24 pm
por ShadIntel