Holanda encomenda CV-90s

  • 9 Respostas
  • 3523 Visualizações
*

Ricardo Nunes

  • Investigador
  • *****
  • 1257
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • Enviou: 5 vez(es)
  • +2/-0
    • http://www.falcoes.net/9gs
Holanda encomenda CV-90s
« em: Dezembro 13, 2004, 06:02:18 pm »
Citar
The Netherlands orders 184 CV90s
MAJOR ORDER FOR LAND SYSTEMS HÄGGLUNDS
10 December 2004


BAE Systems Land Systems Hägglunds has won a 749 million euro (approx £500m) order from the Netherlands for its CV90 armoured vehicle. This is the first major contract win for Land Systems, created in September this year.

The Netherlands Army and Land Systems Hägglunds will sign a contract for the delivery of 184 infantry fighting vehicles on 13 December. Deliveries will be made during the years 2007 to 2010.

Land Systems Hägglunds’ CV9035 was selected for the Dutch infantry fighting vehicle programme after an extensive competitive evaluation. State secretary for Defence Cees van der Knaap stated in a letter to the Dutch parliament on 29 October: “The outcome of the evaluation is that the CV90 fulfils the requirements, has the lowest risk, the lowest price and the fastest delivery time.”

The Dutch Ministry of Economic Affairs also had a preference for CV90, based on strong involvement of Dutch industry and the high levels of firm commitments

Sweden, Norway, Switzerland and Finland have all selected the CV90 and the new Dutch contract brings the total ordered to 1125.

“The large fleet gives existing and new customers considerable advantages such as a broader base for cost-sharing of future upgrades and spare parts and international interoperability. Already today the CV90 is used internationally by Sweden and Norway,” said Land Systems Hägglunds managing director Sven Kågevall.

The CV9035 is a further development of the CV90 IFV. It features enhanced firepower, survivability, mobility, ergonomics and advanced electronic architecture with implemented C4I systems. The main armament is a Bushmaster III 35/50 cannon with a computerised fire control system, incorporating ammunition programmer. The commander has a rotating cupola for maximum visibility and both the commander and gunner have fully stabilised day and night sights with third-generation thermal cameras.

The vehicle will be delivered in two configurations, infantry fighting vehicle and command vehicle. Both have three-man crews. The IFV can carry a squad of seven and the command version has a staff group of four.

Sven Kågevall added: “It is most encouraging that we have been given the confidence to carry through such an important contract after substantial competition. It strengthens the CV90 position as the infantry fighting vehicle for Europe and Land Systems Hägglunds’ position in future procurement programmes.”


http://www.baesystems.com/newsroom/2004 ... 4news1.htm
Ricardo Nunes
www.forum9gs.net
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7616
  • Recebeu: 562 vez(es)
  • Enviou: 190 vez(es)
  • +228/-359
(sem assunto)
« Responder #1 em: Dezembro 13, 2004, 09:47:28 pm »
Porreiro!
Vamos ter CV90 daqui a 25 anos!
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

Miguel

  • Investigador
  • *****
  • 2455
  • Recebeu: 25 vez(es)
  • Enviou: 7 vez(es)
  • +14/-18
(sem assunto)
« Responder #2 em: Dezembro 14, 2004, 07:08:30 pm »
eu acredito que ficamos melhor com os nossos Pandur :twisted:
 

*

Ricardo Nunes

  • Investigador
  • *****
  • 1257
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • Enviou: 5 vez(es)
  • +2/-0
    • http://www.falcoes.net/9gs
(sem assunto)
« Responder #3 em: Dezembro 14, 2004, 07:30:25 pm »
Citação de: "miguel"
eu acredito que ficamos melhor com os nossos Pandur :twisted:


E o CV-90 é lento, pouco móvel e não-letal?  :wink:
Ricardo Nunes
www.forum9gs.net
 

*

fgomes

  • Perito
  • **
  • 475
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #4 em: Dezembro 14, 2004, 07:40:53 pm »
Eu já ficava contente com uns Ulan/Pizarro...  :)
 

*

E-migas

  • Membro
  • *
  • 123
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #5 em: Dezembro 14, 2004, 10:34:57 pm »
Citação de: "fgomes"
Eu já ficava contente com uns Ulan/Pizarro...  :)


Eu já ficava contente se fizessem um Upgrade ou Update aos M113 E os pusessem a funcionar!
Cumprimentos,
e-Migas
---------------------------------------------------
Una Salus Victus
 

*

emarques

  • Especialista
  • ****
  • 1177
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #6 em: Dezembro 14, 2004, 10:48:02 pm »
Eu proponho desde já que se façam umas experiências com blindagem em sanduíche, tipo Chobham. Cobrem-se uns M-113 de telha plana (blindagem cerâmica), que será coberta de chapa zincada. :mrgreen:
Ai que eco que há aqui!
Que eco é?
É o eco que há cá.
Há cá eco, é?!
Há cá eco, há.
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7616
  • Recebeu: 562 vez(es)
  • Enviou: 190 vez(es)
  • +228/-359
(sem assunto)
« Responder #7 em: Dezembro 14, 2004, 10:48:06 pm »
Pois eu já fico contente com qualquer coisa...
- Nem que seja boa!
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

Miguel

  • Investigador
  • *****
  • 2455
  • Recebeu: 25 vez(es)
  • Enviou: 7 vez(es)
  • +14/-18
(sem assunto)
« Responder #8 em: Dezembro 15, 2004, 02:08:35 pm »
Citação de: "E-migas"
Citação de: "fgomes"
Eu já ficava contente com uns Ulan/Pizarro...  :lol: conservar as peças de museu typo M113?

somos um pequeno pais não podemos ter tudo!!!
tem que haver opções amigos,eu acredito que seria mais eficaz ter uma grande unidade motorizada(BMI) e a BAI,BLI (sem blindados,sendo assim leves e aerotransportaveis rapidamente,uma vez a testa de ponte conquistada a BMI deslocava PandurII para apoiar estas unidades)

Modularidade!!!!!!!

o Canada a Belgica a Nova Zelandia substituim os largatas por VBR :wink:  e nos??????quando se quer tudo acaba-se por ter nada.
 

*

Pedro Monteiro

  • Analista
  • ***
  • 875
  • Recebeu: 117 vez(es)
  • Enviou: 13 vez(es)
  • +13/-14
    • http://www.pedro-monteiro.com
(sem assunto)
« Responder #9 em: Dezembro 15, 2004, 02:23:20 pm »
Citação de: "miguel"
o Canada a Belgica a Nova Zelandia substituim os largatas por VBR :wink:  Pois bem: Canadá, Bélgica e Nova Zelândia. Diga-me uma única ameaça territorial dos três em que seja eficiente e útil o emprego de forças pesadas? Ou seja, quando lhe pergunto isto tento mostrar que se estes países optaram por adquirirem apenas blindados de rodas não é para estes substituirem viaturas de lagartas, é, isso sim, porque a sua doutrina de emprego foi considerada dispensável face às suas ameaças.
Agora, a situação em que Portugal está não é a mesma que a destes países e não falo, obviamente, de Espanha que me parece cada vez mais ridículo ser vista como um "invasor" potencial (bélico, económico é, infelizmente, por nossa culpa). O caso de Marrocos já foi menos preocupante, as missões de paz já foram menos exigentes.
A questão é que os blindados de lagartas têm maior mobilidade em certos terrenos: deserto, praias, terrenos lamacentos e instáveis, ao distribuirem melhor o seu peso por uma maior área (logo, menos pressão por determinada área sobre o solo). Têm, também, maior capacidade para receberem armamento pesado e blindagem. E esses três elementos continuam a ser cruciais no tocante a forças de combate pesadas. Não me parece, pois, lógico adquirir Leopard 2 e, por outro lado, apostar nas VBR para constituirem o grosso das forças da BMI... estar-se-ia a integrar numa única brigada dois conceitos completamente distintos, com todas as dificuldades doutrinais que isso pressupõe.
Cumprimentos,
Pedro Monteiro
 

 

Holanda

Iniciado por pedro

Respostas: 5
Visualizações: 2057
Última mensagem Outubro 21, 2005, 04:56:21 pm
por João Silva de Lemos
Exército belga encomenda 222 Dingo 2

Iniciado por JLRC

Respostas: 1
Visualizações: 1359
Última mensagem Janeiro 12, 2005, 06:50:30 pm
por fgomes