Coronavirus

  • 856 Respostas
  • 18647 Visualizações
*

Daniel

  • Investigador
  • *****
  • 1441
  • Recebeu: 58 vez(es)
  • Enviou: 18 vez(es)
  • +125/-1224
Re: Coronavirus
« Responder #465 em: Março 29, 2020, 06:20:33 pm »
Até a Albânia
A UE que encha a cara de merda

17h20 - A Albânia enviou 30 médicos e enfermeiros para Itália para ajudar no combate à pandemia. "É verdade que todos estão fechados dentro das suas fronteiras e os países muito ricos viraram as costas aos outros. Mas porque não somos ricos e porque temos memória, não podemos deixar de mostrar à Itália que os albaneses nunca abandonam os seus amigos em dificuldade", declarou o primeiro-ministro albanês, Edi Rama, numa mensagem publicada no Twitter.

Tu és mesmo engraçado, sem dúvida, deves conhecer a história da cigarra e da formiga? Quer me parecer que tu também és daqueles que só quer receber, mamar.
Para quem tem recebido milhares de milhões e ainda achar pouco pode sempre sair, Espanha, Italia, Portugal etc simples, que façam como os ingleses.
« Última modificação: Março 29, 2020, 06:22:00 pm por Daniel »
A Vida é um teste e uma incumbência de  confiança.
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 5748
  • Recebeu: 2618 vez(es)
  • Enviou: 1059 vez(es)
  • +901/-83
Re: Coronavirus
« Responder #466 em: Março 29, 2020, 06:54:57 pm »
Aos FILHOS DA POTA que ontem foram para a praia, mereciam ser todos identificados e em caso de contraírem o vírus ser-lhes negado qualquer tipo de assistência.

BANDO DE CRIMINOSOS

Existe malta claramente estupida no meio disto tudo mas essas filas, a acreditar em camaradas meus que trabalham na industria, aconteceram simplesmente porque as autoridades, e bem, estavam a fiscalizar praticamente 1 a 1 as viaturas que passavam e isso dá logo para causar as filas que se viram nas TV's porque na realidade, a esmagadora maioria das pessoas que se estavam a deslocar, estavam a deslocar-se para as industrias das margem sul, que têm turnos ao sábado.

E isso, para mim é mais um exemplo da total incompetência e desnorte que grassa. O desconhecimento do país real assim como a total incongruência de não deixar a malta sair de casa, mas obrigar trabalhadores de industrias não essenciais a ir trabalhar, onde estão dezenas, quando não são centenas, dentro do mesmo espaço fabril…….
Desde que se mantenha a distância social, com as autoridades a actuar de forma severa no caso de ajuntamentos, e um bom exemplo é a Alemanha ou a Bélgica onde não impedem ninguém de sair desde que não se juntem mais que 2 pessoas, ou que sejam família e vivam todos debaixo do mesmo tecto. faria sentido manter as industrias e comercio não essencial a trabalhar. Agora assim, não faz absolutamente sentido nenhum.

É o meu caso, sou obrigado a ir trabalhar e tenho o resto da família em casa há duas semanas

Cá por casa somos dois e ambos  trabalhamos na aviação o resto da família estao nas suas casa só  espero que não contaminemos ninguem nem do predio pois quase todos estão em casa.

Abraço e protege-te
« Última modificação: Março 29, 2020, 07:02:02 pm por tenente »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44

*

FoxTroop

  • Investigador
  • *****
  • 1548
  • Recebeu: 379 vez(es)
  • Enviou: 291 vez(es)
  • +168/-352
Re: Coronavirus
« Responder #467 em: Março 29, 2020, 07:53:10 pm »
Aos FILHOS DA POTA que ontem foram para a praia, mereciam ser todos identificados e em caso de contraírem o vírus ser-lhes negado qualquer tipo de assistência.

BANDO DE CRIMINOSOS

Existe malta claramente estupida no meio disto tudo mas essas filas, a acreditar em camaradas meus que trabalham na industria, aconteceram simplesmente porque as autoridades, e bem, estavam a fiscalizar praticamente 1 a 1 as viaturas que passavam e isso dá logo para causar as filas que se viram nas TV's porque na realidade, a esmagadora maioria das pessoas que se estavam a deslocar, estavam a deslocar-se para as industrias das margem sul, que têm turnos ao sábado.

E isso, para mim é mais um exemplo da total incompetência e desnorte que grassa. O desconhecimento do país real assim como a total incongruência de não deixar a malta sair de casa, mas obrigar trabalhadores de industrias não essenciais a ir trabalhar, onde estão dezenas, quando não são centenas, dentro do mesmo espaço fabril…….
Desde que se mantenha a distância social, com as autoridades a actuar de forma severa no caso de ajuntamentos, e um bom exemplo é a Alemanha ou a Bélgica onde não impedem ninguém de sair desde que não se juntem mais que 2 pessoas, ou que sejam família e vivam todos debaixo do mesmo tecto. faria sentido manter as industrias e comercio não essencial a trabalhar. Agora assim, não faz absolutamente sentido nenhum.

É o meu caso, sou obrigado a ir trabalhar e tenho o resto da família em casa há duas semanas

Cá por casa somos dois e ambos  trabalhamos na aviação o resto da família estao nas suas casa só  espero que não contaminemos ninguem nem do predio pois quase todos estão em casa.

Abraço e protege-te

Protejam-se e muita calma nestes momentos. A comunicação social não tem feito mais nada que lançar poeira que só serve para o (des)governo desta Nação usar como desculpa. "São os malandros que vão para a praia", "As pessoas têm de entender que isto é assim", etc etc, por isso cuidado com julgamentos precipitados, cruzem toda a informação e não acreditem em nada que sai nos "merdia". Tudo é mentira até prova em contrário.

Com uma declaração de estado de emergência completamente feita em cima do joelho, onde nada foi pensado, onde nada está devidamente esclarecido, neste momento parece-me que, é acima de tudo, uma questão de sorte. Ou se apanha um agente sóbrio e sério que conhece a Lei e compreende a vida, ou se apanha um grunho que nunca deveria ter vestido uma farda e que se vale do granel instalado para descarregar recalcamentos.
 

*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 1754
  • Recebeu: 653 vez(es)
  • Enviou: 282 vez(es)
  • +460/-17
Re: Coronavirus
« Responder #468 em: Março 29, 2020, 09:01:06 pm »
Até a Albânia
A UE que encha a cara de merda

17h20 - A Albânia enviou 30 médicos e enfermeiros para Itália para ajudar no combate à pandemia. "É verdade que todos estão fechados dentro das suas fronteiras e os países muito ricos viraram as costas aos outros. Mas porque não somos ricos e porque temos memória, não podemos deixar de mostrar à Itália que os albaneses nunca abandonam os seus amigos em dificuldade", declarou o primeiro-ministro albanês, Edi Rama, numa mensagem publicada no Twitter.

Tu és mesmo engraçado, sem dúvida, deves conhecer a história da cigarra e da formiga? Quer me parecer que tu também és daqueles que só quer receber, mamar.
Para quem tem recebido milhares de milhões e ainda achar pouco pode sempre sair, Espanha, Italia, Portugal etc simples, que façam como os ingleses.

Calma Daniel.
Sabe que as fronteiras abertas entre os países da UE beneficia muito mais os exportadores do que os importadores como nós, certo? Também compreenderá que pelo facto de termos uma ZEE marítima imensa que tem de estar aberta a toda a UE, beneficia quem não tem nenhum ZEE ou quase nada, certo?
Sabe também que a UE sobre-financia a agricultura, especialmente países como a França, Espanha...... sabia por exemplo que Portugal é dos países mais prejudicados na agricultura? Pior, quem negociou este maravilhoso acordo, negociou que os cortes de produção agrícolas devem ser feitos por todos os países da UE, independentemente de ser muito excedentários em produtos agrícolas França ou Espanha) ou deficitários como nós?

Sabe também que se as fronteiras regressarem (já estão aí), os países exportadores e muito "poupados" vão exportar para onde?

Esta crise é diferente da de 2007/08, muita coisa vai mudar e não será necessariamente para melhor!

Olhe, uma ideia que tenho é que o fundamentalismo verde vai ter um enorme travão!!!!!
« Última modificação: Março 29, 2020, 09:02:27 pm por Viajante »
 

*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 1754
  • Recebeu: 653 vez(es)
  • Enviou: 282 vez(es)
  • +460/-17
Re: Coronavirus
« Responder #469 em: Março 29, 2020, 09:04:49 pm »
COVID-19: EDP vai oferecer 50 ventiladores e 200 monitores

https://pplware.sapo.pt/informacao/covid-19-edp-vai-oferecer-50-ventiladores-e-200-monitores/

Já são muitas instituições a oferecerem material hospitalar e em particular ventiladores!!!!!
« Última modificação: Março 30, 2020, 12:10:41 am por Lightning »
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 9170
  • Recebeu: 1004 vez(es)
  • Enviou: 1898 vez(es)
  • +130/-45
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Coronavirus
« Responder #470 em: Março 29, 2020, 09:45:50 pm »
Podem também oferecer pessoal qualificado para operar os ventiladores...
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

Daniel

  • Investigador
  • *****
  • 1441
  • Recebeu: 58 vez(es)
  • Enviou: 18 vez(es)
  • +125/-1224
Re: Coronavirus
« Responder #471 em: Março 30, 2020, 09:20:20 am »
Até a Albânia
A UE que encha a cara de merda

17h20 - A Albânia enviou 30 médicos e enfermeiros para Itália para ajudar no combate à pandemia. "É verdade que todos estão fechados dentro das suas fronteiras e os países muito ricos viraram as costas aos outros. Mas porque não somos ricos e porque temos memória, não podemos deixar de mostrar à Itália que os albaneses nunca abandonam os seus amigos em dificuldade", declarou o primeiro-ministro albanês, Edi Rama, numa mensagem publicada no Twitter.

Tu és mesmo engraçado, sem dúvida, deves conhecer a história da cigarra e da formiga? Quer me parecer que tu também és daqueles que só quer receber, mamar.
Para quem tem recebido milhares de milhões e ainda achar pouco pode sempre sair, Espanha, Italia, Portugal etc simples, que façam como os ingleses.

Calma Daniel.
Sabe que as fronteiras abertas entre os países da UE beneficia muito mais os exportadores do que os importadores como nós, certo? Também compreenderá que pelo facto de termos uma ZEE marítima imensa que tem de estar aberta a toda a UE, beneficia quem não tem nenhum ZEE ou quase nada, certo?
Sabe também que a UE sobre-financia a agricultura, especialmente países como a França, Espanha...... sabia por exemplo que Portugal é dos países mais prejudicados na agricultura? Pior, quem negociou este maravilhoso acordo, negociou que os cortes de produção agrícolas devem ser feitos por todos os países da UE, independentemente de ser muito excedentários em produtos agrícolas França ou Espanha) ou deficitários como nós?

Sabe também que se as fronteiras regressarem (já estão aí), os países exportadores e muito "poupados" vão exportar para onde?

Esta crise é diferente da de 2007/08, muita coisa vai mudar e não será necessariamente para melhor!

Olhe, uma ideia que tenho é que o fundamentalismo verde vai ter um enorme travão!!!!!

Caro Viajante toda a calma do mundo.

Aceito tudo o que escrevestes em cima, claro que a questão da nossa ZEE marítima não é bem assim, mas também sabes que por isso tem havido milhares de milhões em contrapartidas.
Agora não posso aceitar o estarem sempre a criticar a EU em vez dos chinocas, como sabes a exemplo, os holandeses são dos que mais têm pago, por que fosse ao contrário queria ver.

Em vez de andarem sempre a criticar a EU e a pedir sempre mais a que não tem culpa nenhuma desta crise, peçam aos chinocas e já agora, comecem a pensar de como acabar o reinado dos chinocas.
Pois o que aí se avezinha não é nada de bom, talvez os chinocas venham a mandar nisto até mais rápido do que o mundo previa..
Por isso e por muito mais nunca como hoje a EU fez tanto sentido, pois juntos somos mais fortes parem de criticar a EU.
« Última modificação: Março 30, 2020, 09:26:02 am por Daniel »
A Vida é um teste e uma incumbência de  confiança.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 8679
  • Recebeu: 683 vez(es)
  • Enviou: 1159 vez(es)
  • +557/-561
Re: Coronavirus
« Responder #472 em: Março 30, 2020, 10:18:19 am »
Até a Albânia
A UE que encha a cara de merda

17h20 - A Albânia enviou 30 médicos e enfermeiros para Itália para ajudar no combate à pandemia. "É verdade que todos estão fechados dentro das suas fronteiras e os países muito ricos viraram as costas aos outros. Mas porque não somos ricos e porque temos memória, não podemos deixar de mostrar à Itália que os albaneses nunca abandonam os seus amigos em dificuldade", declarou o primeiro-ministro albanês, Edi Rama, numa mensagem publicada no Twitter.

Tu és mesmo engraçado, sem dúvida, deves conhecer a história da cigarra e da formiga? Quer me parecer que tu também és daqueles que só quer receber, mamar.
Para quem tem recebido milhares de milhões e ainda achar pouco pode sempre sair, Espanha, Italia, Portugal etc simples, que façam como os ingleses.

Faz-me um favor e deixa de comentar os meus posts, estou sem paciência para aturar idiotas imbecis.

Cresce, pareces um gaiato!
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF

*

Daniel

  • Investigador
  • *****
  • 1441
  • Recebeu: 58 vez(es)
  • Enviou: 18 vez(es)
  • +125/-1224
Re: Coronavirus
« Responder #473 em: Março 30, 2020, 10:56:28 am »
Até a Albânia
A UE que encha a cara de merda

17h20 - A Albânia enviou 30 médicos e enfermeiros para Itália para ajudar no combate à pandemia. "É verdade que todos estão fechados dentro das suas fronteiras e os países muito ricos viraram as costas aos outros. Mas porque não somos ricos e porque temos memória, não podemos deixar de mostrar à Itália que os albaneses nunca abandonam os seus amigos em dificuldade", declarou o primeiro-ministro albanês, Edi Rama, numa mensagem publicada no Twitter.

Tu és mesmo engraçado, sem dúvida, deves conhecer a história da cigarra e da formiga? Quer me parecer que tu também és daqueles que só quer receber, mamar.
Para quem tem recebido milhares de milhões e ainda achar pouco pode sempre sair, Espanha, Italia, Portugal etc simples, que façam como os ingleses.

Faz-me um favor e deixa de comentar os meus posts, estou sem paciência para aturar idiotas imbecis.

Cresce, pareces um gaiato!

Vê lá se começas a ser um homenzinho e deixa de repetir sempre a mesma merda.
Vai a página 28 está lá o que to escrevestes, depois corrigistes e foi isto, epa vai-te lixar, então faz-me um favor, deixa de comentar os meus posts, pois no meu caso até tenho paciência para aturar idiotas e imbecis faz parte da vida.
« Última modificação: Março 30, 2020, 11:31:59 am por Daniel »
A Vida é um teste e uma incumbência de  confiança.
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15539
  • Recebeu: 1195 vez(es)
  • Enviou: 1132 vez(es)
  • +194/-184
Re: Coronavirus
« Responder #474 em: Março 30, 2020, 10:59:15 am »
Caro Viajante toda a calma do mundo.

Aceito tudo o que escrevestes em cima, claro que a questão da nossa ZEE marítima não é bem assim, mas também sabes que por isso tem havido milhares de milhões em contrapartidas.
Agora não posso aceitar o estarem sempre a criticar a EU em vez dos chinocas, como sabes a exemplo, os holandeses são dos que mais têm pago, por que fosse ao contrário queria ver.

Em vez de andarem sempre a criticar a EU e a pedir sempre mais a que não tem culpa nenhuma desta crise, peçam aos chinocas e já agora, comecem a pensar de como acabar o reinado dos chinocas.
Pois o que aí se avezinha não é nada de bom, talvez os chinocas venham a mandar nisto até mais rápido do que o mundo previa..
Por isso e por muito mais nunca como hoje a EU fez tanto sentido, pois juntos somos mais fortes parem de criticar a EU.

Daniel diz-me uma coisa, tu sabes o que são Eurobonds? Pois bem, o Primeiro-Ministro italiano, terá discutido no Conselho Europeu de terça-feira passada sobre a possibilidade de a União Europeia emitir Eurobonds, com uma mutualização da dívida, como parte do esforço para mitigar o impacto económico do novo coronavírus. Isso é sem dúvida A solução para este problema, ora há 4 países no seio da UE que são contra e que estão a bloquear a vontade de todos os outros países Europeus. Se existem países que podem criticar são aqueles que apontam a solução, não um Ministro de um país que tem beneficiado e muito com a UE, mas que tem andado sempre a lutar contra soluções integradas às crises na Europa.

 
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Daniel

  • Investigador
  • *****
  • 1441
  • Recebeu: 58 vez(es)
  • Enviou: 18 vez(es)
  • +125/-1224
Re: Coronavirus
« Responder #475 em: Março 30, 2020, 11:09:33 am »
Caro Viajante toda a calma do mundo.

Aceito tudo o que escrevestes em cima, claro que a questão da nossa ZEE marítima não é bem assim, mas também sabes que por isso tem havido milhares de milhões em contrapartidas.
Agora não posso aceitar o estarem sempre a criticar a EU em vez dos chinocas, como sabes a exemplo, os holandeses são dos que mais têm pago, por que fosse ao contrário queria ver.

Em vez de andarem sempre a criticar a EU e a pedir sempre mais a que não tem culpa nenhuma desta crise, peçam aos chinocas e já agora, comecem a pensar de como acabar o reinado dos chinocas.
Pois o que aí se avezinha não é nada de bom, talvez os chinocas venham a mandar nisto até mais rápido do que o mundo previa..
Por isso e por muito mais nunca como hoje a EU fez tanto sentido, pois juntos somos mais fortes parem de criticar a EU.

Daniel diz-me uma coisa, tu sabes o que são Eurobonds? Pois bem, o Primeiro-Ministro italiano, terá discutido no Conselho Europeu de terça-feira passada sobre a possibilidade de a União Europeia emitir Eurobonds, com uma mutualização da dívida, como parte do esforço para mitigar o impacto económico do novo coronavírus. Isso é sem dúvida A solução para este problema, ora há 4 países no seio da UE que são contra e que estão a bloquear a vontade de todos os outros países Europeus. Se existem países que podem criticar são aqueles que apontam a solução, não um Ministro de um país que tem beneficiado e muito com a UE, mas que tem andado sempre a lutar contra soluções integradas às crises na Europa.

Cabeça de Martelo e que países são esses, Holanda, Alemanha, Finlândia, Austria ? São exatamente aqueles que têm dinheiro para enfrentra esta crise e não precisão dos Eurobonds, ou estou errado?
Hora os Eurobonds parece ser a solução para os países mais pobres e endividados, mas isso não anula em nada o que disse o ministro holandês no qual eu concordo ponto.
Se não sabemos colocar no celeiro no tempo das vacas gordas 4 anos, não é de admirar que andem a chorar no tempo das vacas magras.
« Última modificação: Março 30, 2020, 11:14:35 am por Daniel »
A Vida é um teste e uma incumbência de  confiança.
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15539
  • Recebeu: 1195 vez(es)
  • Enviou: 1132 vez(es)
  • +194/-184
Re: Coronavirus
« Responder #476 em: Março 30, 2020, 11:52:02 am »
Um Relato informado do Jorge Buescu:

Citar
Tive hoje uma longa conversa com o Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor que me encheu de esperança nestes tempos particularmente sombrios. Sobretudo por ver que, no meio do caos, há quem consiga ter visão e esteja a tirar partido daquilo que Portugal tem de melhor nos campos da Ciência e Tecnologia. Manuel Heitor está a envolver activamente a comunidade científica e tecnológica portuguesa – que tem enormes capacidades, como ontem descrevi – para a mobilização geral nesta guerra.
Vou tentar descrever algumas das frentes nesta batalha muito menos visível, mas talvez não menos importante, do que a frente estritamente médica. São notícias desta frente de batalha que trago hoje.
Manuel Heitor, em estreita colaboração com outros membros do Governo e líderes de instituições científicas, está a proceder à identificação e valorização de um conjunto de iniciativas e projectos de base científica e tecnológica com implementação imediata e eficaz para entrarem em acção nesta guerra. Serão as nossas “armas secretas” para esta guerra. Eis os exemplos mais impressionantes.
1. O teste de diagnóstico por PCR implementado pelo Instituto de Medicina Molecular (IMM) (que ontem descrevi no post “Testes: a solução está em Portugal”) está certificado e validado pelo Instituto Ricardo Jorge e está pronto para entrar em acção. Usa reagentes produzidos em Portugal pela empresa de biotecnologia NZYTech. O teste do IMM permitirá ainda estimar a carga viral, que poderá ser relevante na avaliação do prognóstico clínico.
2. Um dos materiais em falta para a implementação dos testes tem sido a falta de zaragatoas. A Iberomoldes, da Marinha Grande, sob a liderança de Joaquim Meneses, reconverteu a sua linha de montagem no espaço de um dia de forma a produzir zaragatoas. Na próxima segunda-feira deverá dispôr de 40.000 para entrega imediata.
3. O teste do IMM vai ser produzido em grande quantidade e o objectivo é que seja aplicado em unidades próprias por todo o País. A aplicação dos testes aos lares de idosos é muito importante e particularmente critica e urgente. Está a ser implementada em coordenação directa com a Ministra do Trabalho e Segurança Social (MTSS), Ana Mendes Godinho, e com a Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) em articulação com a Segurança Social. Exige uma operação muito sensível de logística, para recolher amostras e aplicar as medidas necessárias de isolamento dos idosos contagiados. Estão a ser recolhidos apoios de mecenas e voluntários pelo MTSS.
4. A tradição portuguesa nas Biociências está mais ligada à área da Imunologia, não da Virologia. No entanto, outras unidades de investigação de excelência (IGC, ITQB, CEDOC) estão a reorientar a sua investigação com efeitos imediatos para poder ajudar nesta luta.
5. A Biosurfit, empresa portuguesa de Biotecnologia sediada na Azambuja, em particular dispositivos médicos e testes PCR, reorientou a sua actividade para o desenvolvimento de novo processo de triagem “SMART”, que está já em implementação Hospital de campanha instalado na Cruz Vermelha Portuguesa e arrancará na segunda-feira. Este sistema permite antecipar a detecção dos processos de maior risco ainda antes de o paciente ter marcados problemas respiratórios, facilitando a prevenção da propagação do COVID: um dos grandes problemas deste vírus são os pacientes “invisíveis”, que estão espalhados pela população sem noção de que estão infectados e contagiosos.
6. O CEIIA, centro de Engenharia e Desenvolvimento de Produtos sediado em Matosinhos e virado para a indústria aeronáutica, onde trabalha mais de uma centena de engenheiros aeroespaciais, foi reconvertido para realizar o desenvolvimento de ventiladores invasivos, em estreita colaboração com a Escola de Medicina da Universidade do Minho e a indústria. A capacidade de produção é de 100 ventiladores até ao final de Abril, 400 até ao final de Maio e, caso seja necessário, 10.000 até ao final do ano. (Da próxima vez que me vierem dizer “mas para que é que Portugal precisa de engenheiros aeroespaciais?”, já sei o que responder). Para o transporte dos materiais necessários está a ser mobilizada a linha logística da SONAE.
7. Embora a indústria têxtil e de vestuário seja forte em Portugal, ela está virada para a moda. Em particular, em regime normal Portugal não produz material para utilização médica (luvas, batas, máscaras, fatos isolantes) tendo de o importar. O CITEVE (Centro de Centro Tecnológico Indústrias Têxtil Vestuário de Portugal) reorientou a sua actividade para o desenvolvimento e produção destes Equipamentos de Protecção Individual, estando em estrita colaboração com a indústria, estando toda a operação a ser conduzida em estreita articulação com o Ministro da Economia

8. Finalmente, é muito bom saber que a FCT está a apoiar a DGS na preparação de uma plataforma de dados de acesso aberto. A DGS não tem neste momento os dados organizados e codificados de uma forma que permita o seu tratamento com as ferramentas da Ciência de Dados, permitindo extrair toda a informação relevante. E sem informação sobre o inimigo dificilmente poderemos ganhar a guerra.

É este o caminho. Temos competências em Portugal, temos inteligência em Portugal, temos Ciência e Tecnologia em Portugal, temos indústria em Portugal. Temos tudo! Falta apenas colocar as rodas em movimento.

Foi muito repetido que este é um estado de guerra; mas ainda não construímos uma economia de guerra. Mobilizemos tudo o que o País tem de melhor, recrutemos cientistas, inventemos tecnologias, reorientemos indústrias. Este é uma guerra que o Estado sozinho não pode ganhar. Temos de mobilizar a sociedade civil e saber aproveitar tudo o que ela tem para dar.

No meio do caos, há algumas razões para esperança. O tempo urge.

Corações ao alto!

Jorge Buescu, 28/3/2020
« Última modificação: Março 30, 2020, 11:59:52 am por Cabeça de Martelo »
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15539
  • Recebeu: 1195 vez(es)
  • Enviou: 1132 vez(es)
  • +194/-184
Re: Coronavirus
« Responder #477 em: Março 30, 2020, 12:33:44 pm »

Cabeça de Martelo e que países são esses, Holanda, Alemanha, Finlândia, Austria ? São exatamente aqueles que têm dinheiro para enfrentra esta crise e não precisão dos Eurobonds, ou estou errado?
Hora os Eurobonds parece ser a solução para os países mais pobres e endividados, mas isso não anula em nada o que disse o ministro holandês no qual eu concordo ponto.
Se não sabemos colocar no celeiro no tempo das vacas gordas 4 anos, não é de admirar que andem a chorar no tempo das vacas magras.

Vê até ao fim:

https://sicnoticias.pt/opiniao/2020-03-27-Covid-19-na-Holanda-em-analise
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Daniel

*

ICE 1A+

  • Analista
  • ***
  • 692
  • Recebeu: 483 vez(es)
  • Enviou: 39 vez(es)
  • +127/-9
Re: Coronavirus
« Responder #478 em: Março 30, 2020, 12:54:39 pm »
Itália e Espanha apelam à União Europeia
https://sol.sapo.pt/artigo/690954/italia-e-espanha-apelam-a-uniao-europeia

Citar
Para o primeiro-ministro espanhol, este "é o momento mais difícil para a UE desde a sua fundação". Para o seu homólogo italiano, é "uma chamada histórica", a que Bruxelas faz ouvidos moucos. Desesperados, Itália e Espanha, os países europeus mais afetados pela pandemia de covid-19 têm pedido ajuda à União Europeia, sem grande sucesso até agora. A economia global afunda-se a pique, mas Bruxelas hesita aos pedidos de um sistema de empréstimos com baixos juros, concedidos pelos países europeus mais ricos aos mais pobres - a ideia está no ar desde o crash de 2007-2008, mas Bruxelas recusou a toda a linha. Agora, já foi recusada pelos Países Baixos, algo apelidado de “repugnante” pelo primeiro-ministro português, António Costa, salientando que “ninguém está disponível para voltar a ouvir ministros das finanças como aqueles que já ouvimos em 2008, 2009, 2010 e anos consecutivos".

 "Vou lutar até à última gota de suor, a última grama de energia, para obter uma forte, vigorosa e coesa resposta europeia", declarou o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte. O seu país já tem mais de 92 mil casos registados do novo coronavírus, que causaram mais de dez mil mortes. "A Europa tem de demonstrar que é capaz de responder a esta chamada histórica", exigiu Conté no sábado, à semelhança do seu homólogo espanhol, Pedro Sánchez. "É o momento mais difícil para a UE desde a sua fundação e esta tem de estar pronta a enfrentar o desafio", apelou Sánchez. Espanha caminha para um cenário tão complicado como o italiano: tem quase 80 mil infeções registadas e mais de 3300 mortes.


Além da economia, os sistemas de saúde italiano e espanhol estão sobrecarregados ao ponto de rutura. A saúde francesa segue na mesma direção – o país já começou a evacuar doentes com covid-19 de Paris, Nancy e Mulhouse, no este do país, para o oeste, menos atingido pela pandemia. Entretanto, está em curso uma corrida aos equipamentos médicos, mas muitos países europeus, menos afetados, hesitam em ceder as suas reservas, temendo precisar delas mais adiante. Cada vez mais países europeus se viram para a China, que já conteve o seu surto e se desdobra em apoio a outros países, uma diplomacia médica que poderá aumentar a sua influência global. 

“Foi um teste à capacidade de coordenação da UE e uma oportunidade perdida para solidariedade intra-europeia”, lamentou à Forbes Marga Gual Soler, ex-conselheira do antigo comissário europeu para a Ciência, o português Carlos Moedas. Mesmo assim, há alguns, poucos, passos positivos: hospitais alemães começaram a tratar pacientes vindos de Itália, esta semana, tendo sido aprovado um fundo de quase 900 milhões de euros para os países membros mais atingidos, bem como 54 milhões de euros para hospitais por toda a Europa.

Então mas os ricos espanhóis não têm dinheiro, lol, que façam como os holandeses que para poupar começaram a vender.
Essa é a diferença dos governos do norte e do sul da Europa, o ministro holandês está cheio de razão, há que investigar os espanhóis, menos Fragatas, Leopard, Juan Carlos etc assim já tinham dinheiro.
Agora querem mamar outra vez, pode ser que a mama esteja seca, o que dúvido estão com sorte.
Os italianos nem comento pois esses mesmo antes do Covid-19 estavam malíssimo.


Caro Daniel
A Espanha usou a indústria militar, financiado pelo governo (encomendas militares ) para solucionar e esconder outro drama : o desemprego!

Hoje em dia tem Fragatas topo de gama! Sim tem! Constroem para outros países: sim constroem!
Mas a que preço!?????

A navantia da menos prejuízos  parada que a trabalhar.
Cada navio que constrói dá trabalho a muitos, mas soma milhões de prejuízos!

Tudo financiado pelo estado!

E continuam com a mesma politica

Citar
El Gobierno presta hasta 1.600 millones a Navantia para fabricar unas fragatas que generarán 7.000 empleos en 10 años


É um ENVC elevado ao infinito!
Biliões e biliões de euros de prejuízos!
Devem terminar os próximos  anos  perto  dos 10 Biliões de prejuízos.

A dívida da Navantia dava para a marinha de Espanha comprar uma frota  no mínimo com o dobro dos navios! 
Ainda sobrava dinheiro para milhares de máscaras, luvas material de proteção e respiradores artificiais para os hospitais!

Os holandeses tem razão em  Fazer-lhes um manguito! Isso não é  gestão de um quiosque ,quanto mais de um País!

Portugal e o Costa! Estão com o cu apertado também!
Agora vamos ver se o Costa tem colhões ou se andou mais uma vez a  desbaratar os sacrifícios  da última crise!
O preço de anunciarem o fim da austeridade vem aí! Ninguém aprendeu nada com a crise de 2008!
O que importava era o fim da austeridade.
Alguém vai pagar isto tudo!
Poupassem!

Vá! Podem-me bater a vontade!
« Última modificação: Março 30, 2020, 01:26:33 pm por ICE 1A+ »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Daniel

*

Daniel

  • Investigador
  • *****
  • 1441
  • Recebeu: 58 vez(es)
  • Enviou: 18 vez(es)
  • +125/-1224
Re: Coronavirus
« Responder #479 em: Março 30, 2020, 01:58:59 pm »
Itália e Espanha apelam à União Europeia
https://sol.sapo.pt/artigo/690954/italia-e-espanha-apelam-a-uniao-europeia

Citar
Para o primeiro-ministro espanhol, este "é o momento mais difícil para a UE desde a sua fundação". Para o seu homólogo italiano, é "uma chamada histórica", a que Bruxelas faz ouvidos moucos. Desesperados, Itália e Espanha, os países europeus mais afetados pela pandemia de covid-19 têm pedido ajuda à União Europeia, sem grande sucesso até agora. A economia global afunda-se a pique, mas Bruxelas hesita aos pedidos de um sistema de empréstimos com baixos juros, concedidos pelos países europeus mais ricos aos mais pobres - a ideia está no ar desde o crash de 2007-2008, mas Bruxelas recusou a toda a linha. Agora, já foi recusada pelos Países Baixos, algo apelidado de “repugnante” pelo primeiro-ministro português, António Costa, salientando que “ninguém está disponível para voltar a ouvir ministros das finanças como aqueles que já ouvimos em 2008, 2009, 2010 e anos consecutivos".

 "Vou lutar até à última gota de suor, a última grama de energia, para obter uma forte, vigorosa e coesa resposta europeia", declarou o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte. O seu país já tem mais de 92 mil casos registados do novo coronavírus, que causaram mais de dez mil mortes. "A Europa tem de demonstrar que é capaz de responder a esta chamada histórica", exigiu Conté no sábado, à semelhança do seu homólogo espanhol, Pedro Sánchez. "É o momento mais difícil para a UE desde a sua fundação e esta tem de estar pronta a enfrentar o desafio", apelou Sánchez. Espanha caminha para um cenário tão complicado como o italiano: tem quase 80 mil infeções registadas e mais de 3300 mortes.


Além da economia, os sistemas de saúde italiano e espanhol estão sobrecarregados ao ponto de rutura. A saúde francesa segue na mesma direção – o país já começou a evacuar doentes com covid-19 de Paris, Nancy e Mulhouse, no este do país, para o oeste, menos atingido pela pandemia. Entretanto, está em curso uma corrida aos equipamentos médicos, mas muitos países europeus, menos afetados, hesitam em ceder as suas reservas, temendo precisar delas mais adiante. Cada vez mais países europeus se viram para a China, que já conteve o seu surto e se desdobra em apoio a outros países, uma diplomacia médica que poderá aumentar a sua influência global. 

“Foi um teste à capacidade de coordenação da UE e uma oportunidade perdida para solidariedade intra-europeia”, lamentou à Forbes Marga Gual Soler, ex-conselheira do antigo comissário europeu para a Ciência, o português Carlos Moedas. Mesmo assim, há alguns, poucos, passos positivos: hospitais alemães começaram a tratar pacientes vindos de Itália, esta semana, tendo sido aprovado um fundo de quase 900 milhões de euros para os países membros mais atingidos, bem como 54 milhões de euros para hospitais por toda a Europa.

Então mas os ricos espanhóis não têm dinheiro, lol, que façam como os holandeses que para poupar começaram a vender.
Essa é a diferença dos governos do norte e do sul da Europa, o ministro holandês está cheio de razão, há que investigar os espanhóis, menos Fragatas, Leopard, Juan Carlos etc assim já tinham dinheiro.
Agora querem mamar outra vez, pode ser que a mama esteja seca, o que dúvido estão com sorte.
Os italianos nem comento pois esses mesmo antes do Covid-19 estavam malíssimo.


Caro Daniel
A Espanha usou a indústria militar, financiado pelo governo (encomendas militares ) para solucionar e esconder outro drama : o desemprego!

Hoje em dia tem Fragatas topo de gama! Sim tem! Constroem para outros países: sim constroem!
Mas a que preço!?????

A navantia da menos prejuízos  parada que a trabalhar.
Cada navio que constrói dá trabalho a muitos, mas soma milhões de prejuízos!

Tudo financiado pelo estado!

E continuam com a mesma politica

Citar
El Gobierno presta hasta 1.600 millones a Navantia para fabricar unas fragatas que generarán 7.000 empleos en 10 años


É um ENVC elevado ao infinito!
Biliões e biliões de euros de prejuízos!
Devem terminar os próximos  anos  perto  dos 10 Biliões de prejuízos.

A dívida da Navantia dava para a marinha de Espanha comprar uma frota  no mínimo com o dobro dos navios! 
Ainda sobrava dinheiro para milhares de máscaras, luvas material de proteção e respiradores artificiais para os hospitais!

Os holandeses tem razão em  Fazer-lhes um manguito! Isso não é  gestão de um quiosque ,quanto mais de um País!

Portugal e o Costa! Estão com o cu apertado também!
Agora vamos ver se o Costa tem colhões ou se andou mais uma vez a  desbaratar os sacrifícios  da última crise!
O preço de anunciarem o fim da austeridade vem aí! Ninguém aprendeu nada com a crise de 2008!
O que importava era o fim da austeridade.
Alguém vai pagar isto tudo!
Poupassem!

Vá! Podem-me bater a vontade!

Caro ICE 1A+ ainda me das mais razão dizendo Estado, pois, é que se parte desse dinheiro, que por sua vez também vem muito da EU fosse por exemplo canalizado para o celeiro, hoje não choravam tanto. Agora que comam fragatas eu se fosse holandês desconfiava e pra caralh..  uns diminuem nas depesas, tipo nas forças armadas, outros gastão aos milhões e ainda dão  prejuízo.
« Última modificação: Março 30, 2020, 02:00:09 pm por Daniel »
A Vida é um teste e uma incumbência de  confiança.