Missão militar portuguesa na RCA

  • 800 Respostas
  • 125789 Visualizações
*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7767
  • Recebeu: 737 vez(es)
  • Enviou: 882 vez(es)
  • +110/-34
Re: Missão militar portuguesa na RCA
« Responder #795 em: Janeiro 31, 2020, 02:36:02 pm »
Na Força Aérea alterações ao talhe de barba são possíveis se autorizadas pelo comando da unidade, mas não pode ser barba à Taliban, tem que estar aparada.

Outros não podem, por exemplo pilotos de jactos nunca vi de barba, talvez atrapalhe a máscara de oxigénio, pilotos de EH101 já vi.

A única coisa que os pilotos de F-16 têm é bigode no mês de Março, mas é uma tradição dos pilotos americanos que eles absorveram.
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Mustache_March
« Última modificação: Janeiro 31, 2020, 02:45:50 pm por Lightning »
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15307
  • Recebeu: 1100 vez(es)
  • Enviou: 1038 vez(es)
  • +183/-172
Re: Missão militar portuguesa na RCA
« Responder #796 em: Janeiro 31, 2020, 02:37:47 pm »
Já tinha reparado nos farfalhudos bigodes. Tem a sua graça e deve ajudar ao mural do pessoal.

Curiosamente se metêssemos um filtro daqueles queimados e voltássemos às chaimites, até parecia os anos 70 e 80 outra vez :mrgreen:

Isso queriam eles, SCAR, VBTP 4x4 que oferecem mais protecção do que qualquer VBTP  a rodas ou a lagartas desse tempo, EPI de qualidade e não apenas o couro. Na verdade se comparares este contingente e respectivo equipamento/armamento com o que foi para a Bósnia em 96, pouco ou nada têm em comum.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 1832
  • Recebeu: 416 vez(es)
  • Enviou: 68 vez(es)
  • +87/-25
Re: Missão militar portuguesa na RCA
« Responder #797 em: Janeiro 31, 2020, 05:20:57 pm »
E a TV querem? Entrevistar o sr. das bifanas à porta do Estádio da Luz dá muito mais audiência e não implica destacar uma equipa de reportagem vários dias em alto mar...

O que eu vi no caso dos americanos eram equipas de 2 pessoas, em que deslocações e afins eram assegurados pelas Forças Armadas, isto gerava uma peça de 5 a 9 minutos no jornal da noite. (ou outro programa da tarde/manha que tem outro publico alvo) Penso que uma coisa é fazer reportagem de guerra, outra por exemplo seria acompanhar um NPO, ou EH-101, ou a recruta, ou uma fragata, ou até um tridente numa viagem de rotina.

Eu não sei se existe esses convites por parte das Forças Armadas, mas também não vejo o motivo das televisões não aceitarem se apenas tiverem que pagar um dia normal aos jornalistas e ficarem com material para 1 ou 2 peças jornalísticas.

Pelo menos no caso de vasos de guerra, precisavam de ter navios realmente modernos que pudessem cativar a audiência (e os próprios jornalistas). Uma coisa é americanos, ingleses, franceses, etc, fazerem reportagens sobre navios topos de gama, reconhecíveis de filmes e séries (sobretudo navios americanos), outra é os marinheiros portugueses falarem num navio antiquado. Mais depressa se tornava uma reportagem para pedir investimento nos navios (algo que o povo não gosta de ouvir) do que a mostrar o orgulho nos meios operados.

Mas de forma geral, é uma questão cultural.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lightning

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7767
  • Recebeu: 737 vez(es)
  • Enviou: 882 vez(es)
  • +110/-34
Re: Missão militar portuguesa na RCA
« Responder #798 em: Fevereiro 01, 2020, 12:35:51 am »
Para dizer mal há sempre gente. Se for um meio moderno vão dizer que é desperdício de dinheiro que dava para escolas e hospitais. História dos Submarinos?
« Última modificação: Fevereiro 01, 2020, 12:36:29 am por Lightning »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: dc

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 1832
  • Recebeu: 416 vez(es)
  • Enviou: 68 vez(es)
  • +87/-25
Re: Missão militar portuguesa na RCA
« Responder #799 em: Fevereiro 01, 2020, 03:13:59 am »
Acho que até se os 10 milhões de habitantes fossem todos milionários, os hospitais públicos um luxo sem filas de espera e que até curassem a morte, as escolas com cadeiras aquecidas e de massagens em que todos os alunos iam à escola e saíam de lá sobre-dotados, e por aí em diante, arranjariam pretexto para reclamar. É uma questão cultural, e não é só a parte do asco às aquisições militares e a mentalidade "pacifista", mas também no que respeita a só defenderem o bem do seu próprio meio/sindicado. Se o país entrar em bancarrota para que os cidadãos de determinado sector recebam todos salários de 10 mil euros mensais, alguma vez esses cidadãos vão estar preocupados com os hospitais e afins?

Lá estou eu a divagar.  ::)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM, Lightning, nelson38899, perdadetempo

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7767
  • Recebeu: 737 vez(es)
  • Enviou: 882 vez(es)
  • +110/-34
Re: Missão militar portuguesa na RCA
« Responder #800 em: Fevereiro 02, 2020, 01:33:58 am »
O Facebook das FA portuguesas também publicaram o artigo sobre a missão na RCA, parece-me com mais páginas.

https://www.facebook.com/277993702401379/posts/1269201469947259/
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM

 

Origem da palavra "Commando" portuguesa?

Iniciado por PereiraMarques

Respostas: 1
Visualizações: 2802
Última mensagem Setembro 03, 2005, 11:58:47 pm
por dremanu
Legião Estrangeira Portuguesa (LEP)

Iniciado por Miguel

Respostas: 58
Visualizações: 23307
Última mensagem Setembro 09, 2008, 10:10:53 am
por Dead_Corpse
Mísseis de Concepção Portuguesa

Iniciado por Luso

Respostas: 11
Visualizações: 9075
Última mensagem Outubro 18, 2008, 06:51:06 pm
por Nitrox13
Legião Portuguesa

Iniciado por inox

Respostas: 6
Visualizações: 4607
Última mensagem Fevereiro 19, 2009, 06:28:05 pm
por teXou
A unidade militar mais "dura"

Iniciado por Yosy

Respostas: 17
Visualizações: 9044
Última mensagem Julho 09, 2005, 06:05:45 pm
por Yosy