História da componente submarina da Marinha Portuguesa

  • 43 Respostas
  • 22118 Visualizações
*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 7250
  • Recebeu: 639 vez(es)
  • Enviou: 255 vez(es)
  • +637/-3
Re: História da componente submarina da Marinha Portuguesa
« Responder #15 em: Agosto 20, 2010, 11:33:30 am »
Citar
MINISTÉRIO DA DEFESA NACIONAL
Gabinete do Ministro
Portaria n.º 618/2010

O NRP Albacora é um submarino da classe Daphné, construído nos
estaleiros Dubigeon — Normandie, em França, e aumentado ao efectivo
dos navios da Armada em 1 de Outubro de 1967.

Em 30 de Novembro de 2000, o navio passou ao estado de desarma-
mento, tendo em vista o seu subsequente abate.

Estão agora criadas as condições para se concretizar o seu abate e
posterior alienação.

Assim:
Ao abrigo do disposto no artigo 21.º do Decreto Regulamentar n.º 40/94,
de 1 de Setembro, manda o Governo, pelo Ministro da Defesa Nacional,
abater ao efectivo dos navios de guerra o NRP Albacora, a partir de 30
de Julho de 2010.

22 de Julho de 2010. — O Ministro da Defesa Nacional, Augusto
Ernesto Santos Silva.

http://dre.pt/pdf2sdip/2010/08/162000000/4459544595.pdf
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 10221
  • Recebeu: 1249 vez(es)
  • Enviou: 1747 vez(es)
  • +1049/-1658
Re: História da componente submarina da Marinha Portuguesa
« Responder #16 em: Agosto 20, 2010, 02:19:02 pm »
o Albacora ainda não estava abatido oficialmente????

Incrivel :shock:
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

luis filipe silva

  • Investigador
  • *****
  • 2050
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • +1/-0
Re: História da componente submarina da Marinha Portuguesa
« Responder #17 em: Agosto 20, 2010, 05:14:09 pm »
Citar
o Albacora ainda não estava abatido oficialmente????

Incrivel
Embora estejamos off topic, é natural que assim suceda, pois administrativamente eles existem até serem abatidos. Senão, sem submarinos no activo ou reserva eram logo cortados os números de pessoal.
-----------------------------
saudações:
Luis Filipe Silva
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 10221
  • Recebeu: 1249 vez(es)
  • Enviou: 1747 vez(es)
  • +1049/-1658
Re: História da componente submarina da Marinha Portuguesa
« Responder #18 em: Agosto 22, 2010, 12:33:44 am »
Citação de: "luis filipe silva"
Citar
o Albacora ainda não estava abatido oficialmente????

Incrivel
Embora estejamos off topic, é natural que assim suceda, pois administrativamente eles existem até serem abatidos. Senão, sem submarinos no activo ou reserva eram logo cortados os números de pessoal.


ah , pois , os oficiais... :twisted:  :mrgreen:
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 7250
  • Recebeu: 639 vez(es)
  • Enviou: 255 vez(es)
  • +637/-3
Re: História da componente submarina da Marinha Portuguesa
« Responder #19 em: Agosto 26, 2010, 09:33:20 am »
Citar
Portaria n.º 642/2010

O NRP Delfim é o terceiro submarino da classe Albacora, foi construído
nos estaleiros Dubigeon — Normandie em França, tendo sido aumentado
ao efectivo dos navios da Armada em 1 de Outubro de 1969.

Tendo em vista o seu abate, em 1 de Setembro de 2006 o navio passou
ao estado de desarmamento.

Estão agora criadas as condições para se concretizar o seu abate e
posterior alienação.

Assim:
Ao abrigo do disposto no artigo 21.º do Decreto Regulamentar
n.º 40/94, de 1 de Setembro, manda o Governo, pelo Ministro da De-
fesa Nacional, abater ao efectivo dos navios de guerra o NRP Delfim a
partir de 30 de Agosto de 2010.

18 de Agosto de 2010. — O Ministro da Defesa Nacional, Augusto
Ernesto Santos Silva.

http://dre.pt/pdf2sdip/2010/08/166000000/4515245152.pdf
 

*

SSK

  • Investigador
  • *****
  • 1517
  • Recebeu: 13 vez(es)
  • +2/-0
Re: História da componente submarina da Marinha Portuguesa
« Responder #20 em: Setembro 27, 2010, 04:18:40 pm »
"Ele é invisível, livre de movimentos, de construção simples e barato. poderoso elemento de defesa, perigosíssimo para o adversário e seguro para quem dele se servir"
1º Ten Fontes Pereira de Melo
 

*

Vicente de Lisboa

  • Analista
  • ***
  • 790
  • Recebeu: 13 vez(es)
  • Enviou: 3 vez(es)
  • +4/-4
Re: História da componente submarina da Marinha Portuguesa
« Responder #21 em: Setembro 27, 2010, 04:28:13 pm »
A D. Fernando II e Glória não abandonada? Se calhar não é imagem que querem associar ao Barracuda...  :?
 

*

luis filipe silva

  • Investigador
  • *****
  • 2050
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • +1/-0
Re: História da componente submarina da Marinha Portuguesa
« Responder #22 em: Setembro 27, 2010, 08:02:13 pm »
Citar
A D. Fernando II e Glória não abandonada?
Sinceramente não percebi...Isso é creoulo?
-----------------------------
saudações:
Luis Filipe Silva
 

*

Instrutor

  • Investigador
  • *****
  • 1309
  • Recebeu: 3 vez(es)
  • Enviou: 1 vez(es)
  • +0/-0
Re: História da componente submarina da Marinha Portuguesa
« Responder #23 em: Setembro 28, 2010, 10:22:03 pm »
Eu ja assinei a petição  :G-beer2:
"Aqui na Lusitanea existe um povo que não se governa nem se deixa governar" voz corrente entre os Romanos do Séc. I a.C
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 7250
  • Recebeu: 639 vez(es)
  • Enviou: 255 vez(es)
  • +637/-3
Re: História da componente submarina da Marinha Portuguesa
« Responder #24 em: Janeiro 28, 2011, 10:31:24 pm »
:oops:  :oops:

Citar
Submarino Albacora afunda no Tejo
O submarino Albacora, que se encontrava atracado no cais desactivado da antiga LISNAVE, na Margueira (Almada), afundou na quarta-feira, encontrando-se visível parte da estrutura à superfície do rio Tejo.

O Albacora, abatido ao efectivo dos navios de guerra há 10 anos, serviu como apoio logístico do Barracuda, estando a aguarda a entrega à Câmara de Portimão para integrar o espólio museológico.

Em comunicado, a Marinha salienta que a acção da água salgada e as condições meteorológicas a que ficou submetido desde que foi abatido ao efectivo deverão ter estado na origem do incidente.

“A Marinha já iniciou uma investigação para apurar as causas da diminuição da flutuabilidade do Albacora, que levou ao assentamento da sua parte posterior, a ré, no fundo”, pode ler-se no mesmo documento.

Apesar do incidente, a Marinha afirma que não existe risco quer para a navegação quer para o ambiente.

“Apesar de permanentemente vigiado pela Marinha, com pessoal e câmaras de vídeo, o assentamento foi tão rápido que não foi possível evitá-lo”, reforça o comunicado, que acrescenta ainda que já foram iniciados “trabalhos para garantir que o navio volte à sua posição normal o mais depressa possível”.

Os meios utilizados no resgate do submarino serão exclusivamente da Marinha, pelo que a operação “não que não comporta custos acrescidos”.

Os trabalhos vão decorrer durante as próximas semanas e servirão para treino de mergulhadores.

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/notic ... da-no-tejo
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 3244
  • Recebeu: 2007 vez(es)
  • Enviou: 1288 vez(es)
  • +1785/-175
Re: História da componente submarina da Marinha Portuguesa
« Responder #25 em: Janeiro 29, 2011, 11:59:12 am »
A TVI, no seu telejornal de ontem à noite, mostrou filmagens do coitado do Albacora meio afundado, com apenas parte da torre à superfície e assente no lodo. O mau tempo da passada semana, com ondulação e correntes fortes no Tejo provocadas pelas rajadas de vento de Leste, terão sido a gota de água.  :arrow: http://lmcshipsandthesea.blogspot.com/2 ... -2010.html
 :arrow: http://lmcshipsandthesea.blogspot.com/2 ... ueira.html
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 3244
  • Recebeu: 2007 vez(es)
  • Enviou: 1288 vez(es)
  • +1785/-175
Re: História da componente submarina da Marinha Portuguesa
« Responder #26 em: Janeiro 29, 2011, 04:45:13 pm »
Cá está a notícia, com fotos e video.  :arrow: http://www.marinha.pt/PT/noticiaseagend ... acora.aspx


Crédito: Marinha de Guerra Portuguesa


Crédito: Marinha de Guerra Portuguesa


Fim inglório depois de tão bons serviços prestados.
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 

*

GI Jorge

  • 617
  • +0/-0
Re: História da componente submarina da Marinha Portuguesa
« Responder #27 em: Janeiro 30, 2011, 11:21:19 am »
Citação de: "Charlie Jaguar"
Cá está a notícia, com fotos e video.  :arrow: http://www.marinha.pt/PT/noticiaseagend ... acora.aspx


Crédito: Marinha de Guerra Portuguesa


Crédito: Marinha de Guerra Portuguesa


Fim inglório depois de tão bons serviços prestados.

 :cry:  :cry:

E tiveram 10 anos para evitar isto. O que foi feito?

NADA!

E é aqui que se prova que Portugal vai acabar muito mal com esta cambada de incompetentes nos altos lugares do governo.
Confunde-se em Portugal tantas vezes a justiça com a violência que é vulgar não haver reacções contra o crime e haver reacções contra a pena.

Oliveira Salazar
 

*

luis filipe silva

  • Investigador
  • *****
  • 2050
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • +1/-0
Re: História da componente submarina da Marinha Portuguesa
« Responder #28 em: Janeiro 30, 2011, 11:52:13 am »
Citar
E é aqui que se prova que Portugal vai acabar muito mal com esta cambada de incompetentes nos altos lugares do governo.
Nem sempre a culpa é dos governos. Os navios abatidos estão entregues à Marinha e não ao governo.
-----------------------------
saudações:
Luis Filipe Silva
 

*

chaimites

  • 1663
  • Recebeu: 61 vez(es)
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +1542/-0
Re: História da componente submarina da Marinha Portuguesa
« Responder #29 em: Janeiro 30, 2011, 01:10:59 pm »
Boas!

Coloca-lo fora de água nao e assim tao dificil!
Em Viana ja nao há dúvidas!
Vamos colocar o Delfim fora de água!