Sargento Familiar Falecido

  • 13 Respostas
  • 3007 Visualizações
Sargento Familiar Falecido
« em: Outubro 24, 2013, 12:03:17 am »
Boa noite a todos
Antes de mais a saudação de um novo utilizador do fórum.
Agora vou explicar o que me traz aqui.
Sou bisneto de um Sargento falecido ao serviço do exercito no ano de 1956.
A minha família não tem qualquer registos acerca da sua vida militar, nem tão pouco sabe o local exato do sepultamento do meu antepassado.
Entrei em contacto com o exercito e ele vão enviar-me o seu PI e ainda uns microfilmes.
Já perguntei varias vezes ao responsável que está a tratar do processo, as causas da morte e o local de sepultamento, e o senhor respondeu-me que no PI e nos microfilmes não estão referenciados nem a causa da morte nem o local de sepultamento.
Quanto ao local de sepultamento eu sei que ele foi sepultado no entroncamento e creio que consigo chegar lá contactando os cemitério do município.
Agora quanto as causas da morte, como consigo apurar o que realmente aconteceu? Existe algum registo adicional a que possa ter acesso?
Desde já agradeço a todos os que me possam dar informações sobre este caso familiar mal explicado.
Cumprimentos.
Jorge Fernandes
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 6936
  • Recebeu: 414 vez(es)
  • Enviou: 232 vez(es)
  • +337/-0
Re: Sargento Familiar Falecido
« Responder #1 em: Outubro 24, 2013, 01:03:42 am »
Tentar talvez no Arquivo Geral do Exército.

Arquivo Geral do Exército
Morada
Largo de Chelas
1949-010 Lisboa

E-mail: http://www.exercito.pt/sites/ArqGEx/Pag ... fault.aspx
 

Re: Sargento Familiar Falecido
« Responder #2 em: Outubro 24, 2013, 02:16:06 am »
boa noite
É mesmo com essa entidade que estou a dialogar e vão enviar-me para cima os registos que tem, ou pelo menos os que me podem mostrar, no entanto não tem explicações para as perguntas que fiz, nunca tendo obtido qualquer resposta aquelas perguntas mais pertinentes.
Acho que essas perguntas são perfeitamente razoáveis para quem quer saber do paradeiro de um antepassado desconhecido.
No entanto gostava de agradecer a sua pronta disponibilidade.
Cumps.
 

*

Trafaria

  • Investigador
  • *****
  • 1997
  • Recebeu: 62 vez(es)
  • Enviou: 72 vez(es)
  • +13/-0
Re: Sargento Familiar Falecido
« Responder #3 em: Outubro 24, 2013, 02:44:54 pm »
Estranho imenso essa falta de dados (a de informação já nem tanto); é que se há instituição que tem por tradição e vicio registar e guardar tudo e mais alguma coisa essa é as Forças Armadas.
::..Trafaria..::
 

Re: Sargento Familiar Falecido
« Responder #4 em: Outubro 24, 2013, 03:01:22 pm »
O arquivo vai enviar-me por correio o Processo Individual e uns microfilmes, es fico realmente grato por isso.
Mas em perguntas com o responsável, ele disse que no PI não estava registado nem as causas de morte nem o local de sepultamento.
Como já disse o local, penso que consigo chegar lá, pois sei que foi sepultado no cemitério do Entroncamento, provavelmente no talhão dos antigos combatente digo eu.
Quanto as causas de morte é que não sei como conseguirei apurar a verdade, ainda por cima tendo passado 57 anos.
 

*

Trafaria

  • Investigador
  • *****
  • 1997
  • Recebeu: 62 vez(es)
  • Enviou: 72 vez(es)
  • +13/-0
Re: Sargento Familiar Falecido
« Responder #5 em: Outubro 24, 2013, 06:27:46 pm »
Creio que isso dos talhões para combatentes é um fenómeno relativamente recente. E se havia desconhecimento/afastamento da familia isso reflecte-se tambem na campa que muito provavelmente já foi removida e reocupada com outra inumação. Isso vê-se nos registos da câmara municipal.

Se nao houver referencias às causas da morte .... eu desconfiaria. O que consta na certidão de óbito?
Deverá haver gente viva que conheceu a pessoa em causa... é uma questão de a procurar.
::..Trafaria..::
 

Re: Sargento Familiar Falecido
« Responder #6 em: Outubro 24, 2013, 09:23:06 pm »
onde posso eu obter uma certidão de óbito?
Cumps.
 

*

Trafaria

  • Investigador
  • *****
  • 1997
  • Recebeu: 62 vez(es)
  • Enviou: 72 vez(es)
  • +13/-0
Re: Sargento Familiar Falecido
« Responder #7 em: Outubro 25, 2013, 01:03:15 am »
Na conservatória de registo civil correspondente à comarca onde ocorreu o óbito.
A data de falecimento e suas causas, caso não tenha sido natural, também deverão estar averbadas no assento de nascimento, pelo que - se lhe der mais jeito - pode experimentar pedir uma certidão de nascimento na conservatória de registo civil da comarca de origem da pessoa em causa.
::..Trafaria..::
 

Re: Sargento Familiar Falecido
« Responder #8 em: Novembro 04, 2013, 12:50:43 am »
Boa noite senhores.
Antes de mas obrigado pelas sugestões.
Já recebi o processo individual e nele estão contidas informações relevantes acerca do meu antepassado.
Serviu até falecer de causas não explicadas no processo, como 2º sargento nº 27/3 do 2º grupo da Companhia de Administração Militar, penso que num Quartel do Lumiar.
Gostava que se fosse possível me falassem um pouco deste grupo e da localização do quartel pois não o encontro no google.
Deixo ainda a pergunta, como é possível no PI não estarem referenciadas as causas de morte.
Cumprimentos
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 8064
  • Recebeu: 863 vez(es)
  • Enviou: 980 vez(es)
  • +119/-43
Re: Sargento Familiar Falecido
« Responder #9 em: Novembro 04, 2013, 01:29:31 am »
Citação de: "jorgefernandes93"
da localização do quartel pois não o encontro no google.

A única estrutura militar existente no Lumiar atualmente é o Hospital das Forças Armadas.
https://maps.google.pt/maps?expflags=en ... T&hl=pt-PT

Ou então pode ser algum quartel que já tenha existido no passado naquela zona, mas que agora já não exista.
 

*

Get_It

  • Investigador
  • *****
  • 1777
  • Recebeu: 222 vez(es)
  • Enviou: 443 vez(es)
  • +10/-1
Re: Sargento Familiar Falecido
« Responder #10 em: Novembro 04, 2013, 02:30:30 am »
Existiu o Quartel do Lumiar na Alameda das Linhas de Torres onde estava instalada a Escola Prática de Administração Militar do Exército. Foi vendido em 1998 ou 1999 à Universitas. (Outra negociata feita à medida dos amigos.) É actualmente o Campus do Lumiar deles mas parece que havia ideias em construir condomínios numa parte da área.

Cumprimentos,
:snip: :snip: :Tanque:
 

Re: Sargento Familiar Falecido
« Responder #11 em: Novembro 04, 2013, 02:05:00 pm »
Existiu realmente lá um quartel da Administração Militar no passado.
Alguém me pode dizer o que significa no nº27/E do 2º grupo, e ainda como posso encontrar pessoas que tenham servido com o mesmo antepassado no mesmo grupo?
Cumprimentos
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 6936
  • Recebeu: 414 vez(es)
  • Enviou: 232 vez(es)
  • +337/-0
Re: Sargento Familiar Falecido
« Responder #12 em: Novembro 04, 2013, 02:22:52 pm »
Tentar, talvez, na Associação de Militares do Serviço de Administração Militar:

 https://www.facebook.com/ASAMPT
 

Re: Sargento Familiar Falecido
« Responder #13 em: Novembro 04, 2013, 02:33:03 pm »
Já entrei em contacto com a referida página estou a aguardar pela resposta.
Obrigado pelas informações disponibilizadas.
 

 

Dúvida sobre o posto de Sargento

Iniciado por TaGOs

Respostas: 39
Visualizações: 9377
Última mensagem Junho 12, 2009, 02:50:02 pm
por grifo