O "BÉRRIO", UM NAVIO SINGULAR.

  • 25 Respostas
  • 12372 Visualizações
*

Malagueta

  • 261
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
Re: O "BÉRRIO", UM NAVIO SINGULAR.
« Responder #15 em: Outubro 08, 2014, 08:19:40 pm »
Boa Noite,

Ainda de acordo com o antigo site dos ENVC

foram construídos os seguintes navios do mesmo género

209    Acor B    Mutualista Açoreana Transp. Marítimos, S.A.    Portugal    1997    93,00    16,50    5000   
205   Sete Cidades   TRANSINSULAR - TRANSPORTES MARÍTIMOS INSULARES, S.A.   Portugal   1999   93,00   16,50   5000   
 217    Industrial Challenger    MARE SCHIFFAHRTSGESELLSCHAFT mbH & CO KG MS    Alemanha    2000    112,00    20,00    6300   
218   Industrial Chief   MARE SCHIFFAHRTSGESELLSCHAFT mbH & CO KG MS   Alemanha   2000    112,00   20,00   6300   
 "
 219    Industrial Charger    ASTOR SCHIFFAHRTSGESELLSCHAFT mbH & CO KG MS    Alemanha    2000    112,00    20,00    6300   

220   Industrial Champ   ASTOR SCHIFFAHRTSGESELLSCHAFT mbH & CO KG MS   Alemanha   2001    112,00   20,00   6300   

 221    Industrial Comet    ASTOR SCHIFFAHRTSGESELLSCHAFT mbH & CO KG MS    Alemanha    2001    112,00    20,00    6300   
 "
222   Industrial Century   MARE SCHIFFAHRTSGESELLSCHAFT mbH & CO KG MS   Alemanha   2001    112,00   20,00   6300   

 223    Industrial Crescent    MARE SCHIFFAHRTSGESELLSCHAFT mbH & CO KG MS    Alemanha    2002    112,00    20,00    6300   
 "
230   Industrial Diamond
     MARE SCHIFFAHRTSGESELLSCHAFT mbH & CO KG MS “AQUILA J”   Alemanha   2006    112,00   20,00   8000   

 231    Industrial Destiny
      MARE SCHIFFAHRTSGESELLSCHAFT mbH & CO KG MS “DRAGO J”    Alemanha    2006    112,00    20,00   8000   
 "
232   Industrial Dawn   MARE SCHIFFAHRTSGESELLSCHAFT mbH & CO KG MS “ORION J”   Alemanha   2007    112,00   20,00   8000   
"
 233    Industrial Dream
      MARE SCHIFFAHRTSGESELLSCHAFT mbH & CO KG MS “VELA J”    Alemanha    2007    112,00    20,00   8000   

210
     Corvo
     Mutualista Açoreana de Transportes Marítimos   Portugal   2007   112,00   20,00    9000   

228    Industrial Dolphin    MARE SCHIFFAHRTSGESELLSCHAFT mbH & CO KG MS "HENRICUS J"    Alemanha    2007    112,00    20,00   8000   

229   Industrial Dart   MARE SCHIFFAHRTSGESELLSCHAFT mbH & CO KG MS "JOHANN J"   Alemanha   2008   112,00   20,00    8000   
"
254   Industrial Eagle    SCHIFFAHRTSGESELLSCHAFT mbH & Co. KG MS “APUS J”   Alemanha    2008    132,20    20,00    10000   

255   Industrial Egret   MS “BELLATRIX J” Schiffahrtsgesellschaft mbH & Co. KG   Alemanha   2009   132,20   20,00    10000   
"
256   Industrial Edge    MS “CASTOR J” Schiffahrtsgesellschaft mbH & Co. KG   Alemanha    2009    132,20    20,00    10000   
"
257   Industrial Echo   MS “DELPHINUS J” Schiffahrtsgesellschaft mbH & Co. KG   Alemanha   2010   132,20   20,00    10000   
"




http://www.envc.pt/portfolio/Tipos_navi ... ntores.htm


Algumas fotos e desenhos do Ocean Atlas, antigo Industrial Challenger

http://www.globalsecurity.org/military/ ... -atlas.htm
 

*

pfsbca

  • Membro
  • *
  • 73
  • Recebeu: 22 vez(es)
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +1/-0
Re: O "BÉRRIO", UM NAVIO SINGULAR.
« Responder #16 em: Novembro 25, 2017, 09:45:37 pm »
Fotografias recentes do Bérrio:












Em breve vai ter substituto.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: tenente, HSMW

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 4246
  • Recebeu: 2001 vez(es)
  • Enviou: 769 vez(es)
  • +554/-71
Re: O "BÉRRIO", UM NAVIO SINGULAR.
« Responder #17 em: Novembro 25, 2017, 10:14:58 pm »
Boas Fotos ! :G-beer2:

O navio tem um bom aspecto ainda deve valer 20 milhões  ;)

Será que é este que o vem substituir ???? Só tem 30 anos, só !!!!!

https://en.wikipedia.org/wiki/HMNZS_Endeavour_(A11)

Abraços

 
« Última modificação: Novembro 26, 2017, 06:21:13 pm por HSMW »
 

*

pfsbca

  • Membro
  • *
  • 73
  • Recebeu: 22 vez(es)
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +1/-0
Re: O "BÉRRIO", UM NAVIO SINGULAR.
« Responder #18 em: Novembro 29, 2017, 08:10:38 pm »
A minha opinião sobre a substituição deste navio pode estar errada, no entanto, creio que não faz grande sentido mantermos uma embarcação com estas características.
Só necessitaríamos deste navio em Operational Sea Training com parceiros da Nato que dispõem de meios mais eficientes. Mesmo que se venha a adquirir algo um pouco mais novo, nunca será uma boa aposta. Todos os nossos navios tem autonomia para percorrer a nossa Zona Económica Exclusiva.
Adicionalmente acarreta um encargo grande a sua manuteção e deslocamento, para não falar de guarnição que poderá ser transferida para futuros navios.
Caso esteja errado, agradeço que me esclareçam sobre esta matéria.
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15121
  • Recebeu: 1046 vez(es)
  • Enviou: 978 vez(es)
  • +177/-170
Re: O "BÉRRIO", UM NAVIO SINGULAR.
« Responder #19 em: Novembro 30, 2017, 10:46:55 am »
A minha opinião sobre a substituição deste navio pode estar errada, no entanto, creio que não faz grande sentido mantermos uma embarcação com estas características.
Só necessitaríamos deste navio em Operational Sea Training com parceiros da Nato que dispõem de meios mais eficientes. Mesmo que se venha a adquirir algo um pouco mais novo, nunca será uma boa aposta. Todos os nossos navios tem autonomia para percorrer a nossa Zona Económica Exclusiva.
Adicionalmente acarreta um encargo grande a sua manuteção e deslocamento, para não falar de guarnição que poderá ser transferida para futuros navios.
Caso esteja errado, agradeço que me esclareçam sobre esta matéria.

No entanto já foi usada operacionalmente carradas de vezes. A MGP precisa e precisará sempre de um navio destes ou que também possa desempenhar as missões que este consegue.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 4246
  • Recebeu: 2001 vez(es)
  • Enviou: 769 vez(es)
  • +554/-71
Re: O "BÉRRIO", UM NAVIO SINGULAR.
« Responder #20 em: Novembro 30, 2017, 10:50:01 am »
A minha opinião sobre a substituição deste navio pode estar errada, no entanto, creio que não faz grande sentido mantermos uma embarcação com estas características.
Só necessitaríamos deste navio em Operational Sea Training com parceiros da Nato que dispõem de meios mais eficientes. Mesmo que se venha a adquirir algo um pouco mais novo, nunca será uma boa aposta. Todos os nossos navios tem autonomia para percorrer a nossa Zona Económica Exclusiva.
Adicionalmente acarreta um encargo grande a sua manuteção e deslocamento, para não falar de guarnição que poderá ser transferida para futuros navios.
Caso esteja errado, agradeço que me esclareçam sobre esta matéria.

No entanto já foi usada operacionalmente carradas de vezes. A MGP precisa e precisará sempre de um navio destes ou que também possa desempenhar as missões que este consegue.

há ainda quem pense que as outras Nações tem o dever de Proteger e ajudar Portugal em caso de necessidade mas e o contrário acontece ????
Temos meios para tal reciprocidade, mais que justa ??

Abraços
 

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 4176
  • Recebeu: 264 vez(es)
  • Enviou: 268 vez(es)
  • +54/-14
Re: O "BÉRRIO", UM NAVIO SINGULAR.
« Responder #21 em: Novembro 30, 2017, 10:24:25 pm »
O Bérrio sempre fez falta, não só para reabastecer a esquadra em alto mar, mas como transportar viveres e água para zonas de calamidade, assim como apoiar as forças armadas destacadas nos teatros de operações.

Assim foi na Bósnia

Citar
A Marinha apoiou a missão com uma viagem, em Maio, do NRP “Bérrio” para o porto de Ploce no transporte de mais viaturas e cargas pesadas que se vieram a revelar necessárias.http://www.operacional.pt/a-missao-na-bosnia-em-1996-e-o-acidente-de-24-de-janeiro/

assim tem sido ao longo dos tempos

Citar
De entre as missões realizadas realçam-se:
Operação "Sharp-Guard" no Mar Adriático, em 1995;
Operação humanitária na República da Guiné-Bissau, em 1998;
Operação Manatim, em 2012, pronto para evacuar da Guiné-Bissau cidadãos nacionais e de países amigos;
marinha.pt

Se ele não faz falta, então os C130 também não fazem falta!
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 4246
  • Recebeu: 2001 vez(es)
  • Enviou: 769 vez(es)
  • +554/-71
Re: O "BÉRRIO", UM NAVIO SINGULAR.
« Responder #22 em: Novembro 30, 2017, 10:44:58 pm »
O Bérrio sempre fez falta, não só para reabastecer a esquadra em alto mar, mas como transportar viveres e água para zonas de calamidade, assim como apoiar as forças armadas destacadas nos teatros de operações.

Assim foi na Bósnia

Citar
A Marinha apoiou a missão com uma viagem, em Maio, do NRP “Bérrio” para o porto de Ploce no transporte de mais viaturas e cargas pesadas que se vieram a revelar necessárias.http://www.operacional.pt/a-missao-na-bosnia-em-1996-e-o-acidente-de-24-de-janeiro/

assim tem sido ao longo dos tempos

Citar
De entre as missões realizadas realçam-se:
Operação "Sharp-Guard" no Mar Adriático, em 1995;
Operação humanitária na República da Guiné-Bissau, em 1998;
Operação Manatim, em 2012, pronto para evacuar da Guiné-Bissau cidadãos nacionais e de países amigos;
marinha.pt

Se ele não faz falta, então os C130 também não fazem falta!

Operação Manatim, Guiné Bissau !

https://www.rtp.pt/noticias/pais/operacao-militar-para-o-resgate-de-portugueses-na-guine-bissau-custou-perto-de-6-milhoes-de-euros_v554000

Abraços
 

*

pfsbca

  • Membro
  • *
  • 73
  • Recebeu: 22 vez(es)
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +1/-0
Re: O "BÉRRIO", UM NAVIO SINGULAR.
« Responder #23 em: Dezembro 01, 2017, 09:48:54 am »
Compreendo o que referem, em todo o caso, em alguns casos que referiram poderá vir a ser substituído pelo novo lpd, podendo este desempenhar as referidas funções com muito mais sucesso e economia e em outros exemplos aqui apontados, nos dias de hoje, justifica-se cooperação entre marinhas. Não só não coloca em questão soberanias como temos cada vez mais assistido a isso nos vários exercícios no âmbito da NATO.
Não só as outras nações irão cada vez mais participar em exercícios na nossa costa como também os nossos navios estarão capazes para participar em outros cenários, em números mínimos, mas correspondentes com os nossos recursos.
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7800
  • Recebeu: 380 vez(es)
  • Enviou: 661 vez(es)
  • +249/-235
Re: O "BÉRRIO", UM NAVIO SINGULAR.
« Responder #24 em: Março 21, 2018, 05:09:40 pm »
Irmão do Bérrio sofre acidente

-----


Indonesian Navy Rover-class tanker lists after failed replenishment operation

Ridzwan Rahmat, Singapore - Jane's Navy International
21 March 2018


KRI is currently listing towards it starboard side after a failed replenishment operation. Source: TNI-AL source

Key Points
An Indonesian Navy tanker has been taken out of service after a failed replenishment operation
Incident likely to renew attention on the country’s naval replenishment capabilities

The Indonesian Navy’s (Tentara Nasional Indonesia – Angkatan Laut, or TNI-AL’s) sole Rover-class replenishment tanker, KRI Arun (903) is currently listing towards its starboard side after a failed replenishment-at-sea operation.

The incident took place off Ujung, Surabaya on 19 March at about 1830 h local time. According to a TNI-AL source who forwarded the image of Arun to Jane’s after the incident, the 140 m ship started to heel as it was replenishing the multipurpose hospital ship, KRI Dr Soeharso (990).

Arun was subsequently towed back to the Eastern Fleet’s (KOARMATIM’s) Semampir pier at Surabaya in its listed state by two TNI-AL coastal tugboats, TD Anjasmoro and TD Merbabu . No casualties have been reported.

The cause of the incident has not been ascertained, but Jane’s understands that initial indications point to a ballast pump failure on board Arun . The tanker will be temporarily taken out of service in lieu of damage assessments by TNI-AL personnel.

Arun was formerly in service with the UK Royal Fleet Auxiliary as RFA Green Rover with pennant number A268. The ship, which was launched in 1968, was transferred over to the TNI-AL in 1992 after a refit. The vessel can replenish ships at sea with fuel, fresh water, and limited dry cargo while under way.

http://www.janes.com/article/78732/indonesian-navy-rover-class-tanker-lists-after-failed-replenishment-operation
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

ICE 1A+

  • Analista
  • ***
  • 679
  • Recebeu: 473 vez(es)
  • Enviou: 38 vez(es)
  • +106/-8
Re: O "BÉRRIO", UM NAVIO SINGULAR. Novo
« Responder #25 em: Março 21, 2018, 07:34:16 pm »
Uma avaria perfeitamente normal num navio desta idade.

A bomba  do tanque de lastro deveria ter compensado saída do combustível durante o reabastecimento no mar. Avariou..... o navio ficou com mais peso de um bordo que no outro e ficou  a navegar de “ ladex” ......nada de muito grave se o mar estiver calmo e se não se iniciar uma sequência de avarias em cadeia!!!

O mais estranho é não terem detectado a avaria e chegarem ao ponto do navio ter adornado uns 15°

PS: mudem o título do tópico para “Berrio um navio a dar o Berro”


PS2: Salvas, para os técnicos de manutenção da nossa Marinha que conseguem manter a navegar, sem problemas,  autênticos  museus flutuantes!
« Última modificação: Março 21, 2018, 07:50:03 pm por ICE 1A+ »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF, Cabeça de Martelo, Crypter

 

Marinha entrega pela primeira vez comando de navio a mulher

Iniciado por Marauder

Respostas: 38
Visualizações: 12001
Última mensagem Maio 18, 2006, 09:03:15 am
por Pedro Monteiro
Navio da Marinha Intercepta Imigrantes Ilegais

Iniciado por Cabecinhas

Respostas: 0
Visualizações: 2509
Última mensagem Setembro 09, 2007, 10:55:31 am
por Cabecinhas
LPD- Navio Polivalente Logístico

Iniciado por Francisco Ferreira

Respostas: 3551
Visualizações: 696871
Última mensagem Hoje às 10:30:31 am
por P44
NAVIO DE PATRULHA COSTEIRA

Iniciado por luis filipe silva

Respostas: 52
Visualizações: 19585
Última mensagem Outubro 03, 2008, 10:36:53 pm
por JQT
Navio Hospital

Iniciado por pedro

Respostas: 24
Visualizações: 5697
Última mensagem Janeiro 06, 2006, 04:34:10 pm
por Rui Elias