ForumDefesa.com

Conflitos => Conflitos do Presente => Tópico iniciado por: nelson38899 em Fevereiro 04, 2011, 07:22:46 pm

Título: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: nelson38899 em Fevereiro 04, 2011, 07:22:46 pm
Decidi criar este tópico, com o objectivo de apenas discutir as pequenas escaramuças fronteiriças entre países:

Citar
As tropas cambojanas e tailandesas estão a "confrontar-se" junto à fronteira, na sequência do aumento da tensão diplomática nas últimas semanas sobre questões territoriais, afirmou hoje o porta-voz do governo do Camboja.

"Os confrontos estão em andamento", disse o porta-voz do governo cambojano, Khieu Kanharith, sem dar mais pormenores.

Um soldado cambojano, perto das ruínas do templo Khmer de Preah Vihear, espaço disputado pelos dois países, disse à agência noticiosa francesa AFP, por telefone, que teve envolvido em confrontos com militares tailandeses, enquanto se ouviam tiros. "Os confrontos começaram às 15:10 locais em Phu Makua e continuam", confirmou um oficial do exército tailandês à AFP.

As linhas de fronteira entre o Camboja e a Tailândia ainda não foram delimitadas, alimentando disputas entre os dois países e vários incidentes armados, que resultaram em várias mortes em 2008 e 2009. As tensões foram retomadas após a prisão, no final de dezembro, de sete tailandeses, incluindo um membro do partido no poder, que entraram numa zona de fronteira em disputa. Dois deles foram condenados à prisão por espionagem.
http://www.dn.pt/inicio/globo/interior.aspx?content_id=1775781&seccao=%C1sia

Citar
Costa Rica lamenta nuevo rechazo de Nicaragua al diálogo

CANCUN, México .- El canciller costarricense René Castro, lamentó el viernes el rechazo del gobierno de Nicaragua a su última propuesta de diálogo en torno a su diferendo limítrofe, aunque afirmó que están abiertos a escuchar opciones de mediadores distintos a la Organización de Estados Americanos (OEA).


“Teníamos la esperanza de que se aprovechara la oportunidad, que se contestara más bien positivamente y posiblemente sugiriendo un cambio en el mediador o en el facilitador”, dijo Castro a la AP en el marco de su participación en la conferencia de la ONU sobre cambio climático en Cancún, México.

“Si no se quería que fuese la OEA, que fuese un grupo de amigos o de países… seguimos abiertos a opciones”, aseguró el jefe de la diplomacia costarricense.

Costa Rica propuso el jueves una reunión a nivel ministerial con delegados nicaragüenses para definir “un área de despeje”, en seguimiento a una resolución de la OEA en la que se exhorta a los dos países a retirar a sus efectivos de la zona fronteriza.

Horas después, el presidente Daniel Ortega rechazó la propuesta.

“Nicaragua no tiene nada que hacer ahí; este tema se encuentra en la Corte Internacional de Justicia (CIJ)”, dijo Ortega.

Para el mandatario nicaragüense, no es competencia de la OEA convertirse en árbitro en temas limítrofes.

Ambas naciones mantienen desde fines de octubre un conflicto por la posesión de un territorio colindante con el río San Juan conocido como Isla Calero, donde Nicaragua realiza dragados que según sus vecinos ha provocado daños ambientales.

Además de recurrir a la OEA, Costa Rica presentó una demanda ante la Corte Internacional de Justicia (CIJ) en La Haya, donde se realizará una primera audiencia entre las partes entre el 11 y 13 de enero próximos.

Castro estimó que tras la última negativa de Nicaragua, es posible que no se concrete un encuentro bilateral antes de la audiencia en la CIJ.

“Si hay otras iniciativas (de Nicaragua) las vamos a aceptar siempre, pero vamos a continuar la defensa en organismos multilaterales”, dijo.

Comentó que si la Corte falla a su favor y Nicaragua se niega a detener las obras, Costa Rica acudiría al Consejo de Seguridad de las Naciones Unidas.

Castro ha dicho que su país no descarta pedir una indemnización por el dragado que realiza Nicaragua, aunque el viernes señaló que no han estimado el costo provocado porque no han llegado al terreno.

Aseguró que Costa Rica sólo utilizará la vía del derecho internacional.

“Nosotros no vamos a recurrir a medidas de violencia, armadas o que provoquen el derramamiento de sangre”, dijo el canciller.

“Creemos que es tan consustancial a la democracia costarricense la solución pacífica de conflictos, que vamos a poder aguantar esta prueba y salir fortalecidos de ella”, añadió. (AP)
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Lusitano89 em Fevereiro 07, 2011, 07:21:18 pm
Rússia e Japão aumentam o tom na disputa pelas Ilhas Curilhas


A Rússia jamais renunciará à sua soberania sobre as ilhas Curilhas do Sul, indicou o presidente russo, Dmitri Medvedev, depois de classificar de «inaceitáveis» as declarações do pimeiro-ministro japonês, Naoto Kan, país que também reivindica as ilhas.

Durante um discurso feito na ocasião do dia anual no Japão de memória a essa disputa territorial, Kan qualificou hoje de um «ultraje imperdoável» a visita que Medvedev realizou em Novembro passado às ilhas Curilhas do Sul.

Também prometeu que fará tudo o que estiver ao seu alcance para obter a restituição dessas quatro ilhas, anexadas pela Rússia depois do fim da Segunda Guerra Mundial.

«A Rússia não renunciará nem hoje nem no futuro à sua soberania sobre as Ilhas Curilhas» reivindicadas pelo Japão, respondeu o conselheiro diplomático do Kremlin, Serguei Prijodko.

O minitro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguei Lavrov, também disse lamentar as declarações «claramente não diplomáticas» do primeiro-ministro japonês.

«Essas declarações são claramente não diplomáticas», afirmou Lavrov durante uma conferência de imprensa conjunta com o seu homólogo húngaro, Janos Martonyi, que está em visita a Moscovo.

A diferença em torno destas ilhas, chamadas Territórios do Norte no Japão, impede há 64 anos a assinatura de um tratado de paz entre ambos os países.

As ilhas de Habomai, Shikotan, Etorofu e Kunashiri foram anexadas pelos soviéticos a 18 de Agosto de 1945, três dias depois do anúncio da derrota japonesa. Estas ilhas, que têm cerca de 19.000 habitantes numa superfície total de 5.000 km2, são administradas pela Rússia desde essa data.

A União Soviética, e depois a Rússia, propuseram em várias ocasiões devolver ao Japão duas dessas ilhas, Habomai e Shikotan, as menores e mais inóspitas, enquanto Moscovo conservaria Iturup (nome russo para Etorofu) e Kunashir (Kunashiri).

O Japão afirmou que essa proposta era inaceitável e continuou a exigir a restituição e todos os Territórios do Norte.

A 1 de Novembro de 2010, Medvedev foi o primeiro chefe de Estado russo a visitar o sul das Curilhas, uma cadeia de ilhas que se estende desde o sul da Península de Kamchatka até ao nordeste do Japão.

Esta visita indignou o governo japonês, que chamou para consultas o seu embaixador em Moscovo.

Em Dezembro passado, Medvedev reiterou que as ilhas Curilhas do Sul são «território russo», mas propôs ao Japão criar uma zona económica livre na região.

Desde então, outros ministros russos visitaram essas ilhas, onde há jazidas de ouro e prata, mas que sobretudo estão situadas numa das regiões do mundo mais ricas em peixe.

Na sexta-feira passada, o ministro da Defesa russo, Anatoli Serdiukov, inspeccionou uma divisão de artilharia nesse arquipélago.

O ministro dos Negócios Estrangeiros (MNE) japonês, Seiji Maehara, condenou esta visita, qualificando-a como «extremamente lamentável».

O embaixador da Rússia no Japão foi convocado e recebeu «um protesto enérgico».

Maehara, que também participou na Reunião Nacional para exigir a devolução dos Territórios do Norte, organizada na sede do primeiro-ministro, iniciará uma visita a Moscovo na próxima quinta-feira.

O MNE japonês prometeu que fará tudo o que estiver ao seu alcance para obter a restituição destas ilhas, mesmo que isso lhe custe a carreira política, disse.

Lusa
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Lusitanian em Fevereiro 08, 2011, 12:22:50 am
OMG quem me dera que houvesse alguem assim para com Olivença. Até porque Espnha assinou um tratado, em que como iria devolver o territorio a Portugal...mas adiaram...adiaram...aproveitaram a colonização e mudaram nomes e ensinaram espanhol....adiaram...e já lá vão uns 200 anos.
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Lusitano89 em Fevereiro 14, 2011, 09:42:21 pm
ONU apela a cessar-fogo entre Camboja e Tailândia


O Conselho de Segurança das Nações Unidas apelou hoje a um cessar-fogo permanente entre Camboja e Tailândia, na sequência dos recentes confrontos perto de um templo disputado na fronteira entre os dois países do Sudeste asiático.

Os países-membros do órgão da ONU manifestaram “grande preocupação” com os confrontos armados, após uma reunião pedida pelo governo do Camboja, que contou com a presença em Nova Iorque dos chefes da diplomacia dos dois países.

“Os membros pedem a ambos os lados que tenham a maior contenção e evitem qualquer ação que possa agravar a situação”, disse Maria Luiza Ribeiro Viotti, embaixadora junto da ONU do Brasil, país que preside este mês ao Conselho.

Na declaração após a reunião, o Conselho de Segurança apela às partes para “estabelecerem um cessar-fogo permanente e implementarem-no completamente, resolvendo a situação de forma pacífica e através de diálogo eficaz”.

No centro da disputa entre os dois países está o templo de Preah Vihear, um monumento do século XI inscrito na lista de património mundial da UNESCO (agência da ONU para a educação, ciência e cultura).

Os membros do Conselho de Segurança decidiram dar prioridade às negociações entre os dois países, envolvendo a Associação de Nações do Sudeste Asiático (ASEAN), pondo para já de parte a possibilidade de uma intervenção da ONU.

O assunto será debatido na próxima cimeira de ministros dos Negócios Estrangeiros da ASEAN, no próximo dia 22 de fevereiro.

Lusa
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Lusitano89 em Julho 13, 2011, 01:12:29 am
Governo do Chile diz que Bolívia não tem razão para pedir acesso ao mar


O governo chileno assegurou esta terça-feira que a Bolívia «carece de todo o fundamento jurídico» para reclamar um acesso soberano ao mar por territórios que pertencem àquele país e «não tem direito nenhum» a intervir no litígio Peru-Chile.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros chileno respondeu assim, através de um comunicado citado pela agência EFE, à apresentação pela Bolívia de uma nota diplomática no Tribunal Internacional de Haia para dar a conhecer a sua posição relativamente ao seu direito de acesso soberano ao Oceano Pacífico.

A Bolívia informou esta terça-feira que a apresentação dessa nota diplomática foi um resultado do litígio no Tribunal Internacional em que o Peru pretende modificar em seu benefício o limite marítimo com o seu vizinho do Sul, o Chile.

A Bola
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Lusitano89 em Julho 14, 2011, 09:47:02 am
Vietname acusa marinha chinesa de agressões a capitão de barco de pesca


As autoridades do Vietname acusaram a marinha chinesa de espancarem o capitão de um pesqueiro e ameaçado outros membros da tripulação de um pesqueiro junto às ilhas Paracel, reclamadas por ambos os países.
Um responsável fronteiriço da província de Quang Ngai, centro do país, disse que um navio da marinha chinesa perseguiu um barco pesqueiro do Vietname antes de lançar à água um bote rápido com dez soldados armados a bordo que entraram no pesqueiro junto às ilhas Paracel.

Os soldados terão espancado o capitão do navio vietnamita e ameaçado outros nove elementos da tripulação no incidente que ocorreu a 5 de julho.

Lusa
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Lusitano89 em Julho 21, 2011, 01:40:30 pm
Pequim acusa Filipinas de violação da sua soberania marítima


O Governo chinês acusou hoje as Filipinas de violação da sua soberania territorial pela colocação de uma bandeira daquele país numa ilha no Mar do Sul da China, sob disputa de vários países.

O porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês, Ma Zhaoxu, citado pela agência oficial Xinhua, disse que a China «tem uma soberania indiscutível sobre as ilhas do Mar do Sul da China e das águas que as rodeiam», e pediu a Manila que respeite o consenso internacional sobre o conflito na zona.

Pequim respondeu assim à iniciativa de cinco deputados filipinos que, na quarta-feira, içaram a bandeira do seu país no ilhote de Pagasa - que os chineses denominam de Zhongye -, no arquipélago das Ilhas Spratly, cuja soberania é reivindicada por várias nações do sudeste asiático.

Lusa
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: nelson38899 em Julho 21, 2011, 03:05:34 pm
Parece-me que a china anda à procura de um inimigo, para testar a sua maquina de guerra.
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Cabeça de Martelo em Julho 21, 2011, 03:07:07 pm
Why A War Between China And Vietnam Is Inevitable


Read more: http://www.businessinsider.com/sino-vie ... z1SkPUeXpH (http://www.businessinsider.com/sino-vietnamese-south-china-sea-warblood-oil-and-american-interest-the-inevitable-2011-7#ixzz1SkPUeXpH)
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Cabeça de Martelo em Julho 21, 2011, 03:09:46 pm
Do DB:
Citar
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fglobalnation.inquirer.net%2Ffiles%2F2011%2F07%2Fspratly.jpg&hash=9ca11e25c19d83458b602a65e6d48421)

Minha opinião sobre o assunto, como se pode ver o arquipélago é inabitável  :roll:, mas a China diz que toda a região lhe pertence.

As justificativas são bem parecidas com a disputa entre Japão e China por umas pequenas ilhas perto de Taiwan, no passado varias ilhas eram regiões independentes, mesmo Okinawa que era uma mistura de povos da Coreia,China e Japão ainda hoje as pessoas falam uma linguá nativa que não tem a ver com nada de nenhum dos 3 países, cada local desenvolveu uma cultura própria até o século 18, a partir do final seculo 19 começou as disputas entre os países o famoso Imperialismo...na minha opinião fica difícil dizer o que pertence a quem mesmo porque segundo estudos encontram ruínas do que seria a civilização mais antiga do mundo...http://oestranhocurioso.blogspot.com/2011/02/civilizacao-mais-antiga-do-mundo.html na área disputada entre China e Japão.

Eu acho que a China teria melhores argumentos para o arquipélago Paracelso em disputa com o Vietnã, mas para o arquipélago Spratley eu acho o argumento dos chineses ridículo, os países menores não tendo como disputar por via militar com a China corre para debaixo das asas do Eua para fazer valer suas revindicações, alguns deles se escondem nas costas do Eua para não prejudicar as relações comerciais com a China...Malásia,Brunei e Indonésia estão quietinhas por enquanto....
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fupload.wikimedia.org%2Fwikipedia%2Fcommons%2Fa%2Fa4%2FSchina_sea_88.png&hash=026731615e06fea32a65d490d334318d)

Alem do fator de recursos naturais, tem o fator estratégico na região por ser uma importante rota marítima, qualquer bloqueio na região afetaria inimigos de ambas as partes.
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Lusitano89 em Novembro 14, 2011, 07:11:59 pm
China e Filipinas disputam territórios marítimos


A China reclama um território a menos de 80 quilómetros de uma província Filipina. Um incremento das tensões na região, com o suspeito do costume na origem: gigantescos recursos energéticos abaixo da linha de água. O Mar do Sul da China poderá muito bem ser palco dos próximos conflitos diplomáticos na Ásia.

Para já, o sub-secretário filipino da Energia, Jose Layug Jr., dá conta de que a China contestou em Julho um plano do país para explorar petróleo e gás naquela área.

Pequim tem aproveitado o crescente poder económico e geopolítico para intensificar disputas territoriais, e este caso poderá mesmo ir parar às Nações Unidas até porque além de Pequim e Manila há quatro outros interessados.

Em causa estão as Spratlys, onde centenas de ilhas, recifes, barreiras de corais e bancos de areia que cobrirão vastos depósitos de petróleo e gás natural.

Por seu turno, Jose Layug Jr. diz que as áreas a explorar pelas Filipinas não fazem parte das Spratlys – por onde se espalham autoridades do Brunei, Malásia, Vietname, além das chinesas e filipinas.

No protesto de Julho, a China alegava que duas das 15 zonas cuja exploração Manila queria levar a concurso internacional estavam sob soberania de Pequim e dizia que a atitude filipina «só complica as disputas e afecta a estabilidade no Mar do Sul da China».

A província filipina de Palawan, a 820 quilómetros a sudoeste da capital, está perante o Mar do Sul da China, que Pequim reclama integralmente.

«As áreas que estamos a levar a leilão estão todas em território das Filipinas. Não há qualquer dúvida em relação a isso», garantia por seu lado Layug, que referia que as duas áreas em causa estão a mais de 800 quilómetros da costa chinesa.

O assunto poderá estar na agenda de temas em discussão quarta-feira com Hillary Clinton.

SOL
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Lusitano89 em Janeiro 04, 2012, 09:42:33 pm
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Lusitano89 em Julho 11, 2012, 11:28:42 pm
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: HSMW em Julho 11, 2012, 11:45:42 pm
A guerra vem aí. É só aguardar...
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: nelson38899 em Julho 16, 2012, 05:26:39 pm
Citação de: "HSMW"
A guerra vem aí. É só aguardar...

A china anda sedente, para testar a sua máquina de guerra. Faz me lembrar os tempos de Hitler!
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Lusitano89 em Julho 18, 2012, 01:40:16 pm
Guarda-costeira russa disparou contra pesqueiro chinês


Um barco pesqueiro chinês foi capturado no Oriente da Rússia depois de ignorar as advertências da guarda-costeira russa, que disparou contra a embarcação, informou hoje o jornal chinês Global Times. O barco chinês foi localizado na segunda-feira na zona económica exclusiva russa no Mar do Japão, recusou-se a parar e tentou fugir, indica o Global Times, que cita meios de comunicação russos.

A guarda-costeira perseguiu a embarcação chinesa durante três horas, fazendo disparos de advertência, e finalmente disparou e chocou contra ela, enquanto a tripulação tentava evitar ser abordada.

Nenhum dos 17 pescadores ficou ferido, segundo o consulado chinês em Vladivostok, citado pelo jornal nacionalista chinês, que classifica o incidente de «inaceitável».

O barco chinês, que transportava mais de 22 toneladas de lulas, foi capturado e levado para Najodka para uma investigação, segundo o serviço da guarda-costeira citado pelo Global Times.

Lusa
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: HSMW em Julho 18, 2012, 03:04:59 pm
É isto que eu admiro nos russos.
Sejam chineses ou piratas somalis ( :G-beer2:
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Lusitano89 em Fevereiro 06, 2013, 06:11:43 pm
Mira apontada a barco japonês foi ato "provocatório"


O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, considerou hoje de "perigoso" e "provocatório" o facto de um navio de guerra chinês ter 'trancado" a mira para disparar contra um barco japonês.

"Foi um ato perigoso que poderia ter conduzido a uma situação imprevisível", afirmou Abe no parlamento. "É profundamente lamentável. Apelamos para que se contenham, de modo a evitar uma escalada desnecessária", acrescentou.

Um navio de guerra chinês teve, há dias, um barco japonês na sua mira, e "trancou-a", ficando pronto a acertar no alvo, uma ação "provocatória unilateral", disse o primeiro-ministro japonês, no poder desde finais de dezembro.

As declarações proferidas por Abe ocorreram um dia depois do ministro da Defesa do Japão, Itsunori Onodera, ter anunciado que a mira foi apontada a um barco japonês nas águas do Mar da China Oriental na semana passada.

Esta foi a primeira vez que os navios de ambos os lados "trancaram" as suas miras no âmbito da disputa territorial que mantêm pela soberania das ilhas Senkaku/Diaoyu.

A porta-voz do Departamento de Estado norte-americano, Victoria Nuland, afirmou que Washington estava "preocupado" com o incidente.

Na terça-feira, o ministério dos Negócios Estrangeiros do Japão convocou o embaixador chinês em Tóquio precisamente para protestar contra nova intrusão de barcos chineses nas águas territoriais nipónicas das ilhas Senkaku/Diaoyu, cuja soberania é reclamada por Pequim.

O clima de tensão relacionado com a disputa agravou-se sobretudo a partir de setembro, altura em que Tóquio nacionalizou três das cinco ilhas do arquipélago, no Mar da China Oriental, desabitadas mas alegadamente ricas em reservas de petróleo e gás natural.

A soberania do arquipélago também é reclamada por Taiwan.

Lusa
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Cabeça de Martelo em Maio 09, 2014, 06:44:37 pm
:arrow: http://www.ibtimes.co.uk/china-vietnam- ... ng-1447877 (http://www.ibtimes.co.uk/china-vietnam-south-china-sea-whats-really-going-1447877)
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Lusitano89 em Junho 10, 2014, 10:16:06 pm
China e Vietname levam disputa territorial até às Nações Unidas


A China e o Vietname levaram até às Nações Unidas a disputa territorial que mantêm no Mar do Sul da China, um assunto que o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, instou hoje a que seja resolvido pela via pacífica.

Os dois países entregaram ao secretário-geral documentos com as suas respetivas posições, para serem distribuídos entre os 193 membros da Assembleia Geral da ONU. Na sua carta, o Vietname insiste que uma plataforma petrolífera instalada pela China perto das disputadas ilhas Paracel está totalmente na «zona económica exclusiva e na plataforma continental» do Vietname, o que considera uma «séria violação» da sua soberania e da sua jurisdição.

As autoridades vietnamitas acusam também a China de incumprimento de vários acordos internacionais e de minar «gravemente» a confiança entre os dois países.
Pequim defendeu as operações petrolíferas e acusa o Vietnam de bloqueá-las ilegalmente com o envio de navios de guerra para a zona e com agressões a barcos chineses. Numa informação publicada na segunda-feira, o governo chinês denunciou 1.416 casos em que navios vietnamitas abalroaram embarcações chinesas que trabalham nas águas junto as ilhas Paracel, desse que iniciou a instalação de uma plataforma petrolífera na zona.

Um porta-voz de Ban Ki-moon, Stéphane Dujarric, afirmou hoje em conferência de imprensa que o secretário-geral da ONU quer que todas as partes utilizem as vias previstas na legislação internacional para resolver a disputa por meios pacíficos.

Lusa
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: HSMW em Agosto 07, 2014, 01:07:55 am
Arménia e Azerbeijão.
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: mafets em Setembro 24, 2015, 11:55:48 am
http://www.forte.jor.br/2015/09/23/venezuela-envia-militares-a-regiao-disputada-e-causa-protesto-da-guiana/
Citar
As Forças Armadas da Venezuela enviaram nesta terça-feira (22) milhares de soldados à fronteira com a Guiana, no leste do país. A movimentação perto da área disputada entre os dois países levou a protesto do vizinho.

As atividades militares acontecem um dia após a Guiana ameaçar levar a disputa pela região de Essequibo à Corte Internacional de Justiça por considerar esgotados os esforços da ONU para resolver o conflito.

De acordo com o ministro da Defesa, Vladimir Padrino López, as tropas realizam um exercício militar. “Fazemos um exercício de deslocamento operacional. (…) Estamos nos preparando em todas as frentes.”

O anúncio do ministro é feito minutos depois de o presidente da Guiana, David Granger, reclamar do reforço militar na fronteira. Para ele, seu colega Nicolás Maduro segue um rumo perigoso ao evitar uma solução pacífica.

“Achamos que a Venezuela está tomando neste ponto um caminho perigoso em vez de buscar uma solução pacífica para o assunto. A Venezuela parece seguir um rumo ofensivo e agressivo.”

Granger busca o apoio de países da América antes de se pronunciar sobre a disputa pela região de Essequibo na Assembleia-Geral da ONU, em discurso previsto para a próxima sexta-feira (25).

Nele, defenderá que os limites entre os dois países foram acertados no tratado assinado entre a Venezuela e o Reino Unido em 1899. Caracas afirma que o documento foi fraudado para beneficiar na época aos britânicos.

A disputa fronteiriça entre Venezuela e Guiana foi reativada no final de maio depois que a companhia Exxon Mobil descobriu uma jazida de petróleo no litoral de Essequibo.

O tema foi colocado em segundo plano em agosto quando o governo de Nicolás Maduro decidiu fechar sua fronteira oeste com a Colômbia, sob a alegação da atividade de grupos paramilitares e contrabando.

A questão começou a ser resolvida na segunda (21) depois de reunião entre Maduro e o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, mediada pelo Equador e o Uruguai. Um dos pontos é a abertura progressiva da fronteira.

A oposição ao chavista e outros críticos estrangeiros acusam o mandatário de usar as crises diplomáticas para poder ganhar as eleições parlamentares de dezembro.

FONTE: Folha de São Paulo

Cumprimentos
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Alvalade em Setembro 24, 2015, 07:26:52 pm
Os vuvuzelas andam mortos para criar um inimigo externo.
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Lusitano89 em Setembro 24, 2015, 07:43:56 pm
Citação de: "Alvalade"
Os vuvuzelas andam mortos para criar um inimigo externo.

bela politica, mal tem para comer vão se por em guerras, só se for para invadir os supermercados da Guiana ou da Colombia  :roll:
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: olisipo em Abril 02, 2016, 01:12:49 pm


Nagorno Karabakh: Putin apela ao cessar fogo entre Armênia e Azerbaijão
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: olisipo em Abril 02, 2016, 03:38:44 pm


Azerbaijão: tropas em movimento depois dos ataques na fronteira con a Armênia
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: olisipo em Abril 02, 2016, 09:10:59 pm


Footage shows Azerbaiyani troops killed in Nagorno Karabakh. GRAPHIC CONTENT
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: HSMW em Abril 02, 2016, 09:14:52 pm
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: olisipo em Abril 03, 2016, 09:52:30 am


Tanques armenios nas ruas de Stepanakert, capital do enclave arménio em Azerbaijão
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: olisipo em Abril 03, 2016, 11:09:25 am


Confrontos em Nagorno-Karabakh ameaçam inflamar tensão entre Rússia e Turquia
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: olisipo em Abril 03, 2016, 03:06:26 pm

Helicóptero do Azerbaijão derrubado em Nagorno-Karabakh
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: olisipo em Abril 03, 2016, 08:25:38 pm
 

O Azerbaijão anuncia cessar-fogo más a Arménia não aceita
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: BARCO À VISTA em Abril 04, 2016, 12:52:55 am
Citação de: olisipo [size=100
Tanques armenios nas ruas de Stepanakert, capital do enclave arménio em Azerbaijão [/size]

Caro olisipo, no vídeo consigo visualizar diversas viaturas de artilharia auto-propulsada, mas não consigo observar os "tanques"...
Pode indicar-me em que minuto surgem os ditos "tanques"? e já agora informar se são do modelo Mk1 de cimento ou Mk2 de fibra de vidro?
Também se possível agradecia que me indique se trabalham com Skip, Omo, Ariel, Persil, etc...
Obrigadinho :nice:

Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: olisipo em Abril 04, 2016, 08:55:08 am
Citação de: olisipo [size=100
Tanques armenios nas ruas de Stepanakert, capital do enclave arménio em Azerbaijão [/size]

Caro olisipo, no vídeo consigo visualizar diversas viaturas de artilharia auto-propulsada, mas não consigo observar os "tanques"...
Pode indicar-me em que minuto surgem os ditos "tanques"? e já agora informar se são do modelo Mk1 de cimento ou Mk2 de fibra de vidro?
Também se possível agradecia que me indique se trabalham com Skip, Omo, Ariel, Persil, etc...
Obrigadinho :nice:

Ups, por favor desculpe o gravissimo erro.
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: olisipo em Abril 04, 2016, 09:16:38 am


Duas crianças feridas em ataques do Azerbaijão, tratadas em um hospital de Stepanakert
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: olisipo em Abril 04, 2016, 05:25:35 pm
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: olisipo em Abril 04, 2016, 10:56:36 pm

Russia apela a cessar-fogo em Nagorno-Karabakh e lança aviso a Turquia
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: olisipo em Abril 05, 2016, 08:35:56 am


Combates entre arménios e azeris prosseguem em Nagorno-Karabakh
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: olisipo em Abril 05, 2016, 09:05:47 am


Autocarros de voluntários arménios para Nagorno-Karabakh partem de Erevan
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: olisipo em Abril 06, 2016, 11:04:05 am


Azerbaijão e Arménia confirmam cessar-fogo
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: olisipo em Abril 06, 2016, 04:18:57 pm

Paz em Nagorno-Karabakh é um imperativo
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: olisipo em Abril 07, 2016, 07:28:37 pm


Residentes de Talysh escapam a despeito do cessar-fogo
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: olisipo em Abril 08, 2016, 09:07:16 am


Trégua tensa em Nagorno-Karabakh
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: olisipo em Abril 08, 2016, 09:11:59 am


Azerbaijão quer mais do que uma trégua em Nagorno-Karabakh
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: olisipo em Abril 09, 2016, 09:13:12 am


Exército do Azerbaijão fortifica linha de confronto
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: olisipo em Abril 29, 2016, 09:34:52 am


Nova escalada de violência no enclave de Nagorno-Karabakh
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: HSMW em Maio 03, 2016, 09:44:25 pm
O conflito de Nagorno-Karabakh explicado.
E como já se esperava tinha de ter uma mãozinha do Putin.  8)
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: olisipo em Maio 17, 2016, 05:13:46 pm

Diplomacia internacional tentar repôr a trégua em Nagorno-Karabakh
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: olisipo em Setembro 16, 2016, 02:41:59 pm

Uma bomba-relógio chamada Nagorno-Karabakh
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: HSMW em Setembro 18, 2016, 11:20:44 pm
Índia: ataque contra base militar na região de Caxemira faz 17 mortos
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: olisipo em Setembro 24, 2016, 09:24:08 am

Armenia accuses Azerbaijan of war crimes at the UN General Assembly
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: HSMW em Outubro 03, 2016, 10:29:28 am

Índia ataca "base terrorista" em território controlado pelo Paquistão
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: olisipo em Novembro 25, 2016, 09:33:24 am


India-Pakistan: Tensions increase in Kashmir, and so does casualties
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Lusitano89 em Abril 03, 2017, 03:55:07 pm
Egito cede ilhas estratégicas à Arábia Saudita


Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Lusitano89 em Junho 30, 2017, 01:42:58 pm
Croácia rejeita decisão de Tribunal arbitral de Haia que concede à Eslovénia acesso ao mar alto pela primeira vez


Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: HSMW em Julho 07, 2017, 12:26:07 am


Está a aumentar a tensão entre a Índia e a China desde este episódio de "quase" chapada. :o

Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Lusitano89 em Janeiro 03, 2018, 12:37:33 pm
Croácia e Eslovénia em disputa do Mar Adriático


Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Lusitano89 em Fevereiro 11, 2018, 07:57:17 pm
Braço-de-ferro entre Chipre e Turquia por causa de gás natural


Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Lusitano89 em Abril 01, 2018, 05:32:10 pm
Ministro francês das Finanças viajará para Itália por causa de incidente fronteiriço


Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Lusitano89 em Outubro 02, 2018, 10:35:27 am
Em Haia, Bolívia perde batalha marítima contra o Chile


Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Lusitano89 em Outubro 02, 2018, 07:20:56 pm
Os avisos de Erdoğan a Chipre


Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Lusitano89 em Janeiro 20, 2019, 08:40:39 pm
Contenda sobre as Ilhas Curilas impede a paz entre Rússia e Japão



Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Lusitano89 em Janeiro 26, 2019, 06:02:21 pm
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: LM em Fevereiro 26, 2019, 10:18:56 am
Índia faz ataque aéreo no Paquistão. Tensão sobe na região (https://observador.pt/2019/02/26/india-levou-a-cabo-ataques-aereos-no-paquistao-tensao-sobe-na-regiao/)

26/2/2019
A Índia diz que bombardeou uma base jihadista no Paquistão. Fala em 350 mortos. O Paquistão diz que foi"agressão" e avisa o Exército e população para estarem "prontos para desenvolvimentos".

Os ataques aéreos terão sido feitos por 12 aviões Mirage 2000 da frota da Força Aérea Indiana.

A Índia fez ataques aéreos no Paquistão na madrugada desta terça-feira, 26 de fevereiro. A informação de uma ofensiva no Paquistão, que começou por ser avançada por agências de notícias locais, foi confirmada pelo governo indiano, apesar de este numa fase inicialmente não ter dado detalhes sobre a operação. Mas horas depois revelou que o ataque se dera numa base terrorista em Balakot, numa província do Paquistão chamada Khyber Pakhtunkhwa.

Por sua vez, um porta-voz do exército paquistanês confirmou que foram utilizados meios aéreos indianos no ataque, aponta a Bloomberg. Mas rejeitou a reivindicação da Índia de que o ataque tivesse como alvo uma base de um grupo terrorista, numa declaração enviada pelo gabinete do primeiro-ministro do País, Imran Khan. Os responsáveis políticos do país garantem que vão levar “media locais e estrangeiros à ‘zona de impacto'” para o provar e que o Paquistão vai responder “no tempo e local que quiser”. O Governo terá ainda dito ao exército e às pessoas para “estarem preparados para possíveis desenvolvimentos” e agendou uma reunião da Autoridade Nacional de Comando do Paquistão para 27 de fevereiro.
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Lusitan em Fevereiro 27, 2019, 10:24:49 am
https://www.bbc.com/news/live/world-asia-47383889

As coisas escalaram cá duma maneira....

Pakistan-India: Pakistan 'shoots down two Indian jets' over Kashmir

Pakistan says it has shot down two Indian Air Force jets in a major escalation of the Kashmir conflict.

A spokesman said one plane had fallen in Pakistani territory and two pilots had been captured. Pakistan also denied reports one of its jets was shot down.

India has confirmed the loss of an MiG21 fighter and said a pilot was missing. It said it was investigating reports of his capture.

Both India and Pakistan claim all of Kashmir, but control only parts of it.

The nuclear powers have fought three wars since independence from Britain in 1947. All but one were over Kashmir.

The aerial attacks across the Line of Control (LoC) dividing Indian and Pakistani territory are the first since a war in 1971.

They follow a militant attack in Kashmir which killed 40 Indian troops - the deadliest to take place during a three-decade insurgency against Indian rule in Kashmir. A Pakistan-based group said it carried out the attack.

The BBC's Soutik Biswas, in Delhi, says the challenge for India and Pakistan now is to contain the latest escalation before things get completely out of control.

https://www.bbc.com/news/world-asia-47383634
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Lusitano89 em Fevereiro 28, 2019, 11:47:52 am
Troca de tiros entre Índia e Paquistão


Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Lusitano89 em Fevereiro 28, 2019, 08:03:41 pm
Paquistão vai libertar piloto indiano


Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Lusitano89 em Março 01, 2019, 05:28:57 pm
Paquistão devolve piloto capturado à Índia


Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Lynx em Março 04, 2019, 12:31:34 pm
Sic Noticias e Nuno Rogeiro no programa Leste Oeste desta semana mostram um video do suposto ataque indiano, mas que na realidade é de um jogo de video  :mrgreen:

Video da sic noticias a partir do minuto 13 -> https://sicnoticias.pt/programas/leste-oeste/2019-03-03-Leste-Oeste-com-Nuno-Rogeiro
Imagens do jogo
Fake News
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: mafets em Janeiro 09, 2020, 11:33:46 am
https://www.cavok.com.br/blog/indonesia-implanta-f-16s-e-navios-de-guerra-para-impedir-intrusao-chinesa-em-sua-zee/?fbclid=IwAR2ki_LYY2eV4ORqU8DM-JoTzROiJrhjybT9JdpbdC7yAKs4rbHqpAMe2is (https://www.cavok.com.br/blog/indonesia-implanta-f-16s-e-navios-de-guerra-para-impedir-intrusao-chinesa-em-sua-zee/?fbclid=IwAR2ki_LYY2eV4ORqU8DM-JoTzROiJrhjybT9JdpbdC7yAKs4rbHqpAMe2is)


Citar
A Indonésia tomou uma posição para proteger sua Zona Econômica Exclusiva (ZEE) contra invasões chinesas, enviando quatro caças F-16 e seis navios de guerra para o Mar da China Meridional.


(https://external.flis5-1.fna.fbcdn.net/safe_image.php?d=AQAqSlMoVvRybmgl&w=540&h=282&url=https%3A%2F%2Fi0.wp.com%2Fwww.cavok.com.br%2Fblog%2Fwp-content%2Fuploads%2F2020%2F01%2FF-16-tiba-di-lanud-roesmin-nurjadin-2.jpg%3Ffit%3D640%252C427%26ssl%3D1&cfs=1&upscale=1&fallback=news_d_placeholder_publisher&_nc_hash=AQAo_5Du9jxcjMH5)

Saudações

Sic Noticias e Nuno Rogeiro no programa Leste Oeste desta semana mostram um video do suposto ataque indiano, mas que na realidade é de um jogo de video  :mrgreen:

Video da sic noticias a partir do minuto 13 -> https://sicnoticias.pt/programas/leste-oeste/2019-03-03-Leste-Oeste-com-Nuno-Rogeiro
Imagens do jogo
Fake News

P.S. Bem me parecia que o Rogeiro é fã de videojogos. O problema é quando acha que os mesmos são reais... ;)
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Daniel em Junho 16, 2020, 09:47:53 am
confrontos na fronteira com a China
https://www.cmjornal.pt/mundo/detalhe/tres-soldados-indianos-mortos-em-confrontos-na-fronteira-com-a-china?ref=HP_CMaoMinuto
(https://cdn.cmjornal.pt/images/2020-06/img_900x508$2020_06_16_09_17_38_949307.jpg)
Citar
Um oficial e dois soldados indianos foram mortos durante confrontos com militares chineses na fronteira entre a Índia e a China no vale de Galwan, nos Himalaias.

 Um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Zhao Lijian, revelou que as tropas indianas tentaram cruzar a fronteira por duas vezes na segunda-feira. Segundo Zhao Lijian, a Índia tem provocado e atacado "pessoal chinês" nas fronteiras.

Vários altos oficiais de China e Índia estão reunidos na fronteira para tentar amenizar a situação entre os dois países.

O circo vai pegar fogo..
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: sputnick em Junho 16, 2020, 10:08:39 am
"A Coreia do Norte terá feito explodir um escritório com ligação sul-coreana localizado no Parque Industrial Kaesong, perto da fronteira com a Coreia do Sul, avançou a Yonhap, agência de notícias da Coreia do Sul, esta terça-feira."
https://observador.pt/2020/06/16/seul-diz-que-coreia-do-norte-explodiu-escritorio-intercoreano/l (https://observador.pt/2020/06/16/seul-diz-que-coreia-do-norte-explodiu-escritorio-intercoreano/l)
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Claust em Junho 16, 2020, 01:47:02 pm
confrontos na fronteira com a China
https://www.cmjornal.pt/mundo/detalhe/tres-soldados-indianos-mortos-em-confrontos-na-fronteira-com-a-china?ref=HP_CMaoMinuto
(https://cdn.cmjornal.pt/images/2020-06/img_900x508$2020_06_16_09_17_38_949307.jpg)
Citar
Um oficial e dois soldados indianos foram mortos durante confrontos com militares chineses na fronteira entre a Índia e a China no vale de Galwan, nos Himalaias.

 Um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Zhao Lijian, revelou que as tropas indianas tentaram cruzar a fronteira por duas vezes na segunda-feira. Segundo Zhao Lijian, a Índia tem provocado e atacado "pessoal chinês" nas fronteiras.

Vários altos oficiais de China e Índia estão reunidos na fronteira para tentar amenizar a situação entre os dois países.

O circo vai pegar fogo..

Pelos vistos há baixas de ambos os lados. Não se sabe o número de baixas concreto. Os feridos são graves e podem aumentar do lado indiano. Do lado chinês há apenas indicações de baixas e que isto se deveu aos Indianos…

Algumas notas dizem que não foi um conflito armado, mas sim de luta corpo a corpo...
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: Cabeça de Martelo em Agosto 13, 2020, 05:25:22 pm
França reforça presença militar no Mediterrâneo para apoiar Grécia face à Turquia

Macron classifica como “preocupantes” avanços turcos na prospecção de gás natural em águas disputadas entre os dois países.

A França vai aumentar a sua presença militar no Mediterrâneo oriental, anunciou o Presidente Emmanuel Macron, ao mesmo tempo que apelou ao seu homólogo turco, Recep Tayyip Erdogan, para que trave a exploração de gás natural e petróleo em águas disputadas marítimas com a Grécia, uma acção que tem feito aumentar a tensão entre os dois países vizinhos.

“A situação no Mediterrâneo oriental é preocupante. As decisões unilaterais da Turquia sobre a exploração petrolífera estão a provocar tensão. Devem cessar para permitir um diálogo calmo entre países vizinhos e aliados no seio da NATO”, declarou o Presidente francês, que expressou esta ideia em francês e grego no Twitter.

A disputa aprofundou-se esta semana, com a chegada à zona do navio de investigação turco Oruc Reis, com capacidade de investigação sismográfica, e detecção novas fontes de hidrocarbonetos, escoltado por navios de guerra. Ancara adiantou que ficará no local até 23 de Agosto.


A Turquia e a Grécia reclamam a posse de reservas de gás natural no Mediterrâneo há anos, e essas reivindicações foram reavivadas pela tentativa de Chipre, membro da União Europeia, de explorar esse gás, apesar das fortes objecções turcas.

Macron anunciou por isso que vai “temporariamente reforçar” a sua presença militar no Mediterrâneo, em exercícios conjuntos com a Grécia, “para monitorizar a região e demonstrar a sua determinação e garantir o cumprimento da lei internacional.”

Recep Tayyip Erdogan respondeu dizendo ter vontade de dialogar e “negociar” uma solução para a tensão com a Grécia por causa da zona marítima no Mediterrâneo reclamada por Ancara e Atenas. “O caminho para uma solução no Mediterrâneo oriental passa pelo diálogo e a negociação. Não vamos atrás de aventuras desnecessárias nem procuramos tensões”, disse o Presidente turco em declarações transmitidas pela emissora NTV, citadas pela Lusa.

“A Turquia não vai aumentar a tensão no Mediterrâneo. É a Grécia que ignora a Turquia e a República Turca do Chipre do Norte”, declarou Erdogan.

Nesse sentido, Erdogan anunciou que vai estabelecer um contacto telefónico com a chanceler alemã, Angela Merkel, e com o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, sem adiantar mais detalhes. E ignorando Macron.

No mês passado, o Presidente francês apelou a que a UE impusesse sanções contra a Turquia, pelo que classificou como “violações” da soberania grega e cipriota sobre as suas águas territoriais.

No início de Julho, França informou a NATO de que suspenderia a sua participação na operação naval Sea Guardian até a investigação de um incidente marítimo que opôs navios de guerra franceses a turcos no Mediterrâneo Oriental, em Junho. Navios de guerra turcos usaram as suas luzes de radar três vezes contra a fragata francesa Courbet , de acordo com o relato da ministra das Forças Armadas francesa, Florence Parly. A fragata estava a tentar fiscalizar um cargueiro turco, o Cirkin, por suspeitas de tráfico de armas para a Líbia e por desligado as comunicações, sem se identificar ou informar do seu destino final.

As relações entre Paris e Ancara não estão também num bom momento devido à guerra na Líbia, pois apoiam lados opostos no conflito.

https://www.publico.pt/2020/08/13/mundo/noticia/franca-reforca-presenca-militar-mediterraneo-apoiar-grecia-face-turquia-1927990
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: HSMW em Novembro 13, 2020, 12:00:30 am

Attack on Pakistani Military Vehicles by BRAS separatists | October 15th 2020
Título: Re: Conflitos Fronteiriços
Enviado por: HSMW em Fevereiro 22, 2021, 10:05:07 pm
confrontos na fronteira com a China
https://www.cmjornal.pt/mundo/detalhe/tres-soldados-indianos-mortos-em-confrontos-na-fronteira-com-a-china?ref=HP_CMaoMinuto
(https://cdn.cmjornal.pt/images/2020-06/img_900x508$2020_06_16_09_17_38_949307.jpg)
Citar
Um oficial e dois soldados indianos foram mortos durante confrontos com militares chineses na fronteira entre a Índia e a China no vale de Galwan, nos Himalaias.

 Um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Zhao Lijian, revelou que as tropas indianas tentaram cruzar a fronteira por duas vezes na segunda-feira. Segundo Zhao Lijian, a Índia tem provocado e atacado "pessoal chinês" nas fronteiras.

Vários altos oficiais de China e Índia estão reunidos na fronteira para tentar amenizar a situação entre os dois países.

O circo vai pegar fogo..

Pelos vistos há baixas de ambos os lados. Não se sabe o número de baixas concreto. Os feridos são graves e podem aumentar do lado indiano. Do lado chinês há apenas indicações de baixas e que isto se deveu aos Indianos…

Algumas notas dizem que não foi um conflito armado, mas sim de luta corpo a corpo...

Já saiu o vídeo!

:o