ForumDefesa.com

Conflitos => Conflitos do Passado e História Militar => Tópico iniciado por: komet em Janeiro 11, 2004, 06:11:35 pm

Título: Segunda Guerra Mundial e tecnologia capturada...
Enviado por: komet em Janeiro 11, 2004, 06:11:35 pm
Um assunto que eu acho interessante, depois da rendição alemã, muita tencologia, projectos, protótipos e estudos foram parar às mãos dos russos e americanos, sem haver partilha mutua, ou seja, muita tecnologia  para os americanos os russos não chegaram a pôr olhos em cima e vice-versa, pois a guerra fria estava a tomar forma, sabe-se no entanto que os russos não desenvolveram muita dessa tecnologia capturada aos alemães por falta de recursos ou outras razões, e muito desse material certamente permaneceu e permanece secreto e deve estar a enferrujar numa instalação qualquer algures... outra por seu lado foi muito bem aproveitada, basta ver que os caças russos foram muitas vezes superiores aos americanos em várias vertentes.

O exemplo mais conheçido de material capturado aos alemães, é a famosa AK-47 baseada no primeiro fuzil de assalto automático, a Stg.44.
Mesmo chassi que viria a dar nascimento a um dos muitos antepassados da nossa tão querida G3 (criada e desenvoldida pela Heckler&Cock, na alemanha):

O resumo da evolução (corrijam-me se estiver errado)
Stg.44
 (https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fworld.guns.ru%2Fassault%2Fmp44.jpg&hash=067d9608afcd790022ba0d27c7dd1ff5)

Stg.45
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fworld.guns.ru%2Fassault%2Fstg45.jpg&hash=9162cb8d5df8ec4537de49037f7d21b5)

CETME assault rifle 7.92x40mm
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fworld.guns.ru%2Fassault%2Fcetme_792.jpg&hash=cd149e1d55ffd0e4ec3b832cfb3767a1)

CETME assault rifle 7.62x51mm
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fworld.guns.ru%2Fassault%2Fcetme_a.jpg&hash=b9c6dd03c140155534ae6edbdb9772da)

CETME  modelo B
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fworld.guns.ru%2Fassault%2Fcetme_b30.jpg&hash=4db7125010948a30c4f74abf4d6f7f5b)

Uma das primeiras variantes da G3
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fworld.guns.ru%2Fassault%2Fhk_g3.jpg&hash=44cc7d8e11e729f875b7e445a21fa6bd)
Título: Mas há mais
Enviado por: Luso em Janeiro 13, 2004, 11:03:05 pm
Um dos livros mais estranhos cuja existência ssoube através da publicação brasileira "Tecnologia & Defesa"

Man-Made Ufos 1944-1994: 50 Years of Suppression
by Renato Vesco, David Hatcher Childress

Fala de diversos programas de armamento de Hitler, que podem muito bem ser credíveis. O livro é muito, muito aborrecido de se ler porque apresenta documentos e mais documentos e mais documentos para provar diversos pontos. Dá que pensar e não parece ser daqueles textos de "alienados".

Outros são

Living Water: Viktor Schauberger and the Secrets of Natural Energy

Tecnologia... "alternativa" ao serviço do tio Adolfo. Interessante. Mas há mais.
Há o Orgone de Willhelm Reich, personagem que até é do conhecimento da ... Agustina Bessa Luís!
Título: re
Enviado por: Spectral em Janeiro 13, 2004, 11:49:06 pm
Olá a todos.

Para começar a minha participação neste fórum queria aqui só referir neste tópico que :

o Mikhail Kalashinikov jura a pés juntos que não se baseou na Stg44 ( por falar em Kalash, aquela história das sapatilhas com essa marca sempre foi para a frente ? )

realmente houve muita tecnologia que dps da guerra voou para os dois lados da cortina de ferro. Só um exemplo : as asas do f86 Sbre vieram inteirnhas de um estudo da Luftwaffe que tinham chegado à conclusão que aquele era o desenho mais eficiente para aquelas velocidades. E os mísseis V-1 que entraram ao serviço americano só mudando praticamente a designação...

Aliás houve inclusivé um projecto que levou vários cientistas da Alemanha para os EUA, dos quais o masi famoso é claro o Werner von Braun dos foguetões. Era o projecto Paper Clip ( sim apareceu uma vez nos X-Files!  :D )

1 abraço


PS: sou o Espectre do fórum armada
Título:
Enviado por: komet em Janeiro 14, 2004, 01:40:55 am
Deixo as imagens falarem por si :D
(reparem no avanço já na altura...)

Horton Ho-IX, 1945

Esta faz-me lembrar um B-2 :p
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.supercars.net%2Fservlets%2FPW%2FgaragePics%2FPanzer%2F55car0.jpg&hash=08492a50bd9ad6ff84daf1ccccb11d8e)

Em construção...
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.nurflugel.com%2FNurflugel%2FHorten_Nurflugels%2Fho_ix%2Fho_ix_construction_2.jpg&hash=4159e850f5e16197bb628a5a4674b226)

Restos mortais...

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.nurflugel.com%2FNurflugel%2FImg0041.jpg&hash=f14a3896cfdb4072cc96d8af2af53ffa)

Outros protótipos bizarros:

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.nurflugel.com%2FNurflugel%2FHorten_Nurflugels%2Fho_x__xiii_b_%2Fho_x_model_2.jpg&hash=925a8089c67235a82ad8b54070a931e3)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.nurflugel.com%2FNurflugel%2FHorten_Nurflugels%2Fho_x__xiii_b_%2Fho_x_model_1.jpg&hash=d99147f6d45c3508cea4f6b4e6be2181)

PS: Perdoem-me o tamanho das fotos.
Título: Horton Ho-IX
Enviado por: TazMonster em Janeiro 17, 2004, 06:36:26 pm
E já agora, sabiam que este avião foi talvez o primeiro avião "stealh". O principal material de que era feito o seu revestimento era madeira.
Título:
Enviado por: me163 em Janeiro 21, 2004, 04:30:05 pm
O facto do Horten IX ser quase exclusivamente de madeira não faz dele o primeor avião "stealth", visto que tanto o De Havilland Mosquito, como o TA-154, o anti-mosquito, tb eram feitos de madeira, e sim, estiveram operacionais , e sim, era dificil detectá-los.

Esta questão da paperclip é tramada, mas é sempre assim, aos vencedores, os despojos.

E toda a gente e particularmente os americanos tinham muito a aprender com a tecnologia alemã.

Sim, as asas do F-86 só apareceram depois de estudos efectuados sobre o me-262, e o próprio x-5 só foi feito depois de algum trabalho efectuado sobre o monoreactor capturado da messerschmitt, que concorreu directamente com o Ta-183 para ser o caça monoreactor da luftwaffe em 1946, se a guerra tivesse chegado lá.

Aliás, se procurarem no google por TA-183 poderão compará-lo ao famoso Mig-15, que foi feito com base nele, visto que o projecto Ta-183 foi quase todo apanhado pelos Russos.
Graças a Deus que o Kurt Tank conseguiu fugir para a Argentina onde desenvolveu o primeiro caça a jacto argentino, o Pulki, com base nos trabalhos efectuados sobre o Ta-183.

Os foguetões V2 e não V1, como foi dito mais cima, forma realmente os percursores do programa de misseis e missões espaciais norte-americanas.

Tal como foram aproveitados muitos "estudos médicos" nazis efectuados sobre prisioneiros. Destaco o estudo efectuado sobre o comportamento do ser humano quando sujeito a perdas de pressão, de forma a valiar como seriam concebidos os aviões pressurizados.

Do lado Russo, que me recorde, eles pegaram no submarino Type XXI, aliás, eles completaram cerca de 40 destes submarinos, mas este design veio dar origem ao Romeo, se bem me recordo.

Do lado dos MBT's, tanto americanos como ingleses tiraram enorme partido dos designs germânicos, já que os tanques e blindados ingleses e americanos eram de muito inferior qualidade. Só mesmo no final da guerra,os T-29 Pershing se mostraram à altura de Tiger e Panthers, mas eram tão poucos que não tiveram tempo para nada.

Outro dos aproveitanços mais desconhecidos, terá sido o que os americanos aprenderam a estudar os bunkers fabrica dos alemães.

Mesmo a ideia de equipar os aviões com canhões do tipo Gatling não é originária dos USA.

Como devem saber, os canhões de 30mm do Me262 eram extremamente compactos, mas as munições eram muito lentas, pelo tiveram de desenhar, projectar e testar um canhão multicano eléctrico, muito similar ao Vulcan actual, e com um elevado ROF.

Enfim... são as vicissitudes da guerra.


cumprimentos,

me163
Título:
Enviado por: komet em Janeiro 21, 2004, 06:47:22 pm
Tambem os M4 Sherman Firefly (canhão 76mm) eram bastante eficazes frente a um Tiger, conseguindo penetrar a armadura frontal a cerca de 1750m, e o Tiger conseguindo penetrar este último a 1800m, dada a mobilidade do Tiger, esses 50m não seriam grande vantagem. Para não falar que no final da guerra, como se já não bastasse a minima quantidade de Tigers ao serviço, tambem os recursos pa abastecimento de tropas estavam enfraquecidas, já para não falar na vulnerabilidade a que as tropas terrestres, tanques e artilharia estavam expostos dado que a Luftwaffe já estava longe de ter superioridade aérea sob o campo de batalha.

Ainda hoje quando olho para algumas versões mais antigas do Leopard me lembro do Tiger :D , o que é bom não se muda.

Vi num sitio qualquer um canhão alemão que era guiado por magnetismo, era montado num bombardeiro e quando passava a baixa altitude por tanques o canhão apontava e era só disparar. Já não me lembro é onde vi isso, se alguem tivesse mais info agradecia.
Título:
Enviado por: Ricardo Nunes em Janeiro 21, 2004, 07:18:01 pm
Me163,

Penso que aquilo que o TazMonster queria dizer era que o Horten era furtivo não por ser feito de madeira, mas sim pelo seu desenho, certamente inovador para época.

O Horten foi de facto o 1ª avião furtivo visto que não era detectado a distâncias médias pelos radares da altura, que, como sabem eram bastante primitivos ( mesmo no fim da guerra - período de actuação do Horten ).

Claro que hoje em dia, o Horten seria tudo menos furtivo.  :wink:
Título: Komet!
Enviado por: Luso em Janeiro 21, 2004, 10:14:07 pm
O avião que utilizava o sistema de armas que mencionou era o Henschel Hs 129B: o A-10 da altura.
Título:
Enviado por: komet em Janeiro 22, 2004, 01:34:06 pm
Mais algumas armas interessantes, mais uma vez demasiado avançadas para época:

Um dos muitos misseis Terra-Ar que foram sendo desenvolvidos ao longo da guerra:
Citar
The Wasserfall SAM was developed at Peenemüde, and was based on experience with the A-4, also known as V-2. It was smaller, but of similar shape and also powered by liquid fuels. The operator used input from radars tracking both the target and the missile to steer it, using a radio command link. A proximity fuse would ignite the 235kg warhead. The program was cancelled in February 1945, when it was close to the production stage.

Misseis Ar-Ar
Citar
Henschel Hs 298
This was the world's first AAM, but it never entered production. It had the shape of a small aircraft. Like other German missiles, it used radio command guidance, although a wire-guided version was also developed. It was planned to fit a proximity fuse for the 25kg warhead. Over 300 were fired in tests. Range was about 9km.

Missil anti-tanque
Citar
Pinsel
This anti-tank missile used electro-optical guidance.

O mesmo sistema usado pelo Su-25.

O tal canhão que falei:
Citar
Rheinmetall SG 113
The SG 113 was a simple recoilless 77mm gun. Each barrel contained a charge, a projectile and a counterweight. It fired downwards and slighty rearwards. The aircraft had to fly very low over enemy tanks; the SG 113 would fire automatically when the metal mass triggered a magnetic sensor. The SG 113 was found effective during tests, but it could not be used in woods, cities, or rugged terrain: There the carrying aircraft could not fly low enough.
Título:
Enviado por: komet em Janeiro 23, 2004, 10:03:10 am
RUHRSTAHL/KRAMER X-4, missil Ar-Ar controlado via rádio pelo próprio piloto:

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.luft46.com%2Fmissile%2Fx4-15.jpg&hash=7be37d33590e8ee440aaa779e4cc292f)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.luft46.com%2Fmissile%2Fx4-14.jpg&hash=da08d1757a3201dfde0ee1e7a1f35d33)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.luft46.com%2Fmissile%2Fx4-9.jpg&hash=1550837af24564c9ea151f8bd15d200c)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.luft46.com%2Fmissile%2Fx4-1.gif&hash=1f8080daed28ef53ba03d71a09900d93)

O site tem imensas blueprints de projectos alemães, incluindo fotos, modelos, e concept art, checkem: http://www.luft46.com/
Título: Boa!
Enviado por: Luso em Janeiro 23, 2004, 08:49:21 pm
Ó Komet, essa página é espetacular! Já andava à procura de algo assim há muito tempo! Obrigado.
Título:
Enviado por: Ricardo Nunes em Janeiro 23, 2004, 09:01:40 pm
Komet!

Excelente!  :D
Título:
Enviado por: komet em Janeiro 23, 2004, 10:05:16 pm
Hey, sp às ordens :)

Mais um site muito bom dedicado à Luftwaffe, em português
http://www.luftwaffe39-45.cjb.net/ (http://www.luftwaffe39-45.cjb.net/)
Na secção links podem encontrar dezenas de outros sites cada um com coisas mais porreiras ainda lol.
Título:
Enviado por: Ricardo Nunes em Janeiro 24, 2004, 11:42:08 am
Estive a dar uma olhadela muito mais atenta à página que o komet aqui apresentou ( Luft 46 ) e está mesmo impecável.

Aconselho vivamente.  :wink:
Título: Discos voadores nazis
Enviado por: Luso em Janeiro 24, 2004, 12:16:35 pm
http://www.naziufos.com/ (http://www.naziufos.com/)

Lógicamente há que considerar este assunto com um grãozinho de sal (ou vários). Em todo o caso, há documentação tanto alemã como aliada do pód-guerra que atesta para a existência de tecnologia alternativa que me parece credível. Alias, e a este propósito, vi um video de um grupo científico amador francês que demonstra uma estrutura muito leve que levita graças a electromagnetismo. Não me surpreenderia que o conceito de anti-gravidade já estivesse bem desenvolvido e mesmo em operação.

Mas cuidado: há mesmo malucos que dizem que os nazis ainda tem bases na Antartida e que nos últimos meses da guerra chegaram mesmo a ir... a MARTE ( :rir: ) com os seus discos.

Ainda a respeito disto, creio que o nosso Reiner Daenhardt tem um livro que fala mesmo de escalas feitas pelos submarinos alemães nos Açores até a essa base antartica. Ainda não o li, mas o assunto dava um bom filme de aventuras.
Título:
Enviado por: Spectral em Janeiro 24, 2004, 03:07:14 pm
A União Soviética e os EUA tiveram os seus modelos de discos voadores que voavam ( pelo menso alguns metros  :D  :D  :D

Excelentes sites Komet !!
Título:
Enviado por: komet em Janeiro 24, 2004, 03:20:21 pm
Tenho algures imagens dos documentos mandados pelos aliados a Salazar, a falar qualquer coisa sobre U-boats estacionados nos Açores (de que também tenho uma foto)...  Também é sabido de um desembarque aliado de bastantes tropas na Antártida (cerca de 6500 homens [americanos, soviéticos e britânicos], dois porta-avioes, dois barcos-cisterna, duas fragatas, um submarino, entre outros navios de apoio) conheçida como a Guerra dos Pinguins, resultou em cerca de 1500 baixas entre os soldados, e a operaçao teve essa designação porque os EUA nunca chegaram a explicar a razão de tantas perdas (só havia lá pinguins). Também todos os aviões de reconheçimento que sobrevoavam a zona eram abatidos.
Mais tarde em 1958 foram detectadas na África do Sul duas explosões nucleares uma à superficie e outra subterrânea, deixo à vossa imaginação (um ataque americano?).

Quanto aos UFOs, alguns protótipos de aviões como ja devem ter reparado tinham um aspecto bastante bizarro, e outros preenchiam de facto e por completo o conceito que hoje temos de disco voador extraterrestre, mas na minha opinião, devido ao fim da guerra e falta de tecnologia, nunca passariam do papel. Mas se um dia descobrirem um num bunker abandonado, serei o primeiro a dar pulos de alegria.  :lol:
Título:
Enviado por: Ricardo Nunes em Janeiro 24, 2004, 06:32:32 pm
Komet,

As explosões nucleares na África do Sul foram mesmo efectuados pelos militares deste país com o apoio isrealita.
Aliás, a Mossad estava altamente envolvida nesse projecto.

Esse tema é abordado no livro que apresentei no outro tópico ( Os espiões de Gedeão ). Contudo após essas explosões não existe conhecimento de mais nenhuma. O que não quer dizer que a África do Sul não se tenha tornado uma potência nuclear na altura.
Afinal, nem os isrealitas detonaram um engenho e todos sabemos que eles têm essa capacidade militar.  

A África do Sul e o seu programa nuclear é realmente um tema bastante interessante e que me fascina. Se alguém possuir qualquer tipo de informação eu ficaria bastante grato.
Título:
Enviado por: Spectral em Janeiro 24, 2004, 11:24:20 pm
Pois Ricardo. Mas o projecto nuclear israelita em 1958 mal tinha cabado de começar ( deu há uns tmepos um documentário muito bom, já não sei se na SICN ou no canal História sobre esse tema).SE não estiver em erro arrancou por volta da crise do Suez, em 1956, sob a orientaçao do Shimon Peres e ajuda da França.

Quanto à famosa expedição à Antarctida, recomendo a seguinte página

http://ovni.do.sapo.pt/principal/antartica/antarctida_pt.htm

que pertence à maior página portuguesa de OVNIs e que tais ( sim o homem que fez isto tem sérios problemas mentais  :D  :D
Título:
Enviado por: Ricardo Nunes em Janeiro 24, 2004, 11:27:43 pm
Pois, quanto às datas das explosões na África do Sul tenho de confirmar, não sei se serão as apresentadas.

Vou pesquisar um pouco...  :)
Título:
Enviado por: komet em Janeiro 24, 2004, 11:37:23 pm
Spectral, era exactamente esse site que andava à procura :D
Thanks