Os 30 F16A/B MLU da FAP

  • 2653 Respostas
  • 405397 Visualizações
*

Get_It

  • Investigador
  • *****
  • 1909
  • Recebeu: 298 vez(es)
  • Enviou: 454 vez(es)
  • +23/-28
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #2565 em: Julho 26, 2021, 09:28:43 pm »
Não quero ser má lingua pois não sei as diferenças, mas o FOST para os navios portugueses passou a chamar-se POST, repito que não sei as diferenças, mas é curioso terem uma avaliação específica para navios portugueses...
http://salvador-nautico.blogspot.com/2019/05/ost-fost-post.html?m=1
Os holandeses também têm o NOST. No DR os louvores para pessoal que fizeram parte do planeamento do OST em si faz menção ao POST. A designação pode ser devido a passar a incluir uma boa parte de pessoal da MGP na organização do exercício, mas não sei em concreto.

Citação de: Inovar para Transformar a Defesa
A submissão das fragatas Vasco da Gama ao BOST (Basic Operational Sea Training - actualmente apenas OST, e para o caso nacional POST (Portuguese Operational Sea Training) em Inglaterra produziu frutos, resultantes da confrontação das guarnições dos navios (e da Marinha em geral) com métodos de treino e avaliação (T&A) até então desconhecidos.
 
O impacto inicial deste treino, não poderia levar a conclusões mais evidentes: o treino nacional dos nossos navios não era objectivo (dirigido especificamente para os padrões de prontidão operacionais), não era sufi­cientemente exigente, não cobria áreas fundamentais da exploração do navio (como a organização geral e a segurança para navegar) nem dispunha de uma componente fundamental para a evolução dos desempenhos: a avaliação.
 
A Marinha soube reconhecer as lacunas do treino nacional e, através das equipas de ligação ao FOST, foi importando e adaptando muitos dos conceitos básicos que eram essenciais para ultrapassar com sucesso as exigentes avaliações a que os navios eram sujeitos.


Cumprimentos,
« Última modificação: Julho 26, 2021, 09:33:12 pm por Get_It »
:snip: :snip: :Tanque:
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lightning

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 7370
  • Recebeu: 739 vez(es)
  • Enviou: 267 vez(es)
  • +813/-9
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #2566 em: Julho 27, 2021, 11:14:50 am »

Citação de: Inovar para Transformar a Defesa
A submissão das fragatas Vasco da Gama ao BOST (Basic Operational Sea Training
 

O que mais há para ai é BOSTa  :Ups:  :mrgreen:
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 7370
  • Recebeu: 739 vez(es)
  • Enviou: 267 vez(es)
  • +813/-9
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #2567 em: Agosto 10, 2021, 11:34:46 am »
Despacho n.º 7816/2021 169354269
Defesa Nacional - Gabinete do Ministro
Delegação de competências no Chefe do Estado-Maior da Força Aérea - F-16 MLU - Modernização do Operational Flight Program (OFP)

https://dre.pt/web/guest/home/-/dre/169354269/details/maximized?serie=II&parte_filter=31&dreId=169354251
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 3709
  • Recebeu: 2801 vez(es)
  • Enviou: 1689 vez(es)
  • +3774/-1799
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #2568 em: Agosto 11, 2021, 03:37:25 pm »
Despacho n.º 7816/2021 169354269
Defesa Nacional - Gabinete do Ministro
Delegação de competências no Chefe do Estado-Maior da Força Aérea - F-16 MLU - Modernização do Operational Flight Program (OFP)

https://dre.pt/web/guest/home/-/dre/169354269/details/maximized?serie=II&parte_filter=31&dreId=169354251

É relativo à OFP S2.
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"I'll miss the sea, but a person needs new experiences. They jar something deep inside, allowing him to grow. Without change something sleeps inside us, and seldom awakens. The sleeper must awaken."
Duke Leto Atreides (Dune, Frank Herbert)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: tenente

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 1804
  • Recebeu: 270 vez(es)
  • Enviou: 232 vez(es)
  • +104/-163
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #2569 em: Agosto 11, 2021, 10:38:32 pm »
Despacho n.º 7816/2021 169354269
Defesa Nacional - Gabinete do Ministro
Delegação de competências no Chefe do Estado-Maior da Força Aérea - F-16 MLU - Modernização do Operational Flight Program (OFP)

https://dre.pt/web/guest/home/-/dre/169354269/details/maximized?serie=II&parte_filter=31&dreId=169354251

É relativo à OFP S2.

Pena é que com software não dá para saber quantos meios vão ser atualizados, vamos ter de esperar pelos RWR. :-P
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 5243
  • Recebeu: 1618 vez(es)
  • Enviou: 406 vez(es)
  • +337/-243
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #2570 em: Agosto 18, 2021, 05:38:01 pm »
Sobrevoaram agora na Margem Sul 2 F-16 a escoltar um C-130.

Os F-16 faziam tanto barulho que não se ouvia sequer o C-130.  :mrgreen:
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 3709
  • Recebeu: 2801 vez(es)
  • Enviou: 1689 vez(es)
  • +3774/-1799
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #2571 em: Agosto 19, 2021, 12:00:07 pm »
Sobrevoaram agora na Margem Sul 2 F-16 a escoltar um C-130.

Os F-16 faziam tanto barulho que não se ouvia sequer o C-130.  :mrgreen:

A propósito, conseguiste perceber se o Hércules era curto ou longo? É que os voos de teste finais dos dois H-30, que supostamente estarão no término da sua modernização na OGMA, estavam agendados para começar em breve.
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"I'll miss the sea, but a person needs new experiences. They jar something deep inside, allowing him to grow. Without change something sleeps inside us, and seldom awakens. The sleeper must awaken."
Duke Leto Atreides (Dune, Frank Herbert)
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 5243
  • Recebeu: 1618 vez(es)
  • Enviou: 406 vez(es)
  • +337/-243
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #2572 em: Agosto 19, 2021, 12:29:24 pm »
Não, só consegui ver a traseira das aeronaves.  :)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 1804
  • Recebeu: 270 vez(es)
  • Enviou: 232 vez(es)
  • +104/-163
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #2573 em: Agosto 19, 2021, 11:33:47 pm »
Citar
GA-ASI Avenger with Lockheed Martin Legion Pod autonomously follows target aircraft

General Atomics Aeronautical Systems Inc (GA-ASI), on 2 July for the first time, used its Avenger unmanned aerial vehicle (UAV) equipped with a Lockheed Martin Legion Pod modular infrared search-and-track (IRST) system to autonomously track and follow targets of interest.



During this industry-funded, 1.4 hour-long demonstration, the Legion Pod's IRST21 system detected multiple fast-moving aircraft and fed target tracking information to the Avenger's autonomy engine, according to a company statement. GA-ASI spokepersonMark Brinkley , said on 17 August that the relative speed between the Avenger and tracked aircraft varied depending on their respective velocities and aspect angles between them. The Legion Pod, he said, was able to track a variety of high-speed jet and low-speed aircraft across a range of low-to-high relative velocities.

The autonomy prioritised the targets informing the Avenger's manoeuvres for target engagement. The Avenger, Brinkley said, determined the probable location of the track and manoeuvred to maintain custody of that track until a different track was selected.

At that point, the jet-propelled Avenger changed course to maintain custody of the newly selected track. Brinkley said the IRST21 detected a variety of tracks that were prioritised based on the detection and tracking algorithms that are part of the IRST21 system.

Aqui está um Pod que era uma boa adição aos nossos F-16.
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 5243
  • Recebeu: 1618 vez(es)
  • Enviou: 406 vez(es)
  • +337/-243
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #2574 em: Agosto 20, 2021, 10:19:13 am »
E já agora alguns UAVs iguais ao que o Legion está acoplado.  :mrgreen:
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 3709
  • Recebeu: 2801 vez(es)
  • Enviou: 1689 vez(es)
  • +3774/-1799
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #2575 em: Agosto 20, 2021, 10:37:28 am »
Citar
GA-ASI Avenger with Lockheed Martin Legion Pod autonomously follows target aircraft

General Atomics Aeronautical Systems Inc (GA-ASI), on 2 July for the first time, used its Avenger unmanned aerial vehicle (UAV) equipped with a Lockheed Martin Legion Pod modular infrared search-and-track (IRST) system to autonomously track and follow targets of interest.



During this industry-funded, 1.4 hour-long demonstration, the Legion Pod's IRST21 system detected multiple fast-moving aircraft and fed target tracking information to the Avenger's autonomy engine, according to a company statement. GA-ASI spokepersonMark Brinkley , said on 17 August that the relative speed between the Avenger and tracked aircraft varied depending on their respective velocities and aspect angles between them. The Legion Pod, he said, was able to track a variety of high-speed jet and low-speed aircraft across a range of low-to-high relative velocities.

The autonomy prioritised the targets informing the Avenger's manoeuvres for target engagement. The Avenger, Brinkley said, determined the probable location of the track and manoeuvred to maintain custody of that track until a different track was selected.

At that point, the jet-propelled Avenger changed course to maintain custody of the newly selected track. Brinkley said the IRST21 detected a variety of tracks that were prioritised based on the detection and tracking algorithms that are part of the IRST21 system.

Aqui está um Pod que era uma boa adição aos nossos F-16.

Seria concerteza. O problema está na configuração das estações do queixo (5L e 5R), visto que o Legion tem sido visto sempre à direita (5R), e até agora a LM não conseguiu responder se a 5L poderia, ou poderá, montar o Sniper ou Litening TGP sem grandes problemas, tal como aconteceu com o AN/ASQ-213 HTS. Enquanto a LM, junto dos fabricantes dos pods, não esclarecer isso, levar um pod IRST em detrimento de um TGP terá óbvias consequências na diminuição da capacidade operacional do aparelho.

Não é por nada que muitos, entre os quais a FAP, usam o Litening ou Sniper neste momento como um "IRST dos pobres", e bom seria o Legion (ou outro) pudesse ter todas as capacidades num só dispositivo. Ainda seremos surpreendidos um dia destes pelos israelitas. ;)

« Última modificação: Agosto 20, 2021, 11:29:37 am por Charlie Jaguar »
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"I'll miss the sea, but a person needs new experiences. They jar something deep inside, allowing him to grow. Without change something sleeps inside us, and seldom awakens. The sleeper must awaken."
Duke Leto Atreides (Dune, Frank Herbert)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: typhonman, NVF

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 5243
  • Recebeu: 1618 vez(es)
  • Enviou: 406 vez(es)
  • +337/-243
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #2576 em: Agosto 20, 2021, 02:18:19 pm »
O melhor que vos arranjo é isto:
https://www.lockheedmartin.com/en-us/news/features/2020/lockheed-martin-unveils-upgraded-sensor-suite-for-new-production-f-16.html

Seja como for, não creio que fosse o fim do mundo usar o pod que mais se adequasse à missão. Para superioridade aérea é claramente o Legion, para tudo o resto o Litening/Sniper. Já agora, creio que os Litening são apenas 12, certo? Logo nunca darão para todos os F-16 de qualquer das formas. Numa missão em que se vislumbre várias ameaças, é possível equipar parte das aeronaves com o Legion.
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 3709
  • Recebeu: 2801 vez(es)
  • Enviou: 1689 vez(es)
  • +3774/-1799
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #2577 em: Agosto 20, 2021, 03:01:18 pm »
Seja como for, não creio que fosse o fim do mundo usar o pod que mais se adequasse à missão. Para superioridade aérea é claramente o Legion, para tudo o resto o Litening/Sniper. Já agora, creio que os Litening são apenas 12, certo? Logo nunca darão para todos os F-16 de qualquer das formas. Numa missão em que se vislumbre várias ameaças, é possível equipar parte das aeronaves com o Legion.

Num conceito COMAO, em que tenhas dentro de uma mesma formação secções para ar-solo e ar-ar, claro que sim. Até porque o IRST é (e como já era desde o século passado) quase exclusivamente para combate aéreo.

No início deste mês, um F-15C de testes conseguiu abater um drone com um AIM-120 recorrendo apenas ao Legion e ao radar AESA em modo passivo, tendo no ano passado conseguido a mesma proeza mas desta feita com um AIM-9X. Além do óbvio, ou seja, a não emissão de radiações, este sistemas aperfeiçoados colocam em cheque as capacidades furtivas dos caças de nova geração, e por isso não é de estranhar que a USAF, por exemplo, queira dotar as suas frotas de F-15 e F-16 com o Legion (no F-22 continua a ser uma incógnita) o mais rapidamente possível.

Contudo, e apesar disso, os novos dispositivos IRST não são o Santo Graal:  https://www.businessinsider.com/irst-cant-stop-f-22-f-35-2016-8
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"I'll miss the sea, but a person needs new experiences. They jar something deep inside, allowing him to grow. Without change something sleeps inside us, and seldom awakens. The sleeper must awaken."
Duke Leto Atreides (Dune, Frank Herbert)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF, tenente

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 3709
  • Recebeu: 2801 vez(es)
  • Enviou: 1689 vez(es)
  • +3774/-1799
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #2578 em: Agosto 20, 2021, 03:32:31 pm »
Por Monte Real continuam os preparativos para a partida da próxima rotação do BAP, que decorrerá de 1 de Setembro a 30 de Novembro.



Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"I'll miss the sea, but a person needs new experiences. They jar something deep inside, allowing him to grow. Without change something sleeps inside us, and seldom awakens. The sleeper must awaken."
Duke Leto Atreides (Dune, Frank Herbert)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: tenente

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 1804
  • Recebeu: 270 vez(es)
  • Enviou: 232 vez(es)
  • +104/-163
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #2579 em: Agosto 21, 2021, 12:55:04 am »
Seja como for, não creio que fosse o fim do mundo usar o pod que mais se adequasse à missão. Para superioridade aérea é claramente o Legion, para tudo o resto o Litening/Sniper. Já agora, creio que os Litening são apenas 12, certo? Logo nunca darão para todos os F-16 de qualquer das formas. Numa missão em que se vislumbre várias ameaças, é possível equipar parte das aeronaves com o Legion.

Num conceito COMAO, em que tenhas dentro de uma mesma formação secções para ar-solo e ar-ar, claro que sim. Até porque o IRST é (e como já era desde o século passado) quase exclusivamente para combate aéreo.

No início deste mês, um F-15C de testes conseguiu abater um drone com um AIM-120 recorrendo apenas ao Legion e ao radar AESA em modo passivo, tendo no ano passado conseguido a mesma proeza mas desta feita com um AIM-9X. Além do óbvio, ou seja, a não emissão de radiações, este sistemas aperfeiçoados colocam em cheque as capacidades furtivas dos caças de nova geração, e por isso não é de estranhar que a USAF, por exemplo, queira dotar as suas frotas de F-15 e F-16 com o Legion (no F-22 continua a ser uma incógnita) o mais rapidamente possível.

Contudo, e apesar disso, os novos dispositivos IRST não são o Santo Graal:  https://www.businessinsider.com/irst-cant-stop-f-22-f-35-2016-8

O legion pod pode ser uma boa solução para a defesa aérea entre 2025 e 2030(chegada do caça 5ª geração).
O mais curioso do Legion pod é que a LM diz que existe espaço e energia para colocar outros sistemas, mas que sistemas seriam esses?