Actividade Operacional/Exercícios

  • 285 Respostas
  • 29494 Visualizações
*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5889
  • Recebeu: 655 vez(es)
  • Enviou: 400 vez(es)
  • +6347/-5387
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #165 em: Novembro 15, 2020, 10:17:16 pm »
Citar
Rosário do Sul (RS) - O 3º Grupo de Artilharia de Campanha Autopropulsado - Regimento Mallet,
participou no período de 03 a 06 de novembro, no Campo de Instrução Barão de São Borja (Saicã), da Operação Punhos de Aço de responsabilidade da 6ª Bda Inf Bld. No contexto de uma Defesa Móvel, apoiou o contra-ataque e executou diversas missões, com destaque para o tiro em tempo restrito. Do recebimento da missão, realização da pontaria e desencadear do fogo, as VBCOAP M109A5+BR cumpriram a missão em aproximadamente 4 minutos. A atividade teve por finalidade adestrar o Grupo para as ações durante uma Operação Defensiva.






 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5889
  • Recebeu: 655 vez(es)
  • Enviou: 400 vez(es)
  • +6347/-5387
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #166 em: Novembro 15, 2020, 10:41:51 pm »
Operação Arandu – A chegada das tropas argentinas e o início da ação


Citar
Chegou ontem, dia 14 de novembro, ao 22° Grupo de Artilharia de Campanha Autopropulsado (22º GAC AP), em Uruguaiana (RS), o contingente do Exército Argentino que participará do Exercício Combinado Operação Arandu, que iniciou ontem e durará até o dia 20 de novembro, no Campo de Instrução Barão de São Borja (CIBSB), Saicã, em Rosário do Sul (RS).

Os militares argentinos ingressaram no Brasil pela fronteira oeste do Rio Grande do Sul, na divisa entre Paso de Los Libres e Uruguaiana, passando a integrar o efetivo de 2.300 militares dos dois países, que participam do exercício militar combinado.


No dia de hoje (15), iniciou-se as atividades conjuntas e com um evento histórico: o primeiro salto paraquedista combinado entre operadores especiais brasileiros e argentinos, no CIBSB, lançados a partir de um C-105A Amazonas da Força Aérea Brasileira (FAB).

Também hoje já iniciaram as ações com ação das tropas mecanizadas, com a participação de argentinos e brasileiros fazendo uso de VBTP-MSR 6×6 Guarani, e outros equipamentos veículos, da 2ª Brigada de Cavalaria mecanizada (2ª Bda C Mec).

 :arrow:  https://tecnodefesa.com.br/operacao-arandu-a-chegada-das-tropas-argentinas-e-o-inicio-da-acao/






 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5889
  • Recebeu: 655 vez(es)
  • Enviou: 400 vez(es)
  • +6347/-5387
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #167 em: Novembro 16, 2020, 10:35:02 pm »
Sistema Astros presente na operação Arandu (Saicã)


Citar
Rosário do Sul/RS. Após deslocamento entre o centro do País (Formosa/GO) e Saicã, o material Astros, pertencente ao 16º Grupo de Mísseis e Foguetes, se prepara para participar da operação Arandu, exercício combinado entre os exércitos do Brasil e da Argentina.
A mobilidade terrestre desse material garante empregá-lo em qualquer parte do Brasil. É um material de grande poder dissuasório e de valor estratégico nacional.
Na operação Arandu serão empregadas 6 viaturas (Vtr) ASTROS, assim distribuídas:
- 2 Vtr LMU (Lançadoras Múltipla Universal);
- 1 Vtr PCC (Posto de Comando e Controle);
- 1 Vtr UCF (Unidade Controladora de Fogo);
- 1 Vtr MET (Meteorológica); e
- 1 Vtr RMD (Remuniciadora).





« Última modificação: Novembro 17, 2020, 04:56:15 pm por Vitor Santos »
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5889
  • Recebeu: 655 vez(es)
  • Enviou: 400 vez(es)
  • +6347/-5387
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #168 em: Novembro 16, 2020, 10:39:28 pm »
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5889
  • Recebeu: 655 vez(es)
  • Enviou: 400 vez(es)
  • +6347/-5387
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #169 em: Novembro 16, 2020, 10:41:19 pm »
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5889
  • Recebeu: 655 vez(es)
  • Enviou: 400 vez(es)
  • +6347/-5387
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #170 em: Novembro 16, 2020, 10:53:41 pm »
Atuação das Unidades da 8ª Brigada de Infantaria Motorizada na Operação Vitória


Citar
Bagé (RS) – Entre os dias 5 e 10 de novembro, o  19º  e o 9º Batalhões de Infantaria Motorizado foram responsáveis por compor o dispositivo defensivo planejado pela 8ª Brigada de Infantaria Motorizada (8ª Bda Inf Mtz), nas ações da Operação Vitória. Os Batalhões desdobraram no terreno duas subunidades de fuzileiros, com a finalidade de deter o avanço da tropa oponente, em uma missão típica da arma de Infantaria.

O 8º Esquadrão de Cavalaria Mecanizado realizou a ocupação de um posto avançado de combate, com a finalidade de proporcionar o alerta oportuno do avanço da tropa oponente, missão típica da arma de Cavalaria. Já o 18º Batalhão de Infantaria Motorizado integrou a tropa em reserva, desdobrando no terreno duas subunidades de fuzileiros, com a finalidade de realizar contra-ataques para restabelecer o dispositivo defensivo, em caso de ataques bem sucedidos da tropa oponente, em toda a zona de ação da Brigada. O 8º Batalhão Logístico, por sua vez, montou uma Base Logística de Brigada, para apoiar a tropa, nas diversas funções logísticas, tais como manutenção, suprimentos e saúde.

O 6º Grupo de Artilharia de Campanha apresentou no exercício uma bateria de artilharia, capaz de apoiar pelo fogo toda a frente ocupada pelas unidades em contato com o inimigo, com a função de desorganizar e desgastar o adversário em seu avanço, facilitando as ações de defesa.

As ações desempenhadas pelas unidades no exercício serviram para concluir o adestramento alcançado no ano de 2020.

Fonte: 8ª Bda Inf Mtz










 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5889
  • Recebeu: 655 vez(es)
  • Enviou: 400 vez(es)
  • +6347/-5387
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #171 em: Novembro 17, 2020, 05:22:38 pm »
Operação Culminating – Finalizada a preparação para o exercício nos EUA


Citar
De 3 a 14 de novembro, o Comando de Operações Terrestres (COTER), o Centro de Adestramento – Leste (CA-Leste) e a Brigada de Infantaria Pára-quedista (Bda inf Pqdt) estiveram na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), para a preparação do tiro real de fração nível subunidade (SU), o Live Fire. O Home Station Training é o coroamento da etapa final de adestramento da SU Culminating, oriunda da Bda Inf Pqdt, e representa mais um passo no processo de certificação do adestramento da tropa que o Exército Brasileiro deu início em 2020. Cerca de 450 homens foram empregados no exercício, inédito no Brasil, sendo 170 militares da SU Culminating.

Em 2017, o Exército Brasileiro deu início ao Plano Conjunto de Atividades junto ao Exército Norte-Americano, denominado Operação Culminating. O principal objetivo é o aprimoramento da tropa, ao mesmo tempo em que o tiro real de fração no nível subunidade permite a aplicação de todos os armamentos orgânicos de uma SU em combate.

Durante os últimos 4 dias do ciclo de 2 semanas de preparo, a SU participou da emissão de ordens pela direção do exercício. Já no contexto geral da manobra, houve a execução do treinamento no terreno, com o tiro em seco e a utilização dos Dispositivos de Simulação de Engajamento Tático (DSET). No penúltimo dia, a tropa progrediu com a execução do tiro de festim.

Em 14 de novembro, realizou o Live Fire. Cerca de 25 mil tiros foram disparados e a progressão da tropa foi realizada com êxito. Ressalta-se a importância do planejamento técnico e da atuação dos observadores e controladores de adestramento (OCAs) do CA-Leste no exercício. Os OCAS progridem no terreno com a tropa, ao mesmo tempo em que atuam para a segurança dos homens, com o devido controle do armamento individual e coletivo.


Para além do Home Station Training, o major Tibério, Chefe da Divisão de Adestramento do CA-Leste, ressalta os avanços do Centro. “O CA-Leste teve início em 1996, como o primeiro núcleo de material de simulação do EB. Hoje, contamos com dois centros, Leste e Sul. Na América Latina, somos um dos únicos com a capacidade de fazer o adestramento final da tropa no nível batalhão”.

A experiência adquirida nos dias de adestramento da tropa fará parte das páginas do documento de Instruções Reguladoras de Tiro com o Armamento do Exército (IRTAEx) e da história da doutrina militar brasileira. “O EB quer implementar essas novas metodologias para o tiro. É um nível em que são incorporadas novas práticas de progressão estratégica da tropa e a utilização de armamentos em nível subunidade”, afirma o tenente-coronel Franzoni, Adjunto D3/ Estado-Maior da Culminating e responsável pelo treinamento.


O exercício foi dividido em 5 fases. Na 1ª e 2ª, a SU participou do assalto aeroterrestre e cumpriu as missões de conquista e manutenção de cabeça de ponte aérea. Na 3ª e 4ª fases, foram praticadas a infiltração aeromóvel e a ocupação e estabilização da área urbana de São José do Barreiro, interior de São Paulo. Na 5º fase, realizou-se o Live Fire.

Uma integração estratégica que representa um grande ganho para o Exército em termos de combate ofensivo e defensivo, segundo afirma o capitão Falcão, Comandante da Companhia. “Ao longo de 2 anos de preparo da tropa nos 7 exercícios Arroio, a tropa se mostrou coesa e comprometida com o sucesso da operação. Desenvolvemos táticas, técnicas e procedimentos e reforçamos a liderança, tão importante no meio militar”.

O exercício bilateral será realizado de 18 de janeiro a 21 de fevereiro de 2021, no Joint Readiness Training Center, em Fort Polk. Desta vez, a Subunidade Culminating será enquadrada pelas tropas aeroterrestres daquele país.

Uma associação importante e histórica, que possibilitou o estabelecimento de novos parâmetros, o avanço da simulação do Exército Brasileiro e a integração de todas as funções de combate dentro dos exercícios já executados, além do aprimoramento das forças de prontidão.


O Chefe do Preparo da Força Terrestre, general de divisão Affonso da Costa, acompanhou a atividade e salientou, com o devido reconhecimento, o grande ganho de adestramento com a execução de todas as funções de uma companhia, além do aspecto humano. “A realização e conclusão deste exercício evolui o nosso preparo e é também marcante, pois finaliza o adestramento dessa SU do Comando Militar do Leste. Entretanto, o mais importante é o lado psicológico, pois em um exercício como este, de alta intensidade, os militares podem exercer a liderança e estimular o espírito de corpo da tropa. A sua vida depende da vida do companheiro”, finalizou o general.

Fonte: AMAN

Fotos: cap Edvaldo e cb Estevam









 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5889
  • Recebeu: 655 vez(es)
  • Enviou: 400 vez(es)
  • +6347/-5387
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #172 em: Novembro 19, 2020, 12:56:27 pm »
2º Regimento de Cavalaria Mecanizado – 2º RC Mec na Operação ARANDU


Citar
Rosário do Sul/RS. No período de 10 a 17 de novembro, o 2º Regimento de Cavalaria Mecanizado (2° RC Mec) participou da Operação ARANDU, realizada no Campo de Instrução Barão de São Borja - SAICÃ.

Durante o Exercício, que é realizado a cada três anos com a participação dos Exércitos do Brasil e da Argentina, o 2° RC Mec realizou transposição de curso de água utilizando quatro Viaturas Blindadas de Transporte de Pessoal GUARANI, demonstrando a possibilidade de emprego do veículo diante de rios obstáculo.

Ocorreu também o desdobramento de um Pelotão de Cavalaria Mecanizado como parte da apresentação aos militares em presença.




 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5889
  • Recebeu: 655 vez(es)
  • Enviou: 400 vez(es)
  • +6347/-5387
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #173 em: Novembro 19, 2020, 12:57:55 pm »
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5889
  • Recebeu: 655 vez(es)
  • Enviou: 400 vez(es)
  • +6347/-5387
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #174 em: Novembro 19, 2020, 12:59:18 pm »
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5889
  • Recebeu: 655 vez(es)
  • Enviou: 400 vez(es)
  • +6347/-5387
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #175 em: Novembro 19, 2020, 01:02:37 pm »
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5889
  • Recebeu: 655 vez(es)
  • Enviou: 400 vez(es)
  • +6347/-5387
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #176 em: Novembro 20, 2020, 07:45:14 pm »
Citar
No cenário de operações do exercício combinado ARANDU, entre o Exército Brasileiro e o Exército Argentino, o 3º Pelotão de Cavalaria Pára-quedista atuou junto a Força Tarefa Santos Dumont (26° BI Pqdt), mobiliando uma linha de vigilância e ocupando um Posto Avançado de Combate, em condições de fornecer o alerta oportuno da aproximação do inimigo e de debilitá-lo de forma considerável.

Por fim, executou a junção com o 5º RCMec! Durante o exercício houve valorosas trocas de conhecimento e estreitamento de laços com militares das tropas paraquedistas do Exército Argentino e Brasileiro!









 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5889
  • Recebeu: 655 vez(es)
  • Enviou: 400 vez(es)
  • +6347/-5387
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #177 em: Novembro 21, 2020, 12:26:40 am »
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5889
  • Recebeu: 655 vez(es)
  • Enviou: 400 vez(es)
  • +6347/-5387
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #178 em: Novembro 21, 2020, 12:29:07 am »
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5889
  • Recebeu: 655 vez(es)
  • Enviou: 400 vez(es)
  • +6347/-5387
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #179 em: Novembro 24, 2020, 01:36:17 pm »
5ªBda C Bld recebe 1ª visita de inspeção do Subcomandante do COTER


Citar
A a 5ªBda C Bld recebeu a visita do Subcomandante de Operações Terrestres (COTER), o General André Luis Novaes Miranda. O comandante da 5 ª Divisão de Exército, General José Russo Assumpção Penteado, e o Gen Novaes acompanharam uma palestra do Comandante da 5ªBda C Bld, General Sergio Manoel Martins Pereira Junior. A palestra abrangeu as capacidades da 5ªBda C Bld e suas missões para o ano de 2021 – com ênfase na preparação de sua força de prontidão (FORPRON).

Além do Comando da 5ªBda C Bld, o Gen Novaes visitou o 13º Batalhão de Infantaria Blindado (13ºBIB) e o 3º Regimento de Carros de Combate (3ºRCC), OM sediadas na guarnição de Ponta Grossa. No 13ºBIB, o Gen Novaes assistiu uma apresentação da 1ªCia de Fuzileiros Blindada, tropa componente e certificada da FORPRON/5ªBda C Blda. Já o 3ºRCC preparou uma apresentação dos meios blindados e logísticos de uma Força Tarefa (FT) RCC.

Para o Gen Novaes a 5ªBda C Bld é de grande importância operacional no cenário nacional do Exército Brasileiro, por ser uma das seis Brigadas estratégicas para o COTER. “Essa Brigada é aquela que decidirá o combate. Esse ano ela teve um pioneirismo na certificação da FORPRON e para os próximos anos visualizamos que o preparo e capacitação dela só tende a melhorar”, enfatizou o subcomandante do COTER.

 :arrow:  http://www.5de.eb.mil.br/index.php/ultimas-noticias/404-5-bda-c-bld-recebe-1-visita-de-inspecao-do-subcomandante-do-coter