VBTP-MR 6×6 GUARANI

  • 73 Respostas
  • 6324 Visualizações
*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5579
  • Recebeu: 573 vez(es)
  • Enviou: 381 vez(es)
  • +4406/-3516
Re: VBTP-MR 6×6 GUARANI
« Responder #60 em: Fevereiro 19, 2021, 05:55:32 pm »
Iveco Defence Vehicles é vencedora da licitação para o fornecimento de peças de reposição da viatura Guarani


Citar
A Iveco Defence Vehicles conquistou licitação no valor de R$ 115 milhões, em concorrência contra outras quatro empresas, para o fornecimento de componentes para a manutenção e reparo das viaturas Guarani VBTP-MR 6×6, que serão utilizadas em diferentes Organizações Militares do Exército Brasileiro. O processo de aquisição foi realizado pelo EB a fim de manter os veículos blindados em perfeitas condições operacionais.

A Iveco Defence Vehicles na América do Sul obteve sucesso na última década com a produção local do Guarani contribuindo significativamente para o fortalecimento da Base de Defesa Industrial no Brasil, essencial para a melhoria da capacidade operacional das Forças Terrestres.


Este resultado reafirma a dedicação da marca no atendimento ao cliente, destacando também a eficiência e qualidade da equipe brasileira na execução do Suporte Logístico Integrado (SLI), exigido pelo EB para todos os Guaranis e que abrange os primeiros três anos a partir da entrega do veículo. Mais de 470 unidades já foram entregues ao EB, com quase metade da frota ainda dentro do SLI.

Com o cumprimento dos compromissos do SLI, a Iveco Defence Vehicles mantém uma disponibilidade da frota acima dos requisitos do contrato.

 :arrow:  https://www.defesaaereanaval.com.br/defesa/iveco-defence-vehicles-e-vencedora-da-licitacao-para-o-fornecimento-de-pecas-de-reposicao-da-viatura-guarani
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5579
  • Recebeu: 573 vez(es)
  • Enviou: 381 vez(es)
  • +4406/-3516
Re: VBTP-MR 6×6 GUARANI
« Responder #61 em: Março 10, 2021, 01:50:21 pm »
Novas soluções de blindagem


Citar
A ALLTEC Materiais Compostos do Brasil e a Rafael Advanced Defense Systems, de Israel, assinaram um Memorando de Entendimento (MdE) para cooperação em soluções suplementares de blindagem passiva, manutenção e suporte durante o ciclo de vida.

Com base nesse MdE, as empresas irão cooperar em projetos e oportunidades de negócios, para oferecerem soluções suplementares de blindagem passiva de Nível STANAG 4 e superior,  para o Ministério da Defesa e forças auxiliares, com o objetivo de transferir tecnologia, com o  máximo de conteúdos industriais locais e facilitar a comercialização e vendas compartilhadas.

As soluções de blindagem reativa explosiva (ERA) e passiva suplementar da Rafael são utilizadas há mais de 30 anos nas Forças de Defesa Israelense, Estados Unidos e países da OTAN, unidades de manutenção da paz e outros clientes por todo mundo, com eficácia demonstrada contra uma grande variedade de ameaças, tais como armas anticarro (“rocket-propelled grenade – RPG”), munições de Infantaria com projeteis perfurante (“armour piercing – AP”), estilhaços de Artilharia, morteiros e artefatos explosivos improvisados (IED).

A “Armor Shield P”, por exemplo, oferece uma proteção de blindagem suplementar robusta, capaz de absorver a energia cinética dos projeteis, prevenindo sua ruptura e perfuração. Essa blindagem leve pode ser instalada ou removida rapidamente, de acordo com as necessidades da missão.

A ALLTEC é líder em tecnologia de fabricação de blindagem suplementar, em qualquer formato e espessura, e sua larga experiência e conhecimento neste segmento a permitiu fazer uso dessa experiência para aperfeiçoar o nível de proteção balística exigido pelo Exército Brasileiro (EB) nos veículos blindados de transporte de tropas (VBTP) 6X6 Guarani, sendo designada para o desenvolvimento de um novo kit de proteção balística adicional (suplementar), para esse blindado.

A adjudicação desse projeto inclui as fases de investigação tecnológica, produção, testes de campo, processo de certificação oficial, montagem final e pintura nos escudos de blindagem. Este desafio inovador resultou na aquisição de profundo conhecimento e domínio da tecnologia em blindagem cerâmica, que a qualificou como a principal fornecedora do EB para esses componentes.

 :arrow:  https://tecnodefesa.com.br/novas-solucoes-de-blindagem/
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5579
  • Recebeu: 573 vez(es)
  • Enviou: 381 vez(es)
  • +4406/-3516
Re: VBTP-MR 6×6 GUARANI
« Responder #62 em: Abril 04, 2021, 06:00:54 pm »
36° Batalhão de Infantaria Mecanizado







« Última modificação: Abril 04, 2021, 06:05:23 pm por Vitor Santos »
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5579
  • Recebeu: 573 vez(es)
  • Enviou: 381 vez(es)
  • +4406/-3516
Re: VBTP-MR 6×6 GUARANI
« Responder #63 em: Maio 07, 2021, 02:43:13 am »
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5579
  • Recebeu: 573 vez(es)
  • Enviou: 381 vez(es)
  • +4406/-3516
Re: VBTP-MR 6×6 GUARANI
« Responder #64 em: Maio 12, 2021, 06:33:11 pm »
Exército capacita comandantes de viaturas blindadas


Citar
Cascavel (PR) – No período de 15 de março a 7 de maio, o 33º Batalhão de Infantaria Mecanizado (33º BI Mec) do Exército conduziu, por meio da sua Seção de Instrução de Blindados, o Estágio de Comandante de Viatura Blindada de Transporte de Pessoal (VBTP) 6x6 Guarani. Os estagiários participaram de instruções sobre a mecânica dos sistemas da VBTP, comando e comunicações, além de conhecimentos relativos as táticas, técnicas e procedimentos da infantaria mecanizada.

Destacaram-se, dentro das atividades desenvolvidas, as condutas diurna e noturna, as pistas de desenvolvimento de habilidades, o embarque e o desembarque rodoviário, o tiro com o sistema de armas remotamente controlado (SARC) e o reparo de armas automatizado (REMAX).

O estágio tem como objetivos desenvolver conhecimentos e habilidades técnicas indispensáveis ao manuseio de materiais bélicos e à operação dos equipamentos militares, além de desenvolver o espírito da infantaria mecanizada nos novos integrantes do batalhão.

Durante as atividades foram cumpridos todos os procedimentos de segurança de prevenção à covid-19.

Fonte: 33º Batalhão de Infantaria Mecanizado





 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5579
  • Recebeu: 573 vez(es)
  • Enviou: 381 vez(es)
  • +4406/-3516
Re: VBTP-MR 6×6 GUARANI
« Responder #65 em: Maio 18, 2021, 08:10:00 pm »
Exercício de Tiro do Estágio de Atirador de REMAX 2021


Citar
Rio de Janeiro (RJ) – No dia 14 de maio, o 1° Batalhão de Infantaria Mecanizado - Escola (1° BI Mec - Es) –  Regimento Sampaio – realizou o Exercício Final de Tiro do Estágio de Atirador de REMAX 2021, no Campo de Instrução de Gericinó.

Foram utilizadas seis Viaturas Blindadas de Transporte de Pessoal (VBTP) 6x6 Guarani. Os tiros foram realizados às distâncias de 100 (cem), 500 (quinhentos) e 800 (oitocentos) metros, com os carros parados e em movimento.

Ao final do exercício, os 18 (dezoito) estagiários receberam o certificado de conclusão do Estágio de Atirador de REMAX 2021, realizado no período de 3 a 14 de maio de 2021.

O exercício contou com a presença do Comandante do 1° Batalhão de Infantaria Mecanizado (Escola), Coronel Rodrigo Tramontini Fernandes.

Fonte: 1° BI Mec - Es

 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 17059
  • Recebeu: 1732 vez(es)
  • Enviou: 1616 vez(es)
  • +283/-680
Re: VBTP-MR 6×6 GUARANI
« Responder #66 em: Maio 19, 2021, 10:50:10 am »
36° Batalhão de Infantaria Mecanizado





Ele não parece estar a adornar. Esta viatura tem o kit de flutuação?
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5579
  • Recebeu: 573 vez(es)
  • Enviou: 381 vez(es)
  • +4406/-3516
Re: VBTP-MR 6×6 GUARANI
« Responder #67 em: Maio 19, 2021, 01:40:48 pm »
Citar
Ele não parece estar a adornar. Esta viatura tem o kit de flutuação?

Afirmativo! 

Para a transposição de cursos d’água (rios, lagos, etc), o Guarani pode sim receber um kit de flutuabilidade, de campo de rápida instalação, afixado ao chassis do veículo (inclusive a viatura pode estar armada com o canhão de 30 mm UT30BR).

Como o motor do Guarani fica disposto a frente no chassis, deslocado a direita, o carro quando navegando, sem emprego de kit de flutuabilidade, apresenta uma tendência de inclinar-se para a direita, o que reduz a velocidade do deslocamento.

Para corrigir essa tendência e dar maior condição de navegabilidade ao Guarani armado com a UT30BR, faz-se necessário o emprego do kit de flutuação específico dessa versão, afixado ao chassis do blindado, nas laterais do mesmo.

Sem a necessidade de ferramentas especiais e, aproveitando pontos de fixação previamente existentes no chassis do 6×6, é possível instalar o kit de flutuação em menos de 15 minutos, permitindo assim uma rápida transposição de obstáculos pela infantaria mecanizada e cavalaria.

Esse kit de flutuabilidade foi testado pela primeira vez (com sucesso), dentro do processo de experimentação doutrinária da Infantaria Mecanizada colocado em prática pela 15ª Brigada de Infantaria Mecanizada, Brigada Guarani, em novembro de 2017.




 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Cabeça de Martelo

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5579
  • Recebeu: 573 vez(es)
  • Enviou: 381 vez(es)
  • +4406/-3516
Re: VBTP-MR 6×6 GUARANI
« Responder #68 em: Maio 19, 2021, 01:43:42 pm »
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5579
  • Recebeu: 573 vez(es)
  • Enviou: 381 vez(es)
  • +4406/-3516
Re: VBTP-MR 6×6 GUARANI
« Responder #69 em: Maio 26, 2021, 11:12:30 pm »
Guarani enviado à Argentina


Citar
Por Paulo Roberto Bastos Jr

O Exército Brasileiro (EB) cedeu, por empréstimo de 30 dias, uma viatura blindada de transporte de pessoal – média sobre rodas (VBTP-MSR) 6X6 Guarani para o Exército Argentino (EA) avaliá-la para o programa VCBR (“Vehículo de Combate Blindado a Rueda”). Toda a negociação para esta missão foi feita entre a empresa Iveco Defence Vehicles e o EA, sem qualquer custo para o EB.

A viatura selecionada pertence ao 5º Regimento de Cavalaria Mecanizado (5º RC Mec), da cidade de Quaraí (RS), matricula EB51356 (S/N 366), e está equipada com um sistema de armas remotamente controlado (SARC) REMAX (S/N LP112).

O veículo enviado passou por seu processo de manutenção

No dia 13 de maio, a viatura foi transportada pelo 22º Grupo de Artilharia de Campanha Autopropulsado (22º GAC AP) para a base de apoio logístico da Iveco existente no 8º Regimento de Cavalaria Mecanizado (8º RC Mec), em Uruguaiana (RS), e hoje, dia 25, as 8:00hs, foi levada até a divisa com a Argentina, na Aduana de Uruguaiana / Paso de los Libres, e transferida para um transporte do EA, para ser conduzida até o “Campo de Mayo”, na Província de Buenos Aires.

A ideia inicial é apresentar o carro oficialmente na cerimônia comemorativa ao dia do Exército, em 29 de maio mas devido aos problemas causados pela pandemia do Covid-19, esses planos devem ser alterados. A avaliação está prevista para ocorrer no “Campo de Mayo” e no campo de provas do Regimento de Infantaria Mecanizada 3 General Belgrano (RIMec 3), em Bahia Blanca.




Durantes os testes, uma guarnição do 5º RC Mec, composta por um capitão, dois sargentos mecânicos (especialistas na viatura e no SARC) e um cabo motorista, acompanharão a viatura, mas a equipe brasileira também contará com um capitão-engenheiro da Comissão de Absorção de Conhecimentos e de Transferência de Tecnologia na Iveco (CACTTIV), pertencente à Diretoria de Fabricação (DF) do EB, e técnicos das empresas Iveco  e Ares Aeroespacial e Defesa, para prestar suporte técnico.

O programa VCBR visa adquirir uma quantidade de blindados sobre rodas e atender a compromissos assumidos na criação da Força de Paz Binacional Cruz del Sur, com o Chile. O Guarani é um dos candidatos mas, ao contrário do divulgado, ainda não há uma data para sua definição.

Essa é a segunda vez que o Guarani é enviado para testes na Argentina. Na primeira, em 2012, foi enviado um exemplar de pré-serie com torre manual Platt (imagem: Roberto Arias Malatesta)

 :arrow:  https://tecnodefesa.com.br/guarani-enviado-a-argentina/
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5579
  • Recebeu: 573 vez(es)
  • Enviou: 381 vez(es)
  • +4406/-3516
Re: VBTP-MR 6×6 GUARANI
« Responder #70 em: Maio 28, 2021, 03:36:50 pm »
Estágio promove transposição de curso d'água com viatura Guarani


Citar
Quaraí (RS) – No dia 25 de maio, a Seção de Instrução de Blindados do 5º Regimento de Cavalaria Mecanizado realizou a atividade de navegação da viatura Guarani, transpondo, com os estagiários a bordo, as águas da barragem do Campo de Instrução de Quaraí.

A atividade deu continuidade às instruções do Estágio de Qualificação Operacional de Comandante e Treinamento Específico de Motorista da Viatura Blindada de Transporte de Pessoal - Média Sobre Rodas (VBTP-MSR) 6x6 Guarani. O exercício contou com o apoio de segurança provido por bote e pessoal da 2ª Companhia de Engenharia de Combate Mecanizada.

 :arrow:  Fonte: 5° RC Mec








 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5579
  • Recebeu: 573 vez(es)
  • Enviou: 381 vez(es)
  • +4406/-3516
Re: VBTP-MR 6×6 GUARANI
« Responder #71 em: Maio 28, 2021, 03:44:48 pm »
Mais Guarani em serviço


Citar
Em 26 de maio, dia em que o Exército Brasileiro comemorou o centenário da adoção de blindados ao receber os Renault FT-17, os primeiros blindados utilizados por uma força militar na América Latina, o Comando Militar do Sudeste (CMSE) também incorporou viaturas blindadas de transporte de pessoal – média sobre rodas (VBTP-MSR) 6X6 Guarani.

Dois exemplares foram entregues ao 28º Batalhão de Infantaria Leve (28º BIL), Batalhão Henrique Dias, de Campinas (SP), unidade especializada em operações urbanas, tanto em situações de segurança pública, quanto de guerra, dentro do Programa Estratégico do Exército (Prg EE) Guarani. Essas viaturas serão utilizadas nessas funções, em uma unidade que sempre se notabilizou pelo emprego de blindados.

O 28º BIL volta as suas origens com a incorporação das VBTP Guarani (Imagens: 2º B Log L)

Criado em 6 de outubro de 1942, em Recife (PE), com a designação de 1º Batalhão de Carros de Combate Leve (1º BCCL) e dotado de carros de combate M3/M3A1 Stuart, estabeleceu-se em Campinas em fevereiro de 1947. Em 11 de novembro de 1971 foi transformado em 28º Batalhão de Infantaria Blindado (28º BIB), já com os M113 e, posteriormente, em 1º de março de 2005, teve a sua designação mudada para a atual e perdeu os blindados.

O 2º Batalhão Logístico Leve (2º B Log L), Batalhão Cidade de Campinas, irá garantir  o apoio de manutenção e resgate as viaturas do 28º BIL, e, futuramente, de toda a 11ª Brigada de Infantaria Leve (11º Bda Inf L), a Brigada Anhanguera, por meio do sistema “on the job training”, adquirindo conhecimento da Iveco Defence Vehicles, que montou uma oficina de suporte logístico Integrado no aquartelamento.



Oficina de suporte logistico da Iveco sendo montada

/
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5579
  • Recebeu: 573 vez(es)
  • Enviou: 381 vez(es)
  • +4406/-3516
Re: VBTP-MR 6×6 GUARANI
« Responder #72 em: Maio 30, 2021, 12:54:11 am »
El Guaraní ya se encuentra en instalaciones del Ejército Argentino


Citar
En el día de hoy se difundió una imagen del vehículo Guarani que se encuentra siendo analizado por el Ejército Argentino en el marco de su programa VCBR.

Según el medio colega Tecnología & Defesa, el vehículo arribó ayer, viernes 28 de mayo, al complejo edilicio del Batallón de Arsenales del Ejército Argentino.

El mismo, fue presentado en el Batallón de Arsenales 601 «Esteban de Luca» (B Ars 601) en la localidad de Boulogne Sur Mer y permanecerá un tiempo para avanzar en el análisis tanto del vehículo como de su torre SARC REMAX.

El vehículo llego a la Argentina dentro de un proceso de promoción de Iveco Defense Vehicles dentro del programa VCBR. El Guarani compite actualmente contra el VN-1, el Stryker M-1126 y el BTR-80/82 para conformar el núcleo de las fuerzas de combate blindadas a ruedas dentro del Ejército Argentino.

 :arrow:  https://www.zona-militar.com/2021/05/29/el-guarani-ya-se-encuentra-en-instalaciones-del-ejercito-argentino/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=el-guarani-ya-se-encuentra-en-instalaciones-del-ejercito-argentino
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5579
  • Recebeu: 573 vez(es)
  • Enviou: 381 vez(es)
  • +4406/-3516
Re: VBTP-MR 6×6 GUARANI
« Responder #73 em: Junho 11, 2021, 12:30:00 am »
Arsenal de Guerra do Rio desenvolve manutenção dos SARC UT30BR


Citar
Rio de Janeiro (RJ) – Ao longo do mês de maio, a Divisão Industrial do Arsenal de Guerra do Rio executou inspeção, diagnóstico e manutenção das unidades eletrônicas de potência (Power Eletronic Unit - PEU) dos sistemas de armas remotamente controlados (SARC) UT30BR da viatura blindada de transporte de pessoal média sobre rodas (VBTP-MR) 6 x 6 Guarani. A medida permitiu a manutenção dos sistemas.

A atividade foi conduzida em parceria institucional com os técnicos da empresa Ares Aeroespacial e Defesa, que atuou na análise e manutenção do módulo. A missão, capitaneada pelo Arsenal de Guerra do Rio, contribui para o aumento de capacidade operacional das inúmeras organizações militares do Exército Brasileiro dotadas dos SARC UT30BR, um dos mais sofisticados sistemas de armas da Força Terrestre. Todas as atividades seguiram os protocolos de prevenção à covid-19.






 :arrow: https://www.defesabrasilnoticias.com/2021/06/arsenal-de-guerra-do-rio-desenvolve.html