Notícias da FAP

  • 1044 Respostas
  • 275956 Visualizações
*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 14855
  • Recebeu: 3801 vez(es)
  • Enviou: 4185 vez(es)
  • +3116/-6729
Re: Notícias da FAP
« Responder #1035 em: Janeiro 14, 2023, 12:37:46 pm »
Em 2050, a FA vai voar de balão, para não poluir.... :mrgreen:
Wooke mode on !

Maior escumalha que a humanidade já conheceu, esses malditos coninhas de sabão. Atirados ao mar com um peso de 50kg ao pescoço era pouco
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 10047
  • Recebeu: 1901 vez(es)
  • Enviou: 2475 vez(es)
  • +419/-413
Re: Notícias da FAP
« Responder #1036 em: Janeiro 14, 2023, 04:52:30 pm »
Em 2050 vamos ter o primeiro jacto eléctrico  :mrgreen:
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 17736
  • Recebeu: 2106 vez(es)
  • Enviou: 1737 vez(es)
  • +547/-2079
Re: Notícias da FAP
« Responder #1037 em: Janeiro 27, 2023, 03:46:21 pm »
Em 2050, a FA vai voar de balão, para não poluir.... :mrgreen:
Wooke mode on !

Motores de fusão...só paramos em Marte.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 14855
  • Recebeu: 3801 vez(es)
  • Enviou: 4185 vez(es)
  • +3116/-6729
Re: Notícias da FAP
« Responder #1038 em: Fevereiro 05, 2023, 02:10:56 pm »
Leiria quer base aérea de Monte Real no estudo de localização do novo aeroporto

A Câmara Municipal de Leiria reclamou junto da Comissão Técnica Independente (CTI) a construção do futuro aeroporto a norte do rio Tejo e a inclusão da Base Aérea de Monte Real no lote de localizações em análise.

“Tendo em conta que Leiria, ao ser contemplada com uma paragem da Alta Velocidade, fica a apenas a 40 minutos de Lisboa (e 50 do Porto), a Base de Monte Real passa a reunir condições para ser encarada numa dupla perspetiva”, justificou o executivo municipal liderado pelo socialista Gonçalo Lopes.

No documento enviado esta quinta-feira à CTI, o executivo municipal defendeu, por um lado, que a região passa a ser “opção de localização do futuro aeroporto, ou, por outro, como base de dimensão regional”.

Uma base, especificou, “especialmente vocacionada para assegurar serviço aeroportuário à região Centro, atualmente a única região do país sem aeroporto, registando uma crescente procura internacional”.

Numa nota de imprensa enviada hoje à agência Lusa, o executivo municipal referiu que “esta posição reforça uma missiva enviada ao primeiro-ministro, António Costa, no dia 07 de outubro de 2022, na sequência da apresentação do Projeto de Alta Velocidade Ferroviária”, que contempla uma paragem em Leiria.

“Acreditamos que, perante este novo contexto, Leiria poderá dar um contributo para a resolução do estrangulamento que Portugal regista neste momento no que diz respeito à capacidade aeroportuária”, defendeu o executivo no documento.

Neste sentido, o município defendeu perante a CTI que Monte Real configura “uma alternativa de implementação em prazo mais curto que as alternativas até agora conhecidas”.

O documento destacou que o presidente da Câmara Municipal de Leiria “tem vindo, de forma insistente, a defender a abertura da Base Aérea de Monte Real ao tráfego civil, uma pretensão antiga de amplo consenso na região”.

Gonçalo Lopes defendeu ainda que “o futuro aeroporto deve localizar-se a norte do rio Tejo”, já que, atualmente, “existe apenas uma infraestrutura aeroportuária internacional a norte” do rio.

“Uma escolha a sul do Tejo deixaria uma imensa região [entre os rios Tejo e Douro] desprovida de um aeroporto que alimente a mais que justa ambição de crescimento, desenvolvimento e abertura ao mundo da população aqui residente”, sublinhou.

O autarca lembrou que “a sul do Tejo, encontram-se 1.980.199 residentes, correspondentes a 19% da população nacional, enquanto a norte residem 7.877.394 pessoas, o que corresponde a 76%” da população.

“Entendo que, perante este cenário, a Base Aérea de Monte Real deve ser considerada como uma solução válida a incluir na avaliação, sendo, na minha ótica, a que melhor defende o interesse nacional”, justificou.

No entender do autarca socialista, “hoje em dia as distâncias não devem ser medidas em quilómetros mas sim em minutos”.
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 2045
  • Recebeu: 1517 vez(es)
  • Enviou: 1039 vez(es)
  • +2302/-1713
Re: Notícias da FAP
« Responder #1039 em: Fevereiro 05, 2023, 06:54:26 pm »
Leiria quer base aérea de Monte Real no estudo de localização do novo aeroporto

A Câmara Municipal de Leiria reclamou junto da Comissão Técnica Independente (CTI) a construção do futuro aeroporto a norte do rio Tejo e a inclusão da Base Aérea de Monte Real no lote de localizações em análise.

“Tendo em conta que Leiria, ao ser contemplada com uma paragem da Alta Velocidade, fica a apenas a 40 minutos de Lisboa (e 50 do Porto), a Base de Monte Real passa a reunir condições para ser encarada numa dupla perspetiva”, justificou o executivo municipal liderado pelo socialista Gonçalo Lopes.

No documento enviado esta quinta-feira à CTI, o executivo municipal defendeu, por um lado, que a região passa a ser “opção de localização do futuro aeroporto, ou, por outro, como base de dimensão regional”.

Uma base, especificou, “especialmente vocacionada para assegurar serviço aeroportuário à região Centro, atualmente a única região do país sem aeroporto, registando uma crescente procura internacional”.

Numa nota de imprensa enviada hoje à agência Lusa, o executivo municipal referiu que “esta posição reforça uma missiva enviada ao primeiro-ministro, António Costa, no dia 07 de outubro de 2022, na sequência da apresentação do Projeto de Alta Velocidade Ferroviária”, que contempla uma paragem em Leiria.

“Acreditamos que, perante este novo contexto, Leiria poderá dar um contributo para a resolução do estrangulamento que Portugal regista neste momento no que diz respeito à capacidade aeroportuária”, defendeu o executivo no documento.

Neste sentido, o município defendeu perante a CTI que Monte Real configura “uma alternativa de implementação em prazo mais curto que as alternativas até agora conhecidas”.

O documento destacou que o presidente da Câmara Municipal de Leiria “tem vindo, de forma insistente, a defender a abertura da Base Aérea de Monte Real ao tráfego civil, uma pretensão antiga de amplo consenso na região”.

Gonçalo Lopes defendeu ainda que “o futuro aeroporto deve localizar-se a norte do rio Tejo”, já que, atualmente, “existe apenas uma infraestrutura aeroportuária internacional a norte” do rio.

“Uma escolha a sul do Tejo deixaria uma imensa região [entre os rios Tejo e Douro] desprovida de um aeroporto que alimente a mais que justa ambição de crescimento, desenvolvimento e abertura ao mundo da população aqui residente”, sublinhou.

O autarca lembrou que “a sul do Tejo, encontram-se 1.980.199 residentes, correspondentes a 19% da população nacional, enquanto a norte residem 7.877.394 pessoas, o que corresponde a 76%” da população.

“Entendo que, perante este cenário, a Base Aérea de Monte Real deve ser considerada como uma solução válida a incluir na avaliação, sendo, na minha ótica, a que melhor defende o interesse nacional”, justificou.

No entender do autarca socialista, “hoje em dia as distâncias não devem ser medidas em quilómetros mas sim em minutos”.


Coisa linda
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 14855
  • Recebeu: 3801 vez(es)
  • Enviou: 4185 vez(es)
  • +3116/-6729
Re: Notícias da FAP
« Responder #1040 em: Fevereiro 05, 2023, 07:00:56 pm »
O sonho molhado da corja Xuxa... Se acabarmos com os F-16, podemos transformar Monte real num lindo aeroporto  ::)

Se não é de propósito parece
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6603
  • Recebeu: 2794 vez(es)
  • Enviou: 585 vez(es)
  • +1502/-545
Re: Notícias da FAP
« Responder #1041 em: Fevereiro 05, 2023, 10:02:36 pm »
Se um aeroporto tão convenientemente colocado, quase equidistante entre Lisboa e o Porto, significasse que haviam menos aeroportos, ainda se aceitava.

O problema é que um aeroporto destes, para substituir 2 aeroportos das duas maiores cidades do país, tinha de ser um mega aeroporto, e muito provavelmente, manteriam um em Lisboa e um no Porto.  ::)

Da maneira que as coisas se estão a pôr, ainda vamos ver a FAP ficar sem F-16, e lá se vai a utilidade de Monte Real por completo. Já nada me surpreendia.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44

*

MATRA

  • Especialista
  • ****
  • 1000
  • Recebeu: 793 vez(es)
  • Enviou: 939 vez(es)
  • +77/-18
Re: Notícias da FAP
« Responder #1042 em: Fevereiro 06, 2023, 05:19:06 pm »
Ora aqui está, tal como Subsea7 já havia dito:


https://twitter.com/ironbirdphotos/status/1622624810416193540

“Hard times create strong men. Strong men create good times. Good times create weak men. And, weak men create hard times.”
G. Michael Hopf, Those Who Remain
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF, Charlie Jaguar, Subsea7

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 14855
  • Recebeu: 3801 vez(es)
  • Enviou: 4185 vez(es)
  • +3116/-6729
Re: Notícias da FAP
« Responder #1043 em: Fevereiro 07, 2023, 06:50:52 am »
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 4626
  • Recebeu: 4309 vez(es)
  • Enviou: 2751 vez(es)
  • +6509/-2499
Re: Notícias da FAP
« Responder #1044 em: Fevereiro 07, 2023, 08:54:50 am »
Ora aqui está, tal como Subsea7 já havia dito:


https://twitter.com/ironbirdphotos/status/1622624810416193540

Que aviões irão para lá?

Em princípio a componente aérea de combate a fogos florestais. Poderá eventualmente incluir os C-130 daqui a alguns anos, algo que dependerá das decisões relativamente ao futuro desta frota e da Base Aérea do Montijo.

E já era mais do que tempo, diga-se de passagem. É uma unidade enorme, bem equipada e com excelente estrutura (muito graças ao investimento da NATO), que provavelmente só não terá passado a Base Aérea há quase 4 décadas atrás porque se decidiu colocar antes os P-3P Orion na BA6, ao contrário de sedear a Esq. 601 em Maceda/Ovar como estava originalmente planeado.
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM, P44, NVF