Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa

  • 5925 Respostas
  • 1410657 Visualizações
*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 20906
  • Recebeu: 3247 vez(es)
  • Enviou: 2369 vez(es)
  • +1601/-3523
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #5700 em: Maio 10, 2023, 10:12:47 am »
Olhando aos desenhos da 3 série quais as diferenças significativas??

Masi musculado?
Tem a  mesma peça principal da 1ª série
Mais equipamentos?
Tem um mastro diferente mas que tem a mais? Até o EO continua a ser do mesmo tipo da 1 série. Com um mastro assim até parecia irem colocar algo como nas BD, em 360º
Tem dois contentores, um para UAV e outro para drone subaquático. Nada que os actuais não levem, pois nada parece diferente no desenho do navio. Qualquer navio civil de investigação tem o mesmo tipo de esquema. Espaço e contentores, que resulta em espaço adaptado e até apertado

No fundo continua a ser o mesmo navio com uma maquilhagem ligeira

Queria ser positivo, mas é difícil

Se o projeto for integralmente o que eles descrevem, então não, serão navios com características algo diferentes.

Já agora completa-se o serviço:

Citar
Novos Projetos

No que respeita ao programa de construção da 2.ª série de NPO, terminou em 13 de agosto a extensão de garantia do NRP Sines, prevendo-se que a do NRP Setúbal venha a terminar em 19 de fevereiro de 2023. Relativamente ao programa da 3.ª série de NPO (NPO3S), foram atualizados os respetivos Requisitos Operacionais (POA 21(A) – 07 de junho de 2022), refletindo as orientações superiores, designadamente no que concerne ao sistema de propulsão (elétrica com propulsores azimutais), ao sistema de defesa própria, ao sistema de lançamento de torpedos e aos equipamentos de Command, Control, Communications, Computers, Intelligence and Survillance (C4IS).




(...) Continua a capacitação de unidades navais com sistemas aéreos não tripulados, tendo sido instalado um sistema deployable num NPO da 1ª série. Em caso de necessidade, pode ser rapidamente desinstalado e instalado a bordo de outra unidade naval com as mesmas características. (...)

https://www.marinha.pt/conteudos_externos/Revista_Armada/PDF/2023/RA_580.pdf
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM, Pescador

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 19214
  • Recebeu: 5971 vez(es)
  • Enviou: 6684 vez(es)
  • +7426/-10050
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 20906
  • Recebeu: 3247 vez(es)
  • Enviou: 2369 vez(es)
  • +1601/-3523
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #5702 em: Maio 10, 2023, 10:37:42 am »
https://www.navalnews.com/event-news/imdex-asia-2023/2023/05/australia-considering-modular-c-dome-for-arafura-opvs/

Módulos do sistema c-dome, módulos do Captas 1, módulos para as mais variadas missões/funções é a melhor maneira de dar aos NPO capacidades que poderão eventualmente a ter, sem tornar os ditos navios numa espécie de Corveta mal amanhada.

Se os Alemães para as suas F126 também vão recorrer a módulos de forma a comprar menos equipamentos, mas dar a capacidade requerida para a missão sem com isso rebentar o orçamento, porque não?!



Citar
Regarding the ASW capabilities of #F126, there will be only two containerised VDS equipment for all four ships (4 vessels will share 2 VDS) which will be accommodated at the flex deck of the stern. The ships also are FFBNW a HMS.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Pescador

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 4810
  • Recebeu: 3137 vez(es)
  • Enviou: 2648 vez(es)
  • +5805/-2941
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #5703 em: Maio 10, 2023, 10:52:10 am »
Assim já muda

Não estava a ver na primeira imagem chegar a isso.

Se vão instalar torpedos julgo que será também um sonar rebocável de profundidade variável e não fixo de casco. Reforça assim a capacidade de ter meios a detectar submarinos e até criar uma dissuasão que agora não existe

Os C Dome parecem interessantes para certas missões onde um ataque com drones, por exemplo, possa ser plausível
« Última modificação: Maio 10, 2023, 11:02:45 am por Pescador »
 

*

Visitante123

  • Especialista
  • ****
  • 1069
  • Recebeu: 352 vez(es)
  • Enviou: 198 vez(es)
  • +56/-142
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #5704 em: Maio 10, 2023, 11:44:57 am »
Sistemas novos na 3ª série dos NPO de acordo com a foto aqui publicada no FD:

1. Radar de aviso combinado
2. E/O de vigilância 360º
3. ADS-B (Automatic Dependent Surveillance - Broadcast)
4. Antena VENT's / UAV (pré-instalação)
5. IFF - Identification friend or Foe
6. Tactical Data Link
7. Mil SAT COM
8. Guerra eletrónica
9. Rede Classificada (SICONF ??)
10. Sistema de comunicações submarinas (Voz e dados)
11. Oficina de VENTs/UAV
12. Reabastecimento de helicópteros
13. Propulsão elétrica até 15 nós
14. Propulsão elétrica cumpre anexo VI Marpol IMO Tier II
15. 4+2 Multifuntional consoles
16. ICCS + Casa da Cifra + 2 consoloas de comunicações
17. 2 consolas de comando VENTs/UAV
18. Sistema de Gestão de Apoio à informação de apoio às operações
19. 2 RWS
20. Pau(??) de carga - 2000kgf
21. Posição de contentor de 20' (sob convés)
22. Grua articulada 2000 kgf
23. Posição 3 e 4 de contentor de 20'
24. Plataforma hidráulica de apoio ao mergulho
25. Plataforma semirígida de borading não cooperativo

Acho que é isso que consigo ver na imagem. Algumas coisas não se conseguem ler muito bem.
« Última modificação: Maio 10, 2023, 02:48:43 pm por Visitante123 »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM, Pescador

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 4810
  • Recebeu: 3137 vez(es)
  • Enviou: 2648 vez(es)
  • +5805/-2941
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #5705 em: Maio 10, 2023, 12:06:16 pm »
Sistemas novos na 3ª série dos NPO de acordo com a foto aqui publicada no FD:

1. Radar de aviso combinado
2. E/O de vigilância 360º
3. ADS-B (Automatic Dependent Surveillance - Broadcast)
4. Antena VENT's / UAV (pré-instalação)
5. IFF - Identification friend or Foe
6. Tactical Data Link
7. Mil SAT COM
8. Guerra eletrónica
9. Rede Classificada (SICONF ???)
10. Sistema de comunicações submarinas (Voz e dados)
11. Oficina de VENTs/UAV
12. Reabastecimento de helicópteros
13. Propulsão elétrica até 15 nós
14. Propulsão elétrica cumpre anexo VI Marpol IMO Tier II
15. 4+2 Multifuntional consoles
16. ICCS + Casa da Cifra + 2 consoloas de comunicações
17. 2 consolas de comando VENTs/UAV
18. Sistema de Gestão de Apoio à informação de apoio às operações
19. 2 RWS
20. Pau(???) de carga - 2000kgf
21. Posição de contentor de 20' (sob convés)
22. Grua articulada 2000 kgf
23. Posição 3 e 4 de contentor de 20'
24. Plataforma hidráulica de apoio ao mergulho
25. Plataforma semirígida de borading não cooperativo

Acho que é isso que consigo ver na imagem. Algumas coisas não se conseguem ler muito bem.

EO, que parece ser rotativo como da 1 série, ter 360º naquela posição não dá. Tinha de estar no topo do mastro. Com uma mastro assim pensei ser algo como na BD que mostra-se os 360º
Também não se vê sonar rebocável ou outro de casco por isso, quanto a torpedos?? Mas  sem duvida era uma boa opção ter um rebocável
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 9144
  • Recebeu: 4457 vez(es)
  • Enviou: 793 vez(es)
  • +5131/-852
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #5706 em: Maio 10, 2023, 01:33:34 pm »
https://www.navalnews.com/event-news/imdex-asia-2023/2023/05/australia-considering-modular-c-dome-for-arafura-opvs/

Módulos do sistema c-dome, módulos do Captas 1, módulos para as mais variadas missões/funções é a melhor maneira de dar aos NPO capacidades que poderão eventualmente a ter, sem tornar os ditos navios numa espécie de Corveta mal amanhada.

Se os Alemães para as suas F126 também vão recorrer a módulos de forma a comprar menos equipamentos, mas dar a capacidade requerida para a missão sem com isso rebentar o orçamento, porque não?!



Citar
Regarding the ASW capabilities of #F126, there will be only two containerised VDS equipment for all four ships (4 vessels will share 2 VDS) which will be accommodated at the flex deck of the stern. The ships also are FFBNW a HMS.

Um problema disso, é que depressa temos gente que acha que isso substitui fragatas.

Porém no papel, é algo que é necessário para marinhas com poucos navios de combate, como a nossa, ter navios de patrulha com uma certa modularidade (ou espaço para contentores) para "algo mais". O problema é que em Portugal não se vai adquirir nada disso de módulos contentorizados ou o que seja. C-Dome, nem no Exército temos capacidade AA comparável, quanto mais instalar um sistema desses num NPO. Já era um luxo ter os Mistral acoplados às Marlin, ou ter um lançador SIMBAD RC ou ter isto:
https://www.navylookout.com/royal-navy-test-fires-ship-mounted-martlet-lightweight-multi-role-missile/

O sonar rebocado é algo que já fazia parte dos planos, no entanto sempre se mantiveram questões como "e mais"? É que ter sonar é uma coisa, outra é ter sonar, e torpedos para atacar.
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 19214
  • Recebeu: 5971 vez(es)
  • Enviou: 6684 vez(es)
  • +7426/-10050
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #5707 em: Maio 10, 2023, 02:02:55 pm »
Nem a miséria dos módulos dos SF300 compraram, quanto mais

Aliás ainda não tínhamos recebido as Meko já se liam maravilhas acerca do conceito modular que permitiria alterar os equipamentos num curto espaço de tempo....30 anos depois, viu-se!!!!  :bang:
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Subsea7

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 9144
  • Recebeu: 4457 vez(es)
  • Enviou: 793 vez(es)
  • +5131/-852
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #5708 em: Maio 10, 2023, 02:09:38 pm »
Ou o caso das Marlin do segundo par de NPOs, que nem sequer é suposto ser um equipamento suplementar/modular, mas sim fazer parte do equipamento base dos navios. A nossa definição de FFBNW é mais "fitted for but never with".
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Pescador

*

PTWolf

  • Analista
  • ***
  • 835
  • Recebeu: 378 vez(es)
  • Enviou: 1887 vez(es)
  • +1034/-197
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #5709 em: Maio 10, 2023, 03:58:11 pm »
Ainda nao se conseguiu armar as primeiras e tão preocupados com projetos de São Nunca à tarde?

Parafraseando o Vasco Santana, projetos há muitos
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 4810
  • Recebeu: 3137 vez(es)
  • Enviou: 2648 vez(es)
  • +5805/-2941
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #5710 em: Maio 10, 2023, 04:17:46 pm »
https://www.navalnews.com/event-news/imdex-asia-2023/2023/05/australia-considering-modular-c-dome-for-arafura-opvs/

Módulos do sistema c-dome, módulos do Captas 1, módulos para as mais variadas missões/funções é a melhor maneira de dar aos NPO capacidades que poderão eventualmente a ter, sem tornar os ditos navios numa espécie de Corveta mal amanhada.

Se os Alemães para as suas F126 também vão recorrer a módulos de forma a comprar menos equipamentos, mas dar a capacidade requerida para a missão sem com isso rebentar o orçamento, porque não?!



Citar
Regarding the ASW capabilities of #F126, there will be only two containerised VDS equipment for all four ships (4 vessels will share 2 VDS) which will be accommodated at the flex deck of the stern. The ships also are FFBNW a HMS.

Um problema disso, é que depressa temos gente que acha que isso substitui fragatas.

Porém no papel, é algo que é necessário para marinhas com poucos navios de combate, como a nossa, ter navios de patrulha com uma certa modularidade (ou espaço para contentores) para "algo mais". O problema é que em Portugal não se vai adquirir nada disso de módulos contentorizados ou o que seja. C-Dome, nem no Exército temos capacidade AA comparável, quanto mais instalar um sistema desses num NPO. Já era um luxo ter os Mistral acoplados às Marlin, ou ter um lançador SIMBAD RC ou ter isto:
https://www.navylookout.com/royal-navy-test-fires-ship-mounted-martlet-lightweight-multi-role-missile/

O sonar rebocado é algo que já fazia parte dos planos, no entanto sempre se mantiveram questões como "e mais"? É que ter sonar é uma coisa, outra é ter sonar, e torpedos para atacar.

Achar que por ter um navio ter um "acessório" que possa complementar a vigilância subaquática de uma fragata é de má fé. Vejo isso mais como um incomodo aos "pro navios civis sem chatices é que é bom".
Desde quanto um simples navio patrulha com sensores que complementem a acção de outros meios, por exemplo uma fragata e aviões patrulha marítima podem ser substituição de fragatas. É antes uma mais valia como diz, numa Marinha escassa e com um imenso oceano.

Vamos antes gastar nos brinquedos que outros impingem para ir fazer expedições ou combater virtualmente avionetas. Porque sendo nós "pouco inteligentes" eles aproveitam.
Parece mais a venda de carros na rua pelos ciganos

 
« Última modificação: Maio 10, 2023, 04:20:33 pm por Pescador »
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 19214
  • Recebeu: 5971 vez(es)
  • Enviou: 6684 vez(es)
  • +7426/-10050
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #5711 em: Maio 10, 2023, 05:04:06 pm »
Ainda nao se conseguiu armar as primeiras e tão preocupados com projetos de São Nunca à tarde?

Parafraseando o Vasco Santana, projetos há muitos

Lirismo absoluto

Ja só cai nestas petas quem for muito ingénuo
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: nelson38899

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 5441
  • Recebeu: 803 vez(es)
  • Enviou: 802 vez(es)
  • +563/-2618
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #5712 em: Maio 10, 2023, 09:04:43 pm »
Olhando aos desenhos da 3 série quais as diferenças significativas??

Masi musculado?
Tem a  mesma peça principal da 1ª série
Mais equipamentos?
Tem um mastro diferente mas que tem a mais? Até o EO continua a ser do mesmo tipo da 1 série. Com um mastro assim até parecia irem colocar algo como nas BD, em 360º
Tem dois contentores, um para UAV e outro para drone subaquático. Nada que os actuais não levem, pois nada parece diferente no desenho do navio. Qualquer navio civil de investigação tem o mesmo tipo de esquema. Espaço e contentores, que resulta em espaço adaptado e até apertado

No fundo continua a ser o mesmo navio com uma maquilhagem ligeira

Queria ser positivo, mas é difícil

Se o projeto for integralmente o que eles descrevem, então não, serão navios com características algo diferentes.

Já agora completa-se o serviço:

Citar
Novos Projetos

No que respeita ao programa de construção da 2.ª série de NPO, terminou em 13 de agosto a extensão de garantia do NRP Sines, prevendo-se que a do NRP Setúbal venha a terminar em 19 de fevereiro de 2023. Relativamente ao programa da 3.ª série de NPO (NPO3S), foram atualizados os respetivos Requisitos Operacionais (POA 21(A) – 07 de junho de 2022), refletindo as orientações superiores, designadamente no que concerne ao sistema de propulsão (elétrica com propulsores azimutais), ao sistema de defesa própria, ao sistema de lançamento de torpedos e aos equipamentos de Command, Control, Communications, Computers, Intelligence and Survillance (C4IS).




(...) Continua a capacitação de unidades navais com sistemas aéreos não tripulados, tendo sido instalado um sistema deployable num NPO da 1ª série. Em caso de necessidade, pode ser rapidamente desinstalado e instalado a bordo de outra unidade naval com as mesmas características. (...)

https://www.marinha.pt/conteudos_externos/Revista_Armada/PDF/2023/RA_580.pdf

Da mesma revista

Citar
Findou no passado mês de outubro o processo de negociação
entre a NATO Support and Procurement Agency (NSPA) e a
empresa Leonardo Eletronics, para fornecimento dos sistemas de
REVISTA DA ARMADA | 580
JANEIRO 2023 9
artilharia de 30mm e dos dispositivos eletro-óticos para os NPO
da 2ª série; a sua instalação a bordo está prevista para 2025
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

Kalil

  • Especialista
  • ****
  • 1007
  • Recebeu: 305 vez(es)
  • Enviou: 217 vez(es)
  • +89/-490
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #5713 em: Maio 13, 2023, 02:34:48 pm »
Só para referência de valores, a Finish Border Guard tem 2 navios patrulha encomendados com um financiamento de 448M, a construir durante os próximos 3 anos.
Sao navios de 98m mas praticamente desarmados.




 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 20906
  • Recebeu: 3247 vez(es)
  • Enviou: 2369 vez(es)
  • +1601/-3523
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #5714 em: Maio 13, 2023, 03:23:04 pm »
Só para referência de valores, a Finish Border Guard tem 2 navios patrulha encomendados com um financiamento de 448M, a construir durante os próximos 3 anos.
Sao navios de 98m mas praticamente desarmados.



Capabilities

versatile sensors
cyber-protection
ability to use force
exchanging situational awareness with the Defence Forces
national defence tasks
helicopter support
RPAS activity
versatile boat equipment
mass evacuation ability
oil collection capacity 1,180 m3
fighting chemical spills
fighting ship fires
ability to navigate in ice
emergency towing ability
hybrid machinery
sectioned double hull

Main dimensions

Length 98 m
Width 17.6 m
Draught 5.1 m
Propulsion power 12 MW

Uma curiosidade, o sistema de propulsão é basicamente o mesmo que a Marinha quer para a 3ª série dos NPO nacionais.

Citar
ABB has secured a contract with Finnish shipbuilder Meyer Turku to supply an integrated power and propulsion package comprising two Azipod propulsion units and the Onboard DC Grid power system for two new, advanced multi-purpose patrol vessels of the Finnish Border Guard.
« Última modificação: Maio 13, 2023, 03:24:50 pm por Cabeça de Martelo »
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.