Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa

  • 5925 Respostas
  • 1395725 Visualizações
*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 4532
  • Recebeu: 2949 vez(es)
  • Enviou: 2507 vez(es)
  • +5754/-2889
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #5685 em: Fevereiro 05, 2023, 10:45:19 am »
É só escolher para Terra, Mar e Ar. :G-beer2:

https://electronics.leonardo.com/documents/16277707/18389065/body_Land_Naval_Optronics_Overview_mm08747_LQ.pdf?t=1542837389023

Abraços

Essa .50 com a estação remota e estabilizada é demasiado complexo, e transcendente. Nunca se viu algo assim, por isso cá é a bela da mira de ferro. Nem uma mira de jeito metem.  É para constar não para usar
« Última modificação: Fevereiro 05, 2023, 10:45:41 am por Pescador »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Subsea7

*

Daniel

  • Investigador
  • *****
  • 3141
  • Recebeu: 421 vez(es)
  • Enviou: 208 vez(es)
  • +651/-8735
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #5686 em: Março 14, 2023, 07:59:06 pm »
                                                                                                                                                         Há mais de cinco anos  :bang:

 

*

oi661114

  • Perito
  • **
  • 508
  • Recebeu: 140 vez(es)
  • Enviou: 575 vez(es)
  • +72/-494
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #5687 em: Março 14, 2023, 10:32:00 pm »
                                                                                                                                                         Há mais de cinco anos  :bang:

Enquanto der para os banqueiros e amigos (entenda-se políticos) não tem problema!

Interessa é mandar o barco (ou melhor o encalhado) da GNR para fora para ficarem bem vistos.
 

*

Vicente de Lisboa

  • Especialista
  • ****
  • 1016
  • Recebeu: 177 vez(es)
  • Enviou: 81 vez(es)
  • +52/-18
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #5688 em: Março 15, 2023, 12:36:56 pm »
Eu até sou do clube que vivia bem com NPOs desarmados, para o que deviam ser (i.e. não é para irem à Guiné) mas acho que mais do que a questão da peça ou não peça é inaceitável é ter repetidos despachos a dizer que se vai instalar/comprar o equipamento e depois não serem executados. Ninguém é responsável?
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, Subsea7

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 7954
  • Recebeu: 1289 vez(es)
  • Enviou: 348 vez(es)
  • +5190/-237
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #5689 em: Abril 27, 2023, 09:05:04 am »
Despacho n.º 4977/2023
Defesa Nacional - Gabinete da Ministra
Autoriza a Marinha a realizar a despesa com a aquisição de seis navios patrulha oceânicos e delega no diretor-geral de Recursos da Defesa Nacional a competência para a prática de todos os atos subsequentes

https://dre.pt/dre/detalhe/despacho/4977-2023-212268074
 

*

antoninho

  • Analista
  • ***
  • 683
  • Recebeu: 113 vez(es)
  • Enviou: 7 vez(es)
  • +12/-10
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #5690 em: Abril 27, 2023, 10:11:23 am »
Isso já não vai no 3 despacho de um ministro?
São rápidos a despachar só a construção é entregue ao deus do esquecimento.
Nem a bardaleja das peças para os outros, temos que começar a arranjar esquemas para promover o impedimento de políticos que não promovem a execução dos despachos que assinam.
Arranjar esquemas da mulher a dias e do eletricista culpados já mete nojo.
Mandarem esquemas para o tribunal de contas chumbar é outro esquema que tem de acabar.
Espertos saloios não obrigado!!!
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: PTWolf

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 4532
  • Recebeu: 2949 vez(es)
  • Enviou: 2507 vez(es)
  • +5754/-2889
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #5691 em: Abril 27, 2023, 10:12:03 am »
Eu até sou do clube que vivia bem com NPOs desarmados, para o que deviam ser (i.e. não é para irem à Guiné) mas acho que mais do que a questão da peça ou não peça é inaceitável é ter repetidos despachos a dizer que se vai instalar/comprar o equipamento e depois não serem executados. Ninguém é responsável?

Mas nesse caso não era preciso fazer algo daquela dimensão. E se é só para fiscalizar redes e afins então que a GNR o faça.
Ter uma Marinha com navios patrulha oceânicos para passeio também não. O investimento deve ser "rentabilizado" através da capacidade do navio fazer diversas tarefas e para isso deve estar minimamente equipado para o efeito. Ou vão mandar fragatas fazer o trabalho de navios Patrulha?
Não é um navio para guarra, mas também não é civil ao pouco de o desarmarem. E os sensores também não fazem falta? Não fazem na medida em que também acham que Flir nos helicópteros não fazem e gastam dinheiro em tretas
 

*

antoninho

  • Analista
  • ***
  • 683
  • Recebeu: 113 vez(es)
  • Enviou: 7 vez(es)
  • +12/-10
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #5692 em: Abril 27, 2023, 10:15:25 am »
Já agora despache a compra das oito peças para não perder tempo, deve ser uns  40 milhões, penso eu.....
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 4532
  • Recebeu: 2949 vez(es)
  • Enviou: 2507 vez(es)
  • +5754/-2889
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #5693 em: Abril 27, 2023, 12:00:44 pm »
Já agora despache a compra das oito peças para não perder tempo, deve ser uns  40 milhões, penso eu.....

Na ultima autorização de aquisição, eram 6 milhões para duas Marlin 30mm e dois EO, que deveria estar já na 2ª série.

Quanto mais adiarem mais custa e andam mal servidos.

Não têm 6 milhões. Um terço do que deram directamente para os cofres(ou contas de alguns) de São Tomé só este ano.

Traidores e trafulhas
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, Subsea7

*

Subsea7

  • Investigador
  • *****
  • 1870
  • Recebeu: 1815 vez(es)
  • Enviou: 2647 vez(es)
  • +5517/-2960
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #5694 em: Abril 27, 2023, 12:02:16 pm »
Já agora despache a compra das oito peças para não perder tempo, deve ser uns  40 milhões, penso eu.....

Na ultima autorização de aquisição, eram 6 milhões para duas Marlin 30mm e dois EO, que deveria estar já na 2ª série.

Quanto mais adiarem mais custa e andam mal servidos.

Não têm 6 milhões. Um terço do que deram directamente para os cofres(ou contas de alguns) de São Tomé só este ano.

Traidores e trafulhas

Se fosse Embraer...
 

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 4532
  • Recebeu: 2949 vez(es)
  • Enviou: 2507 vez(es)
  • +5754/-2889
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #5695 em: Abril 27, 2023, 12:13:40 pm »
Já agora despache a compra das oito peças para não perder tempo, deve ser uns  40 milhões, penso eu.....

Na ultima autorização de aquisição, eram 6 milhões para duas Marlin 30mm e dois EO, que deveria estar já na 2ª série.

Quanto mais adiarem mais custa e andam mal servidos.

Não têm 6 milhões. Um terço do que deram directamente para os cofres(ou contas de alguns) de São Tomé só este ano.

Traidores e trafulhas

Se fosse Embraer...

è ver se o brasil tem lá peças de artilharia para venda que o Costa compra e o Marcelo aproveita a boleia do Falcon para ver a  família e dar uns abracinhos ao choco.

Um Patrulha oceânico infantil senão mesmo coninhas, é o que é
« Última modificação: Abril 27, 2023, 12:15:06 pm por Pescador »
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 18928
  • Recebeu: 5812 vez(es)
  • Enviou: 6424 vez(es)
  • +7342/-9835
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #5696 em: Abril 27, 2023, 12:45:05 pm »
Será que é desta?

Não percam os próximos capítulos, porque nós também não! :mrgreen:
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Vicente de Lisboa

  • Especialista
  • ****
  • 1016
  • Recebeu: 177 vez(es)
  • Enviou: 81 vez(es)
  • +52/-18
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #5697 em: Maio 02, 2023, 11:19:42 am »
Eu até sou do clube que vivia bem com NPOs desarmados, para o que deviam ser (i.e. não é para irem à Guiné) mas acho que mais do que a questão da peça ou não peça é inaceitável é ter repetidos despachos a dizer que se vai instalar/comprar o equipamento e depois não serem executados. Ninguém é responsável?

Mas nesse caso não era preciso fazer algo daquela dimensão. E se é só para fiscalizar redes e afins então que a GNR o faça.
Ter uma Marinha com navios patrulha oceânicos para passeio também não. O investimento deve ser "rentabilizado" através da capacidade do navio fazer diversas tarefas e para isso deve estar minimamente equipado para o efeito. Ou vão mandar fragatas fazer o trabalho de navios Patrulha?
Não é um navio para guarra, mas também não é civil ao pouco de o desarmarem. E os sensores também não fazem falta? Não fazem na medida em que também acham que Flir nos helicópteros não fazem e gastam dinheiro em tretas

Aquela dimensão faz sentido para andar no meio do Atlântico, bem para lá das redes. Presença de estado não é só monitorização de pesca. Nem a pesca se faz toda na costa, já agora. Mandar fragatas fazer trabalho de patrulhas é o que tínhamos antes dos NPOs, vinham precisamente resolver essa lacuna. Claro que há sempre a tentação de transformar todo o casco em Couraçado mas, como os bifes descobriram na Jutlândia, dá mau resultado. Por isso, desperdício é a "dupla função" que se torna em "nula função". Equipar de guerra o que é de guerra, de presença/patrulha o que não é de guerra. Sensores fazem falta, naturalmente, a maior parte da presença é ver o que se passa.
 

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 4532
  • Recebeu: 2949 vez(es)
  • Enviou: 2507 vez(es)
  • +5754/-2889
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #5698 em: Maio 02, 2023, 11:35:17 am »
Eu até sou do clube que vivia bem com NPOs desarmados, para o que deviam ser (i.e. não é para irem à Guiné) mas acho que mais do que a questão da peça ou não peça é inaceitável é ter repetidos despachos a dizer que se vai instalar/comprar o equipamento e depois não serem executados. Ninguém é responsável?

Mas nesse caso não era preciso fazer algo daquela dimensão. E se é só para fiscalizar redes e afins então que a GNR o faça.
Ter uma Marinha com navios patrulha oceânicos para passeio também não. O investimento deve ser "rentabilizado" através da capacidade do navio fazer diversas tarefas e para isso deve estar minimamente equipado para o efeito. Ou vão mandar fragatas fazer o trabalho de navios Patrulha?
Não é um navio para guarra, mas também não é civil ao pouco de o desarmarem. E os sensores também não fazem falta? Não fazem na medida em que também acham que Flir nos helicópteros não fazem e gastam dinheiro em tretas

Aquela dimensão faz sentido para andar no meio do Atlântico, bem para lá das redes. Presença de estado não é só monitorização de pesca. Nem a pesca se faz toda na costa, já agora. Mandar fragatas fazer trabalho de patrulhas é o que tínhamos antes dos NPOs, vinham precisamente resolver essa lacuna. Claro que há sempre a tentação de transformar todo o casco em Couraçado mas, como os bifes descobriram na Jutlândia, dá mau resultado. Por isso, desperdício é a "dupla função" que se torna em "nula função". Equipar de guerra o que é de guerra, de presença/patrulha o que não é de guerra. Sensores fazem falta, naturalmente, a maior parte da presença é ver o que se passa.

É essa conversa que justifica  a ausência de uma simples peça de 30mm e o EO??? Isso transforma o patrulha em navio de guerra?
Agora percebo

Um navio patrulha desarmado para turismo e carga é que é bom e não dá chatices

Porque combater pirataria desarmado é a treta de conversa do que vão fazer lá abaixo. Lá abaixo o principal é outro assunto e até podiam ir de iate. Aliás é um iate caro pago pelo contribuinte

Pintem esse merd@ com um  arco íris.
Nem que não fizessem missões ao GdG, se é um navio patrulha tem de ter arma principal e o EO, que até tinham sido planeado. Mesmo na área marítima nacional tem de estar equipado minimamente. São mesmo a meia dúzia de milhões que fazem diferença nos gastos da Marinha e nas suas opções
Já certificaram o deck para poiso?
Já certificaram para abastecer helicópteros?
Qual é afinal a aplicação de um navio tão básico, limitado de equipamentos e funções, numa Marinha quase sem navios?
Sendo poucos podiam ser algo melhores. Digo eu


Esperemos é que os piratas não lhe cobicem a carca e o assaltem
« Última modificação: Maio 02, 2023, 12:41:59 pm por Pescador »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, Stalker79, Subsea7

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 4532
  • Recebeu: 2949 vez(es)
  • Enviou: 2507 vez(es)
  • +5754/-2889
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #5699 em: Maio 10, 2023, 10:07:09 am »
Olhando aos desenhos da 3 série quais as diferenças significativas??

Masi musculado?
Tem a  mesma peça principal da 1ª série
Mais equipamentos?
Tem um mastro diferente mas que tem a mais? Até o EO continua a ser do mesmo tipo da 1 série. Com um mastro assim até parecia irem colocar algo como nas BD, em 360º
Tem dois contentores, um para UAV e outro para drone subaquático. Nada que os actuais não levem, pois nada parece diferente no desenho do navio. Qualquer navio civil de investigação tem o mesmo tipo de esquema. Espaço e contentores, que resulta em espaço adaptado e até apertado

No fundo continua a ser o mesmo navio com uma maquilhagem ligeira

Queria ser positivo, mas é difícil