Invasão da Ucrânia

  • 1649 Respostas
  • 42202 Visualizações
*

Icterio

  • Perito
  • **
  • 525
  • Recebeu: 297 vez(es)
  • Enviou: 61 vez(es)
  • +1212/-405
  • Mais vale ser sortudo do que ser bom
Re: Invasão da Ucrânia
« Responder #45 em: Outubro 02, 2022, 01:05:21 pm »
Uma curiosidade/questão, alguém me consegue explicar o porque dos soldados ucranianos aparecem nos vídeos sempre todos limpinhos e sem um arranhão?

Talvez porque o 2º melhor exército do mundo só luta bem contra civis desarmados.  Quando os ucranianos se aproximam, metem o rabinho entre as pernas e desatam a fugir, perdão, retiram estrategicamnte como um gesto de boa vontade após cumpridos todos os objectivos militares (acho que escrevi bem...).
Como tal, os ucranianos nem tem de se sujar...

Fora de tangas, a maioria dos videos são feitos por tropas que vem no segundo "echelon", não entraram directamente em combate, por isso vem mais frescos e "limpos".
Quando os videos são feitos e frente já avançou uns quilometros valentes.
 

*

ricardonunes

  • Investigador
  • *****
  • 4235
  • Recebeu: 305 vez(es)
  • Enviou: 45 vez(es)
  • +184/-3149
Re: Invasão da Ucrânia
« Responder #46 em: Outubro 02, 2022, 01:08:57 pm »
Uma curiosidade/questão, alguém me consegue explicar o porque dos soldados ucranianos aparecem nos vídeos sempre todos limpinhos e sem um arranhão?

Talvez porque o 2º melhor exército do mundo só luta bem contra civis desarmados.  Quando os ucranianos se aproximam, metem o rabinho entre as pernas e desatam a fugir, perdão, retiram estrategicamnte como um gesto de boa vontade após cumpridos todos os objectivos militares (acho que escrevi bem...).
Como tal, os ucranianos nem tem de se sujar...

Fora de tangas, a maioria dos videos são feitos por tropas que vem no segundo "echelon", não entraram directamente em combate, por isso vem mais frescos e "limpos".
Quando os videos são feitos e frente já avançou uns quilometros valentes.

Faz sentido.
Potius mori quam foedari
 

*

ricardonunes

  • Investigador
  • *****
  • 4235
  • Recebeu: 305 vez(es)
  • Enviou: 45 vez(es)
  • +184/-3149
Re: Invasão da Ucrânia
« Responder #47 em: Outubro 02, 2022, 01:17:47 pm »
Quem quiser acompanhar o avanço Ucraniano com videos e imagens, aconselho a verem o WarGonzo no telegram.

É para maiores de 18, e pessoas não sensíveis a imagens chocantes, tem de tudo, ate porcos a comer cadáveres russos, pena os merdia ocidentais não relatarem as atrocidades do lado Ucraniano.

Já começas, outra vez, fica na tua e deixa-te de tretas.

E por respostas destas que o debate não se realiza, porque carga de agua eu tenho de ficar na minha e tu não tens de ficar na tua?

Para alem de porcos a comer cadáveres de militares russos, filmado por ucranianos, também se filmam, a cozinhar uma cabeça de um russo ...

Atrocidades e crimes existem de ambas as partes, mas não vejo, uma, repito, uma noticia sobre atrocidades cometidas por ucranianos.

Potius mori quam foedari
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Hammerhead

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6477
  • Recebeu: 2727 vez(es)
  • Enviou: 573 vez(es)
  • +974/-529
Re: Invasão da Ucrânia
« Responder #48 em: Outubro 02, 2022, 02:25:14 pm »
E essas atrocidades, foram antes ou depois das atrocidades russas? Causa-efeito.

O que me choca, é como é que ainda há gente a tentar escavar toda e qualquer prova da inocência russa e da maldade ucraniana. Se a Rússia invadisse Portugal, estes cromos também ficariam preocupados com os "merdia" a não apresentarem uma imagem mais positiva dos invasores?  ???

Quem ouve esta gente falar, ainda pensa que do outro lado, do lado russo, os média são imparciais, e mostram a total realidade no terreno.

Qualquer crime de guerra cometido, tem um e apenas um culpado: Putin. Não tivesse invadido, nem os seus soldados cometiam crimes de guerra, nem os ucranianos cometiam contra os seus soldados. Já chega de tentar manipular a realidade deste conflito, para ilibar o invasor.

PS: não é associado com a resposta acima, mas reparem que membros saem da toca mal surja alguma coisa remotamente desfavorável ao Ocidente, como o caso da sabotagem das "canalizações" no Báltico. Mais me leva a crer que a sabotagem foi pela Rússia, com o propósito de tentar recuperar algum apoio que tem vindo a perder e para desviar a atenção do desaire na Ucrânia.  ::)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM, Daniel

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 13684
  • Recebeu: 878 vez(es)
  • Enviou: 241 vez(es)
  • +652/-504
Re: Invasão da Ucrânia
« Responder #49 em: Outubro 02, 2022, 04:05:13 pm »
 

*

Subsea7

  • Especialista
  • ****
  • 1021
  • Recebeu: 824 vez(es)
  • Enviou: 1375 vez(es)
  • +1797/-1747
Re: Invasão da Ucrânia
« Responder #50 em: Outubro 02, 2022, 04:35:09 pm »
Em breve 16 baterias de NASAMS com 8 lançadores cada, serão enviadas para a UKR...
Mais difícil se irá tornar para os Russos !
 

*

ricardonunes

  • Investigador
  • *****
  • 4235
  • Recebeu: 305 vez(es)
  • Enviou: 45 vez(es)
  • +184/-3149
Re: Invasão da Ucrânia
« Responder #51 em: Outubro 02, 2022, 05:02:12 pm »
E essas atrocidades, foram antes ou depois das atrocidades russas? Causa-efeito.

O que me choca, é como é que ainda há gente a tentar escavar toda e qualquer prova da inocência russa e da maldade ucraniana. Se a Rússia invadisse Portugal, estes cromos também ficariam preocupados com os "merdia" a não apresentarem uma imagem mais positiva dos invasores?  ???

Quem ouve esta gente falar, ainda pensa que do outro lado, do lado russo, os média são imparciais, e mostram a total realidade no terreno.

Qualquer crime de guerra cometido, tem um e apenas um culpado: Putin. Não tivesse invadido, nem os seus soldados cometiam crimes de guerra, nem os ucranianos cometiam contra os seus soldados. Já chega de tentar manipular a realidade deste conflito, para ilibar o invasor.

PS: não é associado com a resposta acima, mas reparem que membros saem da toca mal surja alguma coisa remotamente desfavorável ao Ocidente, como o caso da sabotagem das "canalizações" no Báltico. Mais me leva a crer que a sabotagem foi pela Rússia, com o propósito de tentar recuperar algum apoio que tem vindo a perder e para desviar a atenção do desaire na Ucrânia.  ::)

Meu caro atrocidades sao atrocidades.

No que toca a tocas, eu posso referir me aos ratos do esgoto.... bastou o conflito dar uma reviravolta aparente me positiva para reabrirem o tópico sobre o conflito da Ucrania.
Percebo, é mais fácil de gerir um fórum assim.... os ratos saíram do esgoto para se vangloriar com umas vitorias que nem se sabe a que ponto são realistas, ou acha que o tópico era aberto se a situação fosse o inverso?
Mas eu mantenho a minha posição, o que defendo desde o inicio do conflito, liberdade de expressão, liberdade de informação, quero la saber da Ucrania, quero e gaz barato.
Potius mori quam foedari
 

*

Icterio

  • Perito
  • **
  • 525
  • Recebeu: 297 vez(es)
  • Enviou: 61 vez(es)
  • +1212/-405
  • Mais vale ser sortudo do que ser bom
Re: Invasão da Ucrânia
« Responder #52 em: Outubro 02, 2022, 05:51:28 pm »
Mas eu mantenho a minha posição, o que defendo desde o inicio do conflito, liberdade de expressão, liberdade de informação, quero la saber da Ucrania, quero e gaz barato.

A maioria das nações e povos pensa o contrário, portanto...é lidar.  Fazes parte de uma minoria e não há problema nenhum nisso.

Aliás, em relação ao gáz barato; se houver derrota russa no terreno (é apenas uma questão de tempo), e isso levar a uma mudança do actual regime criminoso no Kremlin, em pouco tempo as sanções são levantadas e volta a ter gáz ao preço da chuva.
« Última modificação: Outubro 02, 2022, 05:56:05 pm por Icterio »
 

*

ricardonunes

  • Investigador
  • *****
  • 4235
  • Recebeu: 305 vez(es)
  • Enviou: 45 vez(es)
  • +184/-3149
Re: Invasão da Ucrânia
« Responder #53 em: Outubro 02, 2022, 06:10:42 pm »
Mas eu mantenho a minha posição, o que defendo desde o inicio do conflito, liberdade de expressão, liberdade de informação, quero la saber da Ucrania, quero e gaz barato.

A maioria das nações e povos pensa o contrário, portanto...é lidar.  Fazes parte de uma minoria e não há problema nenhum nisso.

Aliás, em relação ao gáz barato; se houver derrota russa no terreno (é apenas uma questão de tempo), e isso levar a uma mudança do actual regime criminoso no Kremlin, em pouco tempo as sanções são levantadas e volta a ter gáz ao preço da chuva.

Concordo consigo, mas para acelerar o processo a NATO, podia por as botas no terreno e acabar com este conflito de vez.
Potius mori quam foedari
 

*

Icterio

  • Perito
  • **
  • 525
  • Recebeu: 297 vez(es)
  • Enviou: 61 vez(es)
  • +1212/-405
  • Mais vale ser sortudo do que ser bom
Re: Invasão da Ucrânia
« Responder #54 em: Outubro 02, 2022, 06:18:28 pm »
Concordo consigo, mas para acelerar o processo a NATO, podia por as botas no terreno e acabar com este conflito de vez.

Não me parece que a NATO queira (ou deseje) fazer isso, a russia não atacou nenhum membro da Aliança. 
E, suspeito, que mesmo que a Russia use uma arma nuclear táctica a NATO não vai responder militarmente.
Li em qualquer lado que uma das respostas seria afundar toda a marinha russa no Mar Negro, mas acho isso muito pouco provável.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: nelson38899

*

ricardonunes

  • Investigador
  • *****
  • 4235
  • Recebeu: 305 vez(es)
  • Enviou: 45 vez(es)
  • +184/-3149
Re: Invasão da Ucrânia
« Responder #55 em: Outubro 02, 2022, 06:32:50 pm »
Concordo consigo, mas para acelerar o processo a NATO, podia por as botas no terreno e acabar com este conflito de vez.

Não me parece que a NATO queira (ou deseje) fazer isso, a russia não atacou nenhum membro da Aliança. 
E, suspeito, que mesmo que a Russia use uma arma nuclear táctica a NATO não vai responder militarmente.
Li em qualquer lado que uma das respostas seria afundar toda a marinha russa no Mar Negro, mas acho isso muito pouco provável.

Isto parece uma pergunta de um miúdo da primaria.

Se a Rússia não atacou um pais NATO, porque a NATO intervém indiretamente num conflito que não lhe diz respeito?

Potius mori quam foedari
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Hammerhead, Subsea7

*

Icterio

  • Perito
  • **
  • 525
  • Recebeu: 297 vez(es)
  • Enviou: 61 vez(es)
  • +1212/-405
  • Mais vale ser sortudo do que ser bom
Re: Invasão da Ucrânia
« Responder #56 em: Outubro 02, 2022, 06:41:55 pm »
Isto parece uma pergunta de um miúdo da primaria.

Se a Rússia não atacou um pais NATO, porque a NATO intervém indiretamente num conflito que não lhe diz respeito?

Isso é que é uma pergunta da pré-primária...

Porque razão a União Soviética interveio indirectamente no conflto da Coreia, no Vietname e em tantos outros?
Não me diga que a influência política só começou em 2022?...
 

*

ricardonunes

  • Investigador
  • *****
  • 4235
  • Recebeu: 305 vez(es)
  • Enviou: 45 vez(es)
  • +184/-3149
Re: Invasão da Ucrânia
« Responder #57 em: Outubro 02, 2022, 06:46:29 pm »
Isto parece uma pergunta de um miúdo da primaria.

Se a Rússia não atacou um pais NATO, porque a NATO intervém indiretamente num conflito que não lhe diz respeito?

Isso é que é uma pergunta da pré-primária...

Porque razão a União Soviética interveio indirectamente no conflto da Coreia, no Vietname e em tantos outros?
Não me diga que a influência política só começou em 2022?...

Porque e que os americanos nao ajudaram os Portugueses quando estavam a enfrentar os comunistas em 3 frentes?
Potius mori quam foedari
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Hammerhead, Subsea7

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 13684
  • Recebeu: 878 vez(es)
  • Enviou: 241 vez(es)
  • +652/-504
Re: Invasão da Ucrânia
« Responder #58 em: Outubro 02, 2022, 07:07:55 pm »
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 6397
  • Recebeu: 528 vez(es)
  • +3327/-502
Re: Invasão da Ucrânia
« Responder #59 em: Outubro 02, 2022, 07:35:31 pm »
Isto anda de uma maneira que há conversas que deveriam continuarm ou em privado ou ao telefone, porque rapidamente se perde o fio à meada ...

Os americanos não ajudaram Portugal, por razões internas que tiveram a ver com os movimentos na América contra a segregação racial e direitos civis da população negra e das minorias.
Portugal, apareceu como uma espécie de forma de os partidos mais à esquerda baterem no governo americano, o que levou aos problemas conhecidos e à proibição de utilizar armas no conflito.

Há sempre questões internas que determinam o posicionamento internacional de um país num conflito.
Se o balofo maquilhado tivesse conseguido dar o golpe de estado em Washington, a esta hora o Putin já estava a preparar os planos para invadir os estados bálticos e a Polónia...


Seria interessante que, sem recorrer à pornografia da guerra (há gente que acha que são as imagens e videos de pessoas a morrer, que permitem ter a mais pequena ideia do que se passa ) se pudesse discutir a questão relativa ao tópico ...

Há pessoas que, perante a falta de argumentação, recorrem a esse tipo de solução, e tentam tudo para destruir qualquer conversa util, sempre que ela não vai na direção que gostariam...

A questão na Ucrania, neste momento, é o que é que se segue ...
A comunicação social, apresenta a conquista das regiões do leste do Oblast de Karkiv, como uma grande vitória ucraniana.

Creio que a grande vitória, á acima de tudo resultado de os russos não terem percebido o que se passava e não entenderem até que ponto os ucranianos sabem onde as tropas russas estão, onde estão as principais unidades etc...

Isto levou a que dessem menos atenção à região de Karkiv, o que resultou em mais uma debacle.
Não é uma debacle de homens, como aconteceu no inicio do conflito, em que a fina-flor das tropas de elite russas, foram absolutamente chacinadas em menos de uma semana.

O que aconteceu foi uma debandada, com os russos a fugir e a deixar as armas para trás.
A quantidade de armamento deixado para trás, foi para mim o fato mais importante e mais significativo desta última retirada russa, porque mostra a qualidade da tropa.
Eles parece que estavam desesperadamente à espera de uma ordem de retirada, quando a ordem chegou, o comando russo ordenou a retirada das forças russas para uma segunda linha de defesa...

Quando os russos entenderam, que os estavam a mandar retirar para posições que estavam já a ser tomadas (ou mesmo já tomadas) pelos ucranianos, aconteceu a mesma coisa que aconteceu na França em 1940, quando os comandos franceses estavam tão mal informados, que mandavam as tropas francesas recuar para áreas já controladas pelos alemães ...

O problema, é que este tipo de coisas não acontecem na fase inicial de um conflito.
O tipo de comportamento de parte do exército russo, aparenta ser o de fim de festa, em que a única coisa que interessa, é não ser o último a morrer ...

A questão agora, é o que é que os russos vão fazer, para reverter isto.
Nos anos que correm, já não se funciona como na primeira guerra, em que se contava a força de um exército pelo numero de efetivos.
Mais 300.000 dizem os russos, mas será que isso vai servir para alguma coisa ?

E o que é que os ucranianos vão fazer de seguida ?
É muito mais fácil enganar uma pessoa, que explicar-lhe que foi enganada ...