Plataforma Naval Multifuncional

  • 488 Respostas
  • 42192 Visualizações
*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6555
  • Recebeu: 2757 vez(es)
  • Enviou: 578 vez(es)
  • +1390/-536
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #135 em: Junho 30, 2022, 08:28:16 pm »
Há UAVs que têm zonas de quebra programada nas asas para não terem que aterrar e são apanhados por redes. Não sei se pensarão em utilizar esse tipo de UAVs. Masnl no futuro muito próximo haverá soluções técnicas para pousar UAVs em pouco espaço.

Cálculo que a intenção seja algo desse género. Aliás, neste momento o UAV não-VTOL com maior probabilidade de ser incorporado no navio, será o Ogassa OGS42, e eventualmente o Tekever AR3. Mas mesmo assim, quase que apostava que a intenção passa por utilizar quase exclusivamente UAVs VTOL, que possam descolar verticalmente ou até com a rampa (menos gasto de combustível e mais payload possível), e que depois aterrem na vertical, tal como o F-35B faz.

O pessoal entusiasma-se e depois tem desilusões, até agora toda a informação que existe indica que será um Navio de carácter Civil, tanto é que será patrocinado pelo PRR ou algum fundo parecido.

Acho que não há grandes dúvidas que o projecto vai ser civil. As dúvidas são causadas mais pelos discursos recentes, em que muitas vezes se parece dar a entender que querem substituir fragatas por "porta-drones" e ou "navios multifunções", o que leva sempre à especulação que os navios em causa sejam os futuros substitutos. O que mais se pedia da Marinha, era clarividência.

Custava muito em vez de tanta lenga lenga, virem explicar que este navio é um hidrográfico com valências acrescidas, e que vem substituir 4 navios de uma assentada, representando uma poupança de recursos a médio prazo (manutenção e operação)? E que pode complementar os NPOs na missão de patrulha com recurso aos seus UAVs? Que pode auxiliar no mergulho, na guerra de minas, no apoio logístico de menor volume e ainda como navio de testes? Às vezes ser pragmático ajuda.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Subsea7

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 2420
  • Recebeu: 440 vez(es)
  • Enviou: 312 vez(es)
  • +127/-316
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #136 em: Junho 30, 2022, 10:09:54 pm »
A Tekever vai produzir um drone novo com o dinheiro da bazuca. Pode ser um projecto ligado ao PNM e pode estar a ser representado como algo parecido com o MQ-1 nos desenhos.
« Última modificação: Julho 01, 2022, 01:03:13 am por Red Baron »
 

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 1994
  • Recebeu: 1493 vez(es)
  • Enviou: 1005 vez(es)
  • +2189/-1682
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #137 em: Junho 30, 2022, 11:33:12 pm »
A Tekever vai produzir um drone novo como o dinheiro da bazuca. Pode ser um projecto ligado ao PNM e pode estar a ser representado como algo parecido com o MQ-1 nos desenhos.

De uma tonelada segundo a própria Tekever
 

*

F-16_desnutrido

  • Membro
  • *
  • 20
  • Recebeu: 3 vez(es)
  • Enviou: 4 vez(es)
  • +0/-0
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #138 em: Julho 01, 2022, 09:42:24 pm »
Agora não tenho dúvidas, este navio faz parte dos planos deste governo acerca de explorar as riquezas do oceano, agora entendo o porquê de quererem estender a zee até à plataforma continental. Este governo ta com um grande plano baseado na riqueza do mar. Chamem-lhes burros.
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 8048
  • Recebeu: 1170 vez(es)
  • Enviou: 462 vez(es)
  • +532/-4878
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #139 em: Julho 01, 2022, 10:48:22 pm »
Agora não tenho dúvidas, este navio faz parte dos planos deste governo acerca de explorar as riquezas do oceano, agora entendo o porquê de quererem estender a zee até à plataforma continental. Este governo ta com um grande plano baseado na riqueza do mar. Chamem-lhes burros.

- Burros!

E fdp também.
Sobretudo fdp.
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, Pescador, F-16_desnutrido

*

Subsea7

  • Especialista
  • ****
  • 1050
  • Recebeu: 864 vez(es)
  • Enviou: 1423 vez(es)
  • +1999/-1716
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #140 em: Julho 01, 2022, 10:50:49 pm »
Agora não tenho dúvidas, este navio faz parte dos planos deste governo acerca de explorar as riquezas do oceano, agora entendo o porquê de quererem estender a zee até à plataforma continental. Este governo ta com um grande plano baseado na riqueza do mar. Chamem-lhes burros.

Boa noite,
Faz parte de alguma comissão aeroportuária ou naval?
 

*

F-16_desnutrido

  • Membro
  • *
  • 20
  • Recebeu: 3 vez(es)
  • Enviou: 4 vez(es)
  • +0/-0
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #141 em: Julho 05, 2022, 02:22:11 am »
Agora não tenho dúvidas, este navio faz parte dos planos deste governo acerca de explorar as riquezas do oceano, agora entendo o porquê de quererem estender a zee até à plataforma continental. Este governo ta com um grande plano baseado na riqueza do mar. Chamem-lhes burros.

- Burros!

E fdp também.
Sobretudo fdp.

Confirmo, infelizmente ainda são apenas meras especulações, porque se o que eu escrevi não for perto da verdade então deveremos chamar-lhes bem pior que isso
 

*

Vicente de Lisboa

  • Especialista
  • ****
  • 910
  • Recebeu: 99 vez(es)
  • Enviou: 52 vez(es)
  • +33/-10
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #142 em: Julho 05, 2022, 12:55:44 pm »
Agora não tenho dúvidas, este navio faz parte dos planos deste governo acerca de explorar as riquezas do oceano, agora entendo o porquê de quererem estender a zee até à plataforma continental. Este governo ta com um grande plano baseado na riqueza do mar. Chamem-lhes burros.
Extender a ZEE até à plataforma continental seria desastroso, já que a nossa plataforma continental geográfica é minúscula.  :mrgreen:
O processo que está a decorrer nos termos da Convenção das Nações Unidas do Direito do Mar há já décadas é a Extensão da Plataforma Continental, onde "plataforma continental" é usada no sentido jurídico, não no sentido geográfico. A diferença entre isto e a ZEE é significativa: os direitos dos estados sobre a sua ZEE aplicam-se ao solo, subsolo, e coluna de água. Os direitos sobre a plataforma continental (jurídica) são só sobre o solo e subsolo.

Isto é uma coisa boa que Portugal está a fazer, mas sinceramente 99,9% do trabalho já foi feito com os meios existentes até 2009 (proposta inicial) e 2017 (adenda à proposta). Claro que há sempre mais para investigar e descobrir mas se a Marinha quer fazer um upgrade decisivo às suas capacidades nesta matéria então vai ter de adquirir também o(s) ROV(s) e respetiva equipa, e isso são mais uns muitos milhões, e vai ser duplicar valências do estado, que é aquilo que estão sempre a dizer que se deve evitar. Mais importante para o caso: se é isso, porque é que os press releases da Marinha falam de tudo menos da investigação cientifica oceânica?
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6555
  • Recebeu: 2757 vez(es)
  • Enviou: 578 vez(es)
  • +1390/-536
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #143 em: Julho 05, 2022, 01:21:12 pm »
Já deve ser síndrome, de tentar agigantar o que é pequeno. Já com os NPOs, navios relativamente pequenos, simples e não combatentes, tinhas gente da Marinha a dizer que tinham a complexidade de fragatas. O mesmo com o KC-390, para alguns é uma aeronave de transporte estratégico, mas todos sabemos que não o é. Este navio vai pelo mesmo caminho, um hidrográfico com capacidades acrescidas, que por sua vez está a ser tratado como se fosse um Nimitz hidrográfico para drones.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM, Pescador

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 14764
  • Recebeu: 3754 vez(es)
  • Enviou: 4136 vez(es)
  • +2996/-6656
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #144 em: Julho 05, 2022, 04:20:55 pm »
Os pategos caem na esparrela que nem patos e isso é que interessa
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Lancero

  • Investigador
  • *****
  • 4176
  • Recebeu: 57 vez(es)
  • +67/-1
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #145 em: Julho 05, 2022, 06:41:34 pm »
Talvez consigam desenvolver uns drones que não conflituem com as electrónicas do navio. Tem sido um pouco chato ter de carregar bichinhos que só vão duas milhas além e não servem pra mais nada senão tirAr fotos pra o Facebook
"Portugal civilizou a Ásia, a África e a América. Falta civilizar a Europa"

Respeito
 

*

LM

  • Investigador
  • *****
  • 2219
  • Recebeu: 764 vez(es)
  • Enviou: 2454 vez(es)
  • +432/-55
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #146 em: Julho 07, 2022, 05:26:25 pm »
https://www.facebook.com/EspadaEscudoPortugal/photos/a.107374995159687/159455309951655

Citar
NAVIO PLATAFORMA MULTIPROPÓSITO
Lisboa, Portugal
20 de Junho de 2022

Foi lançado a 20 de Junho de 2022, pela Marinha Portuguesa, um concurso limitado por prévia qualificação simplificado, via procedimento n.º 7861/2022 (in DR n.º 120, 23 de Junho de 2022), para aquisição do projecto e construção de um Navio/Plataforma Multipropósito (N-PM), com um prazo de execução até 3 anos (com entrega até Dezembro de 2025), por um preço base de 94,5 milhões de Euros.

Este Navio/Plataforma Multipropósito (N-PM) terá um comprimento total, entre perpendiculares, de 100 metros, uma boca máxima (ao nível do convés de voo) de 20 metros e um calado máximo de 7,5 metros. Seguirá os padrões STANAG 4154 (Ed 3) e terá capacidade de manter a operacionalidade de arriar e içar embarcações em estado de mar 5 na Escala de Douglas. A sua guarnição será composta por 1 comandante, 7 oficiais, 8 sargentos e 29 praças, num total de 45 elementos. Tem alojamento dimensionado até 28 oficiais, 30 sargentos e 32 praças, num total de 90 elementos (além do comandante). Estará dimensionado para uma autonomia de 45 dias a uma velocidade de cruzeiro de 10 nós.

O N-PM deverá compreender um conjunto de facilidades de aviação incluindo, entre outros, convés de voo (uma pista com "sky jump", um "spot" para operação de um helicóptero, com sistema de iluminação, GPI, etc), hangar para um helicóptero (com suporte para as estações hidráulicas de manutenção, ponte rolante, iluminação técnica, etc) e hangar para aeronaves não tripuladas. Em termos de helicóptero orgânico deverá suportar as aeronaves Lynx MK95A e NH90 (quer em "spot", quer em hangar) e EH101 ("spot"). O convés de voo deverá permitir a operação de diferentes tipologias de aeronaves não tripuladas, vulgo "drones", bem como todo o suporte requerido para operações de re-abastecimento vertical (VERTREP).

No âmbito de embarcações semi-rígidas, o N-PM possuirá 3 embarcações: uma embarcação com
certificação SOLAS ("Safety of Life at Sea") para
« Última modificação: Julho 07, 2022, 05:27:01 pm por LM »
Quidquid latine dictum sit, altum videtur
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, MATRA

*

MATRA

  • Especialista
  • ****
  • 994
  • Recebeu: 782 vez(es)
  • Enviou: 938 vez(es)
  • +77/-18
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #147 em: Julho 07, 2022, 05:47:08 pm »
https://www.facebook.com/EspadaEscudoPortugal/photos/a.107374995159687/159455309951655

Citar
NAVIO PLATAFORMA MULTIPROPÓSITO
Lisboa, Portugal
20 de Junho de 2022

Foi lançado a 20 de Junho de 2022, pela Marinha Portuguesa, um concurso limitado por prévia qualificação simplificado, via procedimento n.º 7861/2022 (in DR n.º 120, 23 de Junho de 2022), para aquisição do projecto e construção de um Navio/Plataforma Multipropósito (N-PM), com um prazo de execução até 3 anos (com entrega até Dezembro de 2025), por um preço base de 94,5 milhões de Euros.

Este Navio/Plataforma Multipropósito (N-PM) terá um comprimento total, entre perpendiculares, de 100 metros, uma boca máxima (ao nível do convés de voo) de 20 metros e um calado máximo de 7,5 metros. Seguirá os padrões STANAG 4154 (Ed 3) e terá capacidade de manter a operacionalidade de arriar e içar embarcações em estado de mar 5 na Escala de Douglas. A sua guarnição será composta por 1 comandante, 7 oficiais, 8 sargentos e 29 praças, num total de 45 elementos. Tem alojamento dimensionado até 28 oficiais, 30 sargentos e 32 praças, num total de 90 elementos (além do comandante). Estará dimensionado para uma autonomia de 45 dias a uma velocidade de cruzeiro de 10 nós.

O N-PM deverá compreender um conjunto de facilidades de aviação incluindo, entre outros, convés de voo (uma pista com "sky jump", um "spot" para operação de um helicóptero, com sistema de iluminação, GPI, etc), hangar para um helicóptero (com suporte para as estações hidráulicas de manutenção, ponte rolante, iluminação técnica, etc) e hangar para aeronaves não tripuladas. Em termos de helicóptero orgânico deverá suportar as aeronaves Lynx MK95A e NH90 (quer em "spot", quer em hangar) e EH101 ("spot"). O convés de voo deverá permitir a operação de diferentes tipologias de aeronaves não tripuladas, vulgo "drones", bem como todo o suporte requerido para operações de re-abastecimento vertical (VERTREP).

No âmbito de embarcações semi-rígidas, o N-PM possuirá 3 embarcações: uma embarcação com
certificação SOLAS ("Safety of Life at Sea") para

Achei particularmente intrigante os requisitos para NH90, para o convés, mas particularmente para o hangar. :conf: , será previsão para um futuro a médio prazo?  os 8 da Noruega?  :)

« Última modificação: Julho 07, 2022, 05:52:07 pm por MATRA »
“Hard times create strong men. Strong men create good times. Good times create weak men. And, weak men create hard times.”
G. Michael Hopf, Those Who Remain
 

*

Get_It

  • Investigador
  • *****
  • 2044
  • Recebeu: 400 vez(es)
  • Enviou: 456 vez(es)
  • +80/-87
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #148 em: Julho 07, 2022, 05:51:57 pm »
Achei particularmente intrigante os requisitos para NH90, para o convés, mas particularmente para o hangar. :conf: , será previsão para um futuro a médio prazo?  os 8 da Noruega?  :)


É para no futuro quando os Lynx estiverem parados poderem embarcar helicópteros aliados como já se fez com os Lynx alemães. :mrgreen:

Cumprimentos,
« Última modificação: Julho 07, 2022, 05:52:24 pm por Get_It »
:snip: :snip: :Tanque:
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 14764
  • Recebeu: 3754 vez(es)
  • Enviou: 4136 vez(es)
  • +2996/-6656
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #149 em: Julho 07, 2022, 06:04:59 pm »
Achei particularmente intrigante os requisitos para NH90, para o convés, mas particularmente para o hangar. :conf: , será previsão para um futuro a médio prazo?  os 8 da Noruega?  :)


É para no futuro quando os Lynx estiverem parados poderem embarcar helicópteros aliados como já se fez com os Lynx alemães. :mrgreen:

Cumprimentos,

"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas