Equipamento a oferecer à Ucrânia

  • 560 Respostas
  • 36091 Visualizações
*

ricardonunes

  • Investigador
  • *****
  • 4148
  • Recebeu: 325 vez(es)
  • Enviou: 45 vez(es)
  • +167/-2879
Re: Equipamento a oferecer à Ucrânia
« Responder #555 em: Hoje às 11:29:12 am »
 :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

Citar
Espanha irá fornecer entre quatro e seis tanques à Ucrânia
Uma fonte do governo espanhol disse hoje que o país irá fornecer entre quatro e seis tanques Leopard à Ucrânia, avança o jornal espanhol El País.

O número final de tanques concedidos ao exército ucraniano irá depender do estado em que se encontrem os 53 tanques atualmente armazenados numa base militar pelas forças espanholas por mais de uma década, sendo que alguns necessitam de manutenção, refere ainda o artigo.

Na semana passada, a ministra da Defesa de Espanha, Margarita Robles,  descreveu o seu estado como absolutamente lastimável”, considerando que constituem “um risco para as pessoas”.
Potius mori quam foedari
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Hammerhead

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 9767
  • Recebeu: 5047 vez(es)
  • Enviou: 3646 vez(es)
  • +5036/-1129
Re: Equipamento a oferecer à Ucrânia
« Responder #556 em: Hoje às 11:54:57 am »
Eu sou a favor do envio de pelo menos 4 dos F16, para a Ucrânia.

Eu sou a favor de irmos enviando, conforme forem chegando, os cinco KapaCês, para a Ucrânia.  ;) 8)
« Última modificação: Hoje às 11:56:10 am por tenente »
Quando um Povo/Governo não Respeita as Suas FFAA, Não Respeita a Sua História nem se Respeita a Si Próprio  !!
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, NVF, Charlie Jaguar

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6554
  • Recebeu: 2757 vez(es)
  • Enviou: 578 vez(es)
  • +1389/-536
Re: Equipamento a oferecer à Ucrânia
« Responder #557 em: Hoje às 11:59:57 am »
Há pressão por parte dos USA, para fornecimento de F-16 europeus a UKR...
Holanda, Bélgica, Noruega, Roménia...e Portugal !

F-15C a caminho? Sempre se poupa no upgrade dos Vipers.

Queria dizer F-35?
Um belo negócio para o Tio Sam, ajuda a Ucrãnia e fica com os louros e na mesma penada vende umas dezenas valentes de F-35 novos!!!!

Julgo que a hesitação do Scholz tinha que ver com esta situação (no caso dos MBT, substituição de Leopards na Europa por Abrams?

Dos 5 países mencionados, 3 deles já encomendaram o F-35, aos quais se juntam também a Dinamarca. Ao Portugal e Roménia darem os seus F-16, estaríamos a falar de mercado para, no máximo, mais 50 F-35 (sendo que tanto Portugal como a Roménia já pretendem adquirir F-35 de qualquer das formas depois de 2030).

Arranjavam mais clientela se alargassem o espectro de cedências aos F/A-18, Gripen, Mirage 2000, etc.

Por aqui, que é o que nos importa, tenho sérias dúvidas que este Governo aceitasse pagar por F-35 novos para compensar a cedência de F-16. Seria das duas uma:
-cedência de parte da frota de F-16, sem reposição de números (fosse com F-35A ou F-16V novos), ficando reduzidos a umas 18 a 24 unidades;
-cedência total ou quase total dos F-16, ficando com 0 a 12 (se sobrassem alguns, seriam apenas para missões NATO, como tem sido hábito), e lá vinham uns ST extra para "compensar".

F-15C também não me parece fazer sentido, e ainda ficávamos a perder, já que é mais caro de operar, e algo limitado em capacidade ar-solo/ASuW, e inferior ao F-16V. Não estamos a falar de F-15EX.

Eu sou a favor do envio de pelo menos 4 dos F16, para a Ucrânia.

Eu não. Os que temos já são poucos, e se já custou vender aqueles para a Roménia, mesmo recebendo algum dinheiro em troca, custaria ainda mais aceitar oferecer mais uns sem nada para tapar o buraco deixado.

Existe uma grande diferença entre ceder por exemplo 8 F-16 e receber, com desconto, o mesmo número de F-35 ou F-16V, ou ceder x F-16, e ficarmos assim.
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 4617
  • Recebeu: 4281 vez(es)
  • Enviou: 2727 vez(es)
  • +6392/-2497
Re: Equipamento a oferecer à Ucrânia
« Responder #558 em: Hoje às 03:16:11 pm »
Muito sucintamente: não concordo com o envio de quaisquer F-16 da FAP para a Ucrânia. Se a NATO quer abrir esse precedente, então que as células saiam do AMARG, ou sejam oriundas dos utilizadores que estão a abater as suas frotas, em vez destes serem autorizados a vender a empresas privadas de treino avançado de combate aéreo.

Agora de Portugal, onde é o único meio aéreo defensivo/ofensivo que possuímos, o segundo sistema de armas nacional com alguma capacidade de dissuasão atrás dos submarinos, e cujo destino ou substituto ainda nem sequer são conhecidos? Pensam seriamente que se os doarmos em parte ou na totalidade, os EUA rapidamente nos fornecerão mais caças e/ou porventura a preços acessíveis? Mais rapidamente deixamos de ter aviação de caça, ou nos enviam tralha velha cujo recondicionamento e modernização ficaria a nosso cargo, ou passamos pela vergonha de ter o nosso espaço aéreo patrulhado pelos espanhóis!

Deixem-se da onda do nacional-porreirismo, do deslumbramento, de querer sempre parecer bem. Quem tem mais é que devia avançar primeiro, ter essa responsabilidade; porque é que quem tem menos capacidades é que deve ceder primeiro os seus meios? Só se for para ficar bem na fotografia, caso contrário não faz qualquer sentido. E tal medida só aceleraria o desaparecimento da capacidade de defender a nossa própria soberania, ou esquecemo-nos todos do calibre dos políticos da nossa praça, e do desinteresse e aversão que em geral possuem por tudo o que seja ligado à Defesa?

Teria tantas coisas mais para escrever, tantos aspectos para salientar, mas já vi que aquilo que a malta gosta é de ir na onda. E assim sendo por aqui me fico.  ::)
« Última modificação: Hoje às 03:54:12 pm por Charlie Jaguar »
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, Hammerhead

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6554
  • Recebeu: 2757 vez(es)
  • Enviou: 578 vez(es)
  • +1389/-536
Re: Equipamento a oferecer à Ucrânia
« Responder #559 em: Hoje às 04:19:37 pm »
Só se for para ficar bem na fotografia

O slogan do nosso Governo. Basta lembrar quando ele queria ter os M-113 na Ucrânia no imediato, para poder ser fotografado à frente deles num dos seus discursos da treta quando lá foi.

Agora imagina, a tempestade perfeita: Portugal desfaz-se total ou parcialmente da frota de F-16, e surge a ideia "genial" de tapar o buraco com mais Super Tucanos.

É bom que a FAP se prepare para ser firme perante estas possibilidades.
 

*

ricardonunes

  • Investigador
  • *****
  • 4148
  • Recebeu: 325 vez(es)
  • Enviou: 45 vez(es)
  • +167/-2879
Re: Equipamento a oferecer à Ucrânia
« Responder #560 em: Hoje às 04:54:30 pm »




Atualizado.

Já saiu o mapa atualizado com o material a fornecer por Espanha?
Potius mori quam foedari