Actividade Operacional/Exercícios

  • 1030 Respostas
  • 242375 Visualizações
*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 14243
  • Recebeu: 3479 vez(es)
  • Enviou: 3917 vez(es)
  • +2399/-6108
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #975 em: Junho 13, 2022, 07:51:37 pm »
Uma duvida - a Marinha diz "A fragata Corte-Real larga amanhã, dia 25 de maio, da Base Naval de Lisboa, para integrar a Força Naval da NATO, a “Standing NATO Maritime Group 1 (SNMG1)”, onde se manterá até ao próximo dia 16 de setembro."

A fragata e/ou a tripulação estarão "no mar", sem rendição e/ou vir a Lisboa tantos meses? Rodam a tripulação? A fragata e a tripulação têm paragem em Lisboa durante umas semanas durante esse período?
acho que nunca vem a Lisboa pelo meio, se a tripulação roda não sei, mas suspeito que não

Pelo menos os posts da marinheca dão sempre a sensação que a tripulação é sempre a mesma
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 9932
  • Recebeu: 1827 vez(es)
  • Enviou: 2365 vez(es)
  • +332/-314
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #976 em: Junho 14, 2022, 08:00:33 am »
Na prática são 3 meses e meio, penso que a Marinha não costuma fazer rotação de militares por este tempo.

Podem ir fazendo é umas paragens pelos países perto de onde navegam, um dia ou dois para o pessoal esticar as pernas e comprar uns recuerdos.
« Última modificação: Junho 14, 2022, 08:01:00 am por Lightning »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44

*

ricardonunes

  • Investigador
  • *****
  • 3959
  • Recebeu: 248 vez(es)
  • Enviou: 31 vez(es)
  • +138/-2317
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #977 em: Junho 18, 2022, 06:18:54 pm »
Potius mori quam foedari
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Turlu

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 14243
  • Recebeu: 3479 vez(es)
  • Enviou: 3917 vez(es)
  • +2399/-6108
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 1684
  • Recebeu: 1267 vez(es)
  • Enviou: 800 vez(es)
  • +1594/-1501
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #979 em: Agosto 03, 2022, 08:32:31 pm »

Devia ser NPO por ali, mas são poucos e tem a escala cheia das viagens aos palop. Cá até fretar uma traineira podia calhar
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 14243
  • Recebeu: 3479 vez(es)
  • Enviou: 3917 vez(es)
  • +2399/-6108
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #980 em: Agosto 04, 2022, 01:24:45 pm »
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM, Pescador

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 9932
  • Recebeu: 1827 vez(es)
  • Enviou: 2365 vez(es)
  • +332/-314
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #981 em: Agosto 04, 2022, 02:21:24 pm »
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 9932
  • Recebeu: 1827 vez(es)
  • Enviou: 2365 vez(es)
  • +332/-314
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #982 em: Agosto 15, 2022, 08:16:44 pm »
https://www.dn.pt/sociedade/marinha-impede-trasfega-de-crude-em-aguas-da-madeira--15093675.html

Já estava a pensar que por serem chineses eram "intocáveis", parece que afinal não.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 14243
  • Recebeu: 3479 vez(es)
  • Enviou: 3917 vez(es)
  • +2399/-6108
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #983 em: Agosto 21, 2022, 03:52:07 pm »
Marinha vigilante relativamente a atividade de trasfega de crude em Portugal

Na monitorização diária que efetua ao espaço marítimo de interesse nacional, o Centro de Operações Marítimas da Marinha detetou nos últimos dias o movimento suspeito de um navio petroleiro, que se encontrava a pairar, dentro das águas sob jurisdição nacional.
 
O navio da Marinha NRP Cassiopeia dirigiu-se para o local, a cerca de 85 milhas náuticas a sul de Portimão, o equivalente a mais de 155 quilómetros, no âmbito da patrulha e vigilância dos espaços marítimos, para efetuar a interseção com o navio-tanque com pavilhão da República da Síria, às primeiras horas de sábado, 20 de agosto.

O navio-tanque encontrava-se sem seguimento, perto do limite sul da Zona Económica Exclusiva (ZEE), apresentando comportamento que indiciava preparativos para a prática de abastecimento e trasfega de crude, ações conhecidas como "bunkering", tendo o navio da Marinha aproximado e estabelecido comunicações com o mesmo.

O petroleiro alegou que se encontrava com avaria nas máquinas principais e que necessitava de algumas horas para a sua reparação, informando que estava a aguardar instruções da companhia sobre o porto de destino.

O navio foi alertado que Portugal, ao abrigo da Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar, não autoriza a realização atividades de reabastecimento dentro da Zona Económica Exclusiva Nacional, por acarretarem um risco potencial para a ocorrência de poluição no mar. O navio após algumas horas iniciou a navegação, encontrando-se atualmente a sair da ZEE de Portugal Continental.

O Estado português, através da Marinha Portuguesa, garante o cumprimento da lei nos espaços marítimos sob soberania ou jurisdição nacional, pelo que não permite o desenvolvimento deste tipo de atividades na ZEE nacional.

Do Facebook da MP
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

goldfinger

  • Investigador
  • *****
  • 2263
  • Recebeu: 1369 vez(es)
  • Enviou: 365 vez(es)
  • +849/-424
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #984 em: Agosto 25, 2022, 07:32:18 am »
Citar
Flagship HNLMS Karel Doorman conducted a multi-RAS in Skagerrak withHDMS Niels Juel and SNMG1 vesselsHNoMS Roald Amundsen. After the Danish left it was NRP Corte Real's time for refueling.

A España servir hasta morir
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: CruzSilva

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 14243
  • Recebeu: 3479 vez(es)
  • Enviou: 3917 vez(es)
  • +2399/-6108
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #985 em: Agosto 25, 2022, 12:58:13 pm »
Citar
Flagship HNLMS Karel Doorman conducted a multi-RAS in Skagerrak withHDMS Niels Juel and SNMG1 vesselsHNoMS Roald Amundsen. After the Danish left it was NRP Corte Real's time for refueling.


parece uma anã ao lado das outras
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: CruzSilva

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 7619
  • Recebeu: 1039 vez(es)
  • Enviou: 307 vez(es)
  • +1145/-32
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #986 em: Agosto 25, 2022, 01:09:42 pm »

parece uma anã ao lado das outras

"Well, if they're big and you're small, then you're mobile and they're slow. You're hidden and they're exposed. You only fight battles you know you can win".  :mrgreen:
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM, P44, Lightning, nelson38899, CruzSilva, PTWolf

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 14243
  • Recebeu: 3479 vez(es)
  • Enviou: 3917 vez(es)
  • +2399/-6108
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #987 em: Setembro 09, 2022, 11:50:20 am »
O desarmado vai dar uma volta

Navio da Marinha ruma para missão nos Grandes Bancos do mar da Terra Nova

O Navio Patrulha Oceânico Setúbal largou hoje, dia 9 de setembro, da Base Naval de Lisboa para uma missão de vigilância e patrulha dos espaços marítimos e proteção de recursos naturais nos Grandes Bancos do mar da Terra Nova, no Canadá, em colaboração com a Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM).

As ações de patrulha das embarcações de pesca estendem-se por uma vasta área marítima, denominada por área NAFO (North Atlantic Fishing Organization), situada a Leste da Terra Nova - Canadá, onde o navio da Marinha Portuguesa irá navegar cerca de 700 horas, percorrendo aproximadamente 9.000 milhas, o equivalente a mais de 16 mil quilómetros.

Esta missão, que termina a 12 de outubro, representa o contributo de Portugal para a preservação e exploração sustentada dos recursos de pesca existentes na área convencionada, salvaguardando o ecossistema marinho numa região do globo onde, para além de navios de pesca portugueses, pescam com frequência inúmeros navios de diferentes nacionalidades.

O NRP Setúbal é comandado pelo capitão-de-fragata Artur Jorge Martins Dias Marques e tem uma guarnição de 46 elementos, complementada com o embarque de quatro inspetores da autoridade nacional da pesca da DGRM.
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 4467
  • Recebeu: 4050 vez(es)
  • Enviou: 2576 vez(es)
  • +5587/-2491
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #988 em: Setembro 09, 2022, 11:57:13 am »
O desarmado vai dar uma volta

Navio da Marinha ruma para missão nos Grandes Bancos do mar da Terra Nova

O Navio Patrulha Oceânico Setúbal largou hoje, dia 9 de setembro, da Base Naval de Lisboa para uma missão de vigilância e patrulha dos espaços marítimos e proteção de recursos naturais nos Grandes Bancos do mar da Terra Nova, no Canadá, em colaboração com a Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM).

As ações de patrulha das embarcações de pesca estendem-se por uma vasta área marítima, denominada por área NAFO (North Atlantic Fishing Organization), situada a Leste da Terra Nova - Canadá, onde o navio da Marinha Portuguesa irá navegar cerca de 700 horas, percorrendo aproximadamente 9.000 milhas, o equivalente a mais de 16 mil quilómetros.

Esta missão, que termina a 12 de outubro, representa o contributo de Portugal para a preservação e exploração sustentada dos recursos de pesca existentes na área convencionada, salvaguardando o ecossistema marinho numa região do globo onde, para além de navios de pesca portugueses, pescam com frequência inúmeros navios de diferentes nacionalidades.

O NRP Setúbal é comandado pelo capitão-de-fragata Artur Jorge Martins Dias Marques e tem uma guarnição de 46 elementos, complementada com o embarque de quatro inspetores da autoridade nacional da pesca da DGRM.

Vai pescar o bacalhau para este Natal? :mrgreen:
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 

*

asalves

  • Especialista
  • ****
  • 1167
  • Recebeu: 492 vez(es)
  • Enviou: 130 vez(es)
  • +301/-140
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #989 em: Setembro 09, 2022, 03:45:51 pm »
O desarmado vai dar uma volta

Navio da Marinha ruma para missão nos Grandes Bancos do mar da Terra Nova

O Navio Patrulha Oceânico Setúbal largou hoje, dia 9 de setembro, da Base Naval de Lisboa para uma missão de vigilância e patrulha dos espaços marítimos e proteção de recursos naturais nos Grandes Bancos do mar da Terra Nova, no Canadá, em colaboração com a Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM).

As ações de patrulha das embarcações de pesca estendem-se por uma vasta área marítima, denominada por área NAFO (North Atlantic Fishing Organization), situada a Leste da Terra Nova - Canadá, onde o navio da Marinha Portuguesa irá navegar cerca de 700 horas, percorrendo aproximadamente 9.000 milhas, o equivalente a mais de 16 mil quilómetros.

Esta missão, que termina a 12 de outubro, representa o contributo de Portugal para a preservação e exploração sustentada dos recursos de pesca existentes na área convencionada, salvaguardando o ecossistema marinho numa região do globo onde, para além de navios de pesca portugueses, pescam com frequência inúmeros navios de diferentes nacionalidades.

O NRP Setúbal é comandado pelo capitão-de-fragata Artur Jorge Martins Dias Marques e tem uma guarnição de 46 elementos, complementada com o embarque de quatro inspetores da autoridade nacional da pesca da DGRM.

De referir que é uma missão quase recorrente, acho que quase todos os anos mandamos para um patrulha durante uns meses.