Substituição dos Alpha-jet

  • 1876 Respostas
  • 324658 Visualizações
*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 8187
  • Recebeu: 3689 vez(es)
  • Enviou: 701 vez(es)
  • +4915/-761
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1815 em: Setembro 29, 2023, 04:47:56 pm »
Já nem vai ser o Tempest, e sim o GCAP, que agora inclui o Japão como parceiro, além o Reino Unido e a Itália.

Duvido que por cá, envolva caças de "6ª geração", por duas razões:
-prazos, em que a FAP quer substituir os F-16 em 2035, e o GCAP dificilmente chegaria cá nessa altura
-pelo facto do FCAS ficar automaticamente excluído, o que me faz estranhar uma lista de candidatos que iria desde caças de geração 4.5, passando por 5ª e chegando à 6ª geração.
 

*

Subsea7

  • Investigador
  • *****
  • 1726
  • Recebeu: 1561 vez(es)
  • Enviou: 2436 vez(es)
  • +5486/-2795
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1816 em: Setembro 29, 2023, 07:09:10 pm »
Aonde arranjou essa info?
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 5274
  • Recebeu: 5160 vez(es)
  • Enviou: 3426 vez(es)
  • +10042/-2630
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1817 em: Setembro 29, 2023, 08:39:38 pm »
A BAe Systems não é o parceiro da
Saab na comercialização do Gripen?
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 

*

Visitante123

  • Analista
  • ***
  • 888
  • Recebeu: 308 vez(es)
  • Enviou: 177 vez(es)
  • +31/-136
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1818 em: Setembro 29, 2023, 10:27:00 pm »
A BAe Systems não é o parceiro da
Saab na comercialização do Gripen?

Originalmente parece que eram. Agora não sei. De qualquer das formas a Saab está expressamente lá mencionada.
 

*

wyldething

  • Membro
  • *
  • 153
  • Recebeu: 67 vez(es)
  • Enviou: 89 vez(es)
  • +8/-36
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1819 em: Setembro 29, 2023, 11:25:22 pm »
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 8488
  • Recebeu: 3158 vez(es)
  • Enviou: 985 vez(es)
  • +4047/-6349
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1820 em: Outubro 02, 2023, 02:30:52 pm »


Bem disse que concreto ainda não havia nada, nem carcanhol.  :mrgreen:

Saudações

P.S. Refira-se que tanto o AT6 como o Leonardo fazem Cas. Já não é só o A29.   :mrgreen:

P.S. 2 - Uma corrente da Fap diz exatamente que para a missão de Caça deve ser uma aeronave mais avançada que o F16, como o F35. A questão é que a mesma corrente lá diz no fim "actualmente nem para os F16 o dinheiro chega".  ::)

"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 8469
  • Recebeu: 1591 vez(es)
  • Enviou: 651 vez(es)
  • +903/-6826
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1821 em: Outubro 02, 2023, 02:36:01 pm »

P.S. 2 - Uma corrente da Fap diz exatamente que para a missão de Caça deve ser uma aeronave mais avançada que o F16, como o F35. A questão é que a mesma corrente lá diz no fim "actualmente nem para os F16 o dinheiro chega".  ::)

 :mrgreen:
Top.
Charters e paletes de "p*tas" a elaborar documentos destes e terminar nessas conclusões. E nestes resultados.
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 8187
  • Recebeu: 3689 vez(es)
  • Enviou: 701 vez(es)
  • +4915/-761
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1822 em: Outubro 02, 2023, 02:36:29 pm »
Pois, actualmente nem para os F-16 há dinheiro, mas vamos comprar mais uma aeronave de combate, para missões de baixa intensidade.  :mrgreen:

O efeito dominó que terá esta compra. Depois admirem-se de ver metade dos F-16 encostados, e as fantásticas avionetas para COIN a ficar com metade das suas missões.
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 8488
  • Recebeu: 3158 vez(es)
  • Enviou: 985 vez(es)
  • +4047/-6349
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1823 em: Outubro 02, 2023, 03:40:48 pm »
Se fizer parte das "Rubricas das receitas próprias" nem destes...  :mrgreen:

Saudações   :mrgreen:



P.S. E assim morre mais um tópico.   :mrgreen:

P.S. 2- O PRR não contempla aeronaves de combate a incêndios? É só escolher.  :mrgreen:



"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 5274
  • Recebeu: 5160 vez(es)
  • Enviou: 3426 vez(es)
  • +10042/-2630
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1824 em: Outubro 03, 2023, 05:51:20 pm »
Se fizer parte das "Rubricas das receitas próprias" nem destes...  :mrgreen:

Saudações   :mrgreen:


"Se sim, irá certamente complicar o processo..."

Que é como quem diz: se não há Alpha-Jet há mais de 5 anos, podemos bem passar mais 5 sem qualquer substituto.  ::)

As alíneas do documento aqui reproduzido são um pouco confusas. Quase que se poderia interpretar que o que se pretende são dois tipos distintos de aeronaves: aeronaves de apoio aéreo próximo, e "possibilidade de aquisição de A29 para treino avançado de pilotos. Outras opções poderão ser o Textron T-6 [Texan II] ou Leonardo [M-345/M-346]."
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Pneucareca

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 8187
  • Recebeu: 3689 vez(es)
  • Enviou: 701 vez(es)
  • +4915/-761
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1825 em: Outubro 03, 2023, 10:13:13 pm »
O que se conclui, é que se tenta fabricar requisitos para dar a vitória a determinado produto. Durante 5 anos não se arranjou verba (inferior aos 200 milhões que se diz que vamos pagar pelos ST), para comprar uma dezena de aeronaves a hélice tipo PC-21.

Por coincidência, assim que começam as negociatas com a Embraer, cai do céu um "requisito" para um tipo de aeronave que eles podem fornecer, apesar de nós já andarmos a fazer missões contra terrorismo há 20 anos.
 

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 2854
  • Recebeu: 575 vez(es)
  • Enviou: 351 vez(es)
  • +151/-469
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1826 em: Outubro 03, 2023, 10:23:59 pm »
O que se conclui, é que se tenta fabricar requisitos para dar a vitória a determinado produto. Durante 5 anos não se arranjou verba (inferior aos 200 milhões que se diz que vamos pagar pelos ST), para comprar uma dezena de aeronaves a hélice tipo PC-21.

Por coincidência, assim que começam as negociatas com a Embraer, cai do céu um "requisito" para um tipo de aeronave que eles podem fornecer, apesar de nós já andarmos a fazer missões contra terrorismo há 20 anos.

A única coincidência e que se esse documento for verdadeiro a FAP está a a procurar de um avião de ataque ao solo que pode fazer treinamento.
Mas tu continuas a bater no Pc-21, ou é paixão ou tens interesse financeiro.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: nelson38899

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 10905
  • Recebeu: 2288 vez(es)
  • Enviou: 3104 vez(es)
  • +680/-1026
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1827 em: Outubro 03, 2023, 11:14:44 pm »
Que é como quem diz: se não há Alpha-Jet há mais de 5 anos, podemos bem passar mais 5 sem qualquer substituto.  ::)

E quanto é que isso tem custado?

Além de que a Força Aérea continua a querer uma aeronave de instrução avançada, a esquadra 103 nunca foi extinta, está numa espécie de estado de suspensão, ela ainda existe na lista de esquadras de voo da FAP.
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 8187
  • Recebeu: 3689 vez(es)
  • Enviou: 701 vez(es)
  • +4915/-761
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1828 em: Outubro 04, 2023, 12:50:53 am »
A única coincidência e que se esse documento for verdadeiro a FAP está a a procurar de um avião de ataque ao solo que pode fazer treinamento.
Mas tu continuas a bater no Pc-21, ou é paixão ou tens interesse financeiro.

Ou então és burro, e não consegues ver os interesses envolvidos, já que passados 20 anos de missões contra o terrorismo, só agora é que se lembram de aeronaves para apoio aéreo próximo.

Eu estou-me a cagar para quem ganha, quero que a FAP saia a ganhar, e que não afecte as esquadras de Monte Real, algo que provavelmente irá acontecer com a vinda de uma aeronave para fazer COIN. Nesse aspecto, a melhor relação custo benefício conhecida no mercado, é o PC-21, e as missões em África, enquanto forem permissivas, ficariam entregues a helicópteros e à implementação de UAVs.

Quando vierem os ST, e não sobrar nenhum tostão para as esquadras de combate, quero ver como se arranjam. Também estou à espera para ver de onde virão os pilotos para combater com os ST em África, certamente não serão os instrutores da 103.


Em caso de dúvida, é analisar a ordem dos acontecimentos, desde que se começou a falar deste tipo de aeronave na FAP. Basta reparar que, criou-se um programa para helicópteros na LPM, e pouco tempo depois da elaboração da LPM de 2019, começaram a surgir notícias (em 2020 e 2021) umas atrás das outras acerca da possibilidade de adquirir STs, sem haver qualquer menção na LPM, e até a FAP já andava a testar a aeronave. De repente, surge a "necessidade" de comprar este tipo de aeronave. Esta "necessidade" é tão crucial, que nem se deram ao trabalho de testar mais nada.

Num país sério, surge uma necessidade, e realiza-se o processo normal de testagem para encontrar o meio mais adequado para responder a esta necessidade. Mas por cá, testa-se um meio específico primeiro, e depois tenta-se arranjar a "necessidade" que justifique a compra deste meio.
« Última modificação: Outubro 04, 2023, 01:21:02 am por dc »
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 8187
  • Recebeu: 3689 vez(es)
  • Enviou: 701 vez(es)
  • +4915/-761
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1829 em: Outubro 04, 2023, 01:06:09 am »
Que é como quem diz: se não há Alpha-Jet há mais de 5 anos, podemos bem passar mais 5 sem qualquer substituto.  ::)

E quanto é que isso tem custado?

Além de que a Força Aérea continua a querer uma aeronave de instrução avançada, a esquadra 103 nunca foi extinta, está numa espécie de estado de suspensão, ela ainda existe na lista de esquadras de voo da FAP.

Supostamente uns 3 milhões/ano (ou algo assim parecido, que já tinha sido falado), por se fazer a formação lá fora. Ou seja, 200 milhões para os STs, permitia-te formar pessoal, se o valor anual se mantivesse, durante 66 anos. E isto sem contar com os custos de sustentação da frota.

Uma das razões pela qual se queria ter a escola internacional, devia ser essa mesmo, já que se forma tão pouco pessoal por ano, que não justifica a existência de uma esquadra para esse fim.