Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) da Marinha do Brasil

  • 284 Respostas
  • 106648 Visualizações
*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 19976
  • Recebeu: 2215 vez(es)
  • Enviou: 254 vez(es)
  • +927/-1464
Re: Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) da Marinha do Brasil
« Responder #270 em: Setembro 15, 2023, 04:14:10 pm »
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 6756
  • Recebeu: 929 vez(es)
  • Enviou: 473 vez(es)
  • +8952/-10215
Re: Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) da Marinha do Brasil
« Responder #271 em: Setembro 27, 2023, 07:38:13 pm »
EDGE Assina Contrato de Parceria Estratégica com o Corpo de Fuzileiros Navais do Brasil


Citar
Rio de Janeiro, Brasil UAE: 27 de setembro de 2023 – O EDGE Group PJSC (EDGE), um dos principais grupos de tecnologia avançada e defesa do mundo, assinou um acordo estratégico com o Corpo de Fuzileiros Navais do Brasil. O acordo demonstra a importância do mercado de defesa brasileiro para a EDGE e abre grandes oportunidades para o grupo apresentar seu avançado portfólio de soluções em múltiplos domínios, com foco em veículos autônomos, guerra eletrônica e comunicações seguras.


A cerimônia de assinatura ocorreu na cidade do Rio de Janeiro como parte de uma visita contínua da liderança da EDGE a principais órgãos governamentais locais, parceiros da indústria de defesa e clientes em potencial. O acordo foi assinado por Mansour AlMulla, Diretor Executivo & CEO do Grupo EDGE, e pelo Vice-Almirante (Fuzileiro Naval) Rogério Ramos Lage, Comandante de Material do Corpo de Fuzileiros Navais.


A cerimônia contou com a presença de Sua Excelência Faisal Al Bannai, Presidente do Grupo EDGE, e outros representantes de alto escalão da EDGE e da Marinha Brasileira, incluindo Hamad Al Marar, Presidente de Mísseis e Armas da EDGE; Rodrigo Torres, Presidente e CFO do Grupo EDGE; Almirante de Esquadra Carlos Chagas Vianna Braga, Comandante Geral do Corpo de Fuzileiros Navais, e do Embaixador dos Emirados Árabes Unidos no Brasil, S.E. Saleh Ahmad Salem Alzaraim Alsuwaidi.

S.E. Faisal Al Bannai, Presidente do Grupo EDGE, disse: “O acordo de hoje reforça nossa estratégia de crescimento no mercado brasileiro por meio de parceria. Temos uma visão compartilhada com o Corpo de Fuzileiros Navais do Brasil, ancorada no alinhamento estratégico e na busca pela excelência tecnológica. A EDGE está totalmente comprometida em impulsionar as capacidades em múltiplos domínios, na região, com foco específico em comunicações seguras e guerra eletrônica. Essa parceria abrirá valiosas oportunidades para colaborarmos no compartilhamento de conhecimento, permitindo-nos colher os benefícios de nossa expertise combinada.”


A assinatura abre caminho para um planejado acordo de cooperação técnica entre ambas as partes num futuro próximo. A EDGE recentemente anunciou uma parceria estratégica com a Marinha Brasileira para o desenvolvimento conjunto de um míssil antinavio de longo alcance, além de fornecer soluções avançadas, como a tecnologia anti-jamming, que é desenvolvida pela EDGE nos Emirados Árabes Unidos.

FONTE: EDGE
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 6756
  • Recebeu: 929 vez(es)
  • Enviou: 473 vez(es)
  • +8952/-10215
Re: Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) da Marinha do Brasil
« Responder #272 em: Outubro 19, 2023, 06:05:01 pm »









 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 19976
  • Recebeu: 2215 vez(es)
  • Enviou: 254 vez(es)
  • +927/-1464
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 6756
  • Recebeu: 929 vez(es)
  • Enviou: 473 vez(es)
  • +8952/-10215
Re: Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) da Marinha do Brasil
« Responder #274 em: Novembro 17, 2023, 11:14:14 am »
Marinha recebe novas viaturas blindadas para o Corpo de Fuzileiros Navais


Citar
Rio de Janeiro – O Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) da Marinha do Brasil (MB) recebeu, nesta quinta-feira (16), quatro novas viaturas blindadas “Joint Light Tactical Vehicle” (JLTV).

Os blindados serão utilizados na missão de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) – Operação “Lais de Guia” – em curso nas áreas portuárias do Rio de Janeiro, Itaguaí (RJ) e Santos (SP).


Após o desembarque no Porto do Rio de Janeiro, os JLTVs foram imediatamente enviados para o Centro de Intendência da Marinha, no bairro de Parada de Lucas, onde passarão por testes e avaliações operacionais.

Os blindados também receberão a pintura camuflada, nos moldes dos outros quatro carros de combate, recebidos pela Marinha no primeiro semestre deste ano, que já estão em patrulha no Rio de Janeiro.

Até o fim de 2024, chegarão mais quatro JLTVs dos Estados Unidos, já que o contrato da MB com o Governo norte-americano prevê a aquisição de 12 unidades. Todas essas viaturas blindadas ficarão sediadas no Batalhão de Veículos Blindados, organização militar subordinada à Força de Fuzileiros da Esquadra, localizada em Duque de Caxias (RJ).


O blindado pode ser equipado com metralhadoras .50 e lançador de granadas. Além da GLO, ele pode ser utilizado em missões de paz, de assistência humanitária e de apoio à Defesa Civil.

O JLTV foi desenvolvido a partir de demandas das Forças Armadas dos Estados Unidos para conflitos em cidades do Iraque e do Afeganistão. Foi desenhado para combinar a relativa agilidade de um “Hummer” com a blindagem antiexplosivos de um tanque leve.

Fonte: Agência Marinha de Notícias
 :arrow: https://www.defesaaereanaval.com.br/defesa-aerea-naval/marinha-recebe-novas-viaturas-blindadas-para-o-corpo-de-fuzileiros-navais
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 19976
  • Recebeu: 2215 vez(es)
  • Enviou: 254 vez(es)
  • +927/-1464
Re: Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) da Marinha do Brasil
« Responder #275 em: Novembro 18, 2023, 06:17:14 pm »
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 19976
  • Recebeu: 2215 vez(es)
  • Enviou: 254 vez(es)
  • +927/-1464
Re: Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) da Marinha do Brasil
« Responder #276 em: Novembro 25, 2023, 02:19:31 pm »
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 19976
  • Recebeu: 2215 vez(es)
  • Enviou: 254 vez(es)
  • +927/-1464
Re: Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) da Marinha do Brasil
« Responder #277 em: Novembro 25, 2023, 04:17:03 pm »
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 6756
  • Recebeu: 929 vez(es)
  • Enviou: 473 vez(es)
  • +8952/-10215
Re: Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) da Marinha do Brasil
« Responder #278 em: Novembro 30, 2023, 05:25:32 pm »
Operação Lais de Guia / GLO 2023



















 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 6756
  • Recebeu: 929 vez(es)
  • Enviou: 473 vez(es)
  • +8952/-10215
Re: Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) da Marinha do Brasil
« Responder #279 em: Novembro 30, 2023, 05:27:27 pm »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 19976
  • Recebeu: 2215 vez(es)
  • Enviou: 254 vez(es)
  • +927/-1464
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Vitor Santos

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 6756
  • Recebeu: 929 vez(es)
  • Enviou: 473 vez(es)
  • +8952/-10215
Re: Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) da Marinha do Brasil
« Responder #281 em: Janeiro 10, 2024, 07:43:26 pm »
Citar
Preparado para tudo e todos: esse é o Oshkosh L-ATV, o mais novo veículo blindado do Corpo de Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil. Como sua primeira missão, o grandalhão terá que substituir os famosos Humvee, o veículo militar americano da GM que deu origem ao Hummer.

A força para passar por cima de qualquer coisa, o Oshkosh é traz um motor Duramax V8 6.6 turbo diesel, parecido com o que equipa a Chevrolet Silverado 2500 HD. Eles só não são idênticos, pois a versão do caminhão de guerra sofreu diversas alterações pela empresa Banks Power, que deixou componentes mais resistentes e permitiu que o motor funcione também com querosene de aviação ou álcool. A potência e torque chegam a pelo menos 400 cv e 120 kgfm, mas os números máximos não são divulgados.

Outra atração principal do Oshkosh é a sua suspensão. Chamada de TAK-4i, ela é independente e de duplo A nas quatro rodas. Seus sistema hidropneumático controlado eletronicamente permite que o veículo de guerra escale rampas de até 60%, ande de lado a uma inclinação de até 40%, supere alagamentos e lamaçais com até 1,50 m sem snorkel e, claro, encare os caminhos rochosos mais difíceis.

Fonte: Revista Quatro Rodas









 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF

*

raphael

  • Investigador
  • *****
  • 1579
  • Recebeu: 344 vez(es)
  • Enviou: 308 vez(es)
  • +87/-42


*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 19897
  • Recebeu: 2846 vez(es)
  • Enviou: 2173 vez(es)
  • +1039/-3436
Re: Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) da Marinha do Brasil
« Responder #284 em: Fevereiro 23, 2024, 05:29:12 pm »
Na minha isto aconteceu de uma forma reduzida (Enfermeiras) nos anos 50 e no geral nos anos 90.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.