C-295 M na FAP

  • 944 Respostas
  • 320659 Visualizações
*

CruzSilva

  • Especialista
  • ****
  • 1159
  • Recebeu: 445 vez(es)
  • Enviou: 2068 vez(es)
  • +633/-108
Re: C-295 M na FAP
« Responder #930 em: Dezembro 29, 2023, 01:45:04 pm »
Entretanto os EH-101 Mk.515 SIFICAP deverão passar a tempo inteiro para o SAR, se é que já não estarão. Há um pelo menos a voar, e que está desprovido dos equipamentos específicos daquela versão.

Esses também foram comprados com dinheiro da UE não foi?

Então realmente a UE não liga assim tanto como eu imaginava a meios comprados com o dinheiro deles  :mrgreen:.
Preparem já as retificadores para começar a cortar PNM para lhe meter um CIWS.  :mrgreen:
« Última modificação: Dezembro 29, 2023, 01:45:16 pm por CruzSilva »
 

*

saabGripen

  • Perito
  • **
  • 440
  • Recebeu: 75 vez(es)
  • Enviou: 27 vez(es)
  • +232/-285
Re: C-295 M na FAP
« Responder #931 em: Dezembro 29, 2023, 01:46:38 pm »
Entretanto os EH-101 Mk.515 SIFICAP deverão passar a tempo inteiro para o SAR, se é que já não estarão. Há um pelo menos a voar, e que está desprovido dos equipamentos específicos daquela versão.

Esses também foram comprados com dinheiro da UE não foi?

Então realmente a UE não liga assim tanto como eu imaginava a meios comprados com o dinheiro deles  :mrgreen:.



Para os EH101 de SAR já estão a tratar disto?


https://www.youtube.com/watch?app=desktop&v=Hvn0rij1Vks
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 5301
  • Recebeu: 5190 vez(es)
  • Enviou: 3441 vez(es)
  • +10048/-2636
Re: C-295 M na FAP
« Responder #932 em: Dezembro 29, 2023, 02:09:02 pm »
Para os EH101 de SAR já estão a tratar disto?


https://www.youtube.com/watch?app=desktop&v=Hvn0rij1Vks

Não é segredo nenhum que estarão armazenados no DGMFA, em Alverca, os conjuntos completos de lanças de reabastecimento para os 4 EH-101 Mk.516 CSAR.


Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: saabGripen

*

saabGripen

  • Perito
  • **
  • 440
  • Recebeu: 75 vez(es)
  • Enviou: 27 vez(es)
  • +232/-285
Re: C-295 M na FAP
« Responder #933 em: Dezembro 29, 2023, 02:20:34 pm »
Para os EH101 de SAR já estão a tratar disto?


https://www.youtube.com/watch?app=desktop&v=Hvn0rij1Vks

Não é segredo nenhum que estarão armazenados no DGMFA, em Alverca, os conjuntos completos de lanças de reabastecimento para os 4 EH-101 Mk.516 CSAR.

Então, suponho que falta:

- Montar as lanças
- Treinar e certificar tripulação do KC para reabastecimento ar-ar  (ou isso foi incluido no treino inicial no Brasil?)
- Treinar e certificar tripulação dos EH-101 para reabastecimento ar-ar

Na minha opinião, se a decisão fosse tomada hoje, é coisa para demorar 2/3 anos.

Mas seria uma capacidade útil e com efeitos mediáticos assinaláveis numa altura em que o recrutamento é difícil.
 

*

MMaria

  • Membro
  • *
  • 119
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • Enviou: 42 vez(es)
  • +13/-132
Re: C-295 M na FAP
« Responder #934 em: Dezembro 29, 2023, 02:31:57 pm »
- Treinar e certificar tripulação do KC para reabastecimento ar-ar  (ou isso foi incluido no treino inicial no Brasil?)
- Treinar e certificar tripulação dos EH-101 para reabastecimento ar-ar
...

Olás.

Ao que foi divulgado até o momento os KC-390 da FAB ainda não estão certificados para Heli-REVO, somente os KC-130.

Sds!
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 5301
  • Recebeu: 5190 vez(es)
  • Enviou: 3441 vez(es)
  • +10048/-2636
Re: C-295 M na FAP
« Responder #935 em: Dezembro 29, 2023, 02:40:31 pm »
Então, suponho que falta:

- Montar as lanças
- Treinar e certificar tripulação do KC para reabastecimento ar-ar  (ou isso foi incluido no treino inicial no Brasil?)
- Treinar e certificar tripulação dos EH-101 para reabastecimento ar-ar

Na minha opinião, se a decisão fosse tomada hoje, é coisa para demorar 2/3 anos.

Mas seria uma capacidade útil e com efeitos mediáticos assinaláveis numa altura em que o recrutamento é difícil.

Para a missão Combat SAR falta continuar a formação tática das tripulações para este tipo de missões, adquirir armamento defensivo (Miniguns/metralhadoras pesadas, por exemplo) para as aeronaves, atualização dos sistemas de navegação e comunicação, e atualização/modernização do sistema integrado de autoproteção eletrónica.

Para a missão SAR, não há interesse por parte da FAP em utilizar a capacidade de reabastecimento aéreo do EH-101 Merlin, ainda que a variante Mk.516 continue a ser hoje em dia primordialmente usada para busca e salvamento. As duas outras versões, Mk.514 SAR e Mk.515 SIFICAP, não possuem provisões para a instalação de uma lança de reabastecimento. Para Long Range SAR (LRSAR) temos o P-3C CUP+, o C-130H (este menos atualmente, por força das circunstâncias), e eventualmente no futuro os KC-390.
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 

*

Drecas

  • Investigador
  • *****
  • 1453
  • Recebeu: 450 vez(es)
  • Enviou: 170 vez(es)
  • +305/-189
Re: C-295 M na FAP
« Responder #936 em: Dezembro 29, 2023, 03:56:02 pm »
Qual é a diferença do PG02 e dos PG03?
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 5301
  • Recebeu: 5190 vez(es)
  • Enviou: 3441 vez(es)
  • +10048/-2636
Re: C-295 M na FAP
« Responder #937 em: Dezembro 29, 2023, 04:41:11 pm »
Qual é a diferença do PG02 e dos PG03?

C-295 MPA/Persuader
Maritime patrol/anti-submarine warfare version

Por cá?

Sim, são as versões PG02 e PG03, cinco aparelhos com os nºs de cauda 16708 a 16712. Por cá desarmados pois operam na missão VIMAR (VIgilância MARítima) e RFOT (Reconhecimento FOTográfico).

Citar
Partindo de uma base comum, versão PG01, qualquer das aeronaves adquiridas permite cumprir um alargado leque de missões, bastando para isso modificar o seu interior através de “kits” aplicáveis num curto espaço de tempo, que adaptam a aeronave aos fins pretendidos: Busca e Salvamento (SAR), Transporte VIP, Evacuações Médicas (MEDEVAC) e Carga Aérea Geral, entre outros.

Temos depois a versão PG02 com capacidade acrescida para realizar missões de Vigilância Marítima e a versão PG03 que acumula com todas as anteriores a Fotografia Aérea (RFOT). Das 12 aeronaves adquiridas, sete são na versão PG01, três na versão PG02 e duas na versão PG03, de modo a permitir, em permanência, aeronaves disponíveis para todas as missões. Por outras palavras, do total das 12 aeronaves, 7 são da versão de Transporte Táctico (Versão PG01 - C-295M) e as restantes 5 estarão vocacionados para missões de Vigilância Marítima (Versão PG02 - VIMAR, C-295MPA Persuader), sendo que deste grupo, 2 estarão equipadas com o Sistema de Reconhecimento Fotográfico (Versão PG03 - RFOT). As 12 aeronaves terão, todas, capacidade SAR (Search And Rescue) e TA (Transporte Aéreo), como já foi referido.

https://altimagem.blogspot.com/2015/03/eads-c-295m-segunda-parte.html
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lampuka, Drecas

*

Lampuka

  • Analista
  • ***
  • 694
  • Recebeu: 230 vez(es)
  • Enviou: 283 vez(es)
  • +116/-1122
Re: C-295 M na FAP
« Responder #938 em: Fevereiro 17, 2024, 04:29:12 pm »
João Pereira
 

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 3717
  • Recebeu: 2486 vez(es)
  • Enviou: 1954 vez(es)
  • +5691/-2729
Re: C-295 M na FAP
« Responder #939 em: Fevereiro 18, 2024, 12:22:16 pm »
Qual é a diferença do PG02 e dos PG03?

C-295 MPA/Persuader
Maritime patrol/anti-submarine warfare version

Por cá?

Sim, são as versões PG02 e PG03, cinco aparelhos com os nºs de cauda 16708 a 16712. Por cá desarmados pois operam na missão VIMAR (VIgilância MARítima) e RFOT (Reconhecimento FOTográfico).

Citar
Partindo de uma base comum, versão PG01, qualquer das aeronaves adquiridas permite cumprir um alargado leque de missões, bastando para isso modificar o seu interior através de “kits” aplicáveis num curto espaço de tempo, que adaptam a aeronave aos fins pretendidos: Busca e Salvamento (SAR), Transporte VIP, Evacuações Médicas (MEDEVAC) e Carga Aérea Geral, entre outros.

Temos depois a versão PG02 com capacidade acrescida para realizar missões de Vigilância Marítima e a versão PG03 que acumula com todas as anteriores a Fotografia Aérea (RFOT). Das 12 aeronaves adquiridas, sete são na versão PG01, três na versão PG02 e duas na versão PG03, de modo a permitir, em permanência, aeronaves disponíveis para todas as missões. Por outras palavras, do total das 12 aeronaves, 7 são da versão de Transporte Táctico (Versão PG01 - C-295M) e as restantes 5 estarão vocacionados para missões de Vigilância Marítima (Versão PG02 - VIMAR, C-295MPA Persuader), sendo que deste grupo, 2 estarão equipadas com o Sistema de Reconhecimento Fotográfico (Versão PG03 - RFOT). As 12 aeronaves terão, todas, capacidade SAR (Search And Rescue) e TA (Transporte Aéreo), como já foi referido.

https://altimagem.blogspot.com/2015/03/eads-c-295m-segunda-parte.html

A minha admiração foi mesmo pensar que se referiam ao Persuader armado, conforme se pode ver em outros exemplos. Agora aversão light é outra coisa.
Realmente 12 C295, em que menos de metade está operacional e mal aproveitados e, depois se pretende gastar 1,2 mil milhões com o 6 º KC e 10 Tucanitos, faz sentido 
« Última modificação: Fevereiro 18, 2024, 04:48:22 pm por Pescador »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: CruzSilva

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 2858
  • Recebeu: 575 vez(es)
  • Enviou: 351 vez(es)
  • +152/-469
Re: C-295 M na FAP
« Responder #940 em: Fevereiro 18, 2024, 03:48:35 pm »
Os PG02 e PG03 para serem mais do que simples aviões da carga tem de ter a bordo o sistema FITS(paletes VIMAR) e só temos 3 sistemas sendo que normalmente só 2 estão operacionais.

Os C-295 participam em missões SAR em apenas na busca visual.
 

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 3717
  • Recebeu: 2486 vez(es)
  • Enviou: 1954 vez(es)
  • +5691/-2729
Re: C-295 M na FAP
« Responder #941 em: Fevereiro 18, 2024, 04:49:27 pm »
Cá está.
Conclusão, sempre ter o básico e depois ir deixando encostar e pilhar peças

A ver se fazem o mesmo com os KC
 

*

raphael

  • Investigador
  • *****
  • 1590
  • Recebeu: 347 vez(es)
  • Enviou: 314 vez(es)
  • +91/-42
Re: C-295 M na FAP
« Responder #942 em: Fevereiro 18, 2024, 11:40:30 pm »
Os PG02 e PG03 para serem mais do que simples aviões da carga tem de ter a bordo o sistema FITS(paletes VIMAR) e só temos 3 sistemas sendo que normalmente só 2 estão operacionais.

Os C-295 participam em missões SAR em apenas na busca visual.

Nim...se não existir EH nas proximidades e for uma situação de perigo imediato lançam a balsa salva vidas...mais frequente nos Açores...
Um abraço
Raphael
__________________
 

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 3717
  • Recebeu: 2486 vez(es)
  • Enviou: 1954 vez(es)
  • +5691/-2729
Re: C-295 M na FAP
« Responder #943 em: Fevereiro 23, 2024, 03:02:44 pm »
Índia planeia compra de 15 C295.
O Choco anda a dormir
 

*

Barlovento

  • Perito
  • **
  • 447
  • Recebeu: 212 vez(es)
  • Enviou: 116 vez(es)
  • +135/-92
Re: C-295 M na FAP
« Responder #944 em: Fevereiro 24, 2024, 10:10:35 am »