Notícias da Rússia

  • 204 Respostas
  • 41797 Visualizações
*

Daniel

  • Investigador
  • *****
  • 3134
  • Recebeu: 416 vez(es)
  • Enviou: 207 vez(es)
  • +644/-8538
Re: Notícias da Rússia
« Responder #180 em: Maio 23, 2023, 09:10:29 pm »
Lucro do grupo russo Gazprom cai 41,4% em 2022 após sanções
https://executivedigest.sapo.pt/noticias/lucro-do-grupo-russo-gazprom-cai-414-em-2022-apos-sancoes/
Citar
O grupo russo Gazprom anunciou hoje um lucro líquido de 14,2 mil milhões de euros em 2022, menos 41,4% em relação a 2021, após uma redução nas exportações de gás para a Europa devido ao conflito ucraniano.

O grupo estatal, um dos pilares da economia russa e dirigido por figuras próximas do Presidente russo, Vladimir Putin, foi fortemente atingido pelas sanções ocidentais impostas a Moscovo na sequência da invasão russa da Ucrânia.

Em 2022, o seu lucro ficou em 1,22 biliões de rublos (14,2 mil milhões de euros), contra os 2,09 biliões de rublos (24,2 mil milhões de euros) que tinha alcançado no ano anterior, segundo o relatório anual divulgado pelas agências noticiosas russas e citado pela AFP.

Segundo um comunicado do grupo, o “aumento do pagamento de impostos no segundo semestre teve impacto no valor do lucro”.

Com estes resultados, a Gazprom, empresa cotada na bolsa de Moscovo, mas controlada pelo Estado com uma participação de 50,2%, recomendou que não fossem distribuídos aos acionistas dividendos relativos a 2022.

Esse ano ficou marcado para a Gazprom pelo encerramento de grande parte do mercado europeu, tendo a União Europeia o objetivo de reduzir as receitas russas ligadas à exportação de gás e usadas pelo Kremlin para financiar a ofensiva militar na Ucrânia.

Segundo números partilhados pelo fórum dos países exportadores de gás, a importação europeia de gás russo por gasoduto teve uma redução de 55%.

Perante as dificuldades, a Gazprom, que detém o monopólio das exportações de gás russo através de gasoduto, iniciou nos últimos meses uma mudança estratégica, reorientando uma parte das suas exportações para a Ásia, onde a procura energética é forte.
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 19897
  • Recebeu: 2846 vez(es)
  • Enviou: 2173 vez(es)
  • +1040/-3436
Re: Notícias da Rússia
« Responder #181 em: Junho 21, 2023, 02:59:58 pm »
Russian Economy update: 20 June 2023

In the period January to May 2023, the Russian budget deficit has exploded out to $42 Billion, taking the total deficit since the war began, to $82 Billion. Russia released the headline figures, after they tried to convince the world they had a surplus in May 2023. This means the economy is now reliant on it’s reserves, and they have now burnt through more than half the $150 Billion they had in reserves in February 2022.

Russia relies primarily on Oil and Gas for it’s income. They reported in April that revenues from oil and gas had fallen by 64% year on year. The subsidies the government paid to oil and gas companies and refineries and oil reverse excise tax, doubled from 38 Billion Rubles to 79 Billion Rubles in April 2023. The dampening mechanism subsidy to oil refineries increased to an eye watering, 107 Billion Rubles from 97 Billion Rubles in March 2023. (These subsidies were introduced to counter the EU and G& bans on crude and refined oil in December 2022 and February 2023 respectively). Russia has been compelled to subsidise the products to encourage sales and keep the refineries and oil wells open.

Figures which have been chosen and quite likely manipulated for release are found on the Russian Ministry of Finance website - they have produced an excel spreadsheet detailing what they claim are figures to date. In May 2023 Russia had a turnover of 2.9 Trillion in May 2023, compared with $5.7 Trillion in May 2022, a fall of 49% for the month of May. The accumulated total sales for the year is 8.1 Trillion Jan - May 2023, compared with $16 Trillion for the same period in 2022, a reduction in income of 49%.

Looking at the non oil and gas revenues for the year, in April 2023 this amounted to $5.5 Trillion Rubles, compared with 5.2 Trillion in April 2022 (a 5% increase). In May 2023 it was 7 Trillion Rubles, compared with 6.5 Trillion in 2022 (representing a 9% increase on the same Eric’s last year). The accumulated total for the first 5 months of 2023, the turnover was 19.7 Trillion Rubles compared to 19.6 Trillion in 2022 (an increase of 1%).

Analysing the income, the assumption that the economy is not doing to bad, as a small increase has been realised in the non-oil and gas revenues - is wrong. This is because the russian economy is reliant on Oil and Gas to sustain the economy. Before the illegal invasion, Oil and Gas made up over  60% of all Russian income. The 49% fall in the primary income source is having a catastrophic impact, hence the current Russian budget deficit of $42 Billion USD, or 3.7 Trillion Rubles deficit, and that is in just the first 5 months. Back in December 2022, the indicted War Criminal boasted that sanctions were not impacting the Russian economy and the regime published a budget forecast for 2023 as a deficit of 2.3 Trillion Rubles for the whole of 2023. It has now exceeded that forecast by 60.8% and there is still 7 months to go in the budget period to the end of 2023. Last year, Russia’s total budget deficit amounted to 3.3 trillion rubles ($47 billion) — or 2.3% of its GDP — making it the second-largest deficit in modern Russian history. This year is going to the highest ever deficit recorded by Russia on record.

At the current rate, Russia will have a deficit of over $100 Billion by the end of 2023. But the assumption that the current rate will not escalate is simply wrong! Given the escalating cost of the war for Russia, this conservative estimate is likely to be exceeded vastly by the end of 2023. Expenditure as a result of the murderous War in Ukraine for example: to April 2023, rocketed 26% to 11.2 trillion rubles compared to the same time last year. At the low end of estimates expenditure will surpass 50 Trillion Rubles by the year end.

The current Russian reserves amount to under $150 Billion, which will be burnt up by the end of the year.

Please like and retweet for awareness - Thank you!

Fonte - Beefeater
« Última modificação: Junho 21, 2023, 03:00:20 pm por Cabeça de Martelo »
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 19897
  • Recebeu: 2846 vez(es)
  • Enviou: 2173 vez(es)
  • +1040/-3436
Re: Notícias da Rússia
« Responder #182 em: Julho 06, 2023, 02:19:46 pm »
Parabéns à economia Russa que não está sofrer em nada com as sanções.



7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 4241
  • Recebeu: 2391 vez(es)
  • Enviou: 1384 vez(es)
  • +7220/-4336
Re: Notícias da Rússia
« Responder #183 em: Julho 17, 2023, 12:12:49 am »
O PREC Russo!

Estado russo assumiu controlo dos ativos da Danone e da Carlsberg

De acordo com o decreto assinado por Vladimir Putin, 98,56% das ações da cervejeira russa Baltika, propriedade da Carlsberg, e dezenas de milhares de ações da Danone foram colocadas "temporariamente" sob o controlo do Estado russo.

O Estado russo assumiu o controlo dos ativos russos do grupo francês Danone e do grupo dinamarquês Carlsberg, que tinham anunciado a intenção de abandonar o mercado russo após a ofensiva na Ucrânia, segundo um decreto publicado este domingo.

De acordo com o decreto assinado por Vladimir Putin e publicado no portal jurídico oficial russo, 98,56% das ações da cervejeira russa Baltika, propriedade da Carlsberg, e dezenas de milhares de ações da Danone foram colocadas "temporariamente" sob o controlo do Estado russo.

Em pormenor, o decreto especifica que 83.292.493.000 ações da "Danone Russia", propriedade do grupo Produits Laitiers Frais Est Europe, foram colocadas sob o controlo do Estado russo, juntamente com 85.000 outras ações pertencentes ao grupo "Danone Trade".

No final de junho, a cervejeira dinamarquesa Carlsberg anunciou que tinha encontrado um comprador anónimo para as suas atividades na Rússia, mais de um ano depois de ter anunciado a sua retirada do país na sequência da invasão russa da Ucrânia.

No final de março de 2022, o grupo anunciou a venda das suas principais atividades na Rússia, onde tem 8.400 empregados e detém a marca russa Baltika desde 2000.

Em meados de outubro, o gigante alimentar francês Danone anunciou a sua intenção de se retirar da maior parte das suas atividades na Rússia.

O grupo, que tinha inicialmente assumido a sua presença na Rússia para satisfazer "as necessidades alimentares essenciais das populações civis", tinha declarado que tencionava ceder o controlo do seu ramo "produtos lácteos e vegetais", conservando apenas o da nutrição infantil.

A multinacional francesa declarou que esta retirada poderia "resultar numa redução de valor até mil milhões de euros" nas suas contas.

A Danone comercializa leite e iogurte na Rússia sob as marcas Danone, Danissimo e Prostokvashino. Em 2010, o grupo comprou 57,5% da segunda maior empresa russa de produtos lácteos, a Unimilk (21% de quota de mercado e 25 fábricas).

Desde o ataque da Rússia à Ucrânia, em 24 de fevereiro, e as primeiras sanções económicas impostas pelo Ocidente, muitas multinacionais abandonaram a Rússia, enquanto outras suspenderam as suas atividades nos setores petrolífero, automóvel e do luxo. 

https://www.jornaldenegocios.pt/economia/detalhe/estado-russo-assumiu-controlo-dos-ativos-da-danone-e-da-carlsberg#loadComments

Rumo ao colectivismo........ desde que a cúpula se torne milionária!
 

*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 4241
  • Recebeu: 2391 vez(es)
  • Enviou: 1384 vez(es)
  • +7220/-4336
Re: Notícias da Rússia
« Responder #184 em: Julho 21, 2023, 05:40:08 pm »
Rússia impõe imposto extraordinário a grandes empresas



A Duma, câmara baixa do parlamento russo, adotou hoje um projeto de lei que impõe um imposto único aos lucros extraordinários das grandes empresas para apoiar o orçamento federal, num contexto de guerra na Ucrânia.

Em 2024, são esperados 300.000 milhões de rublos adicionais (cerca de 3.000 milhões de euros).

De acordo com o documento legislativo, adotado por unanimidade, o imposto deve ser pago o mais tarde em 28 de janeiro do próximo ano.

A taxa será de 10% sobre os lucros adicionais e o projeto de lei estabelece que o imposto se aplicará a lucros extraordinários obtidos por empresas cujo volume de negócios em média em 2021 e 2022 superou os mil milhões de rublos.

A base para o cálculo serão os lucros obtidos em 2018 e 2019.

O projeto exclui deste imposto uma série de empresas, incluindo pequenas e médias empresas.

As empresas que operam no setor do petróleo e gás, bem como na produção de carvão, também estão excluídas do imposto.

https://executivedigest.sapo.pt/noticias/russia-impoe-imposto-extraordinario-a-grandes-empresas/

A economia russa em agonia!!!!!!!
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 12714
  • Recebeu: 3062 vez(es)
  • Enviou: 7551 vez(es)
  • +719/-1250
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Notícias da Rússia
« Responder #185 em: Julho 31, 2023, 11:42:41 pm »

Russia Is Cannibalising Its Economy. But That's Not Enough.


https://www.youtube.com/user/HSMW/videos

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 19977
  • Recebeu: 2215 vez(es)
  • Enviou: 254 vez(es)
  • +929/-1464
Re: Notícias da Rússia
« Responder #186 em: Agosto 03, 2023, 05:55:05 pm »
União Europeia aperta sanções à Bielorrússia para travar fintas russas


 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 19977
  • Recebeu: 2215 vez(es)
  • Enviou: 254 vez(es)
  • +929/-1464
Re: Notícias da Rússia
« Responder #187 em: Agosto 07, 2023, 06:23:06 pm »
 

*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 4241
  • Recebeu: 2391 vez(es)
  • Enviou: 1384 vez(es)
  • +7220/-4336
Re: Notícias da Rússia
« Responder #188 em: Agosto 08, 2023, 09:53:53 pm »
A operação especial está a correr bem, acabaram as divisas estrangeiras?  :mrgreen:

Russos vendem divisas para aproveitar enfraquecimento do rublo

Segundo o banco central russo, num mês apenas, os russos venderam divisas de cerca de 44.000 milhões de rublos, perto de 500 milhões de dólares.



Os russos começaram a vender divisas para aproveitar a desvalorização do rublo, que caiu cerca de 15% nos últimos dois meses em relação às principais moedas estrangeiras, disse esta terça-feira o Banco Central da Rússia.

"No contexto do enfraquecimento do rublo, cuja taxa de câmbio ultrapassou os 90 rublos por dólar americano, a população passou a efetuar vendas líquidas de moeda estrangeira", afirmou a entidade num comunicado, citado pela Efe.

Segundo o banco central russo, num mês apenas, os russos venderam divisas de cerca de 44.000 milhões de rublos, perto de 500 milhões de dólares.

Desde o passado dia 07 de julho, a taxa de câmbio do rublo mantém-se acima de 90 unidades por dólar.

https://www.jornaldenegocios.pt/mercados/cambios/detalhe/russos-vendem-divisas-para-aproveitar-enfraquecimento-do-rublo?ref=DET_Recomendadas_pb#loadComments
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Cabeça de Martelo

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 19897
  • Recebeu: 2846 vez(es)
  • Enviou: 2173 vez(es)
  • +1040/-3436
Re: Notícias da Rússia
« Responder #189 em: Agosto 09, 2023, 02:24:37 pm »
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

os_pero

  • Membro
  • *
  • 205
  • Recebeu: 93 vez(es)
  • Enviou: 33 vez(es)
  • +40/-9
Re: Notícias da Rússia
« Responder #190 em: Agosto 10, 2023, 02:42:35 pm »
mais um episódio

https://24.sapo.pt/atualidade/artigos/banco-central-da-russia-suspende-compra-de-moedas-estrangeiras-no-mercado-de-cambios-nacional
Banco Central da Rússia suspende compra de moedas estrangeiras no mercado de câmbios nacional
Citar
O Banco Central da Rússia vai suspender a compra de moedas estrangeiras no mercado de câmbios nacional a partir de quinta-feira, para limitar o enfraquecimento do rublo, foi hoje anunciado.
Atualmente, o rublo está no nível mais baixo face ao euro e ao dólar desde março de 2022.

“A partir de 10 de agosto de 2023 e até ao final de 2023, o Banco Central decidiu deixar de comprar moedas estrangeiras no mercado nacional (…) a fim de reduzir a volatilidade dos mercados financeiros”, anunciou o Banco Central da Rússia (BCR) num comunicado divulgado na quarta-feira à noite.

Este anúncio, esperado por vários intervenientes do mercado, marca o abandono pelo BCR da regra orçamental segundo a qual a Rússia compra ou vende divisas estrangeiras, armazenadas no seu Fundo Nacional de Riqueza, para equilibrar o orçamento federal em função das variações das receitas dos hidrocarbonetos.

A medida surge numa altura em que o rublo caiu a pique nas últimas semanas, levando muitos russos a recear a queda do seu nível de vida.

Hoje de manhã eram necessários 107 rublos para trocar um euro e 97 rublos para um dólar, os níveis mais baixos do rublo desde as primeiras semanas após o início da ofensiva russa na Ucrânia.

No entanto, em meados de janeiro, o BCR, que atua em nome do Ministério das Finanças russo, retomou a compra e venda de divisas no mercado de câmbios nacional, depois de quase dez meses de suspensão, marcados por uma série de sanções adotadas em resposta à intervenção militar na Ucrânia.

Até fevereiro de 2022, a Rússia utilizou, sobretudo, dólares e euros para equilibrar o seu orçamento.

Mas Moscovo está agora empenhada numa corrida para ‘desdolarizar’ a sua economia, de modo a ficar menos dependente de Washington, o seu rival diplomático, e anunciou em janeiro que queria negociar principalmente em yuan, a moeda do seu parceiro chinês.

Qualquer decisão sobre o reinício das operações do BCR “será tomada tendo em conta a situação atual dos mercados financeiros”, declarou o organismo que garante a estabilidade financeira do país no comunicado de hoje.
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 12714
  • Recebeu: 3062 vez(es)
  • Enviou: 7551 vez(es)
  • +719/-1250
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Notícias da Rússia
« Responder #191 em: Agosto 12, 2023, 12:27:57 am »


E em relação ao Yuan.
https://www.youtube.com/user/HSMW/videos

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

Daniel

  • Investigador
  • *****
  • 3134
  • Recebeu: 416 vez(es)
  • Enviou: 207 vez(es)
  • +644/-8538
Re: Notícias da Rússia
« Responder #192 em: Agosto 14, 2023, 03:24:51 pm »
Moeda russa ultrapassa barreira dos 100 rublos por dólar
https://executivedigest.sapo.pt/noticias/moeda-russa-ultrapassa-barreira-dos-100-rublos-por-dolar/
Citar
A moeda russa ultrapassou, esta segunda-feira, a barreira dos 100 rublos por dólar na Bolsa de Moscovo, apesar das medidas introduzidas pelo Banco Central da Rússia para tentar conter a sua desvalorização.

O rublo atingiu 100,18 por dólar na bolsa de Moscovo, o nível mais baixo desde o final de março de 2022.

O ponto mais baixo da moeda russa foi atingido a 11 de março de 2022, duas semanas após o início da guerra na Ucrânia, quando caiu para 120 rublos por dólar norte-americano.

Além disso, o rublo também continuou a enfraquecer face ao euro, sendo transacionado a 109,81 rublos por euro, o ponto mais baixo desde 23 de março do ano passado.

O rublo tem vindo a desvalorizar-se constantemente desde que o chefe do grupo paramilitar russo Wagner, Yevgeny Prigozhin, encenou uma rebelião armada falhada no final de junho.

No entanto, Alexei Zabotkin, vice-presidente do Banco Central da Rússia (CBR, na sigla em inglês), disse na sexta-feira que a instituição emissora não vê qualquer risco para a estabilidade financeira, embora não tenha excluído um aumento das taxas de juro devido à subida da inflação.

O rublo, que caiu 7,7% em julho em comparação com o mês anterior, desvalorizou 26,4% durante os primeiros sete meses deste ano.

A tendência descendente do rublo não foi invertida pela decisão tomada esta semana pelo CBR de suspender, a partir de 10 de agosto, a compra de divisas no mercado interno, a fim de “reduzir a volatilidade dos mercados financeiros”.

O CBR sublinhou que o principal fator de queda do rublo continua a ser o desequilíbrio da balança comercial, destacando que o valor das exportações caiu um terço desde o segundo semestre de 2022.

Foi precisamente em dezembro de 2022 que as potências ocidentais impuseram um limite máximo de 60 dólares ao preço do petróleo russo, a principal fonte de divisas do país.
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 19977
  • Recebeu: 2215 vez(es)
  • Enviou: 254 vez(es)
  • +929/-1464
Re: Notícias da Rússia
« Responder #193 em: Agosto 14, 2023, 09:37:06 pm »
Rublo atinge nível mais baixo desde março de 2022


 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 19977
  • Recebeu: 2215 vez(es)
  • Enviou: 254 vez(es)
  • +929/-1464
Re: Notícias da Rússia
« Responder #194 em: Agosto 14, 2023, 09:55:07 pm »