UAVs na FAP

  • 354 Respostas
  • 62123 Visualizações
*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 17813
  • Recebeu: 5300 vez(es)
  • Enviou: 5615 vez(es)
  • +6979/-9183
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 8187
  • Recebeu: 3690 vez(es)
  • Enviou: 701 vez(es)
  • +4918/-762
Re: UAVs na FAP
« Responder #286 em: Fevereiro 02, 2023, 11:04:01 pm »
Eu acho que esse valor se remete simplesmente a meter a tralha a funcionar como deve ser e com o pessoal necessário. Ou seja, não inclui substituição ou modernização de equipamento, nem deve incluir reforço de stock de armamento existente (nomeadamente mísseis e bombas inteligentes para os F-16, mísseis das fragatas, mísseis e torpedos dos submarinos, etc).

Um valor que incluísse realmente aquilo que é necessário para edificar uma força realmente competente, seria muito superior.

Mas também aqueles 780 milhões, colocam em perspectiva uma coisa: Em muitos casos acaba por compensar mais a substituição dos equipamentos, do que torrar dinheiro a colocá-los operacionais. É que se formos a ver bem, seriam 780 milhões, e as FA continuariam a ser completamente obsoletas.  ::)

Dos meios que temos, era garantir a operacionalização das frotas seguintes: F-16, P-3 (4), Merlin, C-295, Leopard, M109A5, Pandur, ST5, as BD, os Tridente. VBL e Humvee apenas se financeiramente viável, navios/lanchas de patrulha não contam, nem aeronaves de treino, nem os C-130 e Lynx (em modernização), nem hidrográficos. Tudo o resto substituído.

Talvez me tenha esquecido de algum equipamento, mas percebem a ideia. Tudo o que seja meio de combate, mas já obsoleto, devia ser substituído e não alvo de uma reabilitação.
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 5282
  • Recebeu: 3919 vez(es)
  • Enviou: 9567 vez(es)
  • +8440/-242
Re: UAVs na FAP
« Responder #287 em: Fevereiro 02, 2023, 11:23:30 pm »
Essa verba inclui operacionalização dos meios encostados, aquisição de todo o tipo munições (incluindo mísseis) e, mais importante, reforço de pessoal — só para a FAP 2600 militares. De nada serve adquirir peças e sobresselentes para o equipamento inoperacional se não existir pessoal para efectuar manutenção e reparações. Já para não falar dos batalhões a quatro pelotões, que noutros exércitos se costumam designar por companhias.
Talent de ne rien faire
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM, Charlie Jaguar, tenente

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 8187
  • Recebeu: 3690 vez(es)
  • Enviou: 701 vez(es)
  • +4918/-762
Re: UAVs na FAP
« Responder #288 em: Fevereiro 02, 2023, 11:27:20 pm »
Inclui munições? Se inclui, então estamos a falar de muito pouca coisa com certeza.
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 5282
  • Recebeu: 3919 vez(es)
  • Enviou: 9567 vez(es)
  • +8440/-242
Re: UAVs na FAP
« Responder #289 em: Fevereiro 02, 2023, 11:58:42 pm »
Estamos simplesmente a falar do necessário para que a meia-dúzia de F-16 e o par de fragatas ao serviço da NATO possam participar em missões de combate para além de uns dois dias. Porque com a quantidade de munições actualmente existente, a utilidade desses meios não vai além desse período — missões sustentadas, nas actuais condições só mesmo do tipo fotográfico.
Talent de ne rien faire
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM, P44, Charlie Jaguar

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 2857
  • Recebeu: 575 vez(es)
  • Enviou: 351 vez(es)
  • +151/-469
Re: UAVs na FAP
« Responder #290 em: Fevereiro 23, 2023, 11:23:57 pm »
Citar
IDEX 2023: Tekever enhances AR5 UAV with SAR payload



Tekever has integrated a synthetic aperture radar (SAR) payload on its AR5 unmanned aerial vehicle (UAV), the company announced at IDEX 2023 being held in Abu Dhabi from 20 to 24 February.

Developed by the company's space division, GAMASAR can detect objects in challenging environments during the day and night, extending the operational capabilities of the platform.

It is intended to support both maritime and land-based surveillance missions.

Tekever's Paulo Ferro told Janes that the payload began development in 2019 and is designed to have an optimum form fit factor. He was unable to elaborate on any customers.

GAMASAR has also been integrated on the company's AR3 vertical take-off and landing (VTOL) UAV.

AR5 is a medium-altitude, medium-endurance UAV designed for maritime patrol, surveillance, and search and rescue missions. The aircraft's payload fit can include electro-optical and infrared sensors, maritime radar, and an automatic identification system (AIS), among others.

Tekever's space division is also developing SAR payloads that will “support micro-satellite constellations through the use of advanced AI”.


A Tekever continua a integrar cada vez mais tecnologia nos seus drones.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: PTWolf

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 3700
  • Recebeu: 2482 vez(es)
  • Enviou: 1939 vez(es)
  • +5689/-2717
Re: UAVs na FAP
« Responder #291 em: Março 07, 2023, 12:08:29 pm »
https://www.facebook.com/193305537419062/posts/pfbid02PNCZezYxzU8EyGaCF2AAHKLt3sHzkZYnJLZxdKKEWLMXXuh42BHk7cSr6WVgdy2Zl/

Tekever em força,  mas lá fora. Cá brincam com dronezinhos

Mas desde inicio da aquisição repentina e directa dos 12 dronezinhos da FAP que nem funcionavam devidamente, que a história é bafienta

Fica mal serviço o País
« Última modificação: Março 07, 2023, 12:20:15 pm por Pescador »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF, tenente

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 2857
  • Recebeu: 575 vez(es)
  • Enviou: 351 vez(es)
  • +151/-469
Re: UAVs na FAP
« Responder #292 em: Março 07, 2023, 07:17:58 pm »
https://www.facebook.com/193305537419062/posts/pfbid02PNCZezYxzU8EyGaCF2AAHKLt3sHzkZYnJLZxdKKEWLMXXuh42BHk7cSr6WVgdy2Zl/

Tekever em força,  mas lá fora. Cá brincam com dronezinhos

Mas desde inicio da aquisição repentina e directa dos 12 dronezinhos da FAP que nem funcionavam devidamente, que a história é bafienta

Fica mal serviço o País

Não me parece que em Portugal fosse aceite a privatização da patrulha marítima.
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 8187
  • Recebeu: 3690 vez(es)
  • Enviou: 701 vez(es)
  • +4918/-762
Re: UAVs na FAP
« Responder #293 em: Março 09, 2023, 10:57:19 pm »
Tenho a certeza que a parte que interessa na notícia, não é a privatização da patrulha marítima, mas sim que o modelo da Tekever é bom e recomenda-se, tal como se vê por este novo contrato.  ::)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Pescador

*

Lampuka

  • Analista
  • ***
  • 690
  • Recebeu: 228 vez(es)
  • Enviou: 281 vez(es)
  • +115/-1110
Re: UAVs na FAP
« Responder #294 em: Março 13, 2023, 07:15:27 pm »
João Pereira
 

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 2857
  • Recebeu: 575 vez(es)
  • Enviou: 351 vez(es)
  • +151/-469
Re: UAVs na FAP
« Responder #295 em: Março 13, 2023, 09:14:12 pm »
Tenho a certeza que a parte que interessa na notícia, não é a privatização da patrulha marítima, mas sim que o modelo da Tekever é bom e recomenda-se, tal como se vê por este novo contrato.  ::)

O negocio da Tekever é intelligence-as-a-service. Nem me lembro de vendas por parte da empresa, talvez uns a Marinha.
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 8187
  • Recebeu: 3690 vez(es)
  • Enviou: 701 vez(es)
  • +4918/-762
Re: UAVs na FAP
« Responder #296 em: Março 13, 2023, 11:44:16 pm »
O que não apaga o facto do drone ser bom, a útil para a FAP. Se não tiveram vendas, é culpa nossa (país). O MQ-9 Reaper, o Heron israelita e outros, também não tinham nenhuma venda, até o país produtor os ter comprado, e a partir daí, aí sim, surgiram mais vendas para fora.

Produzir um drone bom, com boas capacidades para patrulha marítima e diversas operações de vigilância, e as FA do país que o fabrica, nem sequer comprarem um par deles, é algo de absurdo.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lampuka, Pescador, PTWolf

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 12714
  • Recebeu: 3062 vez(es)
  • Enviou: 7552 vez(es)
  • +719/-1250
    • http://youtube.com/HSMW
Re: UAVs na FAP
« Responder #297 em: Março 25, 2023, 01:33:06 am »

UAVision OGASSA OGS 42N - Real Thaw 2023

Tem é de ser visto no youtube,
https://www.youtube.com/user/HSMW/videos

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 3700
  • Recebeu: 2482 vez(es)
  • Enviou: 1939 vez(es)
  • +5689/-2717
Re: UAVs na FAP
« Responder #298 em: Março 25, 2023, 08:06:46 pm »
Essa verba inclui operacionalização dos meios encostados, aquisição de todo o tipo munições (incluindo mísseis) e, mais importante, reforço de pessoal — só para a FAP 2600 militares. De nada serve adquirir peças e sobresselentes para o equipamento inoperacional se não existir pessoal para efectuar manutenção e reparações. Já para não falar dos batalhões a quatro pelotões, que noutros exércitos se costumam designar por companhias.

Cá sempre foi 4 pelotões uma Companhia
Mas agora interessa é justificar a existência de altas patentes por isso até lhe podem chamar Divisão. Na Marinha se alguém for a contar os comodoros e almirantes, perguntamos logo, de que Armada????
 

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 3700
  • Recebeu: 2482 vez(es)
  • Enviou: 1939 vez(es)
  • +5689/-2717
Re: UAVs na FAP
« Responder #299 em: Março 26, 2023, 04:13:51 pm »