Indústria de Defesa do Brasil

  • 351 Respostas
  • 121153 Visualizações
*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 6826
  • Recebeu: 965 vez(es)
  • Enviou: 481 vez(es)
  • +8957/-10219
Re: Indústria de Defesa do Brasil
« Responder #285 em: Abril 11, 2023, 01:04:25 pm »
ASTROS AFC, míssil tático de cruzeiro e ASTROS III são destaques da Avibras na LAAD 2023


Citar
Especializada no desenvolvimento de soluções tecnológicas inovadoras nas áreas de Defesa, Aeronáutica, Espaço, Eletrônica e Veicular, a Avibras Indústria Aeroespacial estará presente em mais uma edição da LAAD Defence & Security, evidenciando o seu portfólio de produtos reconhecidos no mercado mundial de Defesa e Segurança. A feira, que é considerada a maior e mais importante feira de defesa e segurança da América Latina, será realizada de 11 a 14 de abril no Riocentro – Centro de Convenções e Exposições no Rio de Janeiro.

Guiada pela excelência e inovação, a Avibras apresentará em seu estande localizado no Pavilhão 4 – R50, produtos de vanguarda como:

O ASTROS II MK6 (Sistema de Artilharia de Foguetes e Mísseis), referência mundial em sua classe e provado em combate;
O míssil tático de cruzeiro (MTC) capaz de neutralizar alvos até 300 km;

O novo ASTROS AFC (Autonomous Firing Calculation) que é uma versão destinada a oferecer excelente custo-benefício, permitindo operar isoladamente ou em seção, sendo que sua lançadora possui maior poder de fogo e capacidade de calcular os elementos de tiro, efetuar o disparo e buscar abrigo (“Shoot & Scoot”), minimizando a exposição do Sistema AFC;

O C4ISTAR que é escalável de Batalhão à Divisão e baseado na experiência de décadas da Avibras no Sistema de Comando e Controle do ASTROS, possuindo as interfaces para integração das funções de Inteligência, Vigilância, Busca de Alvo e Reconhecimento e sua respectiva ligação com Sistemas de Comando e Controle de escalões superiores;

A família de Sistemas de Mísseis terra-terra, ar-terra, mar-terra e antinavio;

E o ASTROS III, baseada em viatura 8x8, que terá o dobro do poder de fogo do ASTROS AFC e acumulará todo o legado tecnológico do ASTROS MK6, lançando foguetes balísticos, foguetes guiados, mísseis balísticos e mísseis táticos de cruzeiro.

A companhia também levará o seu pioneirismo e a sua expertise na área espacial com o VSB-30, veículo suborbital de grande sucesso no Programa Espacial Brasileiro e o S50, o maior motor-foguete já fabricado no Brasil com 12 toneladas de propelente sólido e tecnologias inovadoras como o uso de fibra de carbono para a produção do envelope-motor, o que o torna mais leve e eficiente.

Com sua participação em mais esta edição, a Avibras reforça a sólida parceria e o comprometimento com as Forças Armadas do Brasil para o desenvolvimento de tecnologias de alto valor agregado que visam a soberania do País, como é o caso do míssil tático de cruzeiro em fase de certificação junto ao Exército Brasileiro, além de reforçar que é uma parceira confiável para impulsionar o conhecimento tecnológico de vanguarda tanto no Brasil quanto no exterior.

Operação ASTROS AVC


Sobre a Avibras

A Avibras é uma empresa brasileira de tecnologia e inovação com capacidade industrial única e reconhecida mundialmente pela excelência e qualidade de seus produtos, sistemas e soluções de engenharia nas áreas de Aeronáutica, Espaço, Eletrônica, Veículos e Defesa.

Com mais de 60 anos de atuação e certificada como Empresa Estratégica de Defesa (EED), a Avibras consolidou sua posição como uma das empresas líderes mundiais no segmento de Defesa e Aeroespacial, com o desenvolvimento e fabricação de veículos especiais para fins militares, tornando-se uma referência em Sistema Lançador Múltiplo de Foguetes (MRLS), foguetes balísticos e guiados, mísseis e pioneira participação nos programas de pesquisa espacial.

Conhecida como uma empresa que tem “Competência para construir Competências”, a Avibras é uma System House, oferecendo soluções tecnológicas em atendimento a qualquer necessidade dos clientes, evidenciando a real diversificação e oportunidades de spin-off em Defesa, Espaço e Integração de Sistemas Complexos.

Sediada em São José dos Campos, no Vale do Paraíba, a empresa é pioneira em tecnologia própria, inovadora e independente, e opera em amplas instalações em Jacareí e Lorena. Sua força de trabalho é composta por engenheiros, pesquisadores e técnicos altamente qualificados e capazes de prover soluções para os mais variados segmentos.

 :arrow:  https://avibras.com.br/site/midia/noticias/485-astros-afc-missil-tatico-de-cruzeiro-e-astros-iii-sao-destaques-da-avibras-na-laad-2023.html
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: PTWolf

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 6826
  • Recebeu: 965 vez(es)
  • Enviou: 481 vez(es)
  • +8957/-10219
Re: Indústria de Defesa do Brasil
« Responder #286 em: Abril 13, 2023, 12:38:24 pm »
Combat Armor Defense apresenta veículos blindados inéditos na LAAD Defense & Security 2023


Citar
A Combat Armor Defense, empresa especializada em blindagem para carros civis e militares, com mais de 5 mil veículos blindados em 30 países, participa, mais uma vez da LAAD Defense & Security – Feira internacional de Defesa e Segurança – a maior e mais importante feira de defesa e segurança da América Latina. A 13ª edição acontece de 11 a 14 de abril no Riocentro, na cidade do Rio de Janeiro, com o apoio institucional do Ministério da Defesa, das Forças Armadas, do Ministério da Justiça e da estrutura brasileira de Segurança Pública.

Para o evento que reúne, entre outros, fabricantes e fornecedores de tecnologias para as Forças Armadas, Polícias, Forças Especiais, executivos da indústria de defesa e segurança e agências governamentais, a empresa traz grandes novidades: a caminhonete Patrol V-BOT; a SW4 Civil; e o V-Raptor. “A inovação está no DNA da Combat Armor Defense”, afirma Eduardo Rodrigues, diretor de pesquisa e desenvolvimento. “Para a LAAD estamos levando o que há de mais moderno em tecnologia de segurança para civis e militares”.

A Combat Armor Defense, com mais de 20 anos no mercado brasileiro e internacional, é referência em segurança, inclusive com atuação na Arábia Saudita e Iraque e uma das mais procuradas pelas autoridades nacionais e internacionais. “Estamos aguardando no nosso estande convidados de delegações de vários países da América Latina, Arábia Saudita, e África”, afirma Marcelo Silva, diretor comercial da empresa.

NOVIDADES LAAD 2023

A caminhonete Nissan Patrol-VBOT é um veículo blindado para operações táticas com nível III de proteção balística, que defende de munições mais pesadas como fuzis e granadas. Com o padrão VBL (Veículo Blindado Leve), o Patrol-VBOT é ideal para chegar em locais de difícil acesso e espaços limitados.


O veículo contém câmeras, megafone, cintas, run flats, e outras ferramentas necessárias durante as operações. As seteiras dão uma maior segurança aos policiais, permitindo o armazenamento e manuseio das armas de fogo diretamente do veículo, sem se expor ao perigo. A capacidade do veículo é de até quatro pessoas. A produção levou cerca de três anos e mais de 50 veículos já estão em operação no país.

A SW4-Civil, com blindagem nível III, incluindo tiros de fuzil e granada, foi produzida para atender aqueles que prezam por mais segurança no dia a dia, sejam autoridades, artistas, empresários, ou famílias. Devido aos problemas constantes de criminalidade no país, cada vez mais pessoas optam por um carro blindado.

O alto nível de proteção balística passou a ser autorizado pelo exército para veículos comuns e isso atraiu um público mais diverso, principalmente nas grandes metrópoles. Por se tratar de uma blindagem Nível III, é desenvolvida de maneira a garantir a proteção, sem abrir mão do conforto e dirigibilidade.

Segundo dados da ABRABLIN – Associação Brasileira de Blindagem, em 2022 mais de 25 mil carros foram blindados no Brasil, 84% foram no estado de São Paulo.

“A blindagem no Brasil vem crescendo a cada ano por conta da criminalidade. É esperado um aumento da procura dos serviços em relação ao ano passado, e já observamos isso logo nesse primeiro trimestre devido a quantidade de trabalho que chega às montadoras”, conta Marcelinho Silva, presidente da entidade.

O V-Raptor é a grande aposta da Combat Armor Defense neste ano. Um veículo com produção nacional, monobloco e inédito, que já “nasce” blindado. Especialmente pensado para atender demandas extremas dentro e fora da estrada, conta com sistema de suspensão independente e permite uma perfeita manobrabilidade em qualquer tipo de superfície.

Seu fundo em formato “V” sob a carroceria oferece maior proteção balística, proporcionando maior segurança à tripulação em casos de explosão, além de sua maior velocidade e recursos de proteção superiores em comparação a outros veículos de seu segmento.

Outro diferencial é o peso: apesar de ser extremamente forte, é o primeiro veículo do padrão VBL com menos de 5 toneladas, chegando a 4,5. “O V-Raptor chega para consolidar a Combat Armor Defense não só como uma empresa de blindagem, mas também como indústria de carros blindados”, afirma Maurício Junot, CEO da Combat.

Toda expertise da empresa foi adquirida a partir da atuação no exterior, em países como Arábia Saudita e Iraque. Após muitas vivências e pesquisas em localidades de guerras constantes, foi possível unir o conhecimento com as necessidades da segurança pública brasileira, para chegar à construção destes veículos inovadores e excepcionalmente seguros.

A participação na feira oferece a possibilidade de negócios, principalmente com delegações internacionais. O lançamento do V-Raptor é um grande atrativo para o evento, por se tratar de um produto de uma empresa mundialmente reconhecida como a Combat Armor Defense. Algumas autoridades de países da América do Sul e da África já demonstraram interesse em vir para a feira, para fechar negócio.

 :arrow:  https://www.defesanet.com.br/defesa/noticia/1050208/combat-armor-defense-apresenta-veiculos-blindados-ineditos-na-laad-defense-security-2023/

 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 6826
  • Recebeu: 965 vez(es)
  • Enviou: 481 vez(es)
  • +8957/-10219
Re: Indústria de Defesa do Brasil
« Responder #287 em: Abril 13, 2023, 12:40:51 pm »
DGS Defense apresenta embarcação autônoma


Citar
A DGS Defense apresentou na LAAD 2023 o VSNT (Veículo de Superfície Não-Tripulado), um projeto que é parte do desenvolvimento de um de casco para uma embarcação autônoma para emprego dual, ou seja, defesa e segurança e em atividades civis.

Trata-se de um solução inovadora, pois oferece um casco com maior resistência e durabilidade que os tipos em alumínio, fibra de vidro ou infláveis. A nova solução da DGS é 100% não-magnética com alta capacidade de absorção de energia, indicado para o emprego em contramedidas de minagem e varredura, principalmente em locais com risco de detonação, provendo maior probabilidade de sobrevida em relação aos cascos convencionais.

Já no primeiro dia da LAAD 2023, a empresa assinou um acordo de parceria com o Centro Tecnológico da Marinha no Rio de Janeiro (CTMRJ) para o desenvolvimento do conceito e projeto do casco de uma embarcação não-tripulada de contraminagem.

O protótipo apresentado na feira é baseado no projeto Armada 15, equipado com um sistema de armas remotamente controlado (SARC) CORCED, da Ares Aeroespacial e Defesa, que mostra a enorme gama de funções que pode desempenhar.


Ficha técnica

Comprimento: 4,5 m;
Boca: 2 m;
Calado: 45 cm;
Capacidade de carga: 500 kg;
Velocidade máxima: 30 nós;
Deslocamento: 1,5 toneladas;
Motorização sugerida: 1 motor quatro-tempos de 150 hp.


 :arrow:  https://tecnodefesa.com.br/dgs-defense-apresenta-embarcacao-autonoma/
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: PTWolf

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 6826
  • Recebeu: 965 vez(es)
  • Enviou: 481 vez(es)
  • +8957/-10219
Re: Indústria de Defesa do Brasil
« Responder #288 em: Abril 19, 2023, 09:05:42 pm »
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 6826
  • Recebeu: 965 vez(es)
  • Enviou: 481 vez(es)
  • +8957/-10219
Re: Indústria de Defesa do Brasil
« Responder #289 em: Abril 19, 2023, 09:26:31 pm »
 

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 5343
  • Recebeu: 726 vez(es)
  • Enviou: 725 vez(es)
  • +509/-2608
Re: Indústria de Defesa do Brasil
« Responder #290 em: Abril 21, 2023, 11:20:19 am »
Espero que esse menino, tenha capacidade para integrar tecnologia chinesa, pois pelo que parece, se o vosso presidente continuar a mandar bitaites russos, vai acabar por ficar dependente dos chineses.
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

PTWolf

  • Analista
  • ***
  • 764
  • Recebeu: 341 vez(es)
  • Enviou: 1629 vez(es)
  • +984/-189
Re: Indústria de Defesa do Brasil
« Responder #291 em: Abril 21, 2023, 05:52:41 pm »

Preferia ao ST. Mas com o posicionamento geopolitico do Brasil....
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 6826
  • Recebeu: 965 vez(es)
  • Enviou: 481 vez(es)
  • +8957/-10219
Re: Indústria de Defesa do Brasil
« Responder #292 em: Abril 21, 2023, 10:10:40 pm »
Espero que esse menino, tenha capacidade para integrar tecnologia chinesa, pois pelo que parece, se o vosso presidente continuar a mandar bitaites russos, vai acabar por ficar dependente dos chineses.

Por que tecnologia chinesa? A Avibras tem quase 100% de autonomia tecnológica em seus propelentes e demais insumos. O Chassi do Sistema ASTROS é Trata, mas nada que não possa ser resolvido.
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 6826
  • Recebeu: 965 vez(es)
  • Enviou: 481 vez(es)
  • +8957/-10219
Re: Indústria de Defesa do Brasil
« Responder #293 em: Abril 21, 2023, 10:12:00 pm »
Citar
Preferia ao ST. Mas com o posicionamento geopolitico do Brasil....

O posicionamento geopolítico do Brasil é a favor do interesse do...  Brasil.

 

*

PTWolf

  • Analista
  • ***
  • 764
  • Recebeu: 341 vez(es)
  • Enviou: 1629 vez(es)
  • +984/-189
Re: Indústria de Defesa do Brasil
« Responder #294 em: Abril 21, 2023, 10:21:12 pm »
Citar
Preferia ao ST. Mas com o posicionamento geopolitico do Brasil....

O posicionamento geopolítico do Brasil é a favor do interesse do...  Brasil.

Certo. É uma escolha vossa.

Simplesmente não ta alinhada com a Portuguesa
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 20941
  • Recebeu: 2489 vez(es)
  • Enviou: 257 vez(es)
  • +1161/-1485
Re: Indústria de Defesa do Brasil
« Responder #295 em: Maio 06, 2023, 10:02:09 am »
Os planos ambiciosos da Akaer para o futuro, LAAD 2023


 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 6826
  • Recebeu: 965 vez(es)
  • Enviou: 481 vez(es)
  • +8957/-10219
Re: Indústria de Defesa do Brasil
« Responder #296 em: Junho 10, 2023, 12:18:06 am »
Mac Jee realiza primeira demonstração do Armadillo para o Exército Brasileiro em Formosa


Citar
O grupo brasileiro de defesa Mac Jee, situado no Vale do Paraíba (SP), realizou hoje (7), pela primeira vez em Formosa (GO), a demonstração de seu lançador de foguetes Armadillo, o sistema de defesa terra-terra mais leve, compacto e rápido do mercado global. A demonstração foi realizada durante as comemorações pelo Dia da Artilharia, no Comando de Artilharia do Exército, e contou com uma seleta plateia de convidados como o General de Exército Fernando José Sant’ana Soares, Chefe do Estado-Maior do Exército, representantes do Alto Comando do Exército e outras importantes autoridades civis e militares.


Projetado e desenvolvido para condições extremas de operação, o Armadillo tem alto poder ofensivo e pode retrair o sistema de lançamento durante a fase não ofensiva, contando ainda com um sistema lançador múltiplo de foguetes de 70 mm, compacto, rápido e versátil. “Fomos convidados pelo General Paixão durante a Feira Internacional de Defesa e Segurança LAAD, em abril, para fazer a demonstração do Armadillo. Nosso sistema é mundialmente patenteado e único no mundo com tal poder de fogo num veículo desse tamanho”, explica Alessandra Stefani, CEO da Mac Jee.

Equipado com três casulos lançadores, carregados com 24 foguetes cada e com mecanismo de recarregamento automático, o Armadillo possui comunicação integrada, permitindo maior área de cobertura operacional, sistema de navegação avançado com localização mesmo sem sinal de GPS, alta mobilidade e baixo centro de gravidade durante deslocamentos, possui ainda alcance de disparo indireto de 10 Km e 3Km de disparo direto.


Além da demonstração de tecnologia e poder de defesa da artilharia nacional, o evento organizado pelo Comando de Artilharia do Exército reforça o comprometimento com a excelência de empresas e Forças Armadas. “A Base Industrial de Defesa vem se empenhando para ofertar equipamentos com alto valor agregado para nossas Forças Armadas. Estamos muito orgulhosos, pois sabemos da confiança e responsabilidade que nos é dada ao participar de um evento dessa magnitude, como o Dia da Artilharia”, finaliza a executiva.

 :arrow:  https://www.defesaaereanaval.com.br/defesa/mac-jee-realiza-primeira-demonstracao-do-armadillo-para-o-exercito-brasileiro-em-formosa
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 6826
  • Recebeu: 965 vez(es)
  • Enviou: 481 vez(es)
  • +8957/-10219
Re: Indústria de Defesa do Brasil
« Responder #297 em: Junho 10, 2023, 12:19:49 am »


 

*

Tikuna

  • Membro
  • *
  • 261
  • Recebeu: 154 vez(es)
  • Enviou: 50 vez(es)
  • +73/-2405
Re: Indústria de Defesa do Brasil
« Responder #298 em: Junho 10, 2023, 02:42:32 pm »
Citar
Preferia ao ST. Mas com o posicionamento geopolitico do Brasil....

O posicionamento geopolítico do Brasil é a favor do interesse do...  Brasil.

Certo. É uma escolha vossa.

Simplesmente não ta alinhada com a Portuguesa

O Brasil sempre fez negócio e falou com o mundo inteiro e só agora que descobriram isso?
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 20941
  • Recebeu: 2489 vez(es)
  • Enviou: 257 vez(es)
  • +1161/-1485
Re: Indústria de Defesa do Brasil
« Responder #299 em: Junho 30, 2023, 12:03:11 pm »
Iacit exibe Radar OTH 0100 - radar alem do horizonte na LAAD 2023