Combate a fogos pela F.A.P.

  • 1880 Respostas
  • 393752 Visualizações
*

Lampuka

  • Analista
  • ***
  • 696
  • Recebeu: 230 vez(es)
  • Enviou: 283 vez(es)
  • +116/-1124
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #1770 em: Novembro 03, 2023, 08:08:04 am »
Bom dia.
O nexo é que me apeteceu. Simples 😉
Depois, tem tanto nexo como continuar a misturar KC390 com helicópteros de combate a incêndios ou outros meios,  todos necessários e prioritários, mas com programas,  realidades, utilizações... diferentes.
Quanto aos UH60, eu que até nem engulo muito bem materiais dos EUA devido à utilização das Lajes, ainda por cima usado e pago, reconheço que dadas as circunstâncias,  poderão ser uma mais valia no que diz respeito ao combate a incêndios e mais um ou outro tipo de missão que lhes seja atribuída.
Esquadra nova, meios "novos", missão principal também nova (combate a incêndios)... se calhar não estávamos ainda preparados para muito mais.
Dentro de uns anos, com alguma experiência própria, mais pessoal, e definindo provavelmente requisitos próprios,  poderemos pensar adquirir mais meios próprios nas mesmas ou outras condições,  dependendo de como correrem as coisas.
Quanto a compararações, estuda um pouco da sua geografia, demografia, economia, capacidade industrial... e também de como têm gerido de forma muito inteligente as suas relações com a UE e os EUA. 😉
Não há milagres no PIB, e enquanto aqui se discute o sexo dos anjos (e não só), lá...
Abraço e bons posts.
João Pereira
 

*

Get_It

  • Investigador
  • *****
  • 2246
  • Recebeu: 522 vez(es)
  • Enviou: 466 vez(es)
  • +834/-827
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #1771 em: Novembro 03, 2023, 09:26:55 am »
Esquadra nova, meios "novos", missão principal também nova (combate a incêndios)... se calhar não estávamos ainda preparados para muito mais.
Vamos ver o português que vão usar, pois acho que a missão principal no papel não vai ser tão nova quanto isso. Vão é passar a ter equipamento e capacidade para executar combate a incêndios directo. Agora a missão em si e o português usado acho que vai ser o mesmo que já se chegou a usar no passado.

As missões em si até são as que a 552 executava anteriormente e as que a 551 executou no passado.

Cumprimentos,
:snip: :snip: :Tanque:
 

*

ricardonunes

  • Investigador
  • *****
  • 4817
  • Recebeu: 401 vez(es)
  • Enviou: 79 vez(es)
  • +251/-5623
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #1772 em: Novembro 03, 2023, 10:02:30 am »
Esquadra nova, meios "novos", missão principal também nova (combate a incêndios)... se calhar não estávamos ainda preparados para muito mais.
Vamos ver o português que vão usar, pois acho que a missão principal no papel não vai ser tão nova quanto isso. Vão é passar a ter equipamento e capacidade para executar combate a incêndios directo. Agora a missão em si e o português usado acho que vai ser o mesmo que já se chegou a usar no passado.

As missões em si até são as que a 552 executava anteriormente e as que a 551 executou no passado.

Cumprimentos,

Ponham se com avarias que ainda vão ter de devolver o dinheiro alocado do PRR para a compra dos ditos....
Potius mori quam foedari
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 5304
  • Recebeu: 5190 vez(es)
  • Enviou: 3441 vez(es)
  • +10048/-2636
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #1773 em: Novembro 03, 2023, 12:10:19 pm »
Esquadra nova, meios "novos", missão principal também nova (combate a incêndios)... se calhar não estávamos ainda preparados para muito mais.
Vamos ver o português que vão usar, pois acho que a missão principal no papel não vai ser tão nova quanto isso. Vão é passar a ter equipamento e capacidade para executar combate a incêndios directo. Agora a missão em si e o português usado acho que vai ser o mesmo que já se chegou a usar no passado.

As missões em si até são as que a 552 executava anteriormente e as que a 551 executou no passado.

Cumprimentos,

É exactamente por aí. O conceito de mobilidade aérea é muito vasto, tanto que até se aplica aos Koala e às suas missões de transporte/assalto com forças especiais.

O que me está a causar curiosidade é saber se os Black Hawk farão ou não SAR costeiro, libertando assim por exemplo o Koala que tem estado permanentemente destacado precisamente em Ovar. Guincho ainda não trazem, e parece-me que a janela lateral do lado do piloto no UH-60A é em bolha como nos Koala, o que permite uma melhor observação do terreno em várias situações e missões.
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Major Alvega

*

CruzSilva

  • Especialista
  • ****
  • 1159
  • Recebeu: 445 vez(es)
  • Enviou: 2068 vez(es)
  • +633/-108
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #1774 em: Novembro 03, 2023, 09:53:57 pm »
Alguém pediu...
https://twitter.com/ironbirdphotos/status/1720108651224973813?t=0WUeiCoOmvafxQy__JZuJA&s=19

Muito sinceramente, nunca pensei a vir ver algo do género!


Gosto muito do visual do Blackhawk e ver este pássaro com esta pintura dá-me vontade chamar a Inquisição!  :bang:
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: tenente, PTWolf

*

Visitante123

  • Analista
  • ***
  • 893
  • Recebeu: 311 vez(es)
  • Enviou: 177 vez(es)
  • +31/-138
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #1775 em: Novembro 03, 2023, 10:21:42 pm »
Por acaso a pintura é feia que dói.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: tenente

*

saabGripen

  • Perito
  • **
  • 440
  • Recebeu: 75 vez(es)
  • Enviou: 27 vez(es)
  • +232/-285
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #1776 em: Novembro 03, 2023, 11:19:06 pm »

Perguntas:

Suponho que na época alta de incêndios os 6 aparelhos vão estar ao serviço ao mesmo tempo.
O "povo" não ia aturar aquela de "três estão em manutenção".

Onde estão os pilotos?
Já fizeram o treino de combate a incêndios?
Estes aparelhos vão ser pilotados pelos pilotos dos Merlins? Dos Lynx? Dos Koalas?
Vão receber como "gratificados"?

Tratando-se da FA, suponho que isto tudo já está bem planeado.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: PTWolf

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 19903
  • Recebeu: 2853 vez(es)
  • Enviou: 2174 vez(es)
  • +1056/-3436
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #1777 em: Novembro 04, 2023, 12:38:44 pm »
"Para 2024, prosseguiremos a valorização e rentabilização do património da Defesa Nacional com um orçamento previsto na nova Lei de Infraestruturas Militares de 23,9 milhões de euros", referiu.

No próximo ano, o executivo prevê a entrega do segundo KC-390, o início dos contratos de construção dos Navio Patrulha Oceânicos e da aquisição do navio reabastecedor, assim como "a edificação de uma capacidade orgânica de meios de asa rotativa no Exército, através da aquisição dos Helicópteros de Apoio, Proteção e Evacuação".

No que toca ao Plano de Recuperação e Resiliência, a Defesa prevê gastar "66,3 milhões de euros no Centro de Operações de Defesa do Atlântico e Plataforma Naval" e ainda 36,9 milhões nos Meios de Prevenção e Combate a Incêndios Rurais

"Quanto a este último investimento, recebemos este mês um helicóptero e até ao final do ano, prevemos receber mais três, aos quais se seguirão novas entregas em 2024 e 2025, de acordo com os contratos já assinados. E até ao final deste mês contamos assinar o Contrato de construção da Plataforma Naval", referiu.

https://www.dn.pt/sociedade/reforco-do-suplemento-da-condicao-militar-tera-efeitos-retroativos-a-janeiro-de-2023-17278997.html
« Última modificação: Novembro 04, 2023, 12:39:10 pm por Cabeça de Martelo »
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Lampuka

  • Analista
  • ***
  • 696
  • Recebeu: 230 vez(es)
  • Enviou: 283 vez(es)
  • +116/-1124
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #1778 em: Novembro 04, 2023, 01:23:56 pm »

Perguntas:

Suponho que na época alta de incêndios os 6 aparelhos vão estar ao serviço ao mesmo tempo.
O "povo" não ia aturar aquela de "três estão em manutenção".

Onde estão os pilotos?
Já fizeram o treino de combate a incêndios?
Estes aparelhos vão ser pilotados pelos pilotos dos Merlins? Dos Lynx? Dos Koalas?
Vão receber como "gratificados"?

Tratando-se da FA, suponho que isto tudo já está bem planeado.
Planeado provavelmente estará,  agora se vai ser realmente implementado,  isso já é outta história...
Primeiro,  para haver pessoal (e não só) é necessário dinheiro.  E logo aí aparece a dúvida.
Porque nunca ouvi falar da falta de condutores para as viaturas dos ministros ou outras coisas parecidas.
Tem a ver com a "vontade" real de que as coisas aconteçam.
Tenho sérias dúvidas,  pelo infeliz histórico de situações comparáveis e que ficaram pelo "meio caminho."
João Pereira
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 10921
  • Recebeu: 2296 vez(es)
  • Enviou: 3120 vez(es)
  • +700/-1028
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #1779 em: Novembro 04, 2023, 02:33:41 pm »
Onde estão os pilotos?

Alguns já foram aos EUA ter formação em Black Hawk, esses já são da FAP, ou do EH101 ou do Koala. Faz parte do contrato a formação de 6 pilotos e 27 mecânicos.
https://www.emfa.pt/noticia-4332-forca-aerea-black-hawk-com-modernizacao-360
Mas se esses pilotos já existem todos ou em parte não sei, mas alguém andou a voar com um Black Hawk esta semana em Ovar :mrgreen:

No futuro pilotos novos vem daqui.
https://observador.pt/2023/09/14/formacao-de-60-pilotos-de-helicopteros-ate-2029-vai-custar-mais-de-43-milhoes-de-euros/amp/

Citar
Já fizeram o treino de combate a incêndios?

Algum treino tiveram nos EUA, agora se foi só voar ou se já incluiu combate a incêndios ainda não vi noticias sobre isso

Citar
Estes aparelhos vão ser pilotados pelos pilotos dos Merlins? Dos Lynx? Dos Koalas?

Pelo menos estes iniciais devem ser pilotos que vem do EH101 e do Koala, do Lynx é que não de certeza, são da Marinha.

Citar
Vão receber como "gratificados"?
Quem anda no SAR, Transporte, defesa aérea, etc, recebe o normal de piloto da Força Aérea (consoante o posto).
Porque é que estes haveriam de receber alguma coisa a mais?
« Última modificação: Novembro 04, 2023, 04:22:16 pm por Lightning »
 

*

luis simoes

  • Analista
  • ***
  • 817
  • Recebeu: 56 vez(es)
  • Enviou: 87 vez(es)
  • +40/-827
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #1780 em: Novembro 04, 2023, 04:13:55 pm »
Ao que parece vai haver uma alteracao nos helis leves e com o aumento em mais 3 medios...ou seja 2 koala e um ecuerill (leves) e  supostamente para alem dos 6 blackhawks ira aumentar mais 3...passando para 9...segundo a Ministra da defesa... fazendo o total de 12....3 meios leves e 9 meios  médios de combate aos incendios..
Abriste os olhos,,,agradece a deus por isso.
 

*

Get_It

  • Investigador
  • *****
  • 2246
  • Recebeu: 522 vez(es)
  • Enviou: 466 vez(es)
  • +834/-827
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #1781 em: Novembro 05, 2023, 05:23:43 pm »
O que me está a causar curiosidade é saber se os Black Hawk farão ou não SAR costeiro, libertando assim por exemplo o Koala que tem estado permanentemente destacado precisamente em Ovar. Guincho ainda não trazem, e parece-me que a janela lateral do lado do piloto no UH-60A é em bolha como nos Koala, o que permite uma melhor observação do terreno em várias situações e missões.
Farão, é uma questão de tempo. A menos que a manutenção dos aparelhos dê barraca e a disponibilidade dos aparelhos seja baixíssima.

O Koala pode até ser mais barato de operar, mas as críticas que o pessoal já colocou aqui várias vezes sobre uma aeronave mono-motor vs bimotor são mais que válidas. Depois temos exactamente essa questão de libertar o destacamento em Ovar, que também tem os seus custos, e libertar também horas de voo para outras missões em que fará mais sentido empenhar os Koala.

Cumprimentos,
:snip: :snip: :Tanque:
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: tenente

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 10347
  • Recebeu: 5652 vez(es)
  • Enviou: 4336 vez(es)
  • +8470/-1836
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #1782 em: Novembro 05, 2023, 06:35:38 pm »
O que me está a causar curiosidade é saber se os Black Hawk farão ou não SAR costeiro, libertando assim por exemplo o Koala que tem estado permanentemente destacado precisamente em Ovar. Guincho ainda não trazem, e parece-me que a janela lateral do lado do piloto no UH-60A é em bolha como nos Koala, o que permite uma melhor observação do terreno em várias situações e missões.
Farão, é uma questão de tempo. A menos que a manutenção dos aparelhos dê barraca e a disponibilidade dos aparelhos seja baixíssima.

O Koala pode até ser mais barato de operar, mas as críticas que o pessoal já colocou aqui várias vezes sobre uma aeronave mono-motor vs bimotor são mais que válidas. Depois temos exactamente essa questão de libertar o destacamento em Ovar, que também tem os seus custos, e libertar também horas de voo para outras missões em que fará mais sentido empenhar os Koala.

Cumprimentos,

Nem de propósito, ainda a pouco, em conversa com um el do AT1, foi aflorado tema UH-60 na FAP, e segundo me disseram, além da missão primária de conbate aos FF, as aeronaves irão efectuar SAR, não só o Costeiro, libertando o monomotor Kualita, mas também, substituindo o 101, nas missões que nao justifiquem o seu empenhamento, até que enfim !!

Estuda-se a hipotese de efectuar também as Missões MEDEVAC, principalmente inter ilhas nos Açores, a ver vamos se tal irá acontecer.

Quanto a adquirir mais unidades deste modelo, não há nada de concreto nesse sentido, o que me parece sensato, pois primeiro terão que ser recepcionados os primeiros seis helis, para depois haver alguma decisão nesse sentido.

Concluindo, para mais UH-60, na FAP, vamos ter de esperar até 2026 !!

Abraço
« Última modificação: Novembro 05, 2023, 06:46:03 pm por tenente »
Quando um Povo/Governo não Respeita as Suas FFAA, Não Respeita a Sua História nem se Respeita a Si Próprio  !!
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF, CruzSilva

*

CruzSilva

  • Especialista
  • ****
  • 1159
  • Recebeu: 445 vez(es)
  • Enviou: 2068 vez(es)
  • +633/-108
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #1783 em: Novembro 05, 2023, 06:51:38 pm »
O que me está a causar curiosidade é saber se os Black Hawk farão ou não SAR costeiro, libertando assim por exemplo o Koala que tem estado permanentemente destacado precisamente em Ovar. Guincho ainda não trazem, e parece-me que a janela lateral do lado do piloto no UH-60A é em bolha como nos Koala, o que permite uma melhor observação do terreno em várias situações e missões.
Farão, é uma questão de tempo. A menos que a manutenção dos aparelhos dê barraca e a disponibilidade dos aparelhos seja baixíssima.

O Koala pode até ser mais barato de operar, mas as críticas que o pessoal já colocou aqui várias vezes sobre uma aeronave mono-motor vs bimotor são mais que válidas. Depois temos exactamente essa questão de libertar o destacamento em Ovar, que também tem os seus custos, e libertar também horas de voo para outras missões em que fará mais sentido empenhar os Koala.

Cumprimentos,

Nem de propósito, ainda a pouco, em conversa com um el do AT1, foi aflorado tema UH-60 na FAP, e segundo me disseram, além da missão primária de conbate aos FF, as aeronaves irão efectuar SAR, não só o Costeiro, libertando o monomotor Kualita, mas também, substituindo o 101, nas missões que nao justifiquem o seu empenhamento, até que enfim !!

Estuda-se a hipotese de efectuar também as Missões MEDEVAC, principalmente inter ilhas nos Açores, a ver vamos se tal irá acontecer.

Quanto a adquirir mais unidades deste modelo, não há nada de concreto nesse sentido, o que me parece sensato, pois primeiro terão que ser recepcionados os primeiros seis helis, para depois haver alguma decisão nesse sentido.

Concluindo, para mais UH-60, na FAP, vamos ter de esperar até 2026 !!

Abraço

Ou seja os 101 passam a ser usados mais para fins militares "puros" correto?
 

*

Subsea7

  • Investigador
  • *****
  • 1730
  • Recebeu: 1566 vez(es)
  • Enviou: 2443 vez(es)
  • +5486/-2860
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #1784 em: Novembro 05, 2023, 07:32:56 pm »
O que me está a causar curiosidade é saber se os Black Hawk farão ou não SAR costeiro, libertando assim por exemplo o Koala que tem estado permanentemente destacado precisamente em Ovar. Guincho ainda não trazem, e parece-me que a janela lateral do lado do piloto no UH-60A é em bolha como nos Koala, o que permite uma melhor observação do terreno em várias situações e missões.
Farão, é uma questão de tempo. A menos que a manutenção dos aparelhos dê barraca e a disponibilidade dos aparelhos seja baixíssima.

O Koala pode até ser mais barato de operar, mas as críticas que o pessoal já colocou aqui várias vezes sobre uma aeronave mono-motor vs bimotor são mais que válidas. Depois temos exactamente essa questão de libertar o destacamento em Ovar, que também tem os seus custos, e libertar também horas de voo para outras missões em que fará mais sentido empenhar os Koala.

Cumprimentos,

Nem de propósito, ainda a pouco, em conversa com um el do AT1, foi aflorado tema UH-60 na FAP, e segundo me disseram, além da missão primária de conbate aos FF, as aeronaves irão efectuar SAR, não só o Costeiro, libertando o monomotor Kualita, mas também, substituindo o 101, nas missões que nao justifiquem o seu empenhamento, até que enfim !!

Estuda-se a hipotese de efectuar também as Missões MEDEVAC, principalmente inter ilhas nos Açores, a ver vamos se tal irá acontecer.

Quanto a adquirir mais unidades deste modelo, não há nada de concreto nesse sentido, o que me parece sensato, pois primeiro terão que ser recepcionados os primeiros seis helis, para depois haver alguma decisão nesse sentido.

Concluindo, para mais UH-60, na FAP, vamos ter de esperar até 2026 !!

Abraço

Ou seja os 101 passam a ser usados mais para fins militares "puros" correto?

Não, a missão primária da 751 e 752 será SAR, mas medium e long range, dando mais enfoque as missões secundárias, como transporte tático entre outras.
A missão CSAR futura poderá até ser um misto de EH-101 Mk516 CSAR e UH-60V.
Cps,
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: CruzSilva