Combate a fogos pela F.A.P.

  • 1880 Respostas
  • 392712 Visualizações
*

Lampuka

  • Analista
  • ***
  • 689
  • Recebeu: 226 vez(es)
  • Enviou: 281 vez(es)
  • +112/-1075
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #1860 em: Dezembro 03, 2023, 07:12:08 pm »
Porque é que lá fora se fazem descargas com retardantes e cá apenas água?
Será essa a novidade que justifica os kits nos C's e KC's?
João Pereira
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 5273
  • Recebeu: 5160 vez(es)
  • Enviou: 3424 vez(es)
  • +10042/-2630
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #1861 em: Dezembro 03, 2023, 07:30:32 pm »
Porque é que lá fora se fazem descargas com retardantes e cá apenas água?
Será essa a novidade que justifica os kits nos C's e KC's?

Sempre ouvi a malta dos Bisontes comentar que a calda retardante é muito escorregadia, e que dessa forma o seu uso se torna(va) algo perigoso para homens e veículos das corporações de bombeiros face ao relevo acidentado de grande parte da nossa área florestal. É, aliás, uma das razões apontadas para que se tenha desistido da ideia do lançamento deste produto sobre a Baixa lisboeta com recurso a um C-130, por exemplo, aquando do incêndio do Chiado/Grandella em Agosto de 1988.

Porém, confesso o meu desconhecimento relativamente a possíveis outros aspetos, e quem for mais qualificado sobre isso que por favor se chegue à frente.
« Última modificação: Dezembro 03, 2023, 08:52:36 pm por Charlie Jaguar »
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 5273
  • Recebeu: 5160 vez(es)
  • Enviou: 3424 vez(es)
  • +10042/-2630
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #1862 em: Dezembro 04, 2023, 09:19:14 am »
Sempre ouvi a malta dos Bisontes comentar que a calda retardante é muito escorregadia, e que dessa forma o seu uso se torna(va) algo perigoso para homens e veículos das corporações de bombeiros face ao relevo acidentado de grande parte da nossa área florestal. É, aliás, uma das razões apontadas para que se tenha desistido da ideia do lançamento deste produto sobre a Baixa lisboeta com recurso a um C-130, por exemplo, aquando do incêndio do Chiado/Grandella em Agosto de 1988.

Além da trabalheira posterior de ter de limpar e lavar a parte inferior da cauda visto a calda ser corrosiva para a pintura, algo que ninguém gostava de fazer e era considerado um "belo petisco". Talvez também por isso a tubeira do sistema MAFFS II tenha sido posicionada lateralmente, e não no centro e através da rampa de carga como na versão inicial.

MAFFS I


MAFFS II
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 

*

Visitante123

  • Analista
  • ***
  • 888
  • Recebeu: 308 vez(es)
  • Enviou: 177 vez(es)
  • +31/-136
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #1863 em: Dezembro 04, 2023, 09:46:41 am »
Citar
Além da trabalheira posterior de ter de limpar e lavar a parte inferior da cauda visto a calda ser corrosiva para a pintura, algo que ninguém gostava de fazer e era considerado um "belo petisco".

lol

Esperem até vir o F-35 e eles virem o tempo que é preciso passar entre missão a verificar e reparar o coating à unha, mm por mm.
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 10340
  • Recebeu: 5647 vez(es)
  • Enviou: 4321 vez(es)
  • +8468/-1836
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #1864 em: Dezembro 04, 2023, 11:09:47 am »
Sempre ouvi a malta dos Bisontes comentar que a calda retardante é muito escorregadia, e que dessa forma o seu uso se torna(va) algo perigoso para homens e veículos das corporações de bombeiros face ao relevo acidentado de grande parte da nossa área florestal. É, aliás, uma das razões apontadas para que se tenha desistido da ideia do lançamento deste produto sobre a Baixa lisboeta com recurso a um C-130, por exemplo, aquando do incêndio do Chiado/Grandella em Agosto de 1988.

Além da trabalheira posterior de ter de limpar e lavar a parte inferior da cauda visto a calda ser corrosiva para a pintura, algo que ninguém gostava de fazer e era considerado um "belo petisco". Talvez também por isso a tubeira do sistema MAFFS II tenha sido posicionada lateralmente, e não no centro e através da rampa de carga como na versão inicial.

MAFFS I


MAFFS II


Para os especialistas deste forum que defendem a aquisição/operação dos MAFFSI/II pela FAP leiam este documento, e basta só a parte da rotação da aeronave no solo, pág 7 e 8, que é bastante explicito, sobre a utilidade dos C's e 390, com este sistema nos combates aos FF VS um CL215/415/515 !

https://www.ffm.vic.gov.au/__data/assets/pdf_file/0009/21015/Report-15-Project-MAFFS-HERCULES_-the-Modular-Airborne-Fire-Fighting-System-in-Victoria.pdf

PS: um CL215/415/515 demora onze segundos, sim segundos, a carregar 5600/6000L de agua !!!

Abraços
« Última modificação: Dezembro 04, 2023, 11:14:56 am por tenente »
Quando um Povo/Governo não Respeita as Suas FFAA, Não Respeita a Sua História nem se Respeita a Si Próprio  !!
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF, Charlie Jaguar

*

Lampuka

  • Analista
  • ***
  • 689
  • Recebeu: 226 vez(es)
  • Enviou: 281 vez(es)
  • +112/-1075
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #1865 em: Dezembro 04, 2023, 11:51:06 am »
Estamos, mais uma vez, a comparar coisas diferentes.
Nos EUA o que mais se vê são aviões não anfibios a fazer descargas de retardantes. 747, 737, Q400, DC10...,
Não recarregam em 11 segundos, e são massivamente utilizados.
Por cá não vejo essa utilização.
A pergunta foi simples. Porquê?
João Pereira
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 5273
  • Recebeu: 5160 vez(es)
  • Enviou: 3424 vez(es)
  • +10042/-2630

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 10340
  • Recebeu: 5647 vez(es)
  • Enviou: 4321 vez(es)
  • +8468/-1836
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #1867 em: Dezembro 04, 2023, 01:36:32 pm »
Estamos, mais uma vez, a comparar coisas diferentes.
Nos EUA o que mais se vê são aviões não anfibios a fazer descargas de retardantes. 747, 737, Q400, DC10...,
Não recarregam em 11 segundos, e são massivamente utilizados.
Por cá não vejo essa utilização.
A pergunta foi simples. Porquê?

E em que sentido é que a comparação é entre " coisas" diferentes??
Mas eu FALEI no EUA ??
Falei por acaso em aeronaves pesadas e super pesadas a reacção?

A sua resposta é que referiu esse tipo de aeronaves que Nada tem a ver com os dois modelos que iremos usar !

Ja agora sabe qual o tempo de chao de um DC10/30 Para recaregar o sistema que utiliza ?

Qusl a diferença de utilizar um C130 com MAFFS nos EUA e um em Portugal ??

Diga lá no neu post inicial, onde estão as " coisas " diferentes  que não são comparaveis.



« Última modificação: Dezembro 04, 2023, 02:45:13 pm por tenente »
Quando um Povo/Governo não Respeita as Suas FFAA, Não Respeita a Sua História nem se Respeita a Si Próprio  !!
 

*

antoninho

  • Analista
  • ***
  • 676
  • Recebeu: 105 vez(es)
  • Enviou: 7 vez(es)
  • +10/-9
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #1868 em: Dezembro 04, 2023, 02:55:19 pm »
Aquando dessa pergunta porquê se deixou de utilizar e ninguém querer tocar nisso, lembrei de algo que ouvi e fui pesquisar...

https://www.ehn.org/retardantes-para-combatir-los-incendios-forestales-2655204714.html

Tinham razão eu também não lhe tocava, pelo menos sem proteção para produtos quimicos.
« Última modificação: Dezembro 04, 2023, 02:56:58 pm por antoninho »
 

*

Lampuka

  • Analista
  • ***
  • 689
  • Recebeu: 226 vez(es)
  • Enviou: 281 vez(es)
  • +112/-1075
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #1869 em: Dezembro 04, 2023, 03:00:42 pm »
A pergunta é simples e mantem-se sem resposta.  Porque é que em Portugal não se utilizam descargas de retardantes?
O exemplo dos EUA, que eu próprio dei mais tarde, apenas tem a ver com o facto de ser quase sempre esse tipo de descargas que aparecem nas imagens de incêndios por lá.
O serem coisas incomparáveis também é simples.  Uns abastecem diretamente de água sem necessidade de aterrarem enquanto outros têm de o fazer para carregarem os retardantes.
E combatem os incêndios com água,  não retardantes.
Logo os tempos de rotação entre estes dois conceitos não são comparáveis.  Ainda se fosse entre vários modelos de avião a operar com retardantes...
Como vês é tudo simples, não sendo necessário tanto alarido.
E obviamente não são coisas comparáveis, senão também deveríamos avaliar o custo/beneficio dos meios aéreos relativamente aos terrestres  e por aí fora...
O C130 ou os KC390 portugueses,  caso operem com os kits, só imagino que seja com os tais retardantes e isso será novidade,  pelo menos relativamente aos últimos anos.
P.S. Até porque para água não faria qualquer sentido meios que não anfibios ou helicópteros.
« Última modificação: Dezembro 04, 2023, 03:05:08 pm por Lampuka »
João Pereira
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 10340
  • Recebeu: 5647 vez(es)
  • Enviou: 4321 vez(es)
  • +8468/-1836
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #1870 em: Dezembro 04, 2023, 04:40:35 pm »
Concerteza, dou-lhe toda a razão e eu que não tinha pensado nesses pormenores importantíssimos.
Quando um Povo/Governo não Respeita as Suas FFAA, Não Respeita a Sua História nem se Respeita a Si Próprio  !!
 

*

goldfinger

  • Investigador
  • *****
  • 3282
  • Recebeu: 2220 vez(es)
  • Enviou: 659 vez(es)
  • +1385/-485
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #1871 em: Dezembro 05, 2023, 09:52:01 am »
A España servir hasta morir
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lampuka

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 3675
  • Recebeu: 2466 vez(es)
  • Enviou: 1922 vez(es)
  • +5686/-2689
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #1872 em: Dezembro 05, 2023, 10:34:23 am »
Se o C130 não tinha interesse, vai ter o KC?
Pergunta
 

*

Lampuka

  • Analista
  • ***
  • 689
  • Recebeu: 226 vez(es)
  • Enviou: 281 vez(es)
  • +112/-1075
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #1873 em: Dezembro 05, 2023, 12:03:53 pm »
Se o C130 não tinha interesse, vai ter o KC?
Pergunta
Nem mais...
João Pereira
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 5273
  • Recebeu: 5160 vez(es)
  • Enviou: 3424 vez(es)
  • +10042/-2630
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #1874 em: Janeiro 03, 2024, 01:06:34 pm »
Citar
A Força Aérea lançou esta terça-feira o anúncio de concurso público para “serviços de disponibilização e locação” de dois lotes de helicópteros ligeiros para o conjunto de meios aéreos que vão constituir o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR) de 2024. Trata-se, no total, de uma despesa de 6,5 milhões de euros.

https://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/65-milhoes-de-euros-para-helicopteros-de-combate-a-incendios-rurais?ref=HP_BlocoTematico1

https://diariodarepublica.pt/dr/detalhe/anuncio-procedimento/30-2024-835994091
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)