Força Aérea Marroquina

  • 39 Respostas
  • 3676 Visualizações
*

Major Alvega

  • Analista
  • ***
  • 745
  • Recebeu: 748 vez(es)
  • Enviou: 454 vez(es)
  • +3821/-124
Re: Força Aérea Marroquina
« Responder #15 em: Fevereiro 01, 2020, 07:46:55 pm »
E nos mentideros marroquinos já se fala com alguma insistência no Rafale para substituir os Mirage F1.
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 3771
  • Recebeu: 2906 vez(es)
  • Enviou: 1740 vez(es)
  • +4145/-1971
Re: Força Aérea Marroquina
« Responder #16 em: Fevereiro 04, 2020, 11:05:17 am »
E nos mentideros marroquinos já se fala com alguma insistência no Rafale para substituir os Mirage F1.

Pois fala, e equipados com o Thalios, Exocet e sobretudo o Meteor.
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"I'll miss the sea, but a person needs new experiences. They jar something deep inside, allowing him to grow. Without change something sleeps inside us, and seldom awakens. The sleeper must awaken."
Duke Leto Atreides (Dune, Frank Herbert)
 

*

Stalker79

  • Investigador
  • *****
  • 1842
  • Recebeu: 404 vez(es)
  • Enviou: 1881 vez(es)
  • +145/-21
Re: Força Aérea Marroquina
« Responder #17 em: Fevereiro 06, 2020, 03:08:54 pm »
É incrivelmente interessante como é que um pais com um PIB  que é apenas METADE do nosso consegue manter umas forças armadas que é um exagero.
E nós pra comprar-mos qualquer me***nha que seja é um filme de meia noite....
Palhaçada.
 >:(
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 5274
  • Recebeu: 1638 vez(es)
  • Enviou: 412 vez(es)
  • +342/-244
Re: Força Aérea Marroquina
« Responder #18 em: Fevereiro 06, 2020, 04:18:30 pm »
Acaba por ser uma mistura de factores. Desde ajudas externas, contexto geopolítico, provavelmente questões culturais, "vontade" política, percentagem de cumprimento das aquisições... Mas tem sido uma tendência recente, porque à 15/20 anos atrás estavam na praticamente na penúria, com um exército enorme, e o resto sub-par.
 

*

LM

  • Investigador
  • *****
  • 1846
  • Recebeu: 516 vez(es)
  • Enviou: 1651 vez(es)
  • +309/-16
Re: Força Aérea Marroquina
« Responder #19 em: Fevereiro 06, 2020, 04:27:28 pm »
Acaba por ser uma mistura de factores. Desde ajudas externas, contexto geopolítico, provavelmente questões culturais, "vontade" política, percentagem de cumprimento das aquisições... Mas tem sido uma tendência recente, porque à 15/20 anos atrás estavam na praticamente na penúria, com um exército enorme, e o resto sub-par.

Têm que ser as ajudas externas, "matematicamente" não vejo como era possível...
Quidquid latine dictum sit, altum videtur
 

*

Lusitan

  • Perito
  • **
  • 569
  • Recebeu: 228 vez(es)
  • Enviou: 201 vez(es)
  • +173/-37
  • Hic et Ubique
Re: Força Aérea Marroquina
« Responder #20 em: Fevereiro 06, 2020, 05:12:16 pm »
Acaba por ser uma mistura de factores. Desde ajudas externas, contexto geopolítico, provavelmente questões culturais, "vontade" política, percentagem de cumprimento das aquisições... Mas tem sido uma tendência recente, porque à 15/20 anos atrás estavam na praticamente na penúria, com um exército enorme, e o resto sub-par.

Têm que ser as ajudas externas, "matematicamente" não vejo como era possível...

Marrocos é considerado um Major Non-NATO Ally, o que o torna num grande beneficiário de ajudas americanas.

https://en.wikipedia.org/wiki/Morocco%E2%80%93United_States_relations#2001_%E2%80%93_present

On December 22, 2009 the United States government awarded Lockheed Martin an $841.9 million contract to complete the production of 24 F-16 aircraft for Morocco. The contract added to an initial $233 million awarded to Lockheed Martin in June 2008 to begin production of the aircraft.

https://explorer.usaid.gov/cd/MAR

https://www.state.gov/u-s-relations-with-morocco/
 

*

Lusitan

  • Perito
  • **
  • 569
  • Recebeu: 228 vez(es)
  • Enviou: 201 vez(es)
  • +173/-37
  • Hic et Ubique
Re: Força Aérea Marroquina
« Responder #21 em: Fevereiro 06, 2020, 05:39:04 pm »
Percebo perfeitamente o que diz, e tem toda a razão. Mas também acho que não devíamos descurar a nossa defesa por acharmos que temos as costas quentes pelos nossos aliados. A romper algum conflito na zona, será possivelmente numa fase de instabilidade global, à semelhança do que poderia acontecer no Irão. A mudança de foco dos aliados para outra frente, mudanças políticas em países do Norte de África, etc, podem ser factores que nos deixem "despidos" e sem capacidade de resposta. Daí dizer que, capacidade AA de médio-alcance era um dos muitos programas que considero necessários para contrabalançar o poderio militar dos restantes países desta região. Nem que fosse apenas uma ou duas baterias de NASAMS, mas algo que permitisse deslocar para um ponto estratégico, como a Madeira uma protecção aérea de baixo custo (ao contrário de manter uma parelha de F-16 em alerta fora do continente).

Eu concordo que devemos ter esse tipo de equipamento. Só queria demonstrar que Marrocos tem pouco ou nenhum interesse em ameaçar a nossa soberania. Mesmo uma mudança de regime em Marrocos (além de ser sangrenta e potencialmente levar a uma guerra civil ou até mesmo uma intervenção militar exterior) não mudaria esse facto. A grande ameaça que Marrocos colocaria seria sempre à circulação marítima no Estreito de Gibraltar, mas isso implicaria que potências europeias que dependem da segurança do Estreito, como Espanha, França ou o Reino Unido, tivessem que intervir para garantir a livre circulação do Estreito. Independentemente de serem nossos aliados ou não.

E depois há a questão se tanto a Força Aérea como a Marinha marroquinas têm capacidade logística para ocupar a Madeira. Mesmo tendo em conta os bons meios que Marrocos possui actualmente, uma coisa é invadir e outra é mantir as guarnições abastecidas e ter capacidade financeira para manter uma ocupação por tempo indeterminado. O que não me parece que seja viável para a economia marroquina.
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 10857
  • Recebeu: 1722 vez(es)
  • Enviou: 4724 vez(es)
  • +278/-136
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Força Aérea Marroquina
« Responder #22 em: Fevereiro 07, 2020, 12:43:25 am »
Marrocos -> EAU -> Israel ->Saara Ocidental -> Canárias e Ceuta
https://www.youtube.com/user/HSMW/videos

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 4374
  • Recebeu: 2748 vez(es)
  • Enviou: 4863 vez(es)
  • +4000/-146
Re: Força Aérea Marroquina
« Responder #23 em: Fevereiro 13, 2020, 10:42:37 am »
@Lusitan todas as compras FMS (Foreign Military Sales) são governo a governo, i.e., um país adquire material ao governo dos EUA que, por sua vez, faz a encomenda ao fabricante. Quem financia as compras militares do Marrocos é maioritariamente a Arábia Saudita. O único país árabe que os EUA são obrigados a ajudar militarmente é o Egipto (devido ao Tratado de 1979 entre o Israel e o Egipto).
Talent de ne rien faire
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lusitan

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 12460
  • Recebeu: 619 vez(es)
  • Enviou: 237 vez(es)
  • +334/-224

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 12418
  • Recebeu: 2252 vez(es)
  • Enviou: 2909 vez(es)
  • +1794/-3834
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 4865
  • Recebeu: 609 vez(es)
  • Enviou: 1145 vez(es)
  • +2177/-2390
Re: Força Aérea Marroquina
« Responder #26 em: Junho 20, 2020, 11:55:59 pm »
Saem mais 4 C-130H para Marrocos do AMARC...
 

*

LM

  • Investigador
  • *****
  • 1846
  • Recebeu: 516 vez(es)
  • Enviou: 1651 vez(es)
  • +309/-16
Re: Força Aérea Marroquina
« Responder #27 em: Julho 13, 2020, 02:34:05 pm »
Quidquid latine dictum sit, altum videtur
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 5274
  • Recebeu: 1638 vez(es)
  • Enviou: 412 vez(es)
  • +342/-244
Re: Força Aérea Marroquina
« Responder #28 em: Agosto 16, 2020, 05:32:46 pm »
Meanwhile, em Portugal, é uma vintena de AMRAAMs e cada vez menos F-16 para os disparar.  ::)
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 4865
  • Recebeu: 609 vez(es)
  • Enviou: 1145 vez(es)
  • +2177/-2390