Substituição dos Alpha-jet

  • 1516 Respostas
  • 246918 Visualizações

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6542
  • Recebeu: 2750 vez(es)
  • Enviou: 577 vez(es)
  • +1381/-534
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1471 em: Janeiro 25, 2023, 02:38:01 pm »
Como se aqui fossem abater avionetas por causa de droga. Se numa situação de sequestro, um atirador especial mata um dos sequestradores, é uma carga de trabalho para ter que se justificar, imagino o abate de uma avioneta, que depois cai num terreno de cultivo, ou em cima de casas.  ::)

Mas lá está, reforça-se a mentalidade menos europeia, e mais estilo ao estilo de África e América Latina. Tudo para tentar justificar a compra de uma aeronave COIN.

Mas façam cuidado, continuem a inventar missões para os ST, e ainda acabamos com este a tomar o lugar do F-16.
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 14754
  • Recebeu: 3751 vez(es)
  • Enviou: 4131 vez(es)
  • +2988/-6646
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1472 em: Janeiro 25, 2023, 02:45:56 pm »
No Brasil:

https://www.infodefensa.com/texto-diario/mostrar/3866547/trafico-drogas-perde-avio-bimotor-aco-do-embraer-29-super-tucano-do-brasil

https://aeromagazine.uol.com.br/artigo/caca-da-fab-atira-contra-aviao-de-traficantes.html

https://www.fab.mil.br/noticias/mostra/39390/

https://br.noticias.yahoo.com/cacas-da-fab-atiram-e-interceptam-aviao-com-600-kg-de-cocaina-114017641.html?guccounter=1&guce_referrer=aHR0cHM6Ly93d3cuZ29vZ2xlLmNvbS8&guce_referrer_sig=AQAAANorb6XRceINtEAr-cIYv_-unxcQo-VPe2IcrWQF_7EWWFDZM6EUT_LnqtsYQblpFI6BydIPa2cD8sP61ID8QS98CDou8ujypb2VmFdqr5EmIO7u1gaQ-BRGpa-rO4BwvslX09oH2asfe-iM3twV5nZnLlXlbqMwgm06sbgzW-J_

https://caiafamaster.com.br/trafico-perde-mais-um-bimotor-abatido-pelo-super-tucano-em-nova-londrina-parana/

Saudações

Bem, fazendo de advogado do diabo, se calhar com um ST isto não tinha acontecido (?)

Citar
Aeronave ligeira lançou fardos de haxixe perto da A2, junto a Ferreira do Alentejo

Uma aeronave ligeira que lançou fardos de haxixe perto da A2, junto a Ferreira do Alentejo, vinha do norte de África e foi detetada pela Força Aérea, que lhe deu ordem para aterrar na Base Aérea de Beja.

Segundo adianta a TVI/CNN Portugal, depois do contacto, a aeronave desapareceu dos radares e a Força Aérea perdeu-lhe o rasto.

Entretanto, a Guarda Nacional Republicana (GNR) mandou meios para o local onde caíram os fardos. Estes foram recolhidos por um grupo de traficantes, que se colocou em fuga, deixando para trás a viatura que ocupavam, possivelmente roubada.

Dentro do automóvel apreendido estava mais de uma dezena de fardos de haxixe. Não foram feitas detenções.

"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 4613
  • Recebeu: 4276 vez(es)
  • Enviou: 2724 vez(es)
  • +6385/-2496
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1473 em: Janeiro 25, 2023, 02:57:43 pm »
A parelha de F-16 de alerta descola com alguma frequência para identificar aeronaves que por uma razão ou outra não respondem aos controladores, ou não apresentaram plano de voo, sem falar naquelas que utilizam rotas suspeitas vindas de Marrocos ou Espanha e que invariavelmente adoptam um perfil de voo ultra-baixo, quase de seguimento do terreno. Até porque é para isso que existem os interceptores, sendo o mais caricato neste caso que Ferreira do Alentejo é efectivamente ao lado da BA11.

Penso que a questão central aqui não se prende com os meios aéreos, mas antes com a falta de adequada cobertura radar do território continental, visto que uma avioneta ou helicóptero voando abaixo do alcance dos radares de Fóia e/ou Montejunto torna-se de facto invisível. Os sistemas instalados na ER1 e ER3 não terão capacidade look-down, ou são como os do IPMA e estarão frequentemente em baixo? ::)
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, NVF, tenente

*

asalves

  • Especialista
  • ****
  • 1194
  • Recebeu: 503 vez(es)
  • Enviou: 138 vez(es)
  • +362/-143
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1474 em: Janeiro 25, 2023, 03:46:19 pm »
A parelha de F-16 de alerta descola com alguma frequência para identificar aeronaves que por uma razão ou outra não respondem aos controladores, ou não apresentaram plano de voo, sem falar naquelas que utilizam rotas suspeitas vindas de Marrocos ou Espanha e que invariavelmente adoptam um perfil de voo ultra-baixo, quase de seguimento do terreno. Até porque é para isso que existem os interceptores, sendo o mais caricato neste caso que Ferreira do Alentejo é efectivamente ao lado da BA11.

Penso que a questão central aqui não se prende com os meios aéreos, mas antes com a falta de adequada cobertura radar do território continental, visto que uma avioneta ou helicóptero voando abaixo do alcance dos radares de Fóia e/ou Montejunto torna-se de facto invisível. Os sistemas instalados na ER1 e ER3 não terão capacidade look-down, ou são como os do IPMA e estarão frequentemente em baixo? ::)

Uma questão, uma vez que após contacto com o aparelho e após ter sido dada ordem para aterrar num aeródromo foi perdido o contacto com o aparelho não devia ter sido enviada uma parelha de F-16? O radar destes não conseguiria detetar algo ao sobrevoar a área?

Sou só eu que acho uma falha de segurança (nacional) grave? É que em vez de droga se carregasse uma carga explosiva, basicamente teria capacidade para destruir qualquer coisa.

PS: Isto se a historia ter sido realmente assim, pois pode ter sido diferente ...
« Última modificação: Janeiro 25, 2023, 03:48:07 pm por asalves »
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 7562
  • Recebeu: 2463 vez(es)
  • Enviou: 914 vez(es)
  • +3979/-5077
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1475 em: Janeiro 25, 2023, 03:51:21 pm »
Se calhar fez o pássaro ao piloto e ele acagaçou-se...  :mrgreen:

https://www.publico.pt/2009/03/28/jornal/caca-f16-forca-avioneta-suspeita-de-trafico--de-droga-a-aterrar-no-aerodromo-de-castro-marim-300774

https://www.rtp.pt/noticias/pais/f16-da-forca-aerea-perseguem-aeronave-suspeita-de-trafico-de-droga_v608269



Já agora uma questão de preços, além do que o CJ referiu...  ::)

Citar
The F-16, the workhorse of the Air Force, has hourly operating costs of around $8,000.

https://www.forbes.com/sites/niallmccarthy/2016/08/16/the-hourly-cost-of-operating-the-u-s-militarys-fighter-fleet-infographic/

Citar
The Super Tucano's attributes of rugged, durable, low maintenance and unprepared surface capabilities, along with its unmatched affordability – just $1,500 per flight hour – have made this powerful turboprop the go-to light attack aircraft for 16 air forces worldwide.

https://www.blogbeforeflight.net/2021/04/light-combat-aircraft-market-super-tucano.html

Saudações

P.S. Não se perdiam nada dois destes para aqui o tugal, mas ainda vêm dizer que tenho comissão da Embraer... :mrgreen:

"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6542
  • Recebeu: 2750 vez(es)
  • Enviou: 577 vez(es)
  • +1381/-534
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1476 em: Janeiro 25, 2023, 07:04:59 pm »
No Brasil:

https://www.infodefensa.com/texto-diario/mostrar/3866547/trafico-drogas-perde-avio-bimotor-aco-do-embraer-29-super-tucano-do-brasil

https://aeromagazine.uol.com.br/artigo/caca-da-fab-atira-contra-aviao-de-traficantes.html

https://www.fab.mil.br/noticias/mostra/39390/

https://br.noticias.yahoo.com/cacas-da-fab-atiram-e-interceptam-aviao-com-600-kg-de-cocaina-114017641.html?guccounter=1&guce_referrer=aHR0cHM6Ly93d3cuZ29vZ2xlLmNvbS8&guce_referrer_sig=AQAAANorb6XRceINtEAr-cIYv_-unxcQo-VPe2IcrWQF_7EWWFDZM6EUT_LnqtsYQblpFI6BydIPa2cD8sP61ID8QS98CDou8ujypb2VmFdqr5EmIO7u1gaQ-BRGpa-rO4BwvslX09oH2asfe-iM3twV5nZnLlXlbqMwgm06sbgzW-J_

https://caiafamaster.com.br/trafico-perde-mais-um-bimotor-abatido-pelo-super-tucano-em-nova-londrina-parana/

Saudações

Bem, fazendo de advogado do diabo, se calhar com um ST isto não tinha acontecido (?)

Citar
Aeronave ligeira lançou fardos de haxixe perto da A2, junto a Ferreira do Alentejo

Uma aeronave ligeira que lançou fardos de haxixe perto da A2, junto a Ferreira do Alentejo, vinha do norte de África e foi detetada pela Força Aérea, que lhe deu ordem para aterrar na Base Aérea de Beja.

Segundo adianta a TVI/CNN Portugal, depois do contacto, a aeronave desapareceu dos radares e a Força Aérea perdeu-lhe o rasto.

Entretanto, a Guarda Nacional Republicana (GNR) mandou meios para o local onde caíram os fardos. Estes foram recolhidos por um grupo de traficantes, que se colocou em fuga, deixando para trás a viatura que ocupavam, possivelmente roubada.

Dentro do automóvel apreendido estava mais de uma dezena de fardos de haxixe. Não foram feitas detenções.


Não mudava nada. Porque para isso, era preciso ser dado o alerta, depois descolar uma parelha de ST em QRA (criar QRA não é grátis, e precisas de ter aeronaves suficientes), e depois, estás dependente da vontade de quem está na avioneta. Ou os ST disparavam contra a avioneta, o que poderia ter implicações graves, como por exemplo, uma mudança da "doutrina" dos traficantes, podendo estes raptar civis para voar com eles em futuras operações, de forma a criar um grande dilema a quem quer dar ordens de disparo.

Agora pergunta-se: não temos dinheiro para criar um segundo QRA de F-16 na Madeira ou nos Açores (já nem digo em ambos ao mesmo tempo), mas vamos gastar dinheiro num QRA redundante de ST, só por causa das avionetas?

Depois também podemos colocar a questão: e se largam na mesma a droga, mesmo vendo ali o ST, ao não ser dada ordem de disparo? Muda alguma coisa? A droga já foi, e o ST, por não ser um helicóptero, não pode aterrar par apreender a droga, portanto vai seguir a avioneta, e tentar "obrigar" a aterrar (tal e qual como seria com o F-16, ou seja, segundo QRA para nada), e a droga continua "nas ruas"? Ou seria preferível lançar os F-16, como é suposto, e em simultâneo um helicóptero para acompanhar a operação, que depois pudesse interceptar e apreender a droga largada?

Ora se calhar, para fazer um QRA para avionetas, mais valia um "QRA" com um par de helicópteros, sendo que este QRA serviria para esta função e ainda para SAR e outras situações de emergência.

A parelha de F-16 de alerta descola com alguma frequência para identificar aeronaves que por uma razão ou outra não respondem aos controladores, ou não apresentaram plano de voo, sem falar naquelas que utilizam rotas suspeitas vindas de Marrocos ou Espanha e que invariavelmente adoptam um perfil de voo ultra-baixo, quase de seguimento do terreno. Até porque é para isso que existem os interceptores, sendo o mais caricato neste caso que Ferreira do Alentejo é efectivamente ao lado da BA11.

Penso que a questão central aqui não se prende com os meios aéreos, mas antes com a falta de adequada cobertura radar do território continental, visto que uma avioneta ou helicóptero voando abaixo do alcance dos radares de Fóia e/ou Montejunto torna-se de facto invisível. Os sistemas instalados na ER1 e ER3 não terão capacidade look-down, ou são como os do IPMA e estarão frequentemente em baixo? ::)

Não, a culpa é da FAP não ter o Super Tucano.  ::)

Se calhar, se tivéssemos baterias AA decentes, os seus radares podiam ser posicionados e ligados, seja para tapar "pontos cegos" dos radares de controlo de espaço aéreo, seja para colmatar a sua ausência caso, por alguma razão tenham ficado em baixo.

Em alternativa, em vez de se gastar 100 milhões no sexto KC, comprava-se dois ou três de E-2 Hawkeye ou E-99 em segunda-mão. Ou, se preferirem facilitar a logística, e não se importarem de gastar mais, venha um par ou trio de C-295 AEW.
 

*

asalves

  • Especialista
  • ****
  • 1194
  • Recebeu: 503 vez(es)
  • Enviou: 138 vez(es)
  • +362/-143
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1477 em: Janeiro 25, 2023, 08:32:59 pm »
Afinal havia mais. (Com video da intercepção)

Força Aérea interceta avioneta "suspeita" após largada de fardos de haxixe
https://rr.sapo.pt/noticia/pais/2023/01/25/forca-aerea-interceta-avioneta-suspeita-apos-largada-de-fardos-de-haxixe/317449/
Citar
A Força Aérea Portuguesa (FAP) avançou esta quarta-feira que, "através do sistema de defesa aérea e de policiamento aéreo, detetou na tarde de ontem uma aeronave em aproximação ao espaço aéreo nacional, sem comunicações e não identificada".

A avioneta foi "detetada a sul do Algarve e com rumo a norte", indica a FAP em comunicado enviado às redações, tendo ativado "de imediato uma parelha de F-16M" para intercetar o aparelho. "Em simultâneo, e pelo facto de a aeronave não identificada voar a baixa velocidade e a baixa altitude, foi também empenhado um avião P-3C CUP+".

A "aeronave suspeita" acabou por aterrar num local próximo de Ferreira do Alentejo, após ter sido seguida e monitorizada pela Força Aérea, que informou, "em tempo real", as autoridades competentes em terra da sua localização.

Esta manhã, o Jornal de Notícias tinha noticiado que uma avioneta largou ontem dois fardos de haxixe em Ferreira do Alentejo, junto à A26, concretamente na ligação entre o nó da A2-Grândola Sul e a rotunda da Malhada Velha.

A aguardar a entrega estaria um grupo de traficantes dentro de uma viatura. Alertadas, as autoridades deslocaram-se para o local.

Segundo o jornal, os traficantes saíram da A26, entraram na Estrada Nacional 259, em direção a Grândola, no nó da A2-Grândola Sul, seguindo depois pelo IC1. Acabaram depois por encaminhar-se para Azinheira dos Barros, onde entraram por caminhos de terra batida. No fim, abandonaram a viatura e droga, fugindo a pé.

O caso está a ser investigado pela Polícia Judiciária (PJ), para apurar a origem da avioneta e localizar os fugitivos.

Em comunicado, a Força Aérea adianta que "o sistema de defesa aéreo nacional é composto por sensores e por um sistema de comando e controlo, responsável pela vigilância do espaço aéreo nacional2, sistema esse que "está integrado no sistema de defesa aérea da NATO".

Eu estava-me a admirar da história, punha muita coisa em causa.
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6542
  • Recebeu: 2750 vez(es)
  • Enviou: 577 vez(es)
  • +1381/-534
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1478 em: Janeiro 25, 2023, 09:12:55 pm »
Pronto, problema resolvido. Não é preciso esbanjar dinheiro que falta em todo o lado, para andar em "dogfights" com avionetas no espaço aéreo alentejano.

Interessante o recurso ao P-3, servindo na prática de aeronave AEW, na falta de uma aeronave dedicada.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar

*

Camuflage

  • Investigador
  • *****
  • 1471
  • Recebeu: 180 vez(es)
  • Enviou: 86 vez(es)
  • +48/-183
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1479 em: Janeiro 25, 2023, 10:12:28 pm »
Tanto meio empregue e todos escaparam... uma aeronave proveniente de país terceiro, não obedece às ordens, não está identificada, a sobrevoar área não habitada, estão à espera do quê para a abater? Imaginando na mesma circunstância a aeronave fosse usada como um kamikaze contra edifício ou se os fardos caíssem sobre veículos e matassem gente, seria então melhor?

Não tenho a mínima dúvida que isto são manobras do PCC e que vão começar a surgir mais aeronaves similares - se não forem abatidas, o exemplo que dá-mos é que cá vale tudo.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, Subsea7

*

Kalil

  • Analista
  • ***
  • 680
  • Recebeu: 205 vez(es)
  • Enviou: 160 vez(es)
  • +48/-36
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1480 em: Janeiro 26, 2023, 12:25:13 am »
Ó diacho, daqui a nada alguém sugere um ligeiro a hélice armado para intercepção de avionetas..
 

*

Drecas

  • Membro
  • *
  • 272
  • Recebeu: 54 vez(es)
  • Enviou: 31 vez(es)
  • +83/-75
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1481 em: Janeiro 26, 2023, 12:45:18 am »
Tal como já disse
Glorioso ST com Amraams aparafusados
Melhor ninguém tem :mrgreen:
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6542
  • Recebeu: 2750 vez(es)
  • Enviou: 577 vez(es)
  • +1381/-534
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1482 em: Janeiro 26, 2023, 01:25:07 am »
Ó diacho, daqui a nada alguém sugere um ligeiro a hélice armado para intercepção de avionetas..

A colocação da notícia aqui, foi mesmo para esse fim.

Como se o F-16 não tivesse capacidade de abater a dita aeronave.  ::)

Mas eu cá pergunto, é se noutros países da Europa, é recorrente abater aeronaves civis assim.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar, Lightning

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 14754
  • Recebeu: 3751 vez(es)
  • Enviou: 4131 vez(es)
  • +2988/-6646
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1483 em: Janeiro 26, 2023, 06:33:34 am »
Ó diacho, daqui a nada alguém sugere um ligeiro a hélice armado para intercepção de avionetas..

A colocação da notícia aqui, foi mesmo para esse fim.

Como se o F-16 não tivesse capacidade de abater a dita aeronave.  ::)

Mas eu cá pergunto, é se noutros países da Europa, é recorrente abater aeronaves civis assim.

Se calhar nos outros países nem tentam, porque já sabem o que lhes acontece

Mas como aqui é a Venezuela do Kumbayiá
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

asalves

  • Especialista
  • ****
  • 1194
  • Recebeu: 503 vez(es)
  • Enviou: 138 vez(es)
  • +362/-143
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1484 em: Janeiro 26, 2023, 11:25:03 am »
Ó diacho, daqui a nada alguém sugere um ligeiro a hélice armado para intercepção de avionetas..

A colocação da notícia aqui, foi mesmo para esse fim.

Como se o F-16 não tivesse capacidade de abater a dita aeronave.  ::)

Mas eu cá pergunto, é se noutros países da Europa, é recorrente abater aeronaves civis assim.

O objetivo foi voltar a trazer à conversa a ideia ocorrida neste tópico há uns meses/anos, onde foi discutido caso se escolhesse os ST ou os PC-21 a vantagens que estes podiam ter face aos F-16 na interceção de avionetas.

Para mim faz mais sentido aproveitar (uma vez adquiridos para treinos) o meio para ter uma parelha de ST/PC-21 para estas interseções do que a conversa de enviar para a RCA.

O F-16 consegue com algum "custo" "acompanhar" uma avioneta (ver vídeo do link), mas o acompanhamento pode não ser feito em segurança e nas melhores condições. (daí provavelmente terem feito descolar um P3 para este caso) Para não falarmos da diferença do custo das horas de voo, ... e sei que ter QRA sai caro e é complicado para quantidade de meios que temos, mas secalhar tal como se usou o P3 pk estava disponível podia o mesmo ser feito para os ST/PC-21
https://fb.watch/ii6Y3s1pH7/

PS: Até agora só houve um membro (do forum) a falar sobre abater avionetas na Europa, (apesar de que acho quando houve o problema com o Embraer que saiu de Alverca e andou a "voar" por Lisboa isso foi falado nessa possibilidade por alto).